2 de agosto de 2016

Comandante, com "C" maiúsculo: Brigadeiro Rossatto diz que é contra unificação da Previdência e lembra das perdas da MP do Mal

A manchete aí em cima é do blogueiro. Leia a matéria do Estadão:

Aeronáutica é contra unificação na Previdência
O comandante da Aeronáutica disse não concordar com a proposta do Planalto de criar um regime único de Previdência que incluiria civis e militares no mesmo sistema
Estadão Conteúdo
O comandante da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Rossatto, afirmou não concordar com a ideia proposta pelo Palácio do Planalto de criar um regime único de Previdência Social, que incluiria civis e militares no mesmo sistema. "Não há necessidade disso (unificar). Temos soluções muito mais eficientes e simples, que passam pela reestruturação administrativa e operacional, que já está em curso, como a substituição de oficiais permanentes por temporários, que vai reduzir, por exemplo, o efetivo da Força Aérea em 25% até 2035", disse o brigadeiro à reportagem, ao lembrar que os militares têm atividades completamente diferenciadas.
Outra medida em execução para reduzir despesas é a substituição de serviços de manutenção que eram executados por pessoal da Força Aérea Brasileira (FAB) por empresas especializadas.
"Não temos FGTS, não podemos fazer greve, não recebemos adicional de periculosidade, apesar de muitas de nossas funções serem de risco, somos compulsoriamente transferidos para os mais distantes locais do País, sem direito a questionamentos, não temos jornada de oito horas e fazemos qualquer coisa a qualquer momento do dia ou da noite. Não recebemos adicional noturno ou hora extra, não podemos nos sindicalizar ou ter filiação partidária, entre outras coisas", listou o brigadeiro. "Não estamos reivindicando isso", explicou, ao salientar que "a missão do militar inclui até morrer pelo País e ele não pode dizer que não quer fazer tal coisa, porque é perigoso". Mas emendou: "No entanto, essas diferenças têm de ser consideradas"

Perdas
Ele lembrou que, em 2001, os militares perderam benefícios como o auxílio-moradia. Um benefício muito questionado, as pensões pagas aos filhos de militares, foi eliminado naquela época para os novos ingressantes no quadro. Quem tem direito a essa pensão, diz, o faz com base em direito adquirido. Ele fez questão de destacar ainda que os militares "pagaram e continuam pagando a vida inteira por isso, descontando em seus contracheques".
Segundo o comandante, a redução dos benefícios aos militares em 2001 representou uma perda de 25% do salário da categoria. Citou também que o militar não se aposenta, mas vai para a reserva e pode ser convocado a qualquer momento, durante um longo período, o que não acontece com outras categorias - onde, quando o trabalhador se aposenta, acaba totalmente o vínculo.
De acordo com o brigadeiro, com medidas como a substituição do pessoal efetivo por temporário e a entrada de empresas na manutenção das aeronaves, "o aspecto de custo será muito reduzido e irá superar o que querem economizar". Para ele, a FAB, que já colocou essas medidas em prática, caminha para ter "uma estrutura muito mais enxuta e capaz". O brigadeiro lembrou que esse "modelo de otimização de recursos" já foi feito no Canadá, na França e na Inglaterra e continua sendo feito e aprimorado nesses países.
O comandante disse ainda que o corte de despesas na Aeronáutica passa também pela "grande diminuição da atividade-meio" e da introdução do que chamou de "capacidade de operação desdobrada", que significa o fortalecimento de algumas bases aéreas, como Anápolis e Natal, com redução de atividades de outras, como Fortaleza, Recife, Santos e Florianópolis. Essas últimas passarão de mil para 200 funcionários, já a partir do ano que vem.
"Essas mudanças não são por causa da Previdência, mas porque estamos sempre buscando colaborar com a redução de despesas", declarou. Ele estima que reduzirá as despesas discricionárias pela metade, em cinco anos, de R$ 2 bilhões em 2015 para R$ 1 bilhão em 2020. Hoje, 66% dos recursos da força, que são da ordem de R$ 6 bilhões, se destinam a pessoal. Outros 13% são para custeio, 17% para investimento e o restante para pagamento de dívidas. 
O Estado de S. Paulo/montedo.com

92 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns COMANDANTE ! Tem que falar não sem cerimônias . Para valorizar a carreira tem de por o concurso de 5 em 5 anos para as 3 forças . Que sejam bem vindos os temporários . Eles trabalham bem e não vão para a reserva . Temos que valoriza-los pois serão a grande maioria . O comandante do Exército que tem o maior efetivo das 3 forças pode manifestar também que será aplaudido . Chegou a hora dos comandantes mostrarem o que estão fazendo no cargo .

Anônimo disse...

excelente...

Anônimo disse...

Este é GALO. Parabéns a aeronáutica, isto é que é comandante. Sou do EB e aguardo igual pronunciamento do selva. Poderíamos mandar cópia da matéria ao ministro eliseu ......... Padilha.

Giesen disse...

Tinha que ser um Brigadeiro pois os melancias se acovardam e cotinuam mamando nas benesses do Planalto.

Anônimo disse...

Sou do EB mas me senti representado! Não só se posicionou contra como argumentou objetivamente sem ser evasivo.

Léo disse...

Nós, do Glorioso Exército de Caxias,no mínimo, esperamos uma posição, urgentíssima e idêntica, do General Villas-Boas.

Anônimo disse...

Macho, tchê. Disse a que veio. Fala pela força, não pelo umbigo.

Léo disse...

Nós, do Glorioso Exército de Caxias,no mínimo, esperamos uma posição, urgentíssima e idêntica, do General Villas-Boas.

Anônimo disse...

Parabéns ao Cmte da Aeronáutica. Estamos esperando os Cmtes do EB e Mar se manifestarem. Só faltou a dizer que o militar que tem três dependentes, ganha 0,46 (centavos), isso mesmo, 0,46 centavos. Enquanto o bolsa família paga muito mais pra uma família que não faz nada pra nação. Porque é um plano eleitoreiro

jacksoncadore disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Excelente atuação e resposta do cmt da aeronáutica. É isso que esperamos do nossos comandantes. Intercedam por nós. Nossa vida dedicada à nacão tem seu obces. Ser militar não é fácil. Não somos melhores do que nenhum servidor público, somos apenas diferentes. Quem é sabe!!!

Anônimo disse...

Parabéns Comandante!!! Precisamos de pessoas assim.

Unknown disse...

Não tá morto quem peleia ! Sou do Eco Bravo, e meus parabéns ao Comandante da FAB. "Trate seus soldados como filhos e eles te seguirão há qualquer lugar, trate-os como filhos queridos e eles darão a vida por você."
Sun Tzu

Paulo disse...

A inteligência teve que vir da FAB. Veja como é muito mais interessante o que o Brigadeiro mostrou no seu raciocínio. Será que só o Brigadeiro tem essa inteligência. Este feito demonstrado pelo Comandante evita até a questão do desemprego, já que haveria rotatividade e ainda daria experiência ao cidadão para seguir sua profissão aqui fora. Também não deixaria tantos reservistas de carreira na folha de pagamento. Há muito tempo que não sentia orgulho de ter pertencido às FAs, especificamente, Força Aérea Brasileira, mas este Brigadeiro me trouxe o orgulho de volta. Parabéns, Comandante!!!

SO Paulo César.

Anônimo disse...

Alguém sabe a respeito do aumento do tempo aos temporários... a promoção à capitão

Anônimo disse...

Breve teremos um exército de temporários reformados pelas mais diversas doenças, principalmente alienação mental e coluna. Toda a suposta economia vai pelo ralo. Existem escritórios de advocacia especializados em vender esse serviço. Trabalho em um hospital da Fab,é revoltante ver a quantidade de gente dando golpe,recebendo sem trabalhar!!

Anônimo disse...

R$ 14.289 (função) + R$ 23.000 (proventos) + R$ 150.000 (diárias anuais) + "futura-boquinha-em-qualquer-autarquia-federal" = silêncio das altas "otoridades".

Simples assim.

Jiddu Siciliano disse...

Parabens ao Comandante da FAB, falou o que tinha que ser dito a muito tempo e sem rodeios ou embromação, falta o meu Cmt VB se manifestar....sempre falei sobre a substituiçao por temporarios durante um certo tempo na Força até equilibrar a situação.
ST Art 93

Anônimo disse...

Caro Montedo.
Sou leitor assíduo do blog e hoje recebi em um grupo um arquivo .pdf com uma "cartilha" elaborada pela Secretaria de Economia e Finanças (SEF) que trata sobre o Sistema de Proteção Social dos militares.
O documento é BASTANTE esclarecedor e muito bem elaborado, contando com histórico da evolução de nosso sistema, com os devidos amparo legais.
Muitas informações que a grande maioria de nós militares desconhece (inclusive eu). A leitura dessa cartilha fornece subsídios para "conversas" sobre o assunto, principalmente em tempos que a população civil é manipulada e mal informada com meias verdades veiculadas pela mídia (meu próprio irmão que é advogado já estava "sendo levado" por reportagens recentes).
Sugiro que, se possível, coloque o link ou o próprio arquivo para download, visando divulgar o conteúdo entre os visitantes do site.
Apesar de não ser uma resposta direta às recentes reportagens maliciosas sobre o tema (não sei a divulgação do documento é nem sua data de elaboração), é uma das poucas vezes que o EB presta esclarecimentos sobre um tema polêmico, mesmo que seja para o público interno.
Abraços.

Jonecy Leite disse...

O militar para ter direito a auxilio moradia, se é que ainda existe, tem que comprovar não possuir imóvel, já o judiciário para a seus funcionários (juizes) mesmo que possuam imóvel, o ¨comanddate¨do Exército, se omite, para fazer economia, diminui as mordomias dos governantes, auxilio moradia, verbas de gabinete, combutíveis e aposentaddoria com até quatro anos de mandatos, isso é aonde escoa as verbas, disso eles não abrem mão, só o trabalhador que deve pagar essa roubalheiras dos politicos? é justo?

Anônimo disse...

Enfim apareceu um com coragem de dizer a verdade. os anteriores só ficavam sorrindo e balançando a cabeça concordando com tudo do governo. Como ele citou, alguma bases e também os comandos regionais vão ser reduzidos. Uma solução para economizar para a FAB, mas os militares que estavam em PNR e familiares trabalhando para ajudar nas despesas vão ser prejudicados. O Auxílio moradia poderia ajudar nessa hora, mas um "gênio" achou que o salário de militar é suficiente..

Anônimo disse...

Ainda bem que a Defsa Nacional não depende só do EB

Militar consciente disse...

Resposta à altura de um comandante geral.

Militar consciente disse...

Apoiado. Resposta à altura do cargo de Cmt Geral.

Anônimo disse...

Coisa mais sem sebtido: Forças Armadas formadas por um monte de velhos, sem condições físicas, homens velhos tirando serviços noturnos, embarcados em navios e submarinos, que até quem é jovem sente os efeitos com o tempo. É isso que querem fazer com os militares?

Anônimo disse...

Galo cinza de São Gabriel... o outro gaúcho está roendo a corda?

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Parabéns Comandante da Aeronáutica. Um líder comanda através de suas palavras e atitudes em defesa de sua tropa. É isto o que esperamos de vocês.

Anônimo disse...

Montedo...o comentario ..."sr brigadeiro os praças do exército estão com o sr...." queria que aparecece minha conta do google...pois é funcional. desde ja agradeço.

Viana - CG/MS disse...

Este Cmt. Na faz parte do " gado fardado", como sempre impos o governo PT.

http://leniltonmorato.blogspot.com.br/2011/03/gado-fardado.html?m=1

Anônimo disse...

0,16 x 3 = 0,48 ufa!!! Pensei que estava errado....esses 2 centavos iriam fazer falta...rsrs

Davi Oliveira disse...

Orgulho de ser comandado pelo Senhor, Brigadeiro!

Anônimo disse...

Pense num militar que ao ler a noticia ficou em pé e prestou uma continencia para o BRIGADEIRO.

Anônimo disse...

Mas é interessante, para roubar não falta recursos, porque parte do pré-sal se destina a "educação" e não pensam em fazer "um fundo para previdência". Entendi, da previdência só pode desviar recursos e captar sempre com o escravo trabalhador. Conte outra, porque palestras e posicionamentos que a previdência é superavitária está cheio na internet, falta aos legisladores assimilar e deixar de enganar o povo, mais segurança e saúde sem inventar de recriar CPMF ou algo qualquer. É ter coragem para fazer a coisa certa e não ficar fazendo novos remendos na CF/88, que só concedeu direitos e quase nada de deveres para o malandro brasileiro que só age com a "LEI GERSON", leve vantagem você também!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Parabéns ao nobre Brigadeiro. Falou pouco e disse tudo. Esperamos que os outros 2 Comandantes façam o mesmo.

Unknown disse...

Excelente,sou Fuzileiro Naval e me senti muito bem representado por sua excelência. ...BZ

Marcos disse...

Excelente Cmt sou do Exército, parabéns isso é dignidade.

Anônimo disse...

Parabéns comandante, mostrou aos leigos que a dedicação do militar pelo país não se iguala a nenhuma outra profissão e que por isso temos de ser tratados de forma diferente. Aos iguais o tratamento igual, e aos desiguais tratamento desigual.

Anônimo disse...

É sempre a FAB,mais moderna.corajosa e audaciosa saindo na frente.

Anônimo disse...

Tomara que esse GRANDE BRIGADEIRO, não seja EXONERADO!!!!

Sempre esperando a solução disse...

Entre os comentários do Brigadeiro, se refere a sermos movimentados sem poder reclamar, pois é minha esposa era concursada no estado de Roraima, com 9 anos de serviço, teve que abandonar o emprego devido minha movimentação, hoje já está a 6 anos sem trabalhar e isto ninguém enxerga na hora de querem cortar os direitos que ainda temos. Outra coisa já estamos a 2 meses sem ter encaminhamento através do fusex/unimed para consultar com especialistas e não estou vendo solução.

Anônimo disse...

o dificil é ser ouvido

Anônimo disse...

Falou muito bem o Cmt da FAB. É uma pena que milico é uma raça muuuuuito desunida. Um tentanto se dar melhor que o outro. Os oficiais, comendo mortadela e arrotando camarão. As praças sempre na merda em segundo plano de tudo, e o pior é que tem muita gente que acha isso normal. Ótimo discurso da FAB, Mas Deus me defenda da bondade dos bons! Grande abraço. Selva! (Sub Ten desmotivado)

Anônimo disse...

Excelente brigadeiro.

Anônimo disse...

égua mano....


nois tá taum acostumado de ver covardes funcionais (generais) se borrar de medo ante os puliticus, que quando vemo um dizer apenas sua obrigação de dizer, todos aqui nesse blog aplaudi o infeliz

affs...

Anônimo disse...

É pena que o que se publica neste blog praticamente só o público interno toma conhecimento. Como disse o colega égua, todos aplaudem quando é dever do comandante tomar este tipo de atitude como fez o cmt da fab. Estamos inclusive sem assistência de saúde(especialistas) em muitas guarnições e continuam pintando QGs para dar impressão de que tudo vai bem. Porque não deixam as instalações cair e sem pintura e empregam o dinheiro para o que é necessário como cuidar da saúde e da capacidade física e mental dos militares. Se deixarem tudo sem pintar o civil, vai ver o prédio deteriorando e perceber que falta investimento na força. Agora enquanto um policial recebe R$500 de diária um soldado do exército recebe R$21, tem cabimento uma coisa destas. Porque não assumem a função de polícia de uma vez, assim pode ser que haja aumento de salário. Enquanto tiverem recebendo por função de representação, está difícil as coisas mudarem.

Anônimo disse...

Estudar e trabalhar não é nada para a nação?

Anônimo disse...

Faltou apenas dizer: que o militar "com os altos salários" quando vai pra reserva sai;sem alma, sem um plano pra moradia, afogado com empréstimo, sem um plano de saúde para família e agora sem previdência. Vai esperar o quê? morrer.

Anônimo disse...

Excelente meu comandante, assim o Sr terá a confiança da tropa

Unknown disse...

Na lei atual, não há como acontecer devido aos critérios de estabilidade (10 anos hoje).

Anônimo disse...

Conforme a lei atual, é inviável devido aos critérios de estabilidade (10 anos). Só se a lei for modificada

Custodio Silveira disse...

Esses 16 centavos do salário família (sim, meus senhores, R $ 0,16) e um verdadeiro acinte, uma vergonha.
Somente o processamento, a impressao no contracheque e o deposito bancario custam muito mais do que essa bagatela e nao compra uma única, uma escassa balinha.
Pronto, falei !!!

Anônimo disse...

Na concepção da tendenciosa jornalista Miriam Belchior, posso me considerar um privilegiado, pois ganho R$ 0,48 de salário-família.

Anônimo disse...

Anônimo 3 de agosto de 2016 09:31, deixa de ser bobo. Saiba você que para pedir tem que saber. O Brigadeiro pode até ter obrigação de falar, mas ele não seria obrigado. Então, meu camarada, deixa de ser mal educado!

Anônimo disse...

Excelente posição do Cmt da Aeronáutica, com certeza os Cmt do EB e da Marinha do Brasil se posicionarão da mesma forma em breve.

Cadú The Real Power disse...

Pois é, esse tipo de informação tem wue ser disseminada.

Cadú The Real Power disse...

Boquinha mesmo.

Anônimo disse...

Só pra ter uma ideia os EUA gastam 518 bilhões de dólares com as FFAA e o Brasil 32.

Anônimo disse...

No tempo da ativa, como 3ºsgt, nem pensar em tentar um financiamento. Na COHAB o salário estava acima, por pouco, e na CEF, não chegava nem perto do mínimo necessário.Aí surgiu uma tal CFIA(Caixa de Financiamento Imobiliário da Aeronáutica) para "facilitar" a compra de imóvel aos seus associados. Acho que até o Exército tem uma. Durante todo o meu tempo da ativa, só saiu empreendimentos em estados onde não moro e com preços salgados para o padrão de salário do militar graduado. Imóveis de alto padrão é que não faltou. Quando estava para ir para a reserva, podia financiar imóveis usados. Tentei, tentei e tentei, mas era tanta burocracia, tantas certidões negativas, tantos prazos curtos, que quando estava no final da papelada, venciam-se outras. Tinha que começar de novo, gastando muito com cartórias, além de cobrança de vários documentos dos imóveis desejados. Finalmente comprei, aos trancos e barrancos, na CEF. Pediram metade dos documentos exigidos pela CFIA e através de um correspondente. Isso, depois de estar na reserva há mais de um ano.

Anônimo disse...

Foi surpresa ter um oficial da patente dele falar claramente e dizer a verdade. Mas lembro que outros que, tentaram falar algo contra, logo foram para a reserva ex-ofício. É muito bom ver que está surgindo comandantes com coragem e sabedores dos problemas de seus comandados.

Anônimo disse...

O égua, você não poderia usar uma gramática "de gente" ao escrever no blog, não? E não venha com este "papo" de "internetez", não!!! É "jumentice" mesmo!!!

Unknown disse...

Orgulho-me em pertencer a FAB e ter um comandante em que procura resguardar nossos direitos.
Criar um sidtema único é impossível, pelo fato do trabalho ser completamente diferente.
Não fazemos greve, não temos horas extras e fazemos um juramento de dar a própria vida pela Pátria.
Continuamos pagando a aposentadoria (Pensão Militar) mesmo após irmos para a reserva.
Parabéns Comandante pelo seu posisionamento.

Anônimo disse...

Enquanto isso no EB ficam nos dizendo para olhar o "o comandante responde" que lá, ele (vilas Boas) diz o que todos precisamos saber... Affff quanta balela... precisamos de generais de verdade.. homens de verdade.. não esses esses senhores com 37 anos de serviço que não lutam por nós e vivem nos pedindo para sermos exemplos... sejam eles exemplos de homens e comandantes militares.... se espelhem no cmt da aeronautica... este sim Comandante com C maiusculo e um exemplo a ser seguido.

Anônimo disse...

Os outros 2 ficaram calados? Nossa tô dizendo agora com a tropa aperta na hora de defender não faz nada....sem palavras

Cel Av Ref Marcio Simões disse...

Exmo. Ten.-Brig Rossato, cumprimento V. Exa. por expor de maneira claríssima nossa situação com relação à previdência e aos assuntos relativos ao gerenciamento da Força. Por muitos anos, quando ainda na ativa, defendi que todas as nossas atividades, planos, projetos e prograamas, especialmente aqueles de interesse direto da sociedade como: controle do espaço aéreo, gerenciamento da aviação civil, ora com a ANAC, infraetrutura aeronáutica - aeroportos- desenvolvimento de aeronaves - Embraer- motor à alcool, além dos nossos vencimentos, entre muitos outros, deveriam ser do conhecimento de toda a nação, que é quem nos paga pelo serviço prestado, embora há muitos anos muito mal remunerados. Estando na reserva, esperava de há muito que meu Comandante viesse a público para expressar nada mais que a exata colocação dos fatos. Espero que esta matéria seja divulgada em outros meios de comunicação pelo Ceconsaer para que seja levada ao conhecimento do maior número de brasileiros possível. Com elevada estima e consideração, Marcio Simões Cel Av. Ref.

Rogerio disse...

Ele já se pronunciou, Anônimo, pelo Facebook do EB, muito antes.

Anônimo disse...

Se fizer uma faxina nas pensões pagas a filhas de militares "casadas" que recebem pensão vai economizar ainda mais. tem muitas dependentes que não oficializam união para não perder a pensão.

Amauri disse...

Parabéns COMANDANTE!!!! Agora sei do que o EB precisa: de um BRIGADEIRO no comando!!!

Anônimo disse...

É duvidoso a entrega dos serviços de manutenção de nossas aeronaves para a empresa civil, o serviço sai mais caro que o feito por nossos militares, acredito que da maneira que está indo, logo teremos pilotos temporários o que descaracteriza a à carreira militar. Quando não temos aeronaves suficientes para encarar uma guerra com um país Sul americano, significa que estamos acabando com a Força Aérea.

Anônimo disse...

Militares não têm direito à Auxílio moradia.

Anônimo disse...

falou o mais ANTIGO!

Anônimo disse...

Olá. Os temporários da FAB são somente em funções de apoio, tais como: motorista e administração, entre outras. As funções mais específicas do militar continuam com os de carreira: piloto, mecânico de aeronaves, controle de tráfego aéreo, defesa aérea, armamento, e outras. A galera que embarca são os oriundos das escolas de formação, tal qual é hoje. Abraço

Edson Souza disse...

Surpreendente que um Comandante esteja se manifestando. Acho que tudo que foi argumentado foi feito de forma clara e precisa. Minhas restrições são em relação a dois fatores. Oficiais temporários jamais terão a capacitação e o comprometimento do de carreira. Quando ele estiver apto de verdade, será a hora de ir embora e começar com outro do zero - raras são as exceções.
O segundo ponto é quanto a contratação de empresas para manter os aviões da FAB. Tudo bem para aviões da presidência e alguns com atividade exclusiva de transporte de passageiros, mas se fizer isto com aviões de combate e transporte militar, será um grande absurdo. Em caso do conflito iremos levar as empresas pras linhas? Em caso de calamidade e busca e salvamento teremos uma equipe civil nas áreas de risco? Me parece algo sem nenhum sentido. Iremos fechar a EEAR? Maior centro de formação de especialistas em aeronáutica da América do Sul. Iremos acabar com os sonhos de meninos como eu que aos 6 anos de idade já sonhava em ser mecânico da FAB e que realizei meu sonho aos 18 anos?

xico's disse...


Não se espera nada de um "melancia" que vai visitar esposa do Lula procurando se esconder

Julio Kimieski disse...

Gostaria informação da fonte oficial, se ele falou isto ao vento ou o fez por escrito em nota oficial. Obrigado

Anônimo disse...

Hummm. Acho que a porta da geladeira foi aberta

MrHAJMA disse...

Para esses o rigor da lei ... Mas não podemos julgar a grande maioria honesta por uma minoria desonesta.

JACN - BH disse...

Ô burrão separatista frustrado: vc esta frequentando WApp fajuto.
Aquele da foto é o cineasta José Padilha, amigo da família Lula da Silva, frequentador de sítios, churrascos e Lei Rouanet. A sequência das fotos, divulgada por ele, vc não viu, babaca.
O Cmt do EB tem um QI melhor que o seu!

Brasuca disse...

Quem apóia este comandante ou é militar ou é de família de militar, pois são muitas mordomias, aposentam cedo, ganham muito e trabalham muito pouco. Se são só os trabalhadores q tiverem que pagar a conta, é melhor fechar o país.

Especialista disse...

Prezados, vcs são militares mesmo? Resposta a altura seria se tivesse sido contra a comissão da mentira. Redução do efetivo pra economizar? Em qual país Isso funcionou e restaurou a dignidade dos militares? Se ele falou mesmo isso já falou muito tarde e só falar não adianta nada. As vagas para sargento do exército estão sobrando, ninguém mais quer ser militar, porque hoje em dia significa fazer voto de pobreza. Estamos sucateados e desmoralizados. Fazemos tudo que nos pedem e ainda assim somo taxados de torturadores, desocupados, burros, etc. Falem sério.

Anônimo disse...

Parabéns??? Esse "meu Comandante" só pensa na carreira dos oficiais. Suas ações distanciam cada vez mais as pessoas que são graduados das pessoas que são oficiais. Está aí... é só ver e comparar o plano de carreira!

Wellington Mont disse...

Quando é que esses generais vão acordar!
Só têm uma saída pra esse país. Acabar com esse monte de benefícios dos políticos, leis que só beneficia eles mesmos. Já ta na hora de um grande general assumir esse país, não como antes; mas agora fazendo uma nova democracia sem políticos corruptos.

Unknown disse...

Os temporarios sao muito indissiplinados e vivem arranjando problemas com os efetivos, sempre querem abeir processos judiciais quando levam uma reclamacao. nao twm vocacao militar, pontualidade, comprometimento com a patria. Vamos ter problemas com roubos de armas, trafico de influencia...sabotagens..

Gilberto Gibson disse...

Parabéns comandante tem minha admiração. Só não concordo muito em diminuir dispensa com a nossa gloriosa FAB,porquê a sobra da despesa vai para a corrupção. Melhor seria comprar novos equipamentos.( Para proteger nosso país no futuro).Estamos juntos.

Anônimo disse...

Infelizmente em todos os setores profissionais e da sociedade irão aparecer os golpistas... Tanto Of como Praças. .. Sejsm de carreira ou Temporários. .

Flavio Rodrigues disse...

Na marinha não recebemos mais esses R$ 0,16 por cada dependente,no meu caso R$ 0,64 .agora multiplicando por muitos.pra onde vai esse dinheiro não pago todo mês ???

Anônimo disse...

Presado estude um pouco antes de falar abobrinhas, os militares tem um sistema próprio de contribuição, inclusive continua sendo pago após a reserva.
Vc deveria tarde revoltado com quem realmente ganha muito e trabalha pouco...O político que tu chamar de doutor na eleição em troca de um faz-me rir.

Jeferson Bernardini disse...

Explique-se melhor. Disseminar inverdades não é bonito. Principalmente para um ANÔNIMO.

Jornalismo Uninorte disse...

Parabens pela sua colocação. Força COMANDANTE

Anônimo disse...

Estudar e trabalhar é algo, mas quero ver vc estar disposto a perder sua vida pela nação e ter os mesmos benefícios de quem tem uma vidinha normal que ainda te julga de torturador ou desocupado.

Unknown disse...

O tempo nunca irá aumentar, porque pelo estatuto você adquire estabilidade com 10 anos de serviço militar e em relação a capitão também esqueça, pagar mais pra pessoa fazer a mesma coisa?

Anônimo disse...

Infelizmente enquanto os militares estão tentando ajudar o país a superar a crise a muitos políticos estão preocupados em fazer uma poupança com o dinheiro de corrupção. Acorda Brasil! Até quando vão continuar votando nessas pessoas que só pensam em seus interesses pessoais, nós somos os patrões e definimos quem fica e quem sai do governo.Não se vendam por promessas de políticos corruptos e ajudem esse país a crescer novamente.

Anônimo disse...

A solução é votar no Bolsonaro em 2018 e ver no que vai dar.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics