24 de julho de 2016

Vala comum? Governo Temer quer regime único na Previdência, inclusive para os militares

Temer quer regime único na Previdência
O início dos estudos é sinal de uma mudança no governo, que até aqui cogitava apenas a mudança de algumas regras e não discutia a situação dos militares, por exemplo. 
DANIELA LIMA e EDUARDO CUCOLO
DE BRASÍLIA
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse à Folha que o presidente interino, Michel Temer, autorizou estudos sobre a criação de um regime único de Previdência, com regras uniformes para trabalhadores do setor privado e funcionários públicos.
Padilha coordena o grupo governamental encarregado de formular um projeto de reforma da Previdência a ser submetido ao Congresso. O governo considera a reforma peça essencial de seu esforço para equilibrar o Orçamento e conter seu endividamento.
Hoje, trabalhadores do setor privado e servidores públicos são regidos por normas diferentes. Há ainda leis específicas para trabalhadores rurais e militares, por exemplo.
"O presidente me pediu que o grupo estudasse os caminhos para um regime em que as regras [para aposentadoria] fossem as mesmas para todos", disse Padilha.
O ministro disse que ainda não há decisão sobre o assunto. A criação de um regime único representaria uma mudança profunda na legislação brasileira e tenderia a causar controvérsia no Congresso.
O início dos estudos é sinal de uma mudança no governo, que até aqui cogitava apenas a mudança de algumas regras e não discutia a situação dos militares, por exemplo. Em 2015, o pagamentos de pensões e aposentadorias militares foi responsável por 45% do rombo na Previdência dos servidores federais.
Segundo Padilha, um regime único poderia ajudar a equilibrar "algumas áreas que são superavitárias com áreas em que há deficit".
No mês passado, governadores pediram a Temer que a reforma inclua o fim dos regimes especiais para servidores, professores e policiais.
A unificação dos regimes foi uma das sugestões apresentadas em fevereiro de 2015 pela presidente afastada, Dilma Rousseff, para debate com trabalhadores e empresas, mas a conversa não andou. Temer retomou as discussões com sindicatos e empregadores, neste ano, mas ainda não houve conclusão.
A proposta de reforma deverá incluir uma regra de transição para pessoas que já estão no mercado de trabalho mas ainda não têm condições de se aposentar. No último dia 16, Padilha sugeriu nas redes sociais que a nova regra poderia aumentar em 40% a espera pela aposentadoria dos que já trabalham.
"Para quem faltasse 10 meses, teria que trabalhar mais quatro. Faltaria [com a nova norma] 14 meses para aposentar", escreveu o ministro.
Temer também quer definir uma idade mínima para aposentadoria no setor privado, como em outros países. Em entrevista à Folha, o presidente interino defendeu 65 anos para homens, dois ou três a menos para mulheres.
Ainda não há consenso na equipe de Temer sobre a aplicação da regra de transição para todas as pessoas que já estão no mercado de trabalho. Pode ser criado um mecanismo que permita que eles escolham entre a regra de transição e a idade mínima.
Folha de São Paulo/montedo.com

83 comentários:

Anônimo disse...

Previdência deveria ser o ato de prever, pois previsão é.

juniot disse...

Pagar por horas extras para os militares, ferias de recrutas, um posto acima, votar MP 22-15, nao querem.

Anônimo disse...

E a aposentadoria desses políticos que trabalham tanto para nosso país....continuará como está. ...? AcordA Brasil....

REALISTA disse...

Comentaristas, percebam que o desmanche/descredito/destruição das FFAA, é feito por dentro, leve tambem conta, que estão de olho no dinheiro, fazem um discurso tapeatorio e o dinheiro some, não importa se pagamos ou não. Dinheiro só existe para politicos e melancias.
Não aceito a falta de dinheiro, pois a arrecadação sobe, os salarios dos mortais diminuem e O ROUBO CONTINUA DE VALORES ESTRATOSFÉRICOS.
Ninguem vai nos defender, isso parte de dentro, nada acontece sem participação interna, não sejam iludidos com belos discursos (para boi dormir) nem sejam tolos em pensar em algum salvador da patria.
Nos finalmente, o desejo em por mais dinheiro em suas c/c é o importa aos associados da grande ORGANIZAÇÃO que impera por aqui.
Somos da sociedade desorganizada e eles são organizados, gigantescamente organizados, pois possuem diversas siglas/cores/discursos mas um só objetivo: DINHEIRO.

Rogério disse...

A falácia do déficit da Previdência

2º Congresso Mundial dos Aposentados Cobap Araxá-MG - Dia 09 de Junho de 2016 - parte 2 de 4

https://www.youtube.com/watch?v=UmyM2NX6fqc

Palestrante: Vilson Antônio Romero - Presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP) - Tema “A falácia do déficit da Previdência”
À partir de 1:50:00

DEFESA DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA - Audiência Pública - 13/07/2016
https://www.youtube.com/watch?v=ZLfgUoLUml0

- Presidente do Conselho Executivo da ANFIP
Sr. Vilson Antonio Romero À partir de 56:10

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/TRABALHO-E-PREVIDENCIA/512533-ESPECIALISTAS-DIVIDAS-DE-EMPRESAS-E-DESONERACOES-CRIAM-PROBLEMAS-NA-PREVIDENCIA.html

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/TRABALHO-E-PREVIDENCIA/512532-DEBATEDORES-DIVERGEM-SOBRE-DIAGNOSTICO-E-SOLUCOES-PARA-A-REFORMA-DA-PREVIDENCIA.html

Anônimo disse...

É.........ruim com ela ......pior sem ela.....mas nós apoiamos....agora é manter o apoio...independente da tragédia que se anuncia (e já se concretiza) a uma nação inteira.....ao seu futuro....as futuras gerações. Quem viver verá! Alguns de nós se darão conta do "engano" (muitos já se deram)...outros continuarão "cegos". Talvez as futuras gerações de brasileiros - nossos filhos e netos inclusos - sintam nojo do que fizemos, permitimos e concordamos que fizessem com nosso país. Muitos de nós, que deixaremos esse triste legado as futuras gerações, o fazemos por analfabetismo político, alienação, irresponsabilidade ou má-fé mesmo!

Silvio Tome disse...

Fui para a reserva em 2013 após 30 anos de serviço, perdi um posto acima, promoção a segundo graças a Dilma. Perdi 1% ao ano, ferias de recruta, agora será que iram mexer na minha pensão também?

AD-Manancial da Vida disse...

Silvio Tome, vc precisa urgentemente se informar muito, e deixar de ser massa de manobra, que papo furado é esse que vc deixou de ganhar promoção graças Dilma ? se noção vc, seus direitos foram retirados no governo FHC. Vai pesquisar antes de postar asneira.

Anônimo disse...

Vejamos o futuro: caso essa idéia comece a ganhar força o funcionalismo público vai paralisar tudo, greve geral! Os militares serão chamados a cumprir diversas missões subsidiárias para que o país continue funcionando. Por fim, vão manter a aposentadoria dos funcionários públicos como está (senão o país deixa de funcionar) e vão mexer somente na aposentadoria daqueles que não tem direito à greve...

Anônimo disse...

Quando acrescentam regras na legislação, vão acrescentando todo dia um pouquinho até que haja uma complexidade quase sem solução.
Quando querem fazer mudanças, tentam fazer "grandes reformas" que só trazem mais transtorno e confusão.

O dinheiro da previdência social deveria ser usado apenas para pagar aos aposentados. O setor rural tem que colocar a mão no bolso e parar de depender das indústrias e serviços e pagar sua cota. Dinheiro para SUS, outra conta. Para Bolsa Família, outra conta. Para auxilio doença, acidente de trabalho e seguro desemprego, outra conta; cada uma com fontes de financiamento específico se quiserem manter alguns privilégios.

A previdência deveria receber também, além da contribuição específica, o dinheiro do PIS, FGTS e enviar Extrato Mensal aos contribuintes. Toda essa FORTUNA deveria estar aplicada em titulo do Tesouro Direto que renderam 36% em 6 meses neste ano enquanto a poupança rendeu 3,5% e o FGTS a metade da poupança.

Além disso, extinguir muitas dezenas de Conselhos desses fundos que só consomem dinheiro público, dos contribuintes.

Com regras claras, a iniciativa privada, o empresário, empreendedor, banqueiro, industrial, etc, vai investir, com financiamento privado ou não, o dinheiro necessário para a construção da infra estrutura do pais.

O debate é longo, todo mundo quer ganhar.
O problema é ganhar PENDURADO NAS COSTAS DOS OUTROS.


Anônimo disse...

Se o governo, fizer essas mudanças e tornarem os militares, como um trabalhador comum, eles terão que pagar horas extras, adicional noturno, insalubridade, pagar o dobro nos finais de semana trabalhados, quando da aposentadoria, eles terão que pagar todas as indenizações, aos moldes do cidadão civil. Ou seja, essas modificações, só traria vantagens para os militares. O pessoal quando em manobras teriam que receber adicional por estar em efetivo serviço, como está acontecendo com a Guarda Nacional, aqui no Rio. Eles estão recebendo mais de 500 reais por dia, só gratificações. E outra, o militar das Forças Armadas, são os únicos servidores públicos, que quando passar para reserva, continuam descontando a pensão militar. Seria como se civil, aposentado, continuassem a descontar o INSS. O FHC, quando Presidente do Brasil, se vingou de todas as formas em cima dos Militares, nos tirando direitos adquiridos, que jamais poderiam ter sido retirados, da forma que foi feito. Ele simplesmente, acabou com a rememoração do Militar e ninguém falou nada. Agora, nós iremos assistir, mais uma vez eles destruírem, o pouco que nos restou! Acho engraçado, que as infinitas mordomias financeiras deles, eles nem cogitam diminuir!!

Anônimo disse...

Ao Silvio Tomé......companheiro...eu também perdi uma graduação acima quando fui para a reserva e esse "1% " também masss.... não foi "graças a dilma".....meu amigo....(independente de política). Minha sugestão ao companheiro é que antes de fazer um comentário sem nenhuma base ou verdade....dê uma "pesquisada" em datas. Só para "lembrar" aos companheiros: Quando perdemos nossos direitos; quem fez isso.....e não foi essa tal de dilma -justiça seja feita - não fez ao menos uma lei de transição para os que já estavam no "jogo",simplesmente, numa canetada, mudaram as regras e pronto....prejudicaram muita gente. Não deram a menor pelota para o que estava estabelecido e para as pessoas que seriam prejudicadas. E agora vemos novamente a repetição dessa forma de mudanças e desculpe-me o amigo mas "não é dilma". Ah....antes que eu seja atacado, uma informação.....eu não voto em ninguém e isso faz muito tempo mas, procuro me informar e sobretudo ser justo. Um abraço!

Anônimo disse...

Amigo, faz uma forcinha e tenta ler o texto corretamente, a proposta de unificação é desde Fev 2015.

Anônimo disse...

É bom pra quem achava ruim. Agora tende a ficar pior. Assim vamos pro buraco. Abraçados.

Anônimo disse...

Taí o que vocês queriam!!! não tomamos conta outros vieram e agora fazem o querem, milico é frouxo por natureza só serve pra apertar público interno, agora aguenta, como se diz na velha e boa infantaria, a gente cai,mas cai de pé!!! Brasil acima de tudo!!!

Paulo Roberto Soares Paixão disse...

E sobre os políticos? Continuarão com essa mamata? Férias para políticos? Recessos absurdos!!! Pouco trabalho!!! Muito dinheiro!!! Sou favorável ao político receber R$ 1.000 por mês e continuar com essa vida fácil!!! 14°, 15°, 16° salários? Por que? Auxílio moradia? Por que? Veículos oficiais? Por que? Mexer na aposentadoria e dinheiro dos outros é moke e fácil!!! Quero ver cortar na própria carne (mamata)!!!

Anônimo disse...

Se for assim acontecer então vai ter teto salarial pra receber os militares, porque militar vai pra reserva recendo integral.

2Ten QAO WFO

Anônimo disse...

Excelente comentário. Parabéns pela sobriedade.

"É.........ruim com ela ......pior sem ela.....mas nós apoiamos....agora é manter o apoio...independente da tragédia que se anuncia (e já se concretiza) a uma nação inteira.....ao seu futuro....as futuras gerações. Quem viver verá! Alguns de nós se darão conta do "engano" (muitos já se deram)...outros continuarão "cegos". Talvez as futuras gerações de brasileiros - nossos filhos e netos inclusos - sintam nojo do que fizemos, permitimos e concordamos que fizessem com nosso país. Muitos de nós, que deixaremos esse triste legado as futuras gerações, o fazemos por analfabetismo político, alienação, irresponsabilidade ou má-fé mesmo!"

Anônimo disse...

40 anos é o farol pra passar pra reserva agora, Meus Deus vão jogar os milicos em vala comum, então os direitos do servidor civil devem ser espelho pra nós!

Anônimo disse...

O importante eh a vocação pela carreira...

Anônimo disse...

Vcs só querem coisas boas...
***quando falam de aumentar o valor da transferência da bagagem pode...
***quando falam em aumentar a ajuda de custo para a reserva pode...
---quando falam em aumentar para 35 anos, não pode...não entendi...
Depois falam dos políticos que não mexem nos direitos deles...

Anônimo disse...

Kkkkkkk

Léo disse...

Parabéns ao comentário REALISTA acima.Perfeito.Permita-me o amigo apenas fazer uma pergunta ao General Villas-Boas.É esse o trabalho duro que o Sr afirmou que está realizando , junto ao Ministério da Defesa, para dar condições dignas e decentes ,com relação aos vencimentos da tropa? Fim de linha.Imaginam se essa corja dos petista Ladrões tivesse mudado os currículos da AMAN? Mudar para quê? Precisa? Vergonha e indignação!!! Parabéns aos comandantes das PM ,Brasil afora.Parabéns.

Anônimo disse...

A verdade eh que todos são iguais. Ninguém quer perder direitos. ...nem político nem militar....

Anônimo disse...

Não entendo. Ser militar eh voluntário. Eh uma carreira. Porque entraram. ...?

Evandro disse...

E você precisa se situar no tempo. Na época das promoções do QE a 2° Sgt (acredito que seja este o caso) o Presidente era Dilma, não FHC. Concordo que perdemos muito de nossos direitos naquele governo, mas não coloco só na conta do FHC, tivemos nossa parcela também. Vai uma crítica: melhore os temos ao comentar as postagens de colegas. Os que você usou chegam a ser ofensivos.

Anônimo disse...

Tem muita gente desinformada mesmo, não foi FHC, que nos suprimiu direitos como perder Posto Acima, 1%, LE, enxerguem bem quem eram os representantes dos militares à época, os Generais de Exército que já tinham seus direitos garantidos, e de lambuja levaram mais 20%. Deixaram de lutar por nós, sabendo que disporiam de cargos na reserva no STM, PETROBRAS, ITAIPU, para não desagradar os Generais mais novos e os Oficiais Superiores criaram o PTTC. No Portal de Transparência um Gen Ex que já tinha em 2001, 30a 01d recebe salário de marechal + 20%, não digo o mesmo de um Gen Ex que completou tempo de serviço após 2001. Perdeu Posto Acima. Enxergaram ou você acha que FHC estava preocupado com os militares, tendo mais de 24 ministérios que deveria se preocupar veio de dentro das Forças Armadas, ele só assinou nem viu a MP do mal. Tudo isso foi orquestrado para que lá no futuro não faltasse dinheiro para a sua aposentadoria. Apartir do ano de 1985 houve um gigantesco ingresso de milatares de carreira nas Forças Armadas, quem controlava isso senão as FA. Tudo isso é Economia, projeção de crescimento da Previdência dos militares. O pior é que vão mexer com tempo de serviço, passará para 35 anos não tenho dúvida. Quem tiver tempo de INSS, cadastre logo. Esperem para ver, a família cresceu e o dinheiro encolheu.

Anônimo disse...

Quem acabou com os direitos dos militares foi o FHC do PSDB. Isto não quer dizer que o PT é santo, não. O FHC apenas antecipou a desgraça. Nenhum político é confiável, não adianta ser PSDB, PMDB ou PT, nenhum deles presta. Aliás, o Brasil não é mais um país confiável. Para o comentário anterior, vale lembrar que ir para INSS não seria bom porcaria nenhuma, pois teria o tal teto e também o fator previdenciário que tanto rouba dos aposentados, e na maior cara de pau. Então, camarada, você deve ser civil se metendo num caso militar. Quanto ao cidadão que cita a voluntariedade de ser militar, para o serviço inicial é obrigatório. Só aqueles que têm capacidade de passar num concurso, que antigamente era uma "boa", é que entra nesta conversa de ser voluntário. Se for pensar, pela necessidade de se trabalhar, qualquer empregado é um voluntário. E aprenda mais uma coisa, pensando bem, todo trabalhador no Brasil é um ESCRAVO, e não depende da cor mais não. Portanto, deixa de ser inocente ou de se fazer de tal.

Anônimo disse...

Ser militar é voluntário, agora obrigar a ser um escravo otário não.

Anônimo disse...

Eu estou tranqüilo. Nossos quatro estrelas nunca vão aceitar isso. Eles vão nos defender com unhas e dentes.
Eles não se importam mais com carreira, com galgar mais postos, com cargos e benesses, eles não tem nada a perder. Vamos confiar nos nossos representantes, pois é assim que funciona e vem funcionando, nossos quatro estrelas são muito hábeis em manobras e negociações.

Anônimo disse...

Então vai todo mundo pro buraco? negativo irmãozinho, os oficiais generais não vão, e, pra eles aceitarem uma proposta destas é porque eles vão ficar de fora. A resposta àquele que diz ser voluntariado,então me diga qual carreira ou função não é voluntariado? só o serviço militar obrigatório, o resto, magistratura, defensoria, jogador de futebol, ninguém é obrigado a estar ali, e eles não reivindicam aumentos? não querem direitos? então, por que o militar seria diferente? Não esqueça que a carreira militar impõe diversos limites ao servidor, e passa 35 anos com estes limites e agora vem alguém dizendo que deve ser tudo igual? Por que Temer não trocou o comando das forças colocados por Dilma? já pensou nisto? Vai a maior parte pro buraco, e eu vou puxar alguns pela perna pra dentro do caldeirão...só pra controle, nome e numero...

Anônimo disse...

Amanhã mesmo começarei os exames médicos e vou para reserva. Eu tinha esperança de ser Major QAO na ativa. Entrei com Requerimento para fazer CHQAO, foi indeferido porque já sou quase CAP QAO. Queria esta oportunidade de ser promovido Major QAO e ir para reserva como Tenente Coronel QAO mangão (sem QEMA), ou até mesmo comandar uma OM. Os comentários que poderiamos fazer uma ESAO a distância de 5 meses e o primeiros da ESAO virtual poderiam cursar uma ECEME PARA QAO, também EAD. Não acredito mais nestes zap zap que me mandam. Eu estava feliz e minha família comemorou. Fui Chefe de TG e foi o máximo ser tratado como autoridade, até no plenário dos Vereadores eu fui. Pensei que seria Comandante como Major QAO. Vou para reserva urgente. MILITAR DECEPCIONADO

Anônimo disse...

Ao comentarista de 24 de julho de 2016 13:57. Mano respeito sua opinião. Este papo de vocação é "balela". Tenho amigos que se diziam vocacionados, vibradores e hoje são frustrados. Tenho um colega e ex vizinho de PNR que na casa dele não usava abridor, abria os refrigerantes e cerveja com os dentes e gritava eu sou operacional. Hoje Está lascado, cheio de empréstimos, sem dentes e um leão de alojamento, só reclamando. Fico indignado quando escuto alguém incentivar o outro a ser militar. Mano estes jovens tem que estudar, hoje o nível superior esta de fácil acesso. O que vale é conta bancária, família feliz e curtir a vida. Militar já foi mano. Jovens este papo de vocação é piada. Vão ralar? ouvir gritos? dormir mau? e o Salário oooooooooooo! lá em baixo. Estudem e pensem na sua família no futuro.

Anônimo disse...

Tem que abranger todos os poderes.Executivo,legislativo e judiciário ! Porquê só o executivo ? Por outro lado,os militares devem receber as mesmas vantagens dos servidores civis,com: horas extras,horas trabalhadas em dobro,domingos e feriados com remuneração dobrada e outrasa vantagens que são oferecidas aos civis. Porquê vamos pagar o ônus e outros vão receber os bonos ???

Anônimo disse...

Parabéns aos nossos comandantes!!!

Anônimo disse...

Todas as atividades são exercidas voluntariamente. Inclusive a de políticos gatunos !!!

Anônimo disse...

Senhores o Comando esta preocupado, seremos mantidos informados, participaremos das negociações, o Comando ira ajudar na melhor medida para nós.
Quem reclamar e porque não acredita na força.

Anônimo disse...

Se os comandantes gostarem do que for oferecido para eles,lá se vão os "SEVERINOS" pra fila do SUS. O "governo" Temer, ainda tem as cores do PT, não se esqueçam.Eles querem mostrar eficiência na administração com uma dúzia de investigados na Lava Jato e só pensam em arrecadar, nem que seja de mendigos, para tampar "buracos". E a MP do mal? Qual a senha dela nessa fila dos desesperados?

Léo disse...

Coloque um par de corturno, vaze noites e noites, mais noites e noites sem-fim e entenderás que é ser militar.Essa corja de vagabundos que saqueiam o país e agora vão , mais uma vez, sugar direitos da tropa, com a subserviência militar.Vergonha.Revoltante.

Rogério da Silva Gomes-1º Sgt disse...

Quem manda no Brasil é a Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP), que colocou o PMDB de TEMER e sua quadrilha no poder para ferrar com os trabalhadores. Eu não sou Petista, mas o PSDB de FHC, ferrou com a vida dos militares, tirando os nossos nobres Generais. O Governo Dilma melhorou as promoções dos Sargentos QESA e olha que tem juruna reclamando neste blog. Aumentou o auxílio pré-escolar que era de R$ 84,00 reais para R$ 320,00 reais. O tempo de serviço para 35 anos é certo. Enquanto isso vem aumentando o número de Oficiais Generais que estão vampirando. Uma vergonha. As Polícias Estaduais continuam com a promoção de um posto acima, Licença Especial, 1% ao ano e continuarão trabalhando 30 anos. É muito vergonhosa e constrangedora a situação dos militares brasileiros.

Anônimo disse...

Vc viram a fonte a "folha de São Paulo", me poupem se fosse qualquer outra até acreditava!

Anônimo disse...

Adicional Noturno, Auxílio Moradia, Horas Extras, Direito à Sindicato e Greve, Adicional de Periculosidade, Direito a se negar caso seja transferido para onde não quer.... enfim, quando nos derem todos direitos de um cidadão normal, comecem a discutir nossa previdência.

Anônimo disse...

Depois dessa, acho até que iremos receber FGTS e não o miserável do PASEP. Que vergonha, inquietação e decepção total..........

Anônimo disse...

Atenção aos jovens que estão pensando em ingressar no Exército! Não caiam em conversa fiada de propagandas na mídia e em redes sociais! Estudem, vão procurar uma carreira que traga valorização de verdade e que não te decepcione e te desmotive a cada dia que passa. E aos que estão dentro, estudem também, pois sempre há tempo de buscar algo melhor.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 24 de julho de 2016 17:07, kkkkkkkk, só rindo mesmo do que vc escreveu. Maj QAO fazer ESAO e ir para a reserva ganhando como tenente-coronel foi o melhor da semana, kkkkk. Talvez, com os seus "imaginários", oficiais do QCO e Sau saiam Gen Ex, oficiais do IME saiam ministros do STM e oficiais de AMAN, todos, saiam presidente da República. Valha-me Deus...
Depois os QAOs querem ser reconhecidos como oficiais, só rindo mesmo...
Of Sup QEMA

Anônimo disse...

REFORMA PREVIDENCIÁRIA

GOVERNO ESTUDA 'PEDÁGIO' DE 40% PARA QUEM ESTIVER PRÓXIMO DE SE APOSENTAR

http://diariodopoder.com.br/noticia.php?i=60796484058

Anônimo disse...

Bom dia! O que ficará definido nas alterações de legislação é que o militar não possui aposentadoria (previdência). Passa para a inatividade e mantém o vínculo com a carreira, podendo ser convocado. Nenhuma novidade, mas ficará mais explícito no trato político da questão e sua divulgação. Por mais aberrações que as decisões políticas nos mostram no cotidiano, não vão sepultar de vez o poder moderador do Estado. Aguardemos! Por fim, reparem na reportagem que a inclusao dos militares na vala comum, foi iniciativa do repórter. O ministro padilha nao abordou o assunto. Falou, sim, em trabalhadores do setor privado e funcionários publicos, ambas categorias que nao fazemos parte. Abraço aos leitores.

Anônimo disse...

O comentarista 24 de julho de 2016 21:46 deve ser um STen que não saiu QAO e prega a discórdia para desculpar sua incompetência

Anônimo disse...

Impressionante Of Sup QEMA não saber o que é uma figura de linguagem chamada Ironia.
KKKK. Muito fraco. E se acha. É melhor ir estudar.
Ass Of QAO.

Anônimo disse...

e quanto ao que já pagamos?
Por mim tudo bem, faço uma outra previdência privada, continuo com meus investimentos etc.

Anônimo disse...

ENQUANTO ISSO ... TRABALHAR NÃO QUEREM, JÁ O TRABALHADOR TOP TOP REPETIDAS VEZES ...

http://diariodopoder.com.br/coluna.php

Bolsa Família torra R$ 11,2 bilhões em 6 meses
Em meio a mais grave crise brasileira, com o impeachment de Dilma e resultados econômicos fracos, o governo federal já torrou R$ 11,19 bilhões com o Bolsa Família desde o começo deste ano. Apesar de o valor ser significativo, é a primeira vez desde 2013 que o governo federal gasta menos de R$ 2 bilhões por mês com o programa. A Bahia é o estado mais beneficiado: levou R$ 3,6 bilhões só este ano.
Nordeste
O Nordeste ainda é o maior beneficiado pelo Bolsa Família: a região recebeu 60% do valor total gasto pelo governo federal este ano.

Prioridades
Desde a eleição da presidente Dilma, em 2011, o valor mé

Anônimo disse...

Ao nobre Of Sup QEMA,

Camarada acorda, o Of QAO que fez o comentário foi em tom de ironia. Kkkkkk....Não dá pra acreditar que vossa nobreza que intitula Of Sup QEMA acreditou nessa asneira.....kkkkkkk....É cada figura que aparece para comentar aqui....

Guararapes_350 anos

Anônimo disse...

OK, terão que pagar todos os atrasados desde o meu ingresso em 1991 de Adicional Noturno, Auxílio Moradia, Horas Extras e Adicional de Periculosidade.

Anônimo disse...

Só com muita ironia para acompanhar os Of QAO mesmo, tem razão.
Agora, Asp Of QAO existe ou é outra ironia??? Às vezes preciso que desenhem para eu acompanhar vcs.
Of Sup QEMA

Augusto Lins disse...

Hoje só temos militares frouxos e esses comandantes de hoje e nada é a mesma coisa tudo boneco de fantoche não twm um que preste, frouxo e covardes.

Léo disse...

Abre hoje inscrição para Curso de Formação de Oficiais da Gloriosa Polícia Militar das Alterosas, a linda Minas Gerais.Salário no primeiro dia de cadete? R$ 5.695,00.Cadete d AMAN? Salário mínimo!!! Parabéns ao Comandante da PM do belíssimo estado mineiro.Parabéns! Vergonha e indignação!!!

Anônimo disse...

Ao nobre Of Sup QEMA,

Camarada, onde está escrito Asp Of QAO? O comentarista QAO escreveu " ass "(assinatura) kkkkkk. É melhor parar por aqui com os seus comentários. Primeiro, acredita numa postagem irônica e quer tirar onda. Depois, vem corrigir o outro e não entende que "ass" significa "assinatura" confundindo com Asp. Meus Deus é cada figura que aparece aqui. Kkkkkk kkkkkk. ............

ass ......Guararapes_350 anos

Anônimo disse...

nós tem que acreditar no governu e nus chefi, milico tem que viver só com soldu, e se dedicar ao chefes. assim teremos um brasilis meior

Anônimo disse...

Oh bisonho.... É ass (assinado), não asp....

Anônimo disse...

Está cada vez mais difícil ! Trocam 6 por meia dúzia !

Anônimo disse...

Pessoal, mais uma vez estão utilizando operações psicológicas para tentar colocar na mente da massa que todos vão ter idade mínima para aposentadoria, ou seja, 65 anos. Depois vão dizer que se compadecem dos milicos e que vai para 35 anos, mas sem idade mínima. Os milicos vão ficar satisfeitos e nem reclamarão, achando que os 35 anos sem idade mínima será uma "grande vitória".

Unknown disse...

Apaguem, a fonte é a ROLHA DE SÃO PAULO, lulopetista e comunista...

Anônimo disse...

Acabei de ver no G1. Segundo Padilha, o presidente Temer disse ser um constitucionalista e que acredita que todos são iguais. Por isso, quer que a previdência seja unificada. Se todos são iguais, cabe aos militares pedirem gratificação por insalubridade, auxílio doença, hora extra e direito a greve.

Anônimo disse...

Pelo menos o Gen Mourão tá tentando nos defender...

http://www.hmab.eb.mil.br/index.php/download/send/4-documentos-geral/30-protecao

Anônimo disse...

Pelo menos o Gen Mourão tá tentando nos defender...

http://www.hmab.eb.mil.br/index.php/download/send/4-documentos-geral/30-protecao

Anônimo disse...

Quero fazer uma pergunta : Por que sargento não pode assinar um simples cartão de cabelo e pode fazer sindicância ?

Anônimo disse...

Vai "só" aumentar o Tp Sv. Faz tempo q esse estudo tá sendo feito. Pra mudar mais coisas, teriam q mudar a NATUREZA da profissão militar. Torná-la igual à civil.

Anônimo disse...

Isso é real, passou no jornal da Band (25 jul). Segundo o presidente todos são iguais perante a CF. O ministro da Previdência recebeu ordens para apresentar sistema unificado de previdência. Aguardem cenas do próximo capítulo.

Anônimo disse...

Aos 17 anos de idade entreguei minha vida ao EB quando tinha possibilidade e sonhos, e depois de anos estou preso nessa cultura, oois a regra muda sempre. E o edital do concurso ? Foi propaganda enganosa ?

Anônimo disse...

Pessoal, já fui militar e hoje sou servidor público e gostaria de esclarecer alguns pontos:
1- os servidores que engressaram no serviço público a partir de 2013 já se aposentarão pelo inss com complementação de previdência complementar do governo (funpresp)
2- os servidores que estão/serão aposentados pelo regime próprio também contribuem e com valor de 11%
3-os militares não contribuem para previdência e sim pensão no valor de 7,5%
4- a atividade militar é peculiar e envolve dedicação integral, por isso será muito difícil de igualar em condições com o regime geral
5- embora o tempo de serviço provavelmente continue menor(no máximo 35 anos), a contribuição e a remuneração de quem entra na reserva pode ser revista, pois hoje acabou aposentadoria integral até pra quem é juiz
6- tem que se levar em conta a sustentabilidade do sistema previdenciario, hoje em dia, os brasileiro vivem mais e fica insustentável pagar aposentadoria por 30/35 anos, considerando que um militar se aposenta por volta dos 50 anos e que a expectativa de vida irá aumentar.
Por isso não adianta só querer que a regra continue como está, pois corre o risco de quebrar quando os senhores estiverem na reserva. A saída é uma mudança que compreenda as especificidades da vida militar.

Anônimo disse...

Se eu entendi direito os professores da UFMT vão receber os tão falados 28% e nós não? É isso mesmo?

Anônimo disse...

Não pode deixar de pagar horas extras, pois militares são militares 24 horas. Não é isto que está no Regulamento? E já que o militar trabalha 24 horas, ou seja, 3 vezes o tempo de um civil, e o civil se aposenta, em média, aos 35 anos de serviço, lembrem de permitir que o militar vá para a reserva aos 35/3 anos de serviço, ok?! Se for para fazer alguma modificação, que faça tudo corretamente.

Anônimo disse...

O dito "Of Sup QEMA" não sabe nem as abreviaturas imagina o resto, SUP é suprimento :P volte aos bancos escolares camarada !

Anônimo disse...

Por que nasceram?

Anônimo disse...

Quantos quilometros corridos em 30 anos?

Anônimo disse...

Arrego guerreiro....
Qualquer criança de cinco anos que saiba escrever seu nome, lê o texto e interpretará sabendo que foi em tom irônico.....
Aí vem vc é acha que realmente ele pensa assim....
Esse Of Sup QEMA é um analfabeto funcional....
2° Sgt 2002

Anônimo disse...

Chame um sargento para auxiliar esse semi Deus que não consegue nem ler sozinho.

Anônimo disse...

Se modificarem a aposentadoria dos militares, será o fim do mundo. Não chega o desprezo com que nos tratam a 30 anos, onde já perdemos quase todos os direitos que tínhamos, já não chega a defasagem salarial, hoje já estamos mais mal pagos que quase todas as forças estaduais, o fusex praticamente está inoperante e ainda querem modificar a aposentadoria.Somos tratados como escórias da sociedade e somos chamados para qualquer tarefa, digna ou indigna da formação que temos em nossas escolas militares, que são as mais exigentes da nação.Quando alguma autoridade militar vai exigir que tenhamos o respeito que merecemos?
Of QAO R1

Anônimo disse...

Viva o Brazil dos coxinhas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

sou militar a 20 anos. gosto muito. nós sempre fomos doutrinados a cumprir ordens e a não discutirmos sobre o porque. Muito se fala que foi o FHC que tirou esse ou aquele beneficio. Ora senhores quem apresentou a proposta ao governo em 2000 foi o próprio estado maior das forcas armadas. nós demos um tiro no nosso pé. quem tira LE nas forcas armadas são os praças. todos os generais daquela época aposentaram com um posto acima e ainda foram para o superior tribunal militar ( gen. guilherme ( toquinho da maldade ). Tem um velho ditado na caserna que o inferno militar não precisa de guarda, quando um tenta subir o outro puxa pra baixo. espero que agora os generais não sejam covardes como foram em 2000. pois a maioria quando estão na ativa são como nós, cumpridores de missão. encilhados pelo conceito. quando vao pra reserva viram VIP no clube militar ( vip: valente, inteligente e patriota ). Hoje em 2016 depois de 16 anos daquela atraso nas nossas carreiras, como posto acima, LE, 1% tempo de serviço, espero muito que nossos comandantes possam brigar por nós. Admiro muito gen. Heleno que falou a verdade sem ser mal educado, sem insubordinar-se. E assim que temos que ser cumpridores de missão porem antenados nos nossos direitos. obrigado

Anônimo disse...

quando atrasar o toque vão pagar hora extra!!!!!!!!!!!!!!!!

Marcello disse...

Realmente, por um lado é preocupante a tal mudança, entretanto, podemos até sermos beneficiados, afinal, não há nada de concreto, nem mesmo um esboço do que poderá acontecer. Agora, para os praças, não vai mudar muita coisa, já somos massacrados há muito tempo, com interstícios que duram uma vida inteira, com tratamento diferenciado seja por questões salariais, PNRs, Hotéis de Trânsito, Indenização de Bagagem, Hospital Militar (quartos privativos), e por aí vai...Vejo alguns aqui com grande sentimento de gratidão com o Exército, no MEU ponto vista não devo nada a instituição, tudo não passa de uma relação trabalhista, eu trabalho e o Governo me paga, simples, como qualquer outra empresa ou orgão público. Agora, vejo que água irá começar a bater na bunda dos oficiais, vamos ver se eles não irão se mexer. Pracinha velho se vira, abre negócio, faz faculdade, estuda, vira concreto, é um severino, já os LORDES...

Anônimo disse...

Cadê Bolsonaro para defender a classe? Agora só fala em homofobia e outras baboseiras que dão visibilidade para seu projeto pessoal de concorrer à presidência! Está achando que não precisa mais dos militares!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics