13 de outubro de 2016

ONU define: após furacão, tropa brasileira fica mais seis meses no Haiti

Devastação pós-furacão leva ONU a estender missão de paz no Haiti

DE SÃO PAULO
O Conselho de Segurança da ONU estendeu nesta quinta-feira (13) em seis meses o mandato da Minustah (Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti), que é liderada pelo Brasil.
Com isso, as forças da ONU ficarão em solo haitiano até 15 de abril de 2017. A renovação já era esperada em meio à devastação provocada pelo furacão Matthew, que deixou mais de mil mortos no país e levou ao adiamento da eleição presidencial, marcada para o domingo (9).
Além da miséria, o país mais pobre das Américas foi atingido, nos últimos dez anos, por um furacão (Felix, em 2007) e um terremoto em 2010 que matou 220 mil pessoas e devastou a já precária infraestrutura haitiana.
Logo após o terremoto, um surto de cólera originado entre membros nepaleses da Minustah matou mais de 9.000 pessoas. Casos da doença voltaram a ser registrados na última semana, devido à contaminação da água pelas inundações causadas pelo furacão.
A Minustah é composta por 2.730 soldados e 2.601 policiais. Foi criada pela ONU em 2004 para restabelecer a normalidade institucional no Haiti depois de sucessivos episódios de turbulência política, que culminaram com a partida do então presidente Jean Bertrand Aristide para o exílio.
UOL/montedo.com

10 comentários:

Anônimo disse...

Esse prazo tá certo...
O CMSE tá se preparando a todo vapor pra partir para o Haiti em maio de 2017!!!
Como que foi prorrogado pra abril!!!
Então o EB está realizando Todo um gasto financeiro desnecessário???
Explica aí!!!!

Anônimo disse...

Essa missão do Haiti, é um verdadeiro teatro, se qualquer um observar o efetivo que vai para missão, aparece miltar de Comandos diversos, mas todos trabalham para Generais, então vamos lá: o que tem de Cel, Ten Cel, Maj, Cap, Ten de Aman, Ten QAO, Subten a rodo,e tb QE a mil, mas Cb e Sd para realmente patrulhar e fazer presente no País, fica por conta do Adeus, é uma brincadeira, todos brigando por uma vaga no avião, fora que há militares indo pela terceira vez, aí eu pergunto, por que há militares que jamais terão a oportunidade de participar de uma missão de paz, enquanto há militares que participam por várias vezes, da vontade de denunciar essas peixadas ao Ministério Público Federal, para as "autoridades militares" explicar favorecimento dessas pessoas, será por que conhecem militares de alto escalão e com isso outras nunca terão essa oportunidade, e eu e vc somos tão incompetentes assim que não podemos ao menos pelo menos nos voluntariar? e mais a maioria dos "Super Militares" (PARASITAS)irão ficar aquartelados, parte Adm, isto é só ficarão na Base, mais uma injustiça Verde Oliva.

- NÃO QUER0 QUE PENSEM QUE ESTOU REVOLTADO, NUNCA FUI VOLUNTÁRIO, PORÉM TENHO QUE MOSTRAR A MINHA INDIGNAÇÃO, DESSE CRITÉRIO QUE NÃO É TRANSPARENTE E COM ISSO BENEFICIA ALGUNS GRUPOS, E TALVEZ VC NUNCA TENHA A OPORTUNIDADE DE PARTICIPAR DE UMA MISSÃO DE PAZ, ENQUANTO OUTROS ........

Anônimo disse...

http://odia.ig.com.br/economia/2016-10-14/petrobras-anuncia-reducao-do-preco-da-gasolina.html

Léo disse...

Amigo,quando houve o terremoto,estava de férias.Acordei ,10:00 horas.Tv ligada no quarto.Sentei na cama.Chorei ao ver tanta dor.Liguei para minha OM.Falei com o traste que estava no lugar do Cmt ,em viagen de reunião de comando.Disse que era voluntário para seguir para o Haiti.Dispensei ressarcimento.Queria ir lá e cuidar das crianças.Resposta no telefone: não!!! Traste é traste.Não sofra com isso,amigo.Caso possa,prepare-se e saia.O Gen Ajax ficou muito sensibilizado porque ouviu uma criança gritando por socorro de cima de um telhado,lá no pobre Haiti.Você acredita que algum general ficaria muito sensibilizado em saber que você queria muito ir lá? Mesmo que fosse para ajudar ,de coração,aquelas crianças? E quanto aos vencimentos? VEXATÓRIOS,HUMILHANTES E VERGONHOSOS.

Anônimo disse...

Não acredito que exista peixadas no EB. Oa critérios de seleção são rigorosos e eficientes.

Anônimo disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkk Desculpe.É que a ingenuidade é tão linda que nos faz rir.Eu estava em uma OM que foi designada para o Haiti.Amigo,você não faz idéia da pressão sofrida pelo comandante e a quantidade de telefonemas recebida de superiores exigindo que o mesmo colocasse na lista um ex-motorista daquela autoridade,por exemplo.Iluda-se não.E quanto aos vencimentos? 'VEXATÓRIOS,HUMILHANTES E VERGONHOSOS.

Anônimo disse...

Vergonhosa é a "seleção" dessa missão. Golpistas da escala de serviço, baixados, leões de alojamento, os papirões de faculdade que vivem dizendo que vão sair, inaptos de TAF, militar de QM diferente da função e etc...E quem realmente faz por merecer fica fora da lista feita por esta corja.

Anônimo disse...

Para ir para o Haiti, vi militar que não fazia o TAF a anos com problema de saúde tirar ( e fazer ) "E" no TAF. Vi motorista de general ser colocado na frente da fila sem ter a minima condição de cumprir uma missão real ( até como motorista era ruim ). Posso dar nome e sobrenome mas não o farei. Tem que a cabar mesmo.

Anônimo disse...

Justamente, por ter virado uma boquinha boa não só para o Brasil e o próprio Haiti não melhorar nunca, a missão da MINUSTAH nunca irá acabar. Então, você já sabe né...

Anônimo disse...

A situação tá tão braba que a nossa "Família Militar" já não consegue distinguir uma opinião séria e uma ironia. kkkkkkkk. Eu mesmo perdi minha vaga para estes aí que passaram na "tenda dos milagres"....kkkkkk, rindo para não chorar....

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics