14 de março de 2016

Exército reforça combate a incêndio em reserva de Sooretama, ES

Foram enviados ao local cerca de 90 militares para auxiliar no controle.
Fogo começou no dia 28 de fevereiro e também atingiu Reserva da Vale.

Do G1 ES
Militares do Exército brasileiro vão reforçar o combate ao incêndio que atinge a Reserva Florestal de Sooretama, no Espírito Santo, há vários dias. Na manhã deste sábado (12), 90 militares do 38º Batalhão de Infantaria seguiram para a região, onde vão auxiliar nos esforços dos 104 combatentes do fogo no município.
O fogo começou no dia 28 de fevereiro e também atingiu parte da Reserva da Vale de Linhares. Uma área de mais de 1500 hectares de Mata Atlântica já foram destruídos.
Dos 90 militares do Exército encaminhados para Sooretama, 60 fazem um curso de bombeiro civil ministrado pelo Corpo de Bombeiros.
O comandante da instituição, coronel Marcelo D’Isep Costa, contou que uma das disciplinas do curso é específica para combate de incêndios florestais.
“Toda a nossa experiência em combate a incêndio em área de turfa está sendo empregada neste momento. O fogo na Reserva de Sooretama envolve muito planejamento e união de esforços para que possamos reduzir os impactos negativos para a natureza”, destacou.
Atuam no combate ao fogo na Reserva de Sooretama militares do Corpo de Bombeiros, do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Polícia Militar, funcionários da Prefeitura de Linhares, Vale e ECO-101, além de brigadistas voluntários.
G1/montedo.com

5 comentários:

Anônimo disse...

http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/2016/03/13/reajuste-mais-proximo-da-votacao/

PUBLICADO EM 13.03.2016 - 0:05
Reajuste mais próximo da votação

Já está na Câmara dos Deputados a minuta do substitutivo do Projeto de Lei 2.648/15, que concede 41,47% de aumento para os servidores do Poder Judiciário Federal. O documento elaborado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que tem autorização do Ministério do Planejamento, vai possibilitar o pagamento de três parcelas de reajustes neste ano, em vez de duas. São mais outras duas parcelas em 2017, 2018 e uma em 2019.

ÍNDICE POR PARCELA

Confira os índices por parcelas. Em 2016 (abril, 1,5%; junho, 3% e novembro, 3,9%). Em 2017 (junho, 5,2% e novembro, 6,9%). Em 2018 (junho), 7,9% e novembro, (9,15%). Em 2019, a última parcela será de 12% e terá validade a partir de janeiro. Pela proposta original a última parcela seria creditada em novembro de 2019.

Anônimo disse...

cade o MST e as ongs?

Anônimo disse...

Ate o montedo não falou do maior ato popular desde as direta um dia após pensei que era só coincidencia pois sites militares tambem nao falaram parabens a essa democracia

Anônimo disse...

Enquanto o Exército apaga, os movimentos petistas tascam fogo.

Anônimo disse...

Sem defender ninguém, mesmo não falando, basta olhar as fotos. Isso é o Brasil dos brasileiros que tem a verdadeira força e não aquele povo que usa cores de sangue e usam símbolos falidos e que lembram violência e desrespeito ao ser humano. Com esse "exército" verde e amarelo, nem precisa os militares ficarem alertas. Vamos aguardar o dia dos ZUMBIS.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics