31 de maio de 2016

Reconhecimento: algo raro no Brasil de hoje

Guajará-Mirim (RO) - Ao completar 92 anos, o ex-pracinha Joao Caetano da Silva recebe homenagem da banda do 6º Batalhão de Infantaria de Selva (6º BIS).

7 comentários:

Anônimo disse...

Maravilhoso !!!!!

Anônimo disse...

Parabéns a totos que tiveram essa iniciativa.

Anônimo disse...

Emocionante esse reconhecimento. Viva!

Anônimo disse...

http://pensabrasil.com/novo-brasil-presidente-estuda-aumento-dos-militares-e-atuacao-da-engenharia-em-obras-publicas-nacionais/

Helena Amorim disse...

Maravilha! É bom saber que ainda existe inteligência e respeito neste País. Os Pracinhas são o que temos de melhor da nossa História. Vale lembrar sempre que os temos por pouco tempo entre nós.

Anônimo disse...

Isso é a Seeeelva ! Não há nada igual no Exército. Parabéns 6º BIS.

Anônimo disse...

Brasil dos esquecidos.Esses senhores, os vovôs da guerra, tinham que ter isenção de muitas coisas e muitos convites para homenagens e palestras.Em vez de bajular políticos, bajulem quem fez e enfrentou coisas impossíveis pela nossa pátria. Os nossos "heróis" de hoje são os do BBB, que ganham um milhão de reais para nos mostrar nada de bom, como o Jean Willys. Uma pergunta: quanto esses senhores mereceriam ganhar por terem estado e lutado naquele inferno?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics