4 de março de 2016

Tá feia a coisa! Na Aman, falta munição para a formação de oficiais

A crise ultrapassou o Portão Monumental da maior academia militar da América latina. 

As restrições orçamentárias na Aman, única escola do Exército que forma oficiais combatentes, estão provocando sérias dificuldades na montagem e execução das atividades previstas para os cerca de 1.700 cadetes, distribuídos nos quatro anos de curso.




"Pou-pou!" na Aman?
As instruções com armamento estão sendo simplificadas, por falta de munição. Até mesmo o uso de cartuchos de festim tem restrições. Os instrutores ainda não estão se valendo do tradicional 'pou-pou!', tão usado na tropa, mas ...


Conta-gotas

O combustível é racionado. Ao abastecer, há controle inclusive do 'restinho' que sobrou no tanque após o exercício anterior.

Viajar pra quê?
As atividades que envolvem  viagens estão limitadas às estritamente necessárias, e olhe lá!

45 comentários:

Anônimo disse...

Em todas as atividades humanas funciona assim: quando não tem, bérra, quando tem desperdiça. Temos que cultivar uma cultura de responsabilidade, equilíbrio.

Anônimo disse...

1.700 cadetes? Mas não é cadete demais, não?

Anônimo disse...

Tem 25 anos que ouço isso : "três tiros por homem, nos alvos em frente FOGO À VONTADE !!!".
Fogo à vontade ???? Hum

Anônimo disse...

O que deveria ser prioridade nas Forças Armadas: gastar 15 milhões de reais anualmente com civis atletas travestidos de militares para tornar o Brasil uma "potência olímpica" ou proporcionar mais recursos para comprar meios de instrução para a formação dos futuros Oficiais do Exército (futuros Generais)?

Vejam a seguinte notícia publicada aqui no Montedo:"Investimentos das Forças Armadas tornam o Brasil uma potência olímpica"
Link: http://montedo.blogspot.com.br/2016/02/investimentos-das-forcas-armadas-tornam.html

15 milhões que custam anualmente os ditos 'atletas militares' (civis fardados) anualmente poderiam comprar quase seis milhões (5.769.230,76 cartuchos) de cartuchos 7,62 X 51mm M1 (comum) ou comprar 10.135.135,13 (mais de dez milhões) cartuchos cal. 9mm ETOG (comum)

Obs.: a título de informação e esclarecimento, os números acima são baseados nos valores para pelo COLOG (Comando Logístico do Exército) à CBC (Companhia Brasileira de Cartuchos) no ano de 2014, conforme seguem: cart. cal 7,62 x 51mm M1 ao preço unitário de R$ 2,60; cart. cal. 9mm ETOG ao preço unitário de R$ 1,48.

Anônimo disse...

Ué, mas sempre teve pou-pou na AMAN.

Anônimo disse...

Nao se enganem, sempre houve restricao na aman. Passei por la de 2006 a 2009 e na grande maioria dos exercicios a municao utilizada era o bom e velho pow pow. E quando tinhamos festim era racionado ao extremo.

Anônimo disse...

Pow gente !!! Nada de novo !!! Vamos preservar as velhas tradições ...

Anônimo disse...

Realmente interessante essa informação sobre os "atletas militares". Gastar esse dinheirão todo para criar uma "potência olímpica", enquanto quartéis do país estão no meio-expediente por contenção de gastos.

Dá para entender o que é esse Exército?

Alguém mais esclarecido ou melhor informado poderia nos responder?

Anônimo disse...

Em 2020 existe a previsão para cortar pela metade o numero de oficiais da AMAN e alunos da EsSA. O exercito sera tomado por oficiais e sargentos temporarios, na qual entraram e chegaram a capitao e 2 ° Sargento. Alem do mais oficial QAO podera chegar a Major. Tudo isso para reduzir custos. Isso sao rumores do DGP, na qual iniciara dos temporarios ainda este ano ou no maximo o ano que vem...
Na qual os oficiais e sargentos temporarios tera um periodo maximo até 45 anos de idade, depois disso vai para a vida civil, sem se aposentar ou melhor ir para a reserva. Sera aos moldes das FFAA EUA.

Anônimo disse...

Forma mais que West point. Mas afinal, pra que serve um exercito? na hora de defender o povo e as instituições, se cala, se omite, se acovarda. Pra que serve um exército que permite que exista outro paralelo? O povo humilde, trabalhador, honesto e patriota espera que cada brasileiro faça sua parte, e o povo não espera que o exército faça a sua? No passado evitou mal maior, e hoje? quem terá coragem???

Anônimo disse...

Não seria melhor substituir esses tiros fictícios por verdadeiros arcos e flechas? Assim já preparava alguns para olimpíadas ou outras competições.Os oficiais já usam a espada, tem cavalos bons no EB. É só acrescentar mais algumas armas medievais e voltamos ao início.Mas não se preocupem, no mundo de "Alice" tudo está maravilhoso e todos sorriem, até aquela mulher que foi presa.

Anônimo disse...

Suai na paz para não sangrardes na guerra. Apesar dos parcos recursos, a instrução não pode parar. Se parar, o preço pode ser muito alto no futuro. Como já dizia o Almirante Barroso, Barão do Amazonas, o Brasil espera que cada um cumpra com seu dever.

Anônimo disse...

Tudo é questão de prioridade....
Pra outras coisas não falta dinheiro, com certeza, como o exemplo do comentário acima, dos atletas militares...

Fardado Indignado disse...

Ao comentarista de 4 de março de 2016 17:35 Em poucas palavras definiu tudo!! Digo mais... preparem-se pois quando esse governo cair (e só uma questão de tempo) toda sorte de acontecimentos irá pairar pelo país! Serão greves, sabotagens, pertubação da Lei e da Ordem e tudo mais!! Tivemos um pequena noção de como será esse enfrentamento, truculência e vitimização são as características dessa corja de vagabundos que quando sentirem que foram retirados seus privilégios vão fazer o "diabo" para tumultuar!! Desejo uma luta justa para todos!!

Anônimo disse...

Estive lá em 1994 a 1998. Sempre teve pow pow. Me sentia uma criança brincando de policia e ladrão Fora a artilharia que era BUM e aí vinha o cadete e falava peça aatirou. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Estou vendo que nada mudou nesses vinte e tantos anos......

Unknown disse...

Se cala e se omite pra não ouvir no futuro o que ouviu e ouve até hj: golpistas, assassinos, torturadores, genocidas, etc. O papel do exército é garantir a merda que o país fez ao colocar corruptos no governo. Serve pra ir onde ninguém vai, ajudar em enchentes, secas, desastres naturais. Lugares esses que vc vê a desgraça acontecer da sua casa, confortável no sofá. Antes de falar algo, pare e pense.

Anônimo disse...

Simples é só promover os aprovados e concludentes do CHQAO a Oficial, passar o concurso do QCO para o PUBLICO INTEENO, e ACABAR COM CPOR, o Sgt da tiro a vida toda e qdo promovido a oficial não precisaria dar tanto tiro mais. Temos que fazerRECRITAMEBTO INTERNO, valofizar os nossos militares para que se tenha uma economia em ações que ja sabemosm pois formar o tempo todo tem custo elevado.

Anônimo disse...

Olha ai ... atenção.

DGP inaugura a Assessoria de Assuntos Internos

http://www.eb.mil.br/web/midia-impressa/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/IZ4bX6gegOtX/content/dgp-inaugura-a-assessoria-de-assuntos-internos?redirect=http%3A%2F%2Fwww.eb.mil.br%2Fweb%2Fmidia-impressa%2Fnoticiario-do-exercito%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_IZ4bX6gegOtX%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-1%26p_p_col_pos%3D2%26p_p_col_count%3D3

Anônimo disse...

http://www.defesa.gov.br/noticias/18618-militares-brasileiros-ajudam-a-conter-violencia-em-porto-principe

Anônimo disse...

Isso vem da FT 90... por isso hj temos oficiais superiores e ST em absurdo excedente em relação ao QCP. E ainda arrumaram bocas para PTTC. Acredito que não haja necessidade de mais do que 200 Cadetes, bastando aumentar o numero de temporários na base, só passando a Of Sup os de carreira.

Anônimo disse...

Heróis do traíra permanecem vIVOS EM NOSSAS MEMORIAS

http://www.eb.mil.br/documents/16541/7263485/Her%C3%B3is+do+Tra%C3%ADra.pdf/2df3a2f4-79c0-49cf-8086-062f85b1b719

Anônimo disse...

http://www.agencia.ac.gov.br/governo-apresenta-avancos-do-acre-ao-comando-militar-da-amazonia/?doing_wp_cron=1457084228.9251170158386230468750

Anônimo disse...

Reunião do Alto-Comando do Exército - RACE 305

https://www.youtube.com/watch?v=I1fXoAKfNhw

blá blá blá ... e a tropa top top. Cadê a agenda positiva fim melhorias para a familia militar ? Só abraçam missões dos outros ?

Desde o reajuste em 1º Mar 12, já perdemos 32%
..............
Nossas perdas desde o último reajuste em 1º Jan 12, por enquanto. E até 1º Set 16 ??? Parabens generais. A tropa sem diárias pra completar a remuneração ... top top n.. vezes. Tudo falido.

Cálculo da variação de um período ...

IPCA (IBGE) - A variação do índice IPCA (IBGE) para o período de 01/03/2012 a 31/01/2016 é 32,3446% - (incluso as conversões de moeda)

==> Fonte
http://www.debit.com.br/indice_acumul.php?

Anônimo disse...

Se fosse só nisso que o EB joga fora os parcos recursos...sabem os gastos dos colégios militares? Com a EsPCex para criarem uma jabuticaba do 1 ano da Aman em Campinas? Com os 2 anos de formação de Sgts em OMs distintas? Com viaturas "pessoais", com diárias para simples reuniões onde se lê a ordem de serviço e poderiam ser feitas à distância, com PTTC sendo que existem Of Sup sobrando no EB, etc, etc, etc?

Anônimo disse...

Destaques da Semana - 29 Fev a 04 Mar

https://www.youtube.com/watch?v=OQEecquN6cQ

Anônimo disse...

Excelente. Alguém pensou no DGP. Quero ver isto se realizar de fato.

Anônimo disse...

Montedo, me permita divulgar o que encontrei no Diário do Pará, online:http://www.diarioonline.com.br/noticias/para/noticia-360956-formados-da-marinha-estao-em-situacao-degradante.html

Formados da Marinha estão em situação degradante

"Praticantes oficiais de Náutica formados em 2015, em Belém, pela Marinha Mercante estão passando por uma situação degradante. O principal problema é que após a formação concluída os cerca de 80 formados não estão sendo convocados para o estágio, ao mesmo tempo em que perderam a remuneração que era paga. Só após conseguirem a vaga no estágio é que voltam a receber.

"Jovens que abandonaram tudo em busca do sonho de seguir a carreira de oficial da Marinha Mercante, após passar três anos na Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante em Belém, no Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba), não tiveram continuidade na atividade" escreveu ao DOL um dos alunos, que pediu para não ser identificado.

Os denunciantes relataram que até o período de formação recebiam uma bolsa para custear as despesas. "Contudo, após o término do curso fomos deixados à míngua. Cortaram a bolsa, retiraram o plano de saúde e apenas pedem que aguardemos", escreveu um dos jovens, em desespero.

Segundo eles, a Marinha do Brasil simplesmente não dá uma estimativa e não realiza qualquer estágio.

O que agrava a situação é que este jovens - com idade entre 21 e 27 anos, estão sem poder fazer nada, pois podem ser chamados a qualquer momento. "A Marinha trata isso com o maior descaso possível, com muita muita demora", avaliam ..." (para continuar lendo, acessem o endereço do Diário)

Anônimo disse...

Os Leões de alojamento se agigantam
Frustrados

Anônimo disse...

É porque o dinheiro público que deveria estar pagando isso está indo para os bolsos dos políticos, como do Lula por exemplo.

Anônimo disse...

05/03/2016 - Cabo da Marinha que fraldava sistema de auxílio-transporte é condenado no STM. Prejuízos ultrapassaram R$ 44 mil

http://militaresbrasil.blogspot.com.br/2016/03/05032016-cabo-da-marinha-que-fraldava.html#sthash.aF5C1juX.dpuf

Anônimo disse...

05/03/2016 - Tribunal mantém condenação de sargento por utilizar outra pessoa para realizar concurso em seu lugar

http://militaresbrasil.blogspot.com.br/2016/03/05032016-tribunal-mantem-condenacao-de.html#sthash.L0RV6RxD.dpuf

Anônimo disse...

01/03/2016 - Cabo que furtou armas de general é condenado a um ano de reclusão pela Justiça Militar de Brasília
http://militaresbrasil.blogspot.com.br/2016/03/01032016-cabo-que-furtou-armas-de.html#sthash.j5LDObXn.dpuf

Anônimo disse...

Amigo de 4 de março 23:51
Não importa o que terá que ouvir em defesa da Pátria,o filho não odeia o pai por uma palmada para educá-lo,nem o bom pai deixa que o filho quebre a cara dizendo que ele que escolheu este caminho. Onde ninguém vai, eu já fui,em mais de 30 anos de serviço, mas constatei que ninguém vai lá porque não quer, um exemplo que conheci de perto são os médicos sem fronteira, heróis e nem militares são. Não precisa ser militar pra ter bom coração, ajudar em enchentes,secas, mosquitos e tudo mais, o civil pode fazer isso muito bem, na falta dele o militar. Mas qual é a função das FFAA afinal? já se perguntou isso? é ser dentista? é ser matador de mosquito? O mundo é muito maior e por mais que você não acredite, não gira em torno de seu umbigo.

Anônimo disse...

Esses reacionários que nos acusam de inércia e omissão perante a situação política são os mesmos que irão nos descer a lenha se algum dia o Exército ou as Forças Armadas vierem a depôr essa corja que nos governa. Isso aconteceu em 1964, quando os poderosos e ricos da época apoiaram a derrubada de João Goulart acreditando que no dia 1º de abril de 1964 o comando do país lhes seria entregue, mas ao verem que isso não aconteceu, passaram a criticar e atacar as Forças Armadas. Exemplo clássico é o senhor Roberto Marinho e sua empresa televisiva. Além disso, há muitos que criticam duramente os governantes e políticos que ora nos comandam (não sou a favor do PT, que fique bem claro), chamando-os de corruptos, ladrões e toda ordem de adjetivos nem tanto carinhosos, mas na hora de dar o exemplo, mostram que são incapazes de respeitar desde as mais simples leis de trânsito. Resumindo toda a história, afirmo que o Brasil merece os políticos que ajudou a eleger e quanto a essas pessoas que nos acusam de omissão, pergunto o que estão fazendo para melhorar o país?

Anônimo disse...

EB de Brancaleone, ainda bem que não temos guerra, senao estaríamos chorando ao invés de rir desse tipo de imbecilidade. Se fôssemos colocados em um ranking real e fidedigno que avaliasse pider de persuasão, eficácia e poderio militar, nós nos surpreenderiamos negativamente.

Anônimo disse...

O exercito e as demais forças sera formado por praças e oficiais temporarios, na qual mudara as regras de ingresso e permanencia, sera aos moldes dos EUA com um numero minimo de praças e oficiais de carreira tem previsao para 2022 reduzir pela metade o numero de formação de militares de carreira, isso é verdade como o anonimo acima disse.
Estamos falidos em todas as FFAA e manter os temporarios sera a forma mais barata, para nao fechar as portas.

Rommel disse...

se a verba esta curta, deve-se diminuir o efetivo, assim como acontece no mundo real, em instituicoes e empresas bem administradas

Anônimo disse...

Efetivo muito grande de cadetes. Absurdamente grande.
Pode se muito bem cortar esse efetivo pela metade já no concurso de admissão na preparatória.Quero ver onde irão enfiar esse povo todo na tropa... adjunto, do adjunto do adjunto do chefe ?! é isso mesmo ?!
Basta olhar os efetivos envolvidos na burocracia em Brasília e nos comandos militares de área. Tem coronéis demais...majores demais...enfim tá na hora de acordar.

Anônimo disse...

Vergonha...enquanto isso o Foro de São Paulo e eventos sindicais patrocinados pelo governo a todo vapor...fechem as portas.

Anônimo disse...

Falando em crise, há alguma informação sobre cortes de vaga no concurso da EsSA desse ano?
Na Marinha o concurso de Aprendiz-Marinheiro veio com um corte em relação a 2015.
Será que tem facão na EsSA também? Tomara que não.

Anônimo disse...

Na melhor das hipóteses, o bolo continuará com o mesmo tamanho. Então, para melhorar a festa, só diminuindo o número de convidados. Não tem mistério.

Anônimo disse...

Conforme for dito pelo comentarias anterior a marinha mercante vinculada a marinha do Brasil esta nas piores...
Esta mais que na hora da marinha largar a mania de monopolizar o curso de ciencias nauticas e liberar a faculdades a formação destes profissionais. Afinal das contas são marinha mercante e não de guerra.

Anônimo disse...

Como um companheiro acima disse:"...os leões de alojamento se agitaram...", eu em particular nem posso ser chamado de leão de alojamento, pq em minha Unidade nem existe alojamento para ST/Sgt, em consequência meu caro amigo, na minha OM os leões estão sem a sua jaula rsrs. Mas para não perdemos o foco no assunto, essa falta de MAI pode explicar as fracas safras de oficiais que temos recebido na tropa, saliento que não por culpa desses jovens, mas culpa do mau planejamento e interesses pessoais de generais sem escrúpulos ao longo de anos e anos. Mas sabemos que existem varias saída como: acabar com os cabides de emprego, diga-se de passagem ilegais, como Atletas de Alto Rendimento, PTTC, oficiais OTT e sargentos STT, cavalos de raça em OM de cavalaria, festinhas para agradar políticos em quarteis em datas comemorativas, sim pq só dá festas quem tem condições, dinheiro sobrando, cursos no exterior que nada acrescentam em melhorias concretas dentro da Instituição etc. Podemos observar senhores que há inúmeras maneiras de se economizar e melhorar a formação daqueles que realmente estão entrando pela porta da frente da Instituição, por meio de concurso, é uma questão de sensatez e planejamento responsável, algo escasso nos dias atuais, quartéis afora. Vida que segue.

SGT ESSA / INF 97 disse...

gasta-SE 15 (QUINZE) milhões de reais anualmente com civis atletas travestidos de militares para tornar o Brasil uma "potência olímpica".

E PARA proporcionar mais recursos para comprar meios de instrução para a formação dos futuros Oficiais do Exército (futuros Generais)?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics