11 de março de 2016

Soldados da FAB cercaram jatinho que levaria Lula a Curitiba. Só que não!



Caros, vou cansá-los um pouquinho comentando essa bobagem aí ao lado. Trata-se de uma 'notícia' que amontoa besteiras a cada linha. Separei um trecho que atesta o grau de verossimilhança da narrativa. Eis aí:

Soldados da polícia da aeronáutica estranham a movimentação de outros policiais armados.
Bloqueiam a entrada e não deixam eles entrarem no aeroporto. Não teriam reconhecido a farda que foi usada pela Polícia Federal, que estava fortemente armada.
Um dos soldados avisa ao coronel o que está ocorrendo.
O coronel fica furioso.
O reforço é chamado. Em poucos minutos a polícia da aeronáutica está preparada com centenas de homens para, se preciso for, confrontar os policias da PF.
A confusão é enorme, então descobre-se que o ex-presidente estava sendo conduzido. Neste momento, o coronel assume o comando do aeroporto e dá ordens para que cem homens da Polícia da Aeronáutica cerquem o jatinho que, segundo lhe informaram, levaria o ex-presidente Lula para Curitiba.
Mais tensão.
Sabe-se então que Lula está na sala da PF para interrogatório. Neste instante é aventada a decisão de invadir a sala para resgatar o ex-presidente. Há uma negociação, mas o coronel, que segundo consta é legalista, teria perguntado: “O que vocês pensam que estão fazendo com um ex-presidente?”.

O articulista resgata dos idos de 1961 um coronel 'legalista' e furioso, à frente de sua tropa, contrapondo-se a agentes da lei que cumpriam mandado judicial, e bradando: “O que vocês pensam que estão fazendo com um ex-presidente?”. Dá para acreditar numa besteira dessas?
De lambuja, não há uma mísera imagem do suposto cerco dos mais de cem militares ao tal jatinho. Nestes tempos em que se filma e se fotografa tudo e o tempo todo (e a foto aí em cima prova isso), a ausência de imagens apenas confirma a falsidade da história.
Se tiver paciência, leia a 'matéria' aqui.

5 comentários:

Anônimo disse...

Projeto do deputado Cabo Sabino amplia a liberdade de expressão na esfera militar

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/DIREITO-E-JUSTICA/505092-PROJETO-DO-DEPUTADO-CABO-SABINO-AMPLIA-A-LIBERDADE-DE-EXPRESSAO-NA-ESFERA-MILITAR.html

Anônimo disse...

Se dá para acreditar numa besteira dessas? Claro que sim, se for um dos "zumbis" petistas que comem carne estragada e se jogam na frente de um trem para defender o "seu" líder, o supremo mentiroso. Tem um bandão de gente sem escrúpulos, ganhando uma esmola para causar confusão, quebra-quebra e se ferir de propósito para aparecer diante das câmeras como "pobre" vítima dos "golpistas". Eles ainda não perceberam que o "GOLPE" já aconteceu duas vezes. A primeira, quando a candidata Dilma prometeu coisas que sabia que não cumpriria; a segunda, o Lula vai jogar Dilma aos Leões para tentar se safar e deixar os bestas que o defendem, chupando o dedo.

Anônimo disse...

o melhor é ve os comentarias no site da "matéria"...só os cumpanheiros...

Anônimo disse...

Montedo, mais uma porrada de oficiais pediram baixa. Esta no BE de hoje.

Anônimo disse...

Se verdade fosse, estaríamos diante de uma situação que não é peculiar: pensar! Imagine um militar com consciência política, jurídica e social na atual situação em que vivemos; só pensamento mesmo... Deixar um militar de olhar para cima quando vê um PF seria o fim dos tempos. Garantir os poderes do Estado, em especial a função do judiciário que há muito tem-se deturpada em um ódio cego e político, inocência. Novamente na história vemos o povo à margem olhando bestializado ou mesmo sendo parte da manobra. Seguir regulamentos militares já é exigir o bastante, utopia seria o conhecimento de processo judicial. O que se espera do militar, ou melhor, o que espera verdadeiramente o militar é o toque de término de expediente e passar o serviço sem alteração, o resto é esperar para soltar o grito: boraaaa! Sim, seria patético conceber maior atitude e protagonismo que as ditas aqui. Apenas tolos sonhadores de um futuro melhor poderiam criar "estórias" como esta. Tenho dito....

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics