31 de julho de 2017

Sargento do Exército participa da série Rumo ao Ápice, do Esporte Espetacular

São José, SC — Os sargentos Juelisa Correa e Fernando Ferreira Ortis ministraram palestra aos jovens e adolescentes atendidos pela LBV e recebem  um quadro comemorativo do Dia do Exército. (Imagem: LBV)
O segundo desafio da série Rumo ao Ápice estreou neste domingo no Esporte Espetacular, da Globo. Três novas pessoas encararam suas limitações em três meses de treinos para tentarem se tornar Ironman, ou seja, nadar 3,8km, pedalar 180km e ainda correr 42km. Tudo isso no mesmo dia, na etapa 2017 do Ironman Florianópolis. Eles são a paulista Adriele, de 30 anos, biamputada, a carioca Cristal que tem 26 anos, e o gaúcho Fernando Ferreira, de 35 anos, que é sargento do Exército.
Fernando, que é atleta de corrida e guia de corredores cegos nas horas vagas, já esteve em duas missões de paz no Haiti. A natação é seu ponto fraco. O militar do 63ºFez treinos intensos e levou muitos puxões de orelha da treinadora Fernanda Keller para aprender a nadar.
Com informações do Globo Esporte.

8 comentários:

Anônimo disse...

E o salário ? É tipo ...um ápice invertido ?

Anônimo disse...

Exemplo de superação! Ironman... Essa prova é extremamente difícil. Parabéns companheiro e muito sucesso!!

Anônimo disse...

Vi essa matéria no Esporte Espetacular. Tô torcendo muito pelo sucesso desse companheiro. Se Deus quiser ele vai fazer bonito.
Vamos em frente Ferreira!!!

Anônimo disse...

Todos nós também temos nosso Ironman diário, pois sobreviver com este salário é a maior prova de superação que pode existir.

Parabéns ao companheiro

Anônimo disse...

Conheço o Sgt Ferreira Ortiz desde 2002, fizemos o curso de Sargento na mesma turma, um cara gente boníssima de mais.... desejo muito sucesso, paz e felicidades.... ������������������ esporte sempre bem vindo faz parte da saude..... Abç amigo
Atenciosamente: ALEX CONSONI CORREA

Anônimo disse...

Parabéns sgt

Anônimo disse...

Parabéns "Ferreira Ortis" conhecido na nossa turma de formação EsSA - 2002 como "missão Ortis", um exemplo de pessoa e de militar. Mesmo tendo sido formado no mesmo ano, tive o prazer de servir com o mesmo no CFRN/5°BIS (São Gabriel da Cachoeira-AM) e com o seu irmão Sgt ORTIS naquela unidade nos anos de 2007 e 2008. Enquanto o Ferreira Ortis ajudava a todos na 2 Cia Fuz no que se referia a missão e instrução o Ortis apoiava a todos que estavam em algum dos 7 P.E.F através da Cia Esp Fron no Setor de Embarque (P.A.A). Abraços, sucesso no programa "RUMO AO APICE" e na vida.

Sgt EsSA 2002

Gonça disse...

Meu amigo Ferreira Ortiz! Fiquei muito feliz de saber dessa matéria do Esporte Espetacular, ainda não vi. Mais importante do que alcançar o objetivo no Iron Man é o exemplo que o "F.O." passa para os que com ele convivem. O trabalho hoje com os corredores cegos é admirável, e lembro que ele já se envolve com serviço voluntário há bastante tempo: lembro dele atuando na Cruz Vermelha em Porto Alegre acho que em 2003 ou 2004...
Eu tenho certeza de que o desafio será superado!
Parabéns, meu amigo! Abraço pra Ana e pro Rafa!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics