26 de agosto de 2016

Do general ao sargento: militares tietam Sérgio Moro na entrega da Medalha do Pacificador

Publicação original: 25/8 (23:18)


16 comentários:

Anônimo disse...


Aposentadoria no Exército Francês.

Usem o google tradutor.

http://infos.fncv.com/post/2010/04/06/france-militaires-retraite-armees

Temos que comparar e com os outros militares no mundo e não com os civis.

Anônimo disse...

Esse tal praça Adjunto do Comando é arroz de festa. Sua aproxima palestra aos praças será como fazer uma selfie perfeita. Parabéns ao Comando pela grande iniciativa, 50 anos de serviço, assim é fácil.

Anônimo disse...

Acredito que os militares enxergam no juiz Moro alguns valores que já existiram no meio militar e hoje em dia estão cada vez mais difíceis de encontrar nas FA.

Anônimo disse...

Esses valores que o anônimo das 11:32 mencionou deixaram de existir no exército após inventarem o atual sistema de valorização do mérito, a conceituação e desvincularam os generais da tropa. Quanto ao adj de Cmdo, outro projeto natimorto, copiado de outros exércitos onde a vaidade dos oficiais não impediu que o mesmo desse bons frutos. Aqui nunca será. Até agora não vi Adj de Cmdo interceder de forma positiva junto do Cmdo nem ao menos para melhorar a escala de serviço das praças, quanto mais para conseguir coisas mais complexas. Apenas mais um a ser mencionado em formaturas e tirar selfie com autoridades.

Anônimo disse...

Excelente, leiam ...

http://blogdojuca.uol.com.br/2016/08/o-caso-da-continencia-na-olimpiada/

Anônimo disse...

Sobre a continência no Podium ...

http://blogdojuca.uol.com.br/2016/08/o-caso-da-continencia-na-olimpiada/

- Vejam os comentarios no link acima e extrai esse abaixo ...

Não tem motivo pra politizar esse fato, a continência é um sinal de respeito, principalmente com a bandeira brasileira, todos os militares são orientados e aprendem a importância do respeito aos símbolos nacionais. Quando o hino nacional é tocado e a bandeira brasileira é hasteada essa deveria ser a postura de todos os brasileiros. Essa é a postura correta e não aquela que vemos nos campos de futebol principalmente. Repito é um sinal de RESPEITO.

Anônimo disse...

Olha o recalque...

Anônimo disse...

O fato interessante é que o Juiz Moro, pode, futuramente colocar todos que estão tirando fotos e concedendo condecoração a ele na cadeia, basta uma pequeno envolvimento criminal dos militares na área de atuação do Juiz e pronto, já terão o autógrafo dele na sentença. kkkk

Anônimo disse...

LEI No 1.782, DE 24 DE DEZEMBRO DE 1952.

Dispõe sôbre promoção ao pôsto de 2ºs. Tenentes dos Subtenentes, Suboficiais e Sargentos do Exército e da Aeronáutica na Itália, como integrantes da Fôrça Expedicionária Brasileira, e possuíam até o término da guerra o Curso de Comandante de Pelotão, Seção ou equivalente, ou o curso de Especialistas da Aeronáutica.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o CONGRESSO NACIONAL decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º Os Subtenentes, Suboficiais e Sargentos do Exército e da Aeronáutica (1º Grupo de Caça), que tomaram parte nas operações de guerra na Itália, como integrantes da Fôrça Expedicionária Brasileira, e que possuíam até 8 de maio de 1945 - término da guerra - o Curso de Comandante de Pelotão, Seção ou equivalente, ou o Curso de Especialistas da Aeronáutica, serão automàticamente promovidos ao pôsto de 2º Tenente.
§ 1º Os beneficiados pela presente Lei serão incluídos no Quadro Auxiliar de Oficiais (Q.A.O.) Vetado.
§ 2º Caso não haja vaga no Quadro, serão nêle incluídos, imediatamente, como agregados, aguardando vagas.
§ 3º Os Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica (1º Grupo de Caça), ao serem promovidos ao pôsto de 2º Tenente, ficarão agregados ao Quadro de suas respectivas especialidades.
Art. 2º Nenhum vencimento ou vantagem terão a título de atrasados, os beneficiados pela presente Lei.
Art. 3º Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Rio de Janeiro, em 24 de dezembro de 1952; 131º da Independência e 64º da República.
GETÚLIO VARGAS
Cyro Espirito Santo Cardoso
Nero Moura
Este texto não substitui o publicado no DOU de 26.12.1952

Anônimo disse...

Comentaristas, vejam este post:

http://diariodopoder.com.br/noticia.php?i=63363422536

Se estes senhores são heróis da pátria, todos os militares são traidores, pois os combateram.

O resto vcs decidem, mas:

O calar dos chefes faz um barulho gigantesco.

Anônimo disse...

Uma pena que esse juiz foi feito de palhaço pela mulher do Cunha. Reagiu e devolveu o passaporte dela. Tá de brincadeira.

Anônimo disse...

ORIENTAÇÃO NORMATIVA CONJUNTA N º 001, DE 19 DE AGOSTO DE 2016.
Estabelece a regulação da descentralização orçamentária e financeira, referente ao ressarcimento
de despesas decorrentes da prestação recíproca de assistência médico - hospitalar, sob a forma
ambulatorial ou hospitalar, praticada entre as Organizações Militares de Saúde e pelo Hospital das
Forças Armadas...

Anônimo disse...

Lembre se que Genuíno,Dirceu,lula,Dilma e mais algumas pessoas ligadas a vários movimentos Mst,cut,sem terra etc, receberam medalha da mão dos militares.

Anônimo disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ed disse...

Parabéns ao cmt do EB que escolheu um Forças Especiais Adj de Cmd a altura e não um barrigudo que passou a carreira toda engomado atrás de um birô sem nunca colocar uma mochila na carcaça e babando ovo de Oficial!

Anônimo disse...

Na verdade, os militares enxergam no Moro valores que não existem mais na sociedade civil, mas ainda existem e sempre existirão no meio militar.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics