21 de maio de 2016

Trio acusado de matar sargento do Exército é preso em Curitiba

Trio acusado de matar sargento do Exército em assalto é preso; suspeito diz que atirou sem querer
presossjpAcusados pelo assassinato de um sargento do Exército em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, três pessoas foram presas nesta quinta-feira (19). O crime aconteceu na manhã do dia 28 de abril, na Rua Deputado Arnaldo Busato, no bairro Afonso Pena. A vítima, Luis Eduardo Silva Virgilio, de 23 anos, conversava com a avó no momento do crime.
presossjp
De acordo com delegado Michel Teixeira, várias testemunhas foram ouvidas e câmeras de segurança foram analisadas. “Virgilio estava de passagem na casa do irmão e falava com a avó pelo telefone no momento do crime. Ele foi atingido com um tiro nas costas por um dos suspeitos, que afirma que não queria ter feito isso. Depois da prática do crime, o trio fugiu do local sem levar nenhum pertence da vítima”, disse.
O trio, Luis Felipe Jede, 20 anos; Luis Eduardo Garcia, 21 anos; e Graziely Sergia Almeida, 20 anos; responderá pelo crime de latrocínio consumado, se condenados poderão pegar pena de 20 a 30 anos de prisão. Os dois homens já possuíam passagens pela polícia.
“Descobrimos que os suspeitos utilizaram um Fiat/Siena para a prática do latrocínio. Também há indícios que o trio estava praticando roubo a celulares na região, para posteriormente comercializar esses aparelhos em grupos de redes sociais, já que é um produto de fácil venda”, concluiu o delegado.
Os suspeitos permanecem à disposição do Poder Judiciário.
Banda B/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Fácil dizer que não queria matar depois de assassinar e, obviamente, por ser preso.Daqui a alguns meses estarão nas ruas para continuarem a matar.Condenados mesmo, são os parentes da vítima, que ficarão sem o retorno se seu ente querido.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics