25 de agosto de 2016

Profissão: Militar. Por que vale a pena.

São Miguel D'Oeste (SC) - 25 de agosto, Dia do Soldado: licenciamento da 3ª turma da incorporação de 2015 no 14º R C Mec

17 comentários:

Anônimo disse...

Ser militar é uma profissão que dá orgulho, porém o homem precisa sobreviver, e com a atual situação, não compensa...já ouvi falar que quando uma situação está muito boa ela tende a piorar e vice versa porém quando está muito ruim, realmente melhor pra todo mundo, porém pra gente continua pior!!!

Anônimo disse...

Orgulho não paga conta . A humilhação que um sargento passa na carreira não vale á pena . As praças são a maioria mas não opinam em nada .

Anônimo disse...

Compensa sim.Anonimo de 26 Ago 16 00:17. Se vc for um militar e acho que é pois só quem é militar e esta devidadamente empregado tem uma idéia destas,vai dar uma tentada na sorte no meio civil pra vc ver que existem coisas bem piores. Pode até ser que estejamos numa situação financeira não muito boa mas vc nunca ficou sem emprego. Então para de reclamar e agradeça pois estás empregado num país com 11 milhoes de desempregados.

Anônimo disse...

Estes que choram são aqueles que ficaram até 7 anos ou recrutas que contavam com o engajamento e foram dispensados. Sempre falo aos recrutas: se querem seguir carreira, façam concursos militares, pois se aprovados, ninguém tira sua vaga, pois tentar uma vaga de Cb/Sd NB é correr o risco de ter seu tapete puxado por algum peixe de Of/Sgt. Já fui recruta e sei o que é ter uma vaga de NB para mim e aos 44 min do 2º tempo receber o 3º pé de coturno (na bun%@.

Anônimo disse...

Jovens1 Ilusão. Estudem sejam civis da área de saúde ou de engenharia. Isto sim é futuro. Militar já teve seu valor. Caso queira ser militar, Seja Oficial ou Sd da PM do DF. Tudo ilusão, o que vale é conta bancária e curtir a vida com muita grana

Anônimo disse...

Ao anônimo de 26 Ago 07:47
Cara pálida preste atenção: era uma vez um Cap no Haiti que saiu para comprar algo na feira, admirado com a situação dos haitianos, a pobreza, miséria, fome, sujeira, ele refletiu: verdadeiramente somos ricos.
Quando foi para o seu arejamento resolveu conhecer MIAMI-EUA, quando viu as ruas limpas, pessoas bem vestidas, pessoas educadas, restaurantes chiques, carroes, pensou: verdadeiramente somos pobres.
Moral da história cara pálida: SE COMPARAR POR BAIXO É BURRICE!!!
E quanto a reclamar??!! Eu já reclamei um dia, porém vi que o problema estava em mim, parei e observei que as Forças Armadas são para os Oficiais, e que o praça nunca será reconhecido. Enquanto não meto o pé, faço meu trabalho, respeito meus superiores, chego no horário, faço o previsto e sei que existem uma cambada de vagabundos que não fazem nada e ficam reclamando....

Anônimo disse...

Sinceramente me arrependo de não ter ingressado com 18 anos na gloriosa PM do meu estado. Hj já seria 1°Sgt antigo e respeitado, bem melhor remunerado, com todas as garantias a que faz jus um trabalhador comum (hora extra, insalubridade, adc noturno, anuenios) e com a certeza de que nenhum general por simples capricho e com o objetivo de garantir os direitos de seu círculo hierárquico, retiraria meus direitos. Me considero excelente profissional, não fico pelos cantos reclamando, mas o arrependimento é cada vez maior. Desejo muita sorte aos corajosos que ingressarem nesse barco furado, infelizmente, que se chamam Forças Armadas.

Anônimo disse...

Parabéns aos jovens.
Quanto aos comentaristas críticos, sou Capitão QAO e comecei como soldado.
Hoje tenho um patrimônio de dar inveja em 99% da população brasileira.
Sempre soube administrar a minha vida.
Estudei muito, aprendi a aplicar e investir o meu salário.
Formei 4 filhos.
Como eu, existem outros tantos felizes com a carreira que abraçaram.
Não deem ouvidos aos chorões de sempre.
Eles sempre serão críticos, pois é a única ferramenta que possuem.

Anônimo disse...

Ser militar hoje em dia é perda de tempo, principalmente quem faz serviço militar obrigatorio, que é meramente temporario por no maximo 8 anos e depois pé na bunda...
Nem de carreira vale a pena muito menos temporario. Sou oficial temporario e passei na escola de saúde e não fui o ano passado, pois 3 anos que estou já deu e vou embora no começo do ano. só para não perder a pecuniaria pelo tempo que fiquei. Não dá para conviver com pessoas que acham que fez AMAN é melhor que uma faculdade de Medicina, para querer dizer o que o profissional de saúde fazer ou não fazer.

Anônimo disse...

Os Soldados da primeira e da terceira fotos eram meus subordinados na Seção de Comando. Muito bons soldados. A sociedade receberá de volta pessoas de excelente personalidade e da mais boa índole, cidadãos preocupados em fazer o melhor, por eles e por todos os outros, em favor da coletividade. Brasil acima de tudo.

Anônimo disse...

Pessoal o fab vai passar por uma grande reestruturação. Só vai sobrar DECEA, ESQUADRÕES AÉREOS E BINFA. praticamente vai acabar. Nesse ano no CFS só abriu controlador e infantaria.

Unknown disse...

O camarada ..eu sou sargento ..e nunca passei humilhação alguma ...seja profissional ..e não um baba ovo e péssimo profissional ..que jamais irá passar por humilhação alguma ..até porque dentro das forças armadas humilhação e contravenção disciplinar e da cadeia ..mpara de falar besteira ..papo idiota

Anônimo disse...

Oriento para que sejam militares na área de saúde só um exemplo aqui em Paulo Afonso 1cia o OF DENTISTA cumpre expediente de terça a quinta não tira Sv não faz exame de contrcheque e nao faz sindicancia.Caatinga!

Anônimo disse...

Jovens o caminho é único estudem sejam médicos ou do judiciário. Este Cap QAO que escreveu é uma exceção e deve ser do tempo antigo que ainda foi com proventos de major. Deve ter servido em QG ou Hospital toda vida, não ralou na selva. Quero ver nos dias atuais ele falar isto. Falando em patrimônio, aqui desta terra nada se leva companheiro, o que vale é viver a vida. Seja feliz com seu patrimônio de dar inveja, bem coisa de milico mesmo.... O Sr vai ver a situação no dia que precisar de FUSEX, lembre-se disso, quando querer um exame e lhe mandarem voltar por não ter mais convênio. Ninguém escapa da velhice

Anônimo disse...

Não é o melhor serviço do mundo mas ta longe de ser o pior. Tenho varios amigo no meio civil e lá não é tão facil quanto se imagina. Temos a mania de achar que a grama do vizinho é mais cuidada que a nossa mas vamos nos informar primeiro. Converse com o frentista do seu posto e pergunte o que acontece se chegar atrazado? O melhor da profissão é o reconhecimento dos subordnados que depois de decadas te encontram na rua e tem a satisfação de apresentar a familia e dizer que voce foi um sargento BRUTO mas que foi JUSTO para com a sua tropa. Isso Srs, não tem preço e que pensar o contrario esta convidado a sair. Antes do mimimi de puxa saco to indo para o quarto QA

Anônimo disse...

concordo com o comentarista de28 de agosto de 2016 16:08. No meu quartel o Dentista trabalha meio expediente. Tem uma clinica onde ele fica até 23h atendendo. De férias ele foi em Turismo para o Canadá. carrão 0km e uma mansão. Enquanto os infantes pé de poeira cheio de breves e "lascado". Detalhe o comandante chama eles (médico e dentista) de Doutor e Senhor. Jovens do meu Brasil acordemmmmmmm

Anônimo disse...

Ser militar nos dias atuais é motivo de vergonha e no caso do soldado recruta eu considero uma forma de escravidão moderna. O Soldado recém incorporado nas Fileiras do EB é considerado por vários comandantes, mão de obra barata, mão de obra escrava que só serve para fazer faxina e tirar o maldito serviço de escala 24/24 horas. Eu tenho em particular orientado os jovens para que não incorporem nas fileiras da Força, primeiro porque também tenho filho, segundo porque sei qual é o tratamento que esses pobres jovens recebem. O jovem no ano do seu serviço militar inicial fica a mercê de comandantes inescrupulosos que brincam com a vida dos jovens no que tange ao seu tempo, ao seu estudo, aos seus momentos junto a seus familiares, as punições chamadas de disciplinares que acabam minando a moral, a dignidade da pessoa humana e muita das vezes desmotivando esses jovens para um futuro de sucesso, porque essas não visam educar, mas sim como represália a alguns que tem mais personalidade e dificuldades em aceitar tais desmandos. Por esses e demais motivos que não são o caso elencar, digo com conhecimento de causa que não vale a pena.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics