18 de agosto de 2016

O Brasil tem jeito? Guardião dos recursos públicos, TCU vai instalar salão de beleza em sua sede

SALÃO NO TCU OFERECERÁ ‘DEPILAÇÃO DE CONTORNO’
Com a missão de zelar pelo bom uso dos recursos públicos, o Tribunal de Contas da União (TCU) achou relevante mobilizar sua área técnica para elaborar e promover uma concorrência pública com o objetivo de instalar um salão de beleza em suas dependências, a ser usado pelos ministros e servidores. Ainda impôs às empresas licitantes a oferta de serviços que incluem depilação de pernas e axilas e até “depilação de contorno”, nas partes íntimas. O salão funcionará durante o expediente.

CASA DE MASSAGENS
O salão de beleza do TCU também oferecerá serviços de massagem relaxante e massagem estética para suas excelências.

QUE VERGONHA
No salão do TCU, um prédio público, haverá corte de barba e cabelo, tintura, escova, além de manicure, pedicure e sobrancelha.

BANANA PARA O PAÍS
O Tribunal de Contas não se deu ao trabalho de explicar seu salão de beleza. E o procurador do MP junto ao TCU desdenhou: “nada a dizer”.
DIÁRIO do PODER/montedo.com

45 comentários:

Edi Mor Gmail disse...

Estamos em "CRISE"

Anônimo disse...

Em quase todos quartéis tem barbearias (salão de beleza dos militares).
Não há ilegalidade em fazer uma cessão de uso para instalar um salão de beleza no TCU ou qualquer outra repartição pública, desde que obedeça um contrato e seja indenizável a união.

Anônimo disse...

Excelente !!!!

As servidoras do TCU terão suas pererecas devidamente depiladas !!!

2 Ten QAO WFO

Anônimo disse...

Agora só o que falta é o TCU instalar uma Wisqueria nas suas dependências, para quem não sabe wisqueria é o "local onde se vende Whiskey". Simples assim !!!!!

Anônimo disse...

Mas o Ministério Público, em que pese a sua importância como fiscal da lei e defensor da moralidade pública, dentre outros, gosta muito de denunciar ladrão de galinha, briga de vizinho, crime ambiental praticado por alguém que retira lascas de uma árvore para fazer um chá para algum familiar doente, etc. E tem promotor (não são todos, não se pode generalizar) que não mete com "cachorro grande" é "provalecido" "gosta de bater em bêbado".

Anônimo disse...

Provavelmente este salão de beleza funcionará com uma Cessão de Uso, que se caracteriza pela exploração econômica de um bem imóvel de forma remunerada. Ou seja, tal qual cantinas e lanchonetes, esse salão pagará uma mensalidade ao TCU e aqueles interessados em utilizar seus serviços deverão pagar conforme tabela estipulada pela Administração no processo licitatório. A imprensa dificilmente conta a história completa.

Anônimo disse...

Velhacos !

Anônimo disse...

Enquanto isso, temos 11 milhões de desempregados, a saúde em colapso, a segurança sem recuros, etc ...

O capeta vós aguardam nojentos !

Anônimo disse...

Esse Brasil é sujo demais. Como passar a limpo ?

Anônimo disse...

Não vejo problemas, desde que cada um arque com os seus custos e não saia dinheiro dos cofres públicos e que não interfira na rotina de trabalho.

Seria muito bom se nos quartéis estivesse uma estrutura dessa,afinal temos seguimento feminino na Força, e que o nosso rancho fosse terceirizados, como acontece em algumas empresas.

Anônimo disse...

http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2016/08/17/caca-da-fab-intercepta-jato-comercial-no-interior-de-sao-paulo.htm

Anônimo disse...

Triste realidade deste país chamado "terra brasilis". Em dois meses dessa gigantesca fraude e farsa que o brasil é vitima, já temos milhões de desempregados, grandes empresas já fecharam as portas, o tão sonhado submarino nuclear "parou" - e isso deve ser para sempre (os eua já jamais permitiriam uma marinha nuclear abaixo do equador), coincidentemente a Embraer ( 3ª maior fabricantes de aeronaves do mundo) já começa a cambalear. Direitos de milhões de trabalhadores estão sendo jogados na lata de lixo e cada dia mais temos novas "notícias" sobre "ataques" contra direitos desses mesmos trabalhadores. Projetos e direitos que se discutia por anos, senão décadas agora são "resolvidos" numa "caneta"...não dão a menor pelota pra milhões de seres humanos. Nas Forças Desarmadas, quando ameaçaram "cortar" alguns direitos (que são justos), o baixo clero "gritou". Parece que deu resultado... agora está tudo "tranquilo pois a ameaça parece que foi afastada dessa classe. Ficou claro que nós só olhamos para o próprio umbigo. O país afunda a cada dia que passa. Mas agora está tudo bem...."us amiricanus" "doaram 50 m113 para a "guarda nacional"....tudo porcaria velha....sugada até a alma. Mas agora está tudo bem. Dançamos nos convéses enquanto o barco afunda.


Há quem se impressione com as denúncias, muitas vezes sem provas, nesta enorme publicidade que é a Operação Lava Jato. Mas há um crime continuado que se comete contra o Brasil e continua impune. E nem mesmo encontra dispositivo legal que o tipifique: o crime da manutenção na ignorância do povo brasileiro.

“Foram os primeiros legisladores que deram à carta esse prestígio extraterrestre… Naturalmente, teriam escrito nos seus códigos: tudo o que há no mundo é propriedade do doutor, e se alguma cousa outros homens gozam, devem-no à generosidade do doutor. Era uma outra casta, para a qual eu entraria, e desde que penetrasse nela, seria de osso, sangue e carne diferente dos outros – tudo isso de uma qualidade transcendente, fora das leis gerais do Universo e acima das fatalidades da vida comum.”

(Afonso Henriques de Lima Barreto – Recordações do Escrivão Isaias Caminha, 1905)
Mais informações »

Marinho disse...

se eu não estou enganado, isso é uma cessão de uso. O vencedor da licitação coloca o salão, paga uma quantia por mês e os frequentadores pagam o permissionário.

Anônimo disse...

Ué! Por que ninguém comenta em se tratando do TCU?

Léo disse...

Enquanto isso, em algum Batalhão de Caçadores, ao final de uma marcha de 24 Km e de um EDL ( Exercício de Desenvolvimento de Liderança), um Subtenente , com mais de vinte anos de serviço e endividado, Grita: "Caso os companheiros queiram repor as energias, eu trouxe mariolas". "VENCIMENTOS VEXATÓRIOS E HUMILHANTES "-Gen Ex Bini. Vergonha e indignação!!!

Anônimo disse...

Impressionante..nenhum comentário feito ou publicado.....pobre brazil. Bem...realmente o que fazem os "novos líderes" "não vem ao caso". Este país agora sim está no rumo certo e será o melhor país do mundo. Fica claro o que realmente acontece. Na verdade os inocentes e desinformados são bem poucos.

Anônimo disse...

Uma vergonha, porém, esse tipo de imoralidade ocorre em todos os Órgãos, seja na esfera municipal, estadual e federal. Farra com dinheiro Publico.

Anônimo disse...

É pra ficar "bunutim" na "grobo"!

Anônimo disse...

http://blogs.oglobo.globo.com/ancelmo/

Ministro da Defesa vem ao Rio amanhã

por Ana Cláudia Guimarães

18/08/2016 13:13

O ministro Raul Jungmann desembarca amanhã no Rio. Ele vai ao Cefan, unidade da Marinha na Avenida Brasil, na Penha, Zona Norte do Rio, conhecer o cronograma Força no Esporte, que conta com 21 mil crianças e adolescentes.

Anônimo disse...

não entendi a discussão, qual o quartel do brasil não seu "salão de beleza"?

Anônimo disse...

Tá errrado sim. O expediente é para trabalhar e não pra depilar e outras coisas, afinal ganham altos salarios e tem que produzier e merecer cada centavo.

Ou eles vão utilizar após o expediente, nos sabados, domingos e feriados ?

Cortar o cebelo em uma OM é rapidinho e o militar tem que cumprir os regulamentos e a peserguida tá em qual Norma ?

Vida que segue ... país de pilantras.

Léo disse...

É apenas mais um Ministro-Político que vai fazer coisa nenhuma ao quadrado para corrigir a vergonha e o vexame dos vencimentos ridículos das Forças Armadas.Vergonha e indignação!!!

Anônimo disse...

Por isso os vencimentos são tão baixos. A maioria não estuda e nem raciocina pois caso o fizessem, saberiam que PERMISSAO DE USO é pratica legal e nada tem a ver com mordomias. Tudo é devidamente remunerado pelo permissionários vencedor da licitação. Não implica em favorecimento pessoal, desde que não haja fraude à lei. Estudem antes de publicar notícias tendenciosas e de comentarem dizendo bobagens.

Anônimo disse...

"Quem guardará os guardiães?"é o tipo de situação que o brasileiro aceita com leniencia e permissividade.

Anônimo disse...

Leiam a matéria com atenção e verá a sua semelhança com a barbearia que há em quase todos os quartéis do Brasil.
Permissão de uso, paga-se ao ente público pelo espaço utilizado e os funcionários pagam ao permissionário para usar os seus serviços, simples. Não entendi o espanto de alguns com essa matéria.

Anônimo disse...

Kkkkk, têm muito "noia" escrevendo! A justificativa "INFANTIL" cessão de uso não pode acobertar certas bizarrices, senão daqui a pouco vão instalar (ou oficializar, vai saber) uma "empresa de acompanhantes para executivos"(kkkkk) em algumas instituições publicas e, pronto, tá justificado, porque foi feita uma licitação para a redentora e legal "CESSÃO DE USO". Senhores e senhoras, mais massa cinzenta e menos venus platinada.

Anônimo disse...

Estou começando a achar que grande parte dos comentaristas nunca entrou em uma unidade militar. Como bem disse um companheiro antes, não há ilegalidade, o TCU não pagará nada, pelo contrário, receberá para isso, assim como TODOS quartéis recebem pelas cantinas, barbearias, lojas de material militar e etc que tem dentro dos limites da OM. Vejam por outro lado, isso trás um "conforto" pra quem trabalha ali. Para que todos saibam, no TCU tem até creche, errado? Onde você prefere que seu filho(a) pequeno(a) esteja? Ou vocês preferem, como acontece conosco em grandes centros, morar por vezes longe do quartel e se precisa resolver algo geralmente perder, no minimo, metade do expediente para fazê-lo. As coisas devem mudar para melhor. É um investimento privado dentro de um espaço público, não há mal nenhum. Reflitam.

Anônimo disse...

Só reforçando a mensagem que enviei acima, o TCU trabalha por banco de horas e eles também recebem por produtividade, há conferência da presença do funcionário no TCU através de controle digital. E nós? Reflitam !

Anônimo disse...

TCU , tribunais de contas dos estados e dos municípios são cabides de emprego para os apaniguados, só fazem recomendações, normalmente aprovam as contas, quando existem restrições, estas não impedem o prosseguimento do mandato do chefe do Executivo, TCU e congêneres poderiam ser extintos sem nenhuma sequela para a Administração Pública.

Anônimo disse...

A Administração Pública Federal pode fazer uma licitação para Cessão de Uso de suas Instalações. Uma parcela dos valores vai para a União e a maior parte retorna para a Unidade Gestora, para ser usada em melhorias físicas nas suas instalações.
As OM podem fazer a Cessão de Uso para Barbearias e Alfaiatarias e funcionam durante o expediente delas, bem como usam os valores recolhidos pra benefício do quartel.
Resumindo: reportagem fraca, sem razão de ser, sem maiores explicações, somente sensacionalista, e vários acéfalos aqui comentam o que não sabem.

Anônimo disse...

Isso já existe em muitos órgãos, principalmente em BSB. Sabe de nada, inocente!

Anônimo disse...

Ah... Aqui o RS eh "zona" mesmo!

Anônimo disse...

As mulheres quando vão ao salão para uma simples manutenção da beleza, demoram horas e horas. Assim, para que se utilize esse salão VIP, deverá ser decretado feriado em alguns dias da semana para que as madames e CIA tenham tempo suficiente. Imaginem quando for para depilar as beiradinhas da "área perigosa".

Anônimo disse...

ler, reler, chorar, e pensar muito.

http://diariodopoder.com.br/noticia.php?i=62834798016

LEIAM COM ATENÇÃO: bonus para alguns. DINDIN GORDO.

Anônimo disse...

1. Barbearias, sob permissão pública, em quartéis faz parte da atividade. Os militares tem a obrigação de manter a apresentação individual em dia - como o corte de cabelo -, porém devido ao expediente não nos é dado liberação para cortar o cabelo fora do quartel, por isso a instalação de barbearias no interior dos quartéis. O mesmo não se pode dizer do TCU;

2. Sugestão às suas excelências autoridades do TCU: instalem um "prostíbulo" no interior do TCU, assim não há a necessidade de desfilarem pela capital com garotas de programa de luxo a tiracolo e apresentando-as como secretárias, gastando dinheiro público em restaurantes caros alegando "reuniões de trabalho".

Anônimo disse...

Matéria tendenciosa do Diário do Poder. Qual o problema em celebrar um contrato de Cessão de Uso? Afinal, vai GERAR recursos para a União e os servidores ou visitantes que utilizarem dos serviços da empresa que ali se instalar terão que pagar com dinheiro do próprio bolso - do mesmo jeito que acontece com as barbearias, alfaiatarias e cantinas existentes em quase todos os quartéis do EB.

Anônimo disse...

Quartel, meu caro, existe um profissional, normalmente militar, na FAB é o taifeiro, que é o responsável por cortar cabelos dos militares, e o militar não paga, pois faz parte da vida militar andar com cabelo cortado no padrão militar. Por sinal, o barbeiro do quartel corta muito mal, mas também não precisa ser cabeleireiro para cortar no padrão que o militar tem de usar. Agora, querer comparar uma barbearia de quartel com um salão, isto é no mínimo insano. É como disseram, daqui a pouco vão querer criar uma "casa da luz vermelha" no TCU, e quem pagará somos nós, pobres mortais já zumbi de tanto sermos sugados.

Anônimo disse...

Senhores para quem não sabe, o TCU trabalha com ponto eletrônico, sendo 35 Horas semanais a carga horária prevista. O servidor entra e sai a hora que ele quiser, mas têm que trabalhar esta carga horária. Os que ocupam cargo comissionado trabalham 40 horas/semana.

Vamos colocar ponto eletrônico nos quartéis??? Será que aquela desculpinha para sair mais cedo para buscar o filho no colégio vai colar ?? Aliás, nem de desculpa precisará mais, pois você poderá sair , desde que compense no outro dia.... O que vai ter de militar trabalhando sábado e domingo, hein ??? Somente para reflexão...

PS: Quem nunca cortou um cabelo na barbearia do quartel em pleno expediente que atire a primeira pedra...

Anônimo disse...

Até que não discuto a legalidade disso. Pode ser legal mas que é imoral é. Principalmente se formos lembrar de uns dias atrás. Tal "concessão" causaria o maior escândalo da galaxia. Chamariam até os alienígenas para intervirem em "tamanho descalabro" e "afronta ao povo brasileiro". A "imprensa", de forma muito bem planejada, martelaria em cima disso na cabeça do povao umas "50 horas por dia".Mas agora "é normal"...."não vem ao caso".....hipócritas.E o povo sempre se presta e serve para ser usado.

Anônimo disse...

É verdade que QAO vai sair major ?Se for quero ficar até 35 anos com certeza !

Anônimo disse...

Ta papirando heim camarada!? Todos falando em CESSÃO DE USO, mas o correto, em Direito Administrativo, é a PERMISSÃO DE USO, como o colega falou. As IR 50-13 trocou as bolas qndo regulou isso no EB. Vida que segue!

Anônimo disse...

Ô anônimo 19 de agosto de 2016 14:17, aprenda uma coisa, pela última vez, MILITAR É MILITAR 24 HORAS! Não existe esse caso de vai ter que trabalhar sábado e domingo, ele já é obrigado a trabalhar qualquer hora, não é apenas em certos dias. Já vi militar ser acionado para consertar o radar da BASC, RJ, RJ, às 2 horas da madrugada, e teve que se deslocar rapidamente do Recreio dos Bandeirantes. E ele que não fosse, com certeza seria preso. Então, falar até papagaio fala, mas sem pensar...

Anônimo disse...

Sim, militar é militar 24 h...... Então o migué pra buscar o moleque no colégio tá tudo certo, sei.... Pois eu sou sofrido, tadinho de mim que sou militar.... Sou um coitadinho.... Meu Deus, pra arrotar cheiroso são uns leões mesmo.... Esse coitadismo me mata...
O que comentei antes era que se fôssemos transportar pra o quartel, a rotina de trabalho do TCU, muitos iam ter de compensar no fds pois é muito migué que rola nos quarteis e todos sabem disso...
Entendeu agora, Rambo???????
14:17

Anônimo disse...

Eu sempre cortei no horario code expediente, mesmo porque a barbearia segue o horario do Btl. Agora, eu nunca pedi para o barbeiro depilar minha virilha...

Anônimo disse...

Anonimo 19 ago 22:08: então, no TCU " das virilhas depiladas no horário da labuta", não tem migue, mimimi, procrastinador, paisano com filho doente ou filho que entra ou sai da escola em horário comercial. Hummmm...., mas tem chorão contando história de pescador, kkkkkk......

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics