2 de agosto de 2016

Raul Jungman à Globo News, sobre a reforma da previdência: 'vamos procurar uma saída razoável, para os militares e setor público.'

Entrevista do ministro Jungman à Mirian Leitão, na Globo News. Registre-se a 'boa vontade' da jornalista - ex-presa política- sobre o tema e a forma como Jungman evita responder sobre o pagamento de pensão para as filhas dos militares.

50 comentários:

LUIZ CARLOS disse...

Raul Jungman perdeu uma boa oportunidade, já que Mirian Leitão insistiu no tema, para dizer que desde 2001 a Lei que tratava das pensões para fihas de militares não existe mais. Outro aspecto que Jungaman deveria ter abordado é o fato do militar descontar para a Pensão Militar até a sua morte, diferentemente dos civis que ao ingressarem na aposentadoria, deixam de pagar e passam a receber. Como toda vermelha revanchista que se presa, Mirian Leitão foi tendenciosa, venal e de forma clara tentou deixar o Ministro da Defesa numa saia justa.

Edi Mor Gmail disse...

Se eu tivesse conhecido esse Blog do Montedo antes eu jamais teria prestado esse concurso!!! Vou saltar Fora...Adeus

Anônimo disse...

Servidor civil tambem desconta previdencia ate a morte. Apenas o regime geral que nao.. mal informados

Anônimo disse...

Se essa medida realmente for aprovada, o Exército terá que ser todo reformulado, terão que rasgar todos os regulamentos, pois o que vai valer é idade e não tempo de contribuição, portanto quem tem LE, tempo de selva, qualquer tipo de acréscimo de tempo de serviço vai perder, pois só valerá a idade, da mesma forma, teremos que rasgar o Estatuto dos Militares, regulamentos de promoção, simplesmente tudo, vai mecher em toda a estrutura do Exército e todas as forças armadas de uma maneira geral e ao meu ver não vai economizar nada, o que poderá ocorrer para economizar é reduzir o efetivo em todas as escolas de formação, pois com o acréscimo do tp sv, chegará um momento em que a força não suportará tanto efetivo, pois ninguém vai tão cedo para a reserva, com exceção dos que já tem 50 anos de idade. Aconselho quem já tem tempo, que pule fora agora, o ministro deixou bem claro que vai procurar um meio termo, portanto, acredito que aumentar para 35 anos de sv já vai ser é lucro.

Anônimo disse...

MILITAR, leia esta noticia, vc esta na linha de frente:

http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2016/08/02/lewandowski-manda-soltar-suposto-integrante-do-pcc.htm


Segundo o Ministério Público do Ceará, Luís Fabiano Ribeiro Brito é integrante do PCC e foi a Fortaleza para coordenar ataques à estrutura policial, "planejando atingir batalhões, postos de vigilância, oficinas de manutenção de veículos de segurança, bem como atear fogo em viaturas e, principalmente, ceifar vidas de um número indeterminado de policiais".

Léo disse...

Ele não responde simplesmente por que não tem conhecimento suficiente para tal.Simples.É apenas mais um político sem nenhum,mas nenhum compromisso com a tropa.Logo,logo é mandado embora e vem outro.Dúvidas?

Léo disse...

Ele não responde simplesmente por que não tem conhecimento suficiente para tal.Simples.É apenas mais um político sem nenhum,mas nenhum compromisso com a tropa.Logo,logo é mandado embora e vem outro.Dúvidas?

Anônimo disse...

As respostas nós já temos para a saída do caos da previdência e da economia que o PT provocou: os militares.Querem dinheiro? Tirem dos militares, pois são os únicos que ainda respeitam a CF e ficam calados, aguardando os comandantes se pronunciarem.
Reposição salarial? Deem pouco aos militares que as outras categorias vão exigir mais.
As obras do DNIT e outras foram abandonadas por falta de dinheiro? Chamem os militares para terminarem sem ganhar nada extra por isso. etc,etc,etc. Algo está muito errado e vai descambar para descontrole total.

Anônimo disse...

http://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2016/08/localizador-de-caca-que-sumiu-apos-acidente-nao-emitiu-sinais-diz-marinha.html

Anônimo disse...

Bom acessar, varias noticias das FFAA ..

http://www.globo.com/busca/?q=for%C3%A7as+armadas

Anônimo disse...

Essa ridícula dessa repórter Mirian Porca Velha, pois de tão velha que está sua fase de leitão já ficou a muito tempo. Claramente ela quis encurralar o ministro com sua visão torpe e altamente tendenciosa contra os militares das FFAA, porque então que a Porca Velha não levantou que outras categorias ficaram de fora dessa famigerada reforma da previdência, essa imbecil e revanchista sempre quis prejudicar os militares em seus comentários maldosos.

Toni Vargas disse...

Esse assunto da pensão para as filhas de militares já fora amplamente discutido e decidido em 2000 e 2001, inclusive com regra de transição. Não é possível, 15 anos depois, voltar a esse discurso porque não se tem nada melhor para o debate. Os institutos do direito adquirido, coisa julgada e ato jurídico perfeito, que são aqueles que concederam esse direito às filhas dos militares, não podem ser relegados, pois são, em última análise, a vontade do mesmo povo que sofre com a corrupção endêmica, fraudes etc, que causam enorme prejuízo ao Estado (sociedade). Infelizmente essa mesma sociedade (todos nós) vai (vamos) pagar a conta novamente!!!!

Anônimo disse...

http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/uems-oferece-curso-de-informatica-para-187-militares-do-exercito

Anônimo disse...

http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/fuzileiros-navais-participam-de-curso-especial-de-operacoes-no-pantanal

Anônimo disse...

Esse Ministro foi o único que deu o recado, o militar é submetido a um regime duro e a sociedade tem que dar a contra partida, o cara deixou a mensagem vamos criticar menos pessoal, o cara não se dobrou ante essa vagabunda.

Anônimo disse...

Senhores o EB não vai "quebrar", pois a se julgar por muitos tipos de comentários nesse blog, existem muitos militares abnegados que estão na Força, não pelo dinheiro, mas pela pátria. Portanto, existem muitos militares que não se importarão de ficar até os 65 anos de idade, ou 35 anos de serviço, ganhando pouco e ainda com a possibilidade de perder a remuneração integral quando ir para a Reserva. E, mais, sempre voluntários destemidos para matar mosquitos, pintar escolas, capinar praças e fazer segurança recebendo quase vinte vezes menos que os policiais.

Viva o glorioso exército!

Anônimo disse...

Pessoal, em relação especificamente a pensão direcionada às filhas "solteiras" (coloquei entre aspas porque muitas não casam "no papel" para não perder a "boquinha") convenhamos que isso é um verdadeiro absurdo, pois pergunto: por que as filhas solteiras dos militares devem ter esse privilégio? E os filhos solteiros?

Talvez isso se aplicasse no final do século XIX e início do XX onde as mulheres tinham um maior obstáculo para se empregar e, portanto, ficavam desassistidas quando da morte do pai militar. Mas hoje a mulher só não trabalha se não quiser, digo, há sim desemprego e dificuldade de conseguir se empregar, mas isso não é da mesma forma que lá atrás, quando a mulher não conseguia se empregar por ser mulher. Hoje, se estudar e se qualificar sempre estará empregada.

Dessa forma, pergunto de novo: por que esse privilégio das filhas "solteiras"?

Conheço uma senhora, já avó, que é pensionista da marinha. Nunca casou no civil para não perder a pensão. A filha mais velha dela também não se casou no civil, justamente para receber a pensão quando a mãe falecer. Isso é correto? É moral? É justo?

Assim, o bolo da previdência só tem a crescer indefinidamente.

MARCOS CUNHA disse...

Somos manipulados e sem união, os caras estão jogando lá pro alto, 65 anos pra gente se contentar com 35 anos de serviço, e vamos todos engolir isso tudo a seco, e eu pergunto até quando?

Anônimo disse...

O que a força também tem que mudar é fato dos PNR. PNR de Guarnição Especial é para atender quem esta na guarnição (rotativo). Tem militar que esta nestas localidades, já cumpriu o tempo mínimo e não é voluntário para sair. Fica na boa, enquanto os outros pagando aluguel. Na minha opinião o tempo no PNR teria que ser no máximo 5 anos, inclusive para os QE. Outro erro o subão sai Oficial QAO e fica no PNR de praça. Tem que sair fora, pagar aluguel e entrar na outra fila. É muito bom o cara sai promovido, ganha uma grana quente e a pracinha se ferrando no aluguel. Interessante os Comandantes analisarem isto, ou pleitear auxilio moradia para todos. Ajuda aí....O Pracinha que esta a 11 anos na fila.

Anônimo disse...

A pensão para as filhas, que tanto incomoda aos desinformados (como a "repórter tendenciosa"), está em extinção, pois desde a famigerada MP do Mal só terá direito ao benefício quem optou por descontar 1,5% no contracheque. Não se esqueçam de que o EB impôs, na época, a assinatura de um termo de opção de "caráter irrevogável" para quem não quis aderir ao referido desconto. Por isso, teoricamente, o contrato firmado entre militar e União, por meio do EB, não pode ser modificado, visto que se vale para um lado, vale para o outro. Digo teoricamente porque temos vistos verdadeiros contorcionismos jurídicos no Brasil, passando por cima de princípios que regem o Direito e dando interpretações duvidosas para as leis, de acordo, é claro, com a conveniência e com os envolvidos no caso concreto.

Anônimo disse...

Qualquer um pode ser Ministro da Defesa ou de qualquer outra pasta. Não precisa entender nada da área pela qual será "responsável", basta ser ligado ao partido que estiver no poder, ou seja, não precisa competência e conhecimento. No caso específico do MD, vejam quantos ministros serviram às FFAA...O pior disso tudo é que as FFAA aceitam qualquer um para exercer o cargo, não importando se são honestos ou não...Tudo em nome da disciplina.

Anônimo disse...

Não tenho dúvidas que a saída será mesmo muito razoável para a classe militar. Acredito que será de 35 anos de serviço e idade mínima de 60 anos de idade. A compulsória p/ Coronel e subtenente será fixada em 70 anos de idade, porém para aqueles que atingirem essa idade, o direito a um posto acima, de General de uma estrela e de 2º Ten, respectivamente. É mais do que sabido que o salário do militar está um pouco defasado. Eu que o diga ! Sou ST casado e pai de 4 filhos (2 casais de gêmeos)e minha esposa é dona de casa. Não tenho ensino médio completo e tampouco faculdade porque na época de sargento os meus Cmt's de esquadrão me desaconselharam a estudar e até hj concordo com eles, afinal, o militar tem que se dedicar integralmente a sua profissão. Agora, apenas com o ensino fundamental e consciente de que é nossa obrigação dar uma vida digna para as nossas famílias, descobri uma maneira para ampliar a renda mensal e sinto-me na obrigação de repassar aos companheiros, um grande bizú ! É no ramo da reciclagem! Aliando complemento de renda com preservação do meio ambiente. Há 3 anos venho juntando latinhas de alumínio. Saio do quartel por volta das 19 hs quando termina o expediente na minha OM e no deslocamento para casa, com uma sacola grande passo recolhendo as latinhas espalhadas pela rua e nos cestos de lixo. Já coloquei a minha esposa e os 2 filhos mais velhos a fazerem o mesmo. No início minha esposa ficava envergonhada mas depois se acostumou. Até porque sempre falo que vergonha é fazer algo ilícito e o que estamos fazendo é muito nobre. Estou tendo um complemento de renda bem razoável. Espero com essa minha dica ter contribuído para que outros companheiros, caso queiram, sigam o meu exemplo.

Anônimo disse...

Ainda bem que essa pergunta foi feita ao ministro, que mesmo sendo comunista é melhor do que nossos generais. Explico. O Ministro mesmo não tratando diretamente do tema das pensões, contra-argumentou falando das dificuldades da carreira militar, das exigências e dos direitos que os civis tem e os militares não. Um general certamente não abordaria esses temas. Generais são como vacas de presépio.

Gen Anibal disse...

Aviso aos navegantes, Subtenentes que insistem em acreditar na Comissão de Promoção e nunca são promovidos, saiam agora ou vocês além de não serem promovidos passarão mais 15 anos na Força. Eu, já pulei fora em julho, só me arrependo de não ter ido seis meses antes dessa Barca Furada.

Anônimo disse...

É mentira que o civil desconta até a morte, depois de aposentado! Outra coisa, se a filha não casa no papel é problema e direito dela, ninguém tem nada com isso! Tem um bocado de filhinha da P. por aí nos bailes funk, mãe solteira, e "barbado velho" também, e ninguém fala nada, vivendo a custas da mãe pensionista de civil e, da mesma forma, não temos nada a ver com isto.

3ª Sgt QE Refm Bastos disse...

Concoordo com o companheiro que disse sobre as filhas solteiras, para não perder a boquinha. Pessoal será o que nós militares ganhamos é tão irrisório que não podemos colocar no mínimo os nossos filhos e filhas em alguma escola? Até mesmo a pública? Nós falamos de moralidade e imoralidade dos outros e esquecemos de fazer a lição de casa. Eu assinei no termo de desistência quando foi nos dado a oportunidade, falei com meus filhos do que achava e meu juízo de valor, disse-lhes: o que eu vou deixar para todos e todas como herança é a educação, vou investir nisso! Usei minhas horas de lazer, o dinheirinho que sobrava extra em missões e investir neles, todos já estão formados, o resto é com eles e não comigo. Será que a função de pai e de mãe e sustentar os filhos saudáveis a vida inteira? Falamos das aves de rapina, que sugam a nação, mas como vê somos quase todos parecidos, queremos tudo de bom para os nossos, o resto que se exploda.

Anônimo disse...

saida razoável: a porta da frente do quartel. E a melhor saida. Duas pessoas que nao sabem nada do militarismo , da vida da caserna so poderia dar nisso: CONVERSA PARA BOI DORMIR

Militar atento disse...

Não se trata de correto, moral ou justo, companheiro, de trata de Lei e como tal tem que ser respeitado à aqueles como eu, fiz opção de contribuir para permanecer com esse direito. Tive companheiros que mesmo sem ter filhas, também optou e hj suas filhas poderão usufruir da Lei. Mas lembrem o EB já corrigiu essa brecha em 2001, garanto que por volta de 2090, não teremos mais fihas pensionista, e todos seremos felizes.

Anônimo disse...

Tá mais para azul, do PSDB!

Anônimo disse...

Miriam Leitão, é permitido que as mulheres façam inscrições para o ingresso na EsPCEx,na EsFCEx e na EsSEx. Se não fosse a sua idade avançada, você poderia prestar concurso para uma delas e vir conhecer de perto aquilo que você considera privilégios, em vez de ficar falando sobre aquilo que você realmente não conhece bem....

Anônimo disse...

LUIZ CARLOS, e você acha que o Ministro da Defesa sabe que desde Jan 2001 as filhas dos militares não mais tem direito a Pensão Militar? Ele é paisano e não sabe disso...

Anônimo disse...

Talvez se vc tivesse sido estuprado na época da ditadura sua concepção acerca dos militares talvez fosse parecida com a dela, quiçá pior.

Anônimo disse...

Como se a classe militar fosse a única que tem pensão para as filhas, por que ela não questiona a pensão que a atriz Maitê Proença recebe do pai que era Procurador de Justiça, essa senhora nutre um profundo ódio as Forças Armadas, lembro que durante uma reportagem em que a pauta seria modernização das Forças Armadas ( salvo engano era esse o tema) com o ex ministro Jobim, a aborrecida apresentadora (creio que jornalistas sejam pessoas, diferente dela, inteligentes) não tratou de outra coisa alem do período de "repressão" dos governos de 64 a 85. Temos inúmeros absurdos na previdência brasileira que vão dos superpoderosos que se aposentam apos dois mandatos ( dizem que isso acabou, será ?) até pessoas com a saúde plena, mas que dão um jeitinho de se aposentarem por problemas "neurológicos" entre outras mentiras.Mas que se dane, afinal é mais fácil culpar os militares por todos os males da humanidade.

Anônimo disse...

3ª Sgt QE Refm Bastos, o filho do militar não tem direito nem a estudo decente. O filho está numa escola, daqui a pouco, o pai é transferido e, sem ter culpa alguma, o filho tem de mudar de escola e largar os coleguinhas para tentar se adaptar à outra escola, à outra vida e, tratando-se de um ser humano, isso não é fácil para certas crianças. Então, meu caro, você deveria enxergar um pouquinho mais à frente, e notar que até em matéria de ensino seu filho é sempre prejudicado, e pior ainda, sem ter optado para ser um ESCRAVO MILITAR, para eu não dizer outra coisa que tenho vontade. Se você só quer tomar prejuízo nessa vida, problema seu; mas não obrigue o seu filho a pagar pela burrice do seu pai!!!

Anônimo disse...

Traduzindo: Vamos assaltar o cofre dos militares que a mãe petro esta quebrada, falida ou vai acabar sumindo do cenário mundial. Além de proteger o Brasil, o EB, ainda tem que pagar as contas dos famigerados sistema politico.

Anônimo disse...

O PT, sempre o PT!!!! Naaaaaoooo, típico militar verde-oliva. O problema vem desde 22 de abril de 1500. Falta que faz uma boa aula de história.

Anônimo disse...

Só falta agora a "nobre jornalista" incluir entre os supostos privilégios dos militares o direito a receber o incrível salário-família de R$ 0,16.....

Anônimo disse...

Caríssima Miriam, para você deixou a seguinte opção de reportagem para lhe esclarecer melhor o assunto, questione a bela "Maitê Proença" e assim poderá obter melhores respostas ao tema abordado, certo. Ou então fique nos seus comentários de economia e não em assuntos jurídicos estabelecidos por uma MP conhecida como "do mal", quem sabe semelhante aos seus questionamentos. FELICIDADES SEMPRE!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Por que a "jornalista" não questiona quem realmente recebe privilégios neste País? Faça uma pesquisa rápida e verá que os privilegiados estão em outras categorias: deputados, senadores, juízes, promotores etc, os quais, apesar dos altíssimos vencimentos, recebem vários penduricalhos (auxílio disso e daquilo), de modo que não precisem gastar um centavo sequer do próprio salário....

ANONIMO disse...

Sou triste e deprimido pois acabei com os melhores anos da minha vida nas Forças Armadas e hoje vejo que vou morrer nisso aqui. VC JOVEM NÃO SEJA SARGENTO DO EXÉRCITO!!! SEJA Feliz

Anônimo disse...

Sou triste e deprimido pois acabei com os melhores anos da minha vida nas Forças Armadas e hoje vejo que vou morrer nisso aqui. VC JOVEM NÃO SEJA SARGENTO DO EXÉRCITO!!! SEJA Feliz

Anônimo disse...

...fiquei sete anos na escola me formei aspirante e ganho essa merreca....que arrependimento...

Anônimo disse...

Como sugestão, acho que Vc deveria arrumar uma carrocinha igual a dos catadores de rua pra facilitar seu trabalho. Passar nas residências ao entorno das vilas militares e do Quartel, entregar uma cartinha, se identificando como militar, que tem alta credibilidade com a população, e solicitar que ajudem separando o lixo reciclável, tudo em nome da sustentabilidade e abnegação militar.

Anônimo disse...

Um político escolado do PT, entregou hoje no jornal bom dia Brasil, que a estratégia do governo é jogar um "BALÃO DE ENSAIO" com uma proposta MUITO RUIM, de reforma da previdência e depois eles vem com uma proposta só RUIM pra ver se o povo engole.
Na verdade os militares não deveriam aceitar mudança alguma, pois já foram muito prejudicados com a MP do Mal e pagamos pensão militar mesmo na reserva.

RAIMUNDO JEDEÃO SOUSA DE MENESES disse...

************************************
************************************

não faz sentido aumentar tempo de serviço ou de contribuição, se na prática o dinheiro arrecadado (descontos obrigatórios) e gasto (salários e afins) não sofrem alteração, visto que se contribui na ativa e na reserva.

ex: joãozinho recebe "x" e desconta "y" por mês quando na ativa, a mesma dinâmica ocorrerá na reserva, logo tanto faz ficar 30anos ou 100anos, dar no mesmo!

para ter sentido essa política de remuneração e previdência que querem implantar, teriam que começar a reduzir números de vagas nas escolas/academia militares de formação, mediante preenchimento de claros a partir de oficiais/praças temporários. Este é princípio "motor", o divisor de águas.


ao meu ver, a coisa é mais pelo ciúme do que pela necessidade...

Att,
2º Sgt Jedeão CFS/2000 e a deriva...

*************************************
*************************************

Anônimo disse...

Papirem mais, principalmente o E1 e a lei de pensões Militares de 1960, a filha de militar é sua dependente em qualquer condição e a pensão pra quem paga 1,5 % a mais do soldo não é só para as filhas, e existem outros benefícios, agora se acabarem com esse "privilégio" , basta me devolver corrigido o que foi recolhido nesses anos todos.

Anônimo disse...

Um político escolado do PT?!!! KKKK... mostre-me essa raridade! Se existe uma coisa que não se deve acreditar, é o PT!!!

3º Sgt QE Refm Bastos disse...

Srs anônimos!!!

O que direito adquirido e perspectiva de direito?

Vc já imaginou que analogia o Sr fez? Fulana ganha pensão do pai,isso não quer dizer que vc terá direito também? Cada caso é um caso.Eu não posso me espelhar nem me nivelar pelos piores, então não sou diferente dos demais. Tenho cinco filhos foi opção minha, o que não posso é imputar nem delegar responsabilidades pela educação dos meus filhos a outrem, é tarefa minha, da mãe ou da pessoa que escolhi para me auxiliar.

Quando nós incorporamos ou fizemos concurso, fomos enganados que a carreira requer sacrifícios? Transferências para oficiais e Praças previstas pela (IG 10-02), tem seu prazo de permanência na Gu e CM ou seja uma mobilidade nacional, a família militar se acostuma com isso, diferente de Sd, Cb e Sgt QE, que passa anos na mesma OM/Gu, acredito Sr Anônimo, a cigana nunca enganou ninguém. Eu vejo vc companheiro anônimo sendo fatalista, pegou de uma realidade sua e generalizou. Companheiro levanta a cabeça, vc tem seu valor e seu filho se orgulha de vc pelo que vc é e representa, não se coloque como um escravo militar! Pensando assim: o que vc está fazendo para mudar sua realidade? Vc acha que se depreciando vai mudar alguma coisa? Quem passa mais dificuldade para dar educação aos filhos mais do que o Cb e Sgt QE, não tem transferência nem promoções sucessivas, foi a partir de 2013, que melhorou para os que estão na ativa, não foi meu caso fui reformado em 2008, não peguei.
Muitas vezes ficamos sufocados financeiramente porque não investimos em nós e em nossa família, a solução companheiro, é investir em vc, sua esposa, seus filhos e não precisará ficar dependendo de um futuro incerto por parte dos nossos governantes. Tudo depende de uma boa união familiar. Eu fiz isso, Esposa formada, me graduei em História e fui dar aulas. Talvez seja um trilha para não pagar, como você disse: pela burrice do pai.
Forte abraço Srs.

Anônimo disse...

A palavra "escolado" está no sentido de tarimbado, experiente,macaco velho e não foi usada no sentido de nível de estudo.
Não sou a favor do PT, ao contrário, mas concordo com a opinião dele a respeito da estratégia que o governo está utilizando pra empurrar uma reforma prejudicial ao povo.

Anônimo disse...

Prezados

Nada disto tem sentido, vamos lembrar que filhas de embaixadores , desembargadores etc também recebem
Quanto a lei das filhas dos Militares foi amplamente
discutida em 2000 e modificada em 2001.
O que devem observar é a obsessão de jornalistas da Globo
para fazer algum mal aos Militares, como se tirar beneficio
ira amortecer algum problema de civis torturados no passado.
a popução não liga para este assunto.
Apenas pessoas como a Miriam Leitão e Petistas .

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics