10 de agosto de 2016

Exército em guerra contra o Pokémon GO!

Diversas unidades do Exército estão expedindo determinações expressas aos seus integrantes, proibindo o jogo Pokémon GO, a mais recente febre dos usuários de smartphones. 
Os militares temem pelo segurança nos quartéis, pois para baixar o aplicativo, é necessário permitir o uso da câmera, GPS e outros dispositivos que estejam conectados ao aparelho. Iniciado o jogo, é registrada uma imagem do local, incluindo as coordenadas e o ângulo do aparelho, ou seja, retrata com fidelidade o ambiente onde se encontra o usuário. 
No entender dos comandantes, a brincadeira compromete a segurança, pois pode revelar pontos sensíveis dos quartéis, tais como paióis, corpo da guarda, salas de armamento, etc.

41 comentários:

Anônimo disse...

Olha o presidente aí!
http://servidorpblicofederal.blogspot.com.br/2016/08/jair-bolsonaro-reclama-da-remuneracao.html?m=1

Anônimo disse...

http://blogdomariofortes.blogspot.com.br/2016/08/dilapidaram-patrimonio-do-palacio-do_8.html

Anônimo disse...

Chegou o dia.

Disse Einstein: " Chegará o dia em que a tecnologia ultrapassará a intereção humana, e o mundo terá uma geração de idiotas. "

Bah trocentas vezes !!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

http://vindodospampas.blogspot.com.br/2016/08/um-misterio-olimpico-rio-2016-tenta.html

Anônimo disse...

Homi rapaizzzz !!!! Vão namorar, abraçar, beijar muito. Deixem de idiotices.

Anônimo disse...

Como tem jumentos no mundo !!!!!

Anônimo disse...

Piloto ...

http://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/rjintertv-1edicao/videos/v/marinha-afirma-que-piloto-que-desapareceu-no-mar-de-saquarema-era-um-dos-mais-experientes/5224783/

Anônimo disse...

http://www.campograndenews.com.br/lado-b/conversa-de-arquiteto/primeira-obra-da-cidade-em-2-andares-completa-84-anos-na-avenida-afonso-pena

Anônimo disse...

Quando se pensa que chegamos no limite da imbecilidade, eis que a humanidade transpõe os próprios limites!

Pobre geração descartável e vazia, numa existência sem propósitos.

Anônimo disse...

Como se fosse realmente necessário aplicativos eletrônicos para se fazer levantamento de área de um quartel, tem no Google maps/earth ou qualquer recruta no segundo serviço já consegue descrever tudo. Deve ser proibido pelo fato de atrapalhar as atividades do dia a dia, por isso eu concordo, mas dizer que compromete a segurança isso é balela.

Anônimo disse...

Ele nunca disse isso. Estamos em 2016, não em 1234.

Anônimo disse...

KKKKKKK...Segurança de instalações? E "americanu" precisa disso pra "espionar"porcaria? Eles são nossos donos à bastante tempo rsrsrsrsrs.....Outra coisa! Todas essas porcarias velhas (armas rsrsrsr) em quartéis são "doações" deles mesmos....rsrsrsrs..... fala sério! Esses caras não precisam nem mesmo de google pra exercerem esse "controle"....eles SÃO o comando na verdade. Por aqui não se solta um p.....sem que não seja pedida a devida autorização aos amestradores.

Anônimo disse...

É bom ter cautela. Já pensou se os americanos descobrem nossos projetos de P Cag, ou lavatórios de campanha? É tecnologia de ponta, que certamente seria copiada.

Anônimo disse...

Trabalhar, ajudar pai e mãe, fazer algo de útil, não podem, iniciativa zero. Só querem fuleiragens, gente cabeça vazia, oca, etc ... mas andar Km e Km atrás dessa porcaria, ai podem.

Anônimo disse...

E se aparecer algum Pokemón raro dentro do aquartelamento e a gente perder a oportunidade de capturá-lo? Ass: Sgt que está jogando Pokémon Go neste momento no aquartelamento...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Não pode nem na hora do TFM, ou no intervalo do almoço? Já capturei uns 3 dentro do aquartelamento contribuindo para a segurança virtual da Unidade, pois muitos caçadores civis poderiam tentar capturar e acabar dando treta com a guarda do quartel.

Anônimo disse...

De alguma maneira imagens detalhadas do interior das Unidades pode comprometer sim a segurança, principalmente em se tratando do interesse do crime organizado.
Todos tem o direito de ocuparem seu tempo livre da amneira que desejarem, agora convenhamos, essa tal "caça" ao pokemon... tremenda tolice.

Anônimo disse...

Anônimos 10 de agosto de 2016 14:00 e 10 de agosto de 2016 12:57, vocês são daqueles que pensam que americanos são o Deus ou que eles vieram de outra galáxia. Certa vez, fui com minha esposa morar nos EUA e não levei minha sogra que fazia hemodiálise. Uma amiga da minha esposa criticou o fato de não ter levado minha sogra, porque lá teria como ela ser curada e se livrar da máquina. Ora! Lá as pessoas passam pela máquina igual aqui no Brasil. Então, as pessoas aqui não são mágicos, mas vivem muito à base de ilusão.

Anônimo disse...

Isto já é abusar da inteligência do ser humano! Quando digo que se entrar um cachorro numa sala de aula, onde o professor está arguindo a turma sem obter a resposta, com certeza o cachorro irá responder corretamente ao professor. O grau de inteligência de certos humanos se rebaixou ao de quadrúpedes.

Anônimo disse...

Tenho que rir!!! Comunicação via satélite é terceirizada, no controle de tráfego aéreo só um equipamento(software) é genuinamente BR, compramos aeronaves com rádio Americano - eles põem backdoor em tudo-, a presidente não tem linha criptografada, quase todos os servidores DNS são americanos,todos tem Gmail, ou seja, eles já sabem de tudo. O jogo só não pode atraplhar a rotina no trabalho.

Anônimo disse...

Jogando durante o expediente.
Tem mais é que se f

Anônimo disse...

Engraçado.

Anônimo disse...

http://www.bocaonews.com.br/noticias/policia/rio-2016/151555,ssp-ba-lanca-lombada-eletronica-que-identifica-aparatos-suspeitos-em-veiculos.html

Anônimo disse...

Carro da Força Nacional é atacado a tiros em comunidade da Zona Norte
Três agentes foram atingidos na tarde desta quarta-feira
O Dia
10/08/2016 17:12:47 - Atualizada às 10/08/2016 18:19:35

Rio - Um carro da Força Nacional de Segurança foi atacado a tiros na Vila do João, no Complexo do Maré, na Zona Norte, na tarde desta quarta-feira. A equipe seguia para a Linha Amarela, mas entrou na comunidade por engano. Em áudio obtido pelo DIA, um agente, que depois chegou a sair do veículo, contou que eles estavam em direção ao Centro do Rio no momento em que foi abordada por homens armados no local.

De acordo com os militares, três pessoas ficaram feridas no momento do ataque. Entre elas está o capitão Marcos Rodrigues Ferreira, que foi ferido por estilhaços no rosto e levado ao Hospital Municipal Evandro Freire, na Zona Norte. Segundo a Força Nacional, ele passa bem. O soldado Helio Andrade foi baleado na cabeça e passará por uma cirurgia no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte. Já o outro soldado, identificado apenas como Rafael, está na mesma unidade e teria sido ferido de raspão.

Um deles teria sido socorrido por um taxista e o outro, por uma ambulância da Lamsa. A viatura foi localizada por policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE). A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) foi acionada para o local e as investigações estão em andamento.

1 sgt inf disse...

Se todo mundo capturar os pokemon dentro dos quartéis. ..nenhum civil vai pedir pra entrar e ainda ajuda na segurança pelas diversas patrulhas q serao realizadas e ainda poupa o trabalho do sgt de dia q não precisará fazer as rondas pra ver se o soldado está com celular na "hora"..kkkk

Anônimo disse...

E depois dizem que mortos-vivos não existem. O povo está totalmente dominado pelos celulares e as redes "sociais". Prefiro ser comparado ao homem do tempo da pedra. Pelo menos tenho sossego e não tenho que ficar justificando pra ninguém porque não respondi as mensagens.Tecnologia é impostante, sim, porém se deixar dominar por ela é idiotice.

Anônimo disse...

Agentes da Força Nacional são baleados ao entrar por engano na Vila do João, na Maré
Policiais entraram por engano na localidade conhecida como Boca do Papapi
Policiais entraram por engano na localidade conhecida como Boca do Papapi Foto: Reprodução Whatsapp
Extra
Tamanho do texto A A A

Uma viatura da Força Nacional foi recebida a tiros, na tarde desta quarta-feira, ao entrar por engano em uma localidade conhecida como Boca do Papai, na Vila do João, Zona Norte do Rio. Os três agentes que estavam dentro do veículo foram atingidos, um deles na cabeça. Ele foi levado em estado grave para o Hospital Salgado Filho, no Méier.

Frame de vídeo mostra soldado sendo socorrido
Frame de vídeo mostra soldado sendo socorrido Foto: Reprodução

Natural de Roraima, o soldado Hélio Vieira, que dirigia o carro, perdeu massa encefálica e está no centro cirúrgico Hospital Salgado Filho. O estado de saúde dele é considerado o mais grave entre os atingidos. Apesar de ter circulado uma informação sobre a morte do agente, a Secretaria Municipal de Saúde não confirmou.

O soldado Hélio, de Roraima
O soldado Hélio, de Roraima Foto: Reprodução

Em nota, A Polícia Militar do Estado de Roraima informou que também está em contato com a equipe responsável pelo caso no Rio de Janeiro para saber o estado de saúde de Hélio. O órgão também não confirma a morte.

O capitão Allen, do Acre, outro ferido
O capitão Allen, do Acre, outro ferido Foto: Reprodução

A Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (SESGE), outro órgão procurado pelo EXTRA, informou que o policial Hélio Viera está passando por cirurgia.

Em um áudio, o tenente-coronel Aginaldo, da Força Nacional, também disse que o soldado está sendo operado. Ele diz ainda que o soldado Rafael, que estava na viatura e ajudou a socorrer os colegas, está em estado de Choque no Hospital Salgado Filho.

Soltado baleado na cabeça está em estado grave
Soltado baleado na cabeça está em estado grave Foto: Reprodução

Outro agente, identificado como capitão Allen Marcos Rodrigues Ferreira, do Acre, sofreu um tiro de raspão e foi levado ao Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, onde passa bem.

Grande volume de sangue na viatura
Grande volume de sangue na viatura Foto: Reprodução

Em um vídeo, que circulou pelas redes sociais, o agente ferido é resgatado pela equipe da Lamsa, responsável pela Linha Amarela. O soldado é retirado de dentro da viatura. Outros agentes da Força Nacional auxiliam no resgate. Nas imagens, o soldado ferido aparece consciente, mexendo os braços e as pernas na maca.

Pouco tempo após o ataque, um dos soldados fez um relato por meio de um áudio.



"Eu fui atingido. O capitão Allen foi atingido. Motorista foi atingido. Um outro combatente também foi atingido e ficou fora da viatura. Um táxi aqui tá me dando apoio e me levando para o hospital. O motorista entrou na Vila do João e os caras atiraram e atingiram a viatura. Acho que o motorista foi atingido de frente, porque ele não conseguiu sair da viatura", disse.

Agente é socorriso
Agente é socorriso Foto: Reprodução

De acordo com a Força Nacional, viaturas reforçam a segurança no acesso da Vila do João e a perícia está sendo feita no local.

Poucos momentos depois do ataque

Anônimo disse...

Fazendo uma comparação: quantas crianças e até muitos adolescentes não sabem como é uma galinha ou peru vivos? Só conhecem aquelas aves congeladas nos supermercados. Nunca tiveram contato com algum ambiente onde animais domésticos são criados. Assim, essa geração tecnológica vai se distanciando do contato pessoal, até com a família. Tornam-se pessoas frias, sem sentimentos, sem tolerância e desajustados. Vai chegar um dia em que vão ter que fazer terapia em grupo para restabelecer o convívio social, cara a cara.

Anônimo disse...

Já imaginaram, um monte de recrutas com vassouras nas mãos, varrendo o quartel a procurando POKEMON? Em vez de treinamento de orientação vai ter caça aos bichinhos na mata.

Anônimo disse...

Em meu quartel tem uma arena de combate dentro da OM, sendo que a maior guerra esta entre os oficiais e sargentos, falar o que? Quem deveria dar exemplo não faz...
Tem ate rondante na rnda caçando e jogando durante o trabalho...
Um absurdo a sociedade parar por uma coisa destas.

Anônimo disse...

Já ouviram falar de Google Earth? Já ouviram falar de drone com câmera de alta resolução que sai a 1000 reais no Mercado Livre? Já ouviram falar de recrutas oriundos de área de risco com celular que tira foto e filma, e coloca na net na hora? Já ouviram falar que só existe crime em fotografar e/ ou filmar aquartelamento em tempo de guerra (conforme disposto no CPM) e ainda assim com a necessidade de dolo de espionagem para ser tipificado? Acho que alguns militares ainda não se tocaram que estamos no século 21. O Pókemon GO é um lixo, mas alguém realmente acha que uma foto que o software tira realmente vai trazer insegurança ao aquartelamento a ponto de os Cmt emitirem um memorando ridiculão desses?

Anônimo disse...

Vão trocar faquinhas.

Anônimo disse...

como diz no nordeste: "pokemon é meu ovo..."kkkk quem é nordestino sabe.

Anônimo disse...

Enquanto alguns jogam Pokemon GO nas ruas...tem outros tipos de "jogadores" capturando as "pokemoas " abandonadas!

Anônimo disse...

O Pokemon Go tem ajudado pessoas com depressão e quadros graves de autismo, ajudando os mesmo a se interagir. Em relação a segurança, nossos oficiais são muito abitolados, devem acreditar em todas as correntes que compartilham no facebook. Existe a opção de não usar a câmera para esse jogo, logo não "comprometeria" a segurança orgânica da instalação. Paralelamente a isso todos sabemos que o pior inimigo está dentro do próprio quartel e não fora.

Anônimo disse...

Os bandidos jogam o jogo celular go. Capturar celular.

Anônimo disse...

Eu acho é que tem muita gente que comenta aqui é que deveria ir pro olho da rua. Malandragem anda solta em muito quartel... e muito gogó embusteiro, mas que não tem coragem nem de trabalhar, nem de sair fora.

Anônimo disse...

Aqui no quartel tem um bando de ten temporario vagabundos, que ficam caçando "pokemão" durante o expediente, e esses são os que mais reclamam de salario e escala de serviço apertada...

Anônimo disse...

Bom aqui também tem temporário q só reclama da escala. Peçam para ir embora oras.

Anônimo disse...

No meu quartel tem um monte de careira que fica jogando e reclamando do salario e os temporarios trabalhando...

ALMANAKUT BRASIL disse...

No Regime Militar, o brando, tentou caçar comunistas e os vermelhos voltaram para saquear o Brasil!

Tentou caçar o mosquito Aedes Aegypti e as doenças continuam!

Se levar um baile do Pokémon, o vexame será o tiro de misericórdia!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics