7 de outubro de 2016

Eleições 2016: a Decem e um aviso de rotina, só que não!

Este singelo aviso no portal da Decem seria apenas rotina, não fosse a antiga prática do Exército de movimentar ex-officio militares da ativa que se aventuram na política.


42 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkk. Eu falei aqui neste mesmo blog: "Depois das eleições vejam para onde a DCEM enviará os membros da "família" militar. É o chamado "braço forte, mão "amiga".

Anônimo disse...

Esse é o verdadeiro caldeirão dos milicos.

Anônimo disse...

Ela não tem acesso ao site do TSE?

Anônimo disse...

É o temor dos ofiças os Praças buscarem a isonomia dos direitos, e bostejam a falácia que militares são apolíticos, pois eles tem uma justiça própria (stm), s2 para chicotear e perseguir e sempre brigam pelo deles, assim se mantém na vida boa! Se politizem praçaiada, bizú!

Anônimo disse...

mensagem normal, devemos parar com essas visões

muitas OM deixam de informar situações de militares que deveriam estar adidos ou agregados quando pegam licenças, incapacidade física etc

Anônimo disse...

Hummmmm....
Me informem seus Nr é nomes....
"Só pra controle...."

SQN.

Militar atento disse...

Com certeza vem movimentação ex-oficio, já aconteceu num passado próximo.

Anônimo disse...

São os mistérios do "cosmo"! Não tem dinheiro para nada, mas para movimentar o militar por castigo, é rápido e ligeiro. Casos inexplicáveis não faltam:Primeiro "causo"- Militar servindo em Fortaleza, em outra Força, estava melhor financeiramente porque a mulher montou uma lojinha vendendo roupas de praia. Estava tudo bem até que isso caiu na boca dos invejosos, possivelmente dentro da própria unidade, o que é costumeiro. O militar foi transferido, sem pedir, para Rondônia, de surpresa. Ao Chegar lá, foi informado de que, como não havia vaga para a especialidade dele naquela unidade, o que impediria a transferência de forma normal,"alguém" mandou abrir uma vaga extra só para ele. Como a maldade nunca vence, o cara se deu melhor, pois ganhou mais dinheiro na ida e na também na volta e está muito bem em outra cidade do nordeste, na reserva, claro. "Causo" 2- Dois "subão" passaram para o oficialato e foram, o de Recife foi para Fortaleza e o de Fortaleza foi para Recife. Foram falar com o comandante e pediram para realizar a troca de localidade sem ônus para erário público. A resposta: NÃO!. Aí pediram a reserva. Já estava faltando pessoal e ficou com menos dois.

Anônimo disse...

Tem o maridão da ex-ministra da Dima. Será que vão mexer com ele também ou...?

Anônimo disse...

Não acredito que eles fazem isso!!!

Anônimo disse...

Os inimigos sempre estiveram e estão dentro da caserna.

Como vamos evoluir desse jeito ? No minimo, vão classifica-los em OM que ninguém quer.

Gente atrasada.

NUNCA SEREMOS MAIS DO QUE SOMOS.

Anônimo disse...

Caldeirão dos infernos !!!!

Impera o mal, a perseguição, a inveja, o egoismo.

Melhorias da a tal falada "familia militar" nadica de nada.

Anônimo disse...

Tem de ficar atento! Se os companheiros que participaram da eleição forem transferidos à revelia acho que devem procurar MPM, MPF! Tem que ver o que os Escalões Superiores vão argumentar pra justificar tais atitudes, até porque candidatura não é crime até onde se sabe. Chega de blindagem em essa e outras práticas no mínimo "escusas".

Anônimo disse...

Sempre foi assim, ontem, hoje e sempre será !

Acompanhem os aditamentos: Onde o militar estava e onde colocaram.

Os candidados são tidos como inimigos da Instituição.

Filme antigo

Anônimo disse...

A idéia é não deixar o militar criar a sua base no municipio e terá que sempre começar do zero.

Anônimo disse...

Muitos militares nunca viram ou seja não conhecem o QGEx em Brasilia.

Os pontos turísticos do Forte Caxias

https://www.youtube.com/watch?v=eWLQp6O2cuE

Anônimo disse...

http://www.gazetaonline.com.br/_conteudo/2016/10/noticias/cidades/3983927-tecnico-de-enfermagem--descobre--que-e-militar-do-38-batalhao-de-infantaria-desde-1998.html

Anônimo disse...

O pessoal, candidatos não eleitos, que preparem a carcaça, pois Barueri, Osasco, Caçapava, São Paulo, Guarujá, Praia Grande etc... os esperam !

Anônimo disse...

O famoso "só pra controle". Kkk

Anônimo disse...

Exatamente isso companheiro, leiam o Art. 142 da Constituição, tiveram cara de pau de só dar direitos aos Oficiais, quando deveria ser a todos militares, por uma questão de isonomia. Assim a base sempre paga o pato pelo topo da pirâmide! Tivemos o exemplo do QEs que tiveram êxito por meio político, assim como as forças auxiliares estão sendo valorizadas, Fica a dica!

Anônimo disse...

Tenha como exemplo os serviços de escala, Praça com 28 anos de sv ou mais na escala! Coloque os meninos da acadimia para ver, cessa as sacanagens de colocar 60 homens de sv num quartel, quando na PM tem um Sd por dia para um Batalhão! Coloque os cabras para ver se não melhora!

Anônimo disse...

Braço forte, mão "amiga e mau caráter

Anônimo disse...

Parabéns aos eleitos. Vamos estudar pessoal, só o papiro liberta.

Anônimo disse...

Devido a estes pensamentos retrógrados que os militares não tem representatividade em Brasília. Dependem exclusivamente dos "comandantes" das forças que não querem nada com nada, apenas cuidam de seus umbigos. Evoluam dinossauros das Forças Armadas.

Anônimo disse...

Liberdade de associação já! Somente praças sabem o que sua classe realmente necessita, não os oficiais, os graduados precisam de voz ativa nas mesas de negociação, e não me falem de adjunto de comando, pois é um cargo de confiança do oficial comandantes somente.

Anônimo disse...

Só falou boca boa...acho que a coisa vai mais para o Sul, tipo Uruguaiana, Alegrete...kkkkkk

Anônimo disse...

Sou uma das vítimas da eleição de 2008. Entrei na justiça e fui até o TRF Recife onde os desembargadores só vivem nos quartéis lambendo botas e recebendo medalhas. Resultado? Perdi. Estou amargando São Paulo desde 2008.

Anônimo disse...

As Forças Auxiliares quem têm em seu bojo Missão Real possui um clima de trabalho mil vezes melhor que o nosso, sem falar do reconhecimento! Tenta dar uma carteirada em um SD da PM, seu Comandante sai de casa e dá o respaldo ao Sd e ainda prende a autoridade. Ja no EB...o militar sifo....

Anônimo disse...

Um companheiro citou a diferença de serviço entre PM e Forças Armadas, mas a diferença não é só essa, pois as Polícias Militares tem sua guerra diária para lutar. Qual é a guerra das Forças Armadas, em especial o Exército? Recepcionar general com escolta de PE, escolta de honra, salva de Artilharia, desfile a pé (passo ordinário e passo acelerado), desfile de viaturas (falta fazer até desfile de moda)? Ou seria responder documento perguntando se unidade de infantaria possui estrebarias e plantel de cavalos (se não responder vem outro documento exigindo resposta por qual motivo o primeiro não foi respondido)? Ou seria ficar numa diretoria movimentando alguém que entrou para a política?

Anônimo disse...

"vou anotar teu nome e numero, mas não se preocupe, é só para controle"

é a frase que mais lembro lá da matriz.

kkkkk

Anônimo disse...

Alegrete ???? Deus me livre, servi lá por 4 anos... oh lugarzinho bem ruim !!! Nunca mais !!!!

ALMANAKUT BRASIL disse...

Eu vou - Branca de Neve e Os Sete Anões


Luciano Mendoza


https://www.youtube.com/watch?v=LlZkkEnZc7s

Anônimo disse...

Infelizmente tem aqueles q se candidatam para se prevalecer da lei e ficar uns meses de boa.

Anônimo disse...

Veremos se o Montedo irá lançar este título "Esse é o verdadeiro caldeirão dos milicos" em substituição a um artigo anterior.

Anônimo disse...

As FA infelizmente viraram redutos de pessoas egoístas, individualistas e "traíras" em todos os escalões. Se bem que é o que se ensina desde as escolas de formação e se perpetua nas unidades durante o serviço - até aí nada de surpreendente! Aí boa parte desses "tipos" que geralmente não se atualizam, não se qualificam, depois retornam como pttc por que simplesmente não conseguem ou não querem se reinserir no mercado de trabalho civil. Ciclo vicioso que está fadado a se repetir!

Anônimo disse...

E por que vc não transferiu o seu título para SP? Houve eleições em 2010, 2012, 2014 e semana passada.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Em 2008, após as eleições, fui movimentado para Bagé-RS, mesmo estando sub-júdice na justíssima Justiça Militar respondendo por deserção, onde de férias, me colocaram como desertor e também me encontrava no comportamento "MAU". Fiz todo o trâmite, onde recebi quase R$ 20.000,00, dinheiro este que usei uma pequena parte para cancelar a transferência na Justiça Federal e viajar com a família, kkkk. Acreditem, mas a sanguessuga Poupex reduziu um empréstimo a pedido do Exército para que me descontasse em pequenas parcelas devolvesse o referido valor. Resumo da história: permaneci no Rio de Janeiro, ganhei um dinheiro, e a Poupex dos Generais, tomou um cano.

Anônimo disse...

Oxe... Aqui em Osasco é muito é bom..
Só quem serve aqui sabe o quanto é tranquilo

Anônimo disse...

Sub judice, comportamento mau... Ao que parece, você reunia todas as condições para ser eleito!Kkkkk
Desculpe-me a franqueza, mas vc parece ser um daqueles que se candidatam apenas pra ganhar umas férias - e deixa os colegas carregarem a sua parte do piano na OM. Foi minha impressão, pelo que li...

Anônimo disse...

Vc deveria se envergonhar de ter vivido por 28 anos ou mais em uma instituição que julga ser injusta e não ter ido embora antes, quando ainda era um "menino da EsSA"... Simples assim.
E você acredita realmente que poderíamos deixar apenas um soldado de serviço em um Batalhão?

Anônimo disse...

É facil dar lição de moral cabra, quando se tem uma vida boa de tirar sv no máximo 3 ou 4 anos na vida e depois só romantizar em uma função de mero carregador de bandeja e queimador de praças!

Anônimo disse...

O servente da obra "vira a massa" e faz o trabalho braçal para executar o que foi projetado pelo engenheiro, que é o responsável pela obra.
Se o servente nunca decidir trocar de empregos e ficar na sua não muito confortável zona de conforto, poderá um dia ser o melhor servente de todos com 30 anos de serviço, mas ainda vai ter que virar massa, pois essa é a função do servente. E se chegar ao final da sua vida como servente e não estiver satisfeito, isso terá sido reflexo unicamente das suas ações - não adianta querer culpar o engenheiro.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics