25 de julho de 2016

ES: tenente do Exército é preso após tentar matar o filho em Vila Velha

Um dos tiros disparados pelo aposentado acertou o telefone, que estava em cima da mesa e momentos antes era utilizado pelo filho dele. O outro tiro alvejou a parede



Vila Velha (ES)  -Um tenente aposentado do Exército Brasileiro, de 71 anos, é suspeito de tentar matar a tiros o próprio filho, dentro de casa. O crime aconteceu na noite do último domingo (24), no bairro Jardim Marilândia, em Vila Velha. Segundo a família, a confusão só aconteceu porque o militar estaria embriagado.

Um dos tiros disparados pelo aposentado acertou o telefone, que estava em cima da mesa e momentos antes era utilizado pelo filho dele, de 39 anos. O outro tiro alvejou a parede. De acordo com a esposa do militar, o motivo da confusão foi porque ele queria que a mulher fosse para o bar e não para igreja. No meio da briga, o filho tentou intervir.
“Ele me deu um empurrão e meu filho chegou e pediu para ele não fazer isso. Foi aí que ele deu um tiro na parede”, contou a mulher do suspeito.
A confusão aconteceu por volta das 20 horas. Vizinhos disseram que o militar sempre foi uma pessoa reservada e tranquila. Segunda família, os problemas só aconteciam quando ele bebia.
De acordo com a família, esta não foi a primeira vez que o tenente aposentado arranjou uma confusão parecida, mas dessa vez a situação chegou ao extremo após ele ameaçar matar o filho e se matar em seguida.
O tenente, aposentado há 25 anos, foi autuado por tentativa de homicídio e levado para o 38º Batalhão de Infantaria do Exército de Vila Velha, onde está preso. A família espera que ele possa ser solto em breve e que o porte de arma dele seja retirado para evitar novos transtornos. “A pessoa quando bebe fica muito brava, muito violenta, e dá coragem para tudo. Com a arma na mão a pessoa pode fazer qualquer coisa”, disse a mulher.
Segundo o 38º Batalhão de Infantaria, o tenente ficará preso enquanto não houver decisão contrária da Justiça. Ele será apresentado à juíza no fórum de Viana para uma audiência na tarde desta segunda-feira (25). Então, o batalhão aguarda o posicionamento da Justiça para saber que procedimentos deverão ser tomados.
FOLHAVITÓRIA/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Um fato lamentável, um idoso com um procedimento desse, que Deus esteja no controle e o companheiro possa repessar suas atitudes.

Anônimo disse...

Apesar da violência descontrolada, é por motivos como esse que sou contra armar a população, apesar de que em muitas ocorrências dá vontade de ter uma arma para "pipocar" os bandidos.Um trio extremamente perigoso: bebida, arma e descontrole.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics