2 de março de 2016

Na pressão! Hospital militar de Brasília muda sistema de marcação de consultas após protestos na web

Graças ao vídeo de Angela Marta Correa Lutz, publicado aqui no blog em 29 de fevereiro e que repercutiu fortemente nas redes sociais, o Hospital Militar de Área de Brasília (HMAB) mudou o processo de marcação de consultas. Agora, o agendamento pode ser feito diariamente, o que deverá por fim a vergonhosa fila registrada nas imagens do dia 25 de fevereiro.
Leia também
Em Brasília, o FuSEx virou SUS!

32 comentários:

Anônimo disse...

Montedo, parabéns pelo Blog, sabemos que não é fácil manter um Blog tão importante para a família militar, com assuntos em tempo real, é isso mesmo prestou grande colaboração a todos os que usam o serviço médico desse Hospital. Infelizmente temos que fazer algumas criticas para que sejamos ouvidos pelo Comando, sem sermos punidos, pois, qualquer um que se identificar sofrerá no minimo uma advertência.

Anônimo disse...

PRESSÃO E UNIÃO.

Entretanto, em todas as situações em que é preciso agir, a gente só vê omissão, falta de participação dos interessados na solução.

Reclamar pelos cantos é mais fácil.

Na NET só besteirol por parte da maioria dos militares, seja no face, E-MAIL ... o sujeito recebe uma noticia da caserna e não passa adiante nem a pau Juvenal ! Mas fotinhas, besteirol, fuleiragens, piadinhas, ai passa na hora.

O militar vê uma noticia ou sabe de algo, lê e guarda pra si. Não entendo essa postura ! É medinho ou frouxidão porque ta na ativa ? Mas vão pra reserva e continuam do mesmo jeito ! Ou é falta de iniciativa, preguiça !

Noticias da caserna do nosso interesse e dos demais, não se curte. COMPARTILHE com os demais ou seja divulgue, colocando o LINK da informação. Qual o problema ?

=> TUDO QUE VEJO NA INTERNET SOBRE A CASERNA, EU MANDO O LINK PARA O MONTEDO E DEMAIS CONTATOS.

LIÇÕES NÃO APRENBDIDAS: NÃO ADIANTA VER, LER E GUARDAR. PENSE NISSO MILITAR !

Anônimo disse...

hce. pmrj.pmpv, tdos do rj tem que ser tomada as mesmas medidas chega-se as 4 da manha para uma consulta ta igual ao sus

Anônimo disse...

Não dar para entender uma coisa: Como uma Unidade Militar de Saude, que tem a sua ATIVIDADE FIM, atender todos os militares da ativa, inativos, pensionistas e respectivos dependentes, tem marcação de consuta de 15 em 15 dias!!!! Se a atividade fim é saúde, deve atende àquele que procuram os serviços, DIÁRIAMENTE!!!

Sub Tibério disse...

Só falta um vídeo do HCE, HGERJ, PMRJ, aqui no Rio ou um panelaço em frente a esses hospitais com pensionistas,inativos e dependentes, sem falar nas outras guarnições para acabar com essa pouca vergonha!!!! A solução seria uma fila de espera informatizada senão vc chega lá e acabou o número volta amanhã, ai não tem quem aguente!

Anônimo disse...

Acho que vou ter que fazer isso com o alojamento dos sargentos lá do esquadrão, já que chove como na rua!

Anônimo disse...

Tem que mudar é muita coisa pra começar a melhorar, não é só marcar diariamente... Adianta todo dia abrir agenda, mas vc vai lá e é a mesma quantidade de vaga por especialidade.

Anônimo disse...

Parabéns Montedo. Excelentes postagens.

Anônimo disse...


ALERTA: VAMOS INTERPRETAR OS SINAIS:

Projeto de lei sobre teto salarial provoca debandada de 500 militares
Tramitação de texto na Câmara dos Deputados provoca críticas de associações de PMs e bombeiros, preocupados com a previsão de as categorias não receberem os valores de licenças e férias não gozadas no momento da aposentadoria

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/03/02/interna_cidadesdf,520105/projeto-de-lei-sobre-teto-salarial-provoca-debandada-de-500-militares.shtml

Anônimo disse...

O problema da maioria dos militares, principalmente dos mais antigos da caserna, é achar que os dependentes e pensionistas, ou mesmo o pessoal da reserva, vai se comportar como vaquinhas de presépio, como ovelhinhas, como os demais militares do quartel.
Deu no que deu, que sirva de aprendizagem.....os civis não estão nem aí para reclamar, se vão desapontar os chefes, se vão se sentir ofendidos ou afrontados pela falta de disciplina...

Unknown disse...

Não vai ter nenhum médico disponível para marcaçao, não importa o dia da semana, a menos se você for general ou dependente de um

Anônimo disse...

A preguiça é tão grande que nem o horário de atendimento são capazes de expor.

Anônimo disse...

Aqui na minha guarniçao ta todo mundo indignado,quanto a descontos abusivos referentes a atendimento no FUSEX,tem OM cobrando 100% do Usuário que não cumpriu o prazo de 48 horas para o atendimento. O interessante e que a OCS é conveniada e possui contrato com o exercito, e mesmo assim estão cobrando 100% de procedimentos executados dentro do Pronto atendimento da Clinica.
A lelislação é confusa porém que eu saiba é referente a restituição de despesas em clinica não conveniada e o usúario assume a divida com a OCS. o,sem negando o contraditório e a ampla defesa do usuário sem sindicância para apurar se é urgência ou emergência(que já é sabido pois é no Pronto Atendimento).INCLUSIVE O CHEFE DO FUSEx diz que é para disciplinar o usuário.
Gostaria Montedo de debatermos esta questão,pois conforme ouvi falar isso é o maior BO para o CMT.......

Anônimo disse...

E os generais, continuarão a ser atendidos pelos fundos?

Anônimo disse...

Ainda tem militar???? querendo disciplinar usuario FUSEX.
Pobre coitado de mente tacanha, lembre q receberas em dobro todo o mal que destilas.
E não venhas perguntar pq não te respeitam.

roberto da silva barros disse...

Temos que fazer uma campanha para a volta do "auxílio moradia" e "salário família" porque terceiro sargento ganhando 3 salários mínimos nem em barraco consegue pagar aluguel...

Anônimo disse...

No HFA e no HFAB,alem da OABR, Aeronautica, também está desse jeito. Os oficiais e seus dependentes são atendidos pelos fundos enquanto quem sustenta o sistema fica na fila aguarndo vaga pra marcar sua consulta.

Anônimo disse...

O FUSEx sempe foi uma palhaçada em todo território nacional !!!

Anônimo disse...

Ou vai ou racha!!

Anônimo disse...

Essa medida é paliativa, pois o problema crônico é a falta de médicos, que debandaram geral.Diminui a fila quinzenal, mas não abrem vagas para consultas suficientes.Em Belém, na FAB, também é permitido marcar por telefone (atualmente é ficção) e algumas especialidades só podem com encaminhamento de um médico clinico. São dois sofrimentos, primeiro conseguir o clinico e depois voltar tentar com o especialista. Mas, convenhamos, é certo, pois antes, muitos iam se consultar sem ser necessário o especialista, tirando a vaga de quem realmente precisava.Não tem solução à vista, pois disseram que em torno de 22 a 30 médicos pediram as contas. Quem é que vai ficar para aguardar os 5%?

Anônimo disse...

Hospital modelo, Hospital Regional de Jundiaí/SP, atendimento de qualidade de 1º Mundo. Seus administradores deveriam estar no Ministério da Saúde, aí SIM.

Anônimo disse...

E ainda aparece uns e outros que acham ruim algum colega reclamar.

Deve-se reclamar, parabéns. Se ninguém nunca reclama nada muda.

Já vi um colega contar que reclamou em uma ouvidoria do EB e recebeu de volta uma mijada, pois o ouvidor alegou que o militar estava certo, mas escreveu uma palavra com letra maiúscula, e isto configurava que ele estava gritando com o ouvidor, sendo transgressão disciplinar, pois o ouvidor era mais antigo portanto não iria atender o pedido dele.

Anônimo disse...

enquanto essa profissão de médico for endeusada nesse país subdesenvolvido a coisa vai ficar assim...de mal a pior.
Trabalham quando querem...comandantes omissos e lenientes com a acochambração descarada e desmedida a prejuízo na União.Uma vergonha. A grande maioria , filhos de militares ou apadrinhados de.Vamos fazer uns videos da PMPV no Rio e na Policlínica do Centro. Vai bombar também.kkkk
Vamos trabalhar meu povo !

Anônimo disse...

Sem fila, mas vai tentar marcar uma consulta ! ...

Anônimo disse...

Eu até sei aonde é essa guarnição,do companheiro das 3 de março de 2016 00:23,lá funcionava o FUSEx Delivery,basta o oficial superior pedir e o chefe do FUSEx(Cap QAO) mandava entregar,enquanto os mortais ficavam esperando.Mas tem mais burrada de Cap QAO,a ouvidoria ta cheio de queixas dele e não fizeram nada ainda.

Lynaldvs disse...

Em plena era da net os hospitais militares não disponibiliza um serviço de marcação via senha de cada usuário previamente cadastrado.mas tão cheios de campeões de cabo de guerra

Anônimo disse...

Bom dia a todos! sou filha de pensionista e sou eu quem marca as consultas para minha mãe pelo site do HMAB. Alguém sabe me informar o que houve com a marcação on line? Já que o site não traz mais qualquer informação? Será que eles acabaram com esse sistema? era só o que faltava. Foram diminuindo, diminuindo o número de vagas pela internet e resolveram acabar? Se isso ocorreu, acho um absurdo, pois é desumano submeter idosos e pessoas adoentadas às filas na madrugada para marcar consultas! Se é para isso, vamos usar o SUS e não pagar um plano de saúde particular! Obrigada

Anônimo disse...

Também tentei fazer uma marcação agora e não consegui, nem a opção aparece mais pela internet.

Anônimo disse...

Em Brasília, o FUSEX continua SUS, de nada adiantou o vídeo.As marcações são diárias, mas é preciso chegar às 4h da manhã e ter sorte para que abra agenda no dia daquela especialidade que você precisa. Ou seja, colocaram essa informação no de marcação diária só para mascarar, porque tudo continua a mesma coisa.

Anônimo disse...

Próximo passo é chamar a imprensa, porque as coisas só funcionam quando a mídia entra em ação.Qualquer dia desses o HMAB sairá no DFTV. Aí sim, irão tomar providências de fato e não mascará como fizeram.

Unknown disse...

No hfa também não está diferente tem q dormir na porta do hospital p marcar consulta. Quando vai fazer exames eles só avisam na hora q não vai ser feito falam q vão remarcar é ligar p avisa só q não marca é não ligam.

Vlaudia Rosa da Silva disse...

Todos os militares pagam o plano de saúde não é de graça todo mês é descontado no contra cheque.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics