11 de agosto de 2016

Forças Armadas não comentam intenção do governo de aumentar tempo de militares na ativa

Nelson Lima Neto
A intenção do governo federal de aumentar o tempo na ativa dos militares, de 30 para 35 anos, não foi comentada pelas três Forças: Aeronáutica, Exército e Marinha. O trio reforçou que, por se tratar de uma análise do governo, está observando os estudos. As manifestações serão feitas após a apresentação da proposta e a possível alteração.
Na semana passada, a Casa Civil informou da desistência da intenção de incluir os militares em um sistema único de Previdência. A vontade, agora, é de aumentar o tempo na ativa dos militares.
EXTRA/montedo.com

117 comentários:

joao Vieira disse...

Alguém tem duvida pq os cmt das FFAA nao comentaram sobre a ida pros 35 anos? É pq isso não afeta eles como a ida pro regime único de previdencia, por isso eles tão cagan....

Anônimo disse...

Podem aumentar para 35 anos o tempo de serviço, desde que junto venha:
a volta do adicional de tempo de serviço para todos;
a volta do posto acima ao passar para a reserva remunerada;
a volta do auxílio moradia;
a volta da licença especial e o pagamento em pecúnia ao passar para a inatividade da licença não gozada;
a volta da Gratificação da Atividade Militar (GAM);
o aumento do percentual das gratidicações hoje existentes;
que seja aprovada uma nova Lei de Remuneração das Forças Armadas, com previsão de reajuste anual para cobrir no mínimo o valor da inflação;
que seja criado um programa especial de moradia para os militares das Forças Armadas, junto aos bancos vinculados ao Governo Federal, com uma linha de crédito exclusiva para os militares.

Tá na hora de todos se unirem em prol desses nossos anseios, pois nós não somos culpados por o país está nessa situação. Pelo contrário as Forças Armadas a muito tempo poderia ter tomado atitudes para intervir e dá um novo rumo ao país, mais se manteve fiel a Constituição e sempre respeitou os poderes contituídos.

Não vamos desistir, aproveitem esse ano de eleição, vamos procurar candidatos que possam nos respresentar no Congresso Nacional, pois só assim poderemos ver nossos direitos serem atendidos e respeitados.

DEUS ACIMA DE TUDO

Anônimo disse...

E nem vão comentar...Já está tudo acertado entre eles (Cmt e Congresso) a exemplo da MP do mal.

Anônimo disse...

Vocês já ouviram a estória do "bode na sala"?
Primeiro vem com um cenário MUITO RUIM, péssimo para os militares (o bode fedorento na sala - trabalhar até os 65 para os militares), e, na impossibilidade de implantar medidas tao nefastas aos militares, vem agora querer empurrar uma medida só RUIM (35 anos na ativa) que o pessoal menos esclarecido vai respirar aliviado.
A Op Psico operando para mudar a opinião correndo solto...pra ter gente caindo e achando bom ainda que se for mudar, que só mude isso, e que é uma mudança necessária, quando na verdade é só mais um prejuízo a carreira das FFAA.
Duvido que façam essa mudança nas Polícias militar e civil.

S Ten 88 - indo para o 6º QAM disse...

Prezados, não esperem nada de bom desse governo, façam que nem eu, em 24 de janeiro completo 30 anos de serviço e vou pedir as contas na mesma hora.

Anônimo disse...

Não afeta os oficiais-generais, logo não existe a necessidade de avaliar os impactos, quem não estiver satisfeito que peça as contas,a prioridade para os nossos chefes é qual a boquinha que vão pegar quando forem para a reserva, se não conseguirem nada, podem voltar como PTTC gerenciando um projeto super importante para as Forças Armadas.

Militar atento disse...

Se a intenção do governo é diminuir os gastos com a previdência dos militares, o tiro poderá sair pela culatra, pois aumentando o tp/sv, os militares terão motivo para esperar as promoções que a carreira venha a conceder. Fazendo com que mais militares alcancem os postos de Cap/QAO no caso das praças, e Cel no caso dos oficiais, sem falar que um tal de Paulo Paim, deverá propor um nova portaria para promover os 2sgt QE, a primeiro ou até ST.

Anônimo disse...

Leiam esta do STF.

STF decide que contas de prefeito devem ser julgadas apenas por Câmaras

http://www.bocaonews.com.br/noticias/politica/politica/151592,stf-decide-que-contas-de-prefeito-devem-ser-julgadas-apenas-por-camaras.html

Anônimo disse...

Se não comentam é por que vai vingar.



Alguém me explica como pode-se economizar aumentando o tempo para 35 anos? Pois se eu estiver na ativa como coronel e for pra reserva como coronel estarei recebendo a mesma coisa. E se eu estiver na ativa como subtenente, e ter que ficar 5 anos a mais, vou gerar mais "gastos" para a União (férias, 13º, auxílio fardamento, e até uma promoção a mais).

Anônimo disse...

Os generais aceitarão essa proposta por que não os atinge, todos eles já possuem mais de 40 anos de serviço. Eles estão preocupados com seus futuros cargos nas estatais, não com a tropa.

Anônimo disse...

Não consentindo tá bom, mas acho que náo tera como escapar, e as promoções como ficam!

Anônimo disse...

A mudança gerará muitos transtornos para o governo. Uma vez que a insatisfação dos militares está aumentada devido a perda dos últimos 20 anos.
Será uma loucura para os Comandantes das forças aceitar qualquer ação que possa prejudicar ainda mais a condição do militar. principalmente aqueles que tem sido prejudicados por muitos anos.

Garivaldino Ferraz - Brasília disse...

Muito significativo o parágrafo: "As manifestações serão feitas após a apresentação da proposta e a possível alteração."
Já imagino a "manifestação": Apoizé! Nós temos que dar nossa cota de sacrifício em prol da Nação!!

Anônimo disse...

Os "estudos", os fantasmagóricos e assustadores "estudos". Quando falam isso, lembro da MP do Mal e seus resultados.Lembro também de quantos estudos fizeram para reposição salarial. Vai sobrar só para as FFAA, de novo.

Anônimo disse...

AGASALHA COMBATENTE. 35 ANOS É CERTO, É INTERESSANTE PARA OS DE ALTO ESCALÃO, mas Para os Praças....

35 anos é certo. Bora Estudar!!!

daniel disse...

Para muitos militares, tanto faz pois vão para a reserva e depois retornam ganhando quase 50% a mais. Eu sou contra o retorno porque não são todos que conseguem, e dessa forma quem consegue retornar faz corpo mole para lutar por um reajuste salarial. Alguns são até contra um reajuste pensando ficar sem a boquinha porém esquecem que essa "grana" não é incorporado ao salário, portanto temporário. Se estou errado me ajudem, por favor.

Diego H disse...

Nunca comentam nada, o pessoal fica sabendo quando explode a bomba....normal...

Anônimo disse...

Sobre o Pokémon go já se manifestaram diversas autoridades militares...

Anônimo disse...

Faz horas que eles tão procurando sarna para se coçar.

Anônimo disse...

Só para constar aos entendidos e estudiosos sobre as condições dos militares... os salários da iniciativa privada já alcançaram há algum tempo o patamar de 2º e 3º sargentos... se a coisa continuar nessa tendência de piorar sempre, não vai sobrar ninguém de carreira na força... só o que se ouve falar em todos os cantos nos quartéis é neguinho estudar para fazer concurso e dar no pé e já vemos alguns debandando para serem soldados das Polícias Militares ou mesmo para a iniciativa privada em empresas ou indústrias... o cidadão com perfil militar disciplinado e correto é muito valorizado no mercado de trabalho, se o camarada tiver a qualificação necessária ao emprego. Eu, como exemplo, caso aumentem o tempo para 35 anos, já começo a analisar algumas propostas de ir definitivamente para a área docente, conforme vários convites já recebidos. Acho que quem perde com isso é a Força. Paciência.

Anônimo disse...

Muito tarde essa decisão. Já estou na reserva, tive que sair por causa da expulsoria, queria ter ficado. Que pena!

Anônimo disse...

O CMP já determinou a proibição de jogar o pokémon go dentro dos quartéis, pois todas as instalações seriam fotografadas e cairiam nas mãos da CIA, KGB, coelhinho da páscoa, papai noel, velho do saco, etc. Eu acho correto essa ordem, já que muitos evs somem durante o horario de expediente pra caçar e coçar o saco. Enfim, senhores, o que acham dessa determinação do CMP?


Militar Pensativo

Anônimo disse...

No fim, a ameaça da vala comum na previdência era só a velha estratégia dos cinco dedos.

Maj Macedo - Artilharia disse...

Os nossos generais não vão bater contra o governo, porque eles não querem perder a famosa boquinha na reserva.

Anônimo disse...

Quem fica falando que para aumentar para 35 anos vai ter que pagar fundo de garantia, periculosidade, adicional de tempo de serviço, hora extra etc etc, lamento informar, vai aumentar para 35 mesmo e não vai alterar nada além disso. Quem já tem tempo saia enquanto pode. Para quem falta muito tempo, estude e saia antes. Para quem falta pouco, sinto muito, você é o maior prejudicado nessa palhaçada toda.

Anônimo disse...

Não vão se manifestar porque não vai haver negociação nem contraproposta. Será 35 anos goela abaixo com direito a um "Sim, Excelência". Quem quiser que se iluda com mais um embuste.

Anônimo disse...

Acho que vc não esta atento. "Militar Atento". Além de ainda estar sofrendo de dor no cotovelo ou inveja mesmo, não sabe nem quem foi o politico que propôs tal ato. Poxa ja faz 3 anos, aliás, Dez ja tem auxilio fardamento denovo e vc não superou ainda? Isso não faz bem meu camarada.

Anônimo disse...

Na minha opinião o tempo mínimo para "pedir" Reserva vai mesmo para 35 anos e não vamos receber nada em contrapartida.

Simples assim.

Marlos Atila disse...

Infelizmente se der tempo

Anônimo disse...

Não vão se manifestar, nem agora nem nunca. Quem dos generais vai ariscar perder uma boca por causa de uma opinião contrária ?? Vai continuar "mais do mesmo" agora com 5 anos a mais, goela abaixo, como bem frisou o companheiro de 11 de agosto de 2016 15:39. Mais do mesmo no sentido de transferências involuntárias(pra isso nunca falta recurso), falta de PNR pro praça, escala apertada, etc. Papirar e sair fora, apesar de que gosto do que faço dentro do EB, tenho de tentar algo melhor para que eu possa oferecer um futuro melhor pra meus filhos.

Anônimo disse...

Olha aí:
Por que americanos estranharam comportamento de ginasta na hora do hino.

http://olimpiadas.uol.com.br/noticias/redacao/2016/08/10/por-que-americanos-estranharam-comportamento-de-ginasta-na-hora-do-hino.htm

Anônimo disse...

Não há economia com o aumento do tempo de serviço para o militar, só uma satisfação política para a sociedade, para não dizer que protegeu uma classe.
Cabe aos Comandantes fazer a contrapartida de pedir uma isonomia com classes mais abastadas, tipo judiciário. Não vão dar. O assunto vai ser encerrado e fica como está.
Argumentos não faltam para neutralizar os 35 anos, basta que os nossos Comandantes queiram, até porque esse governo interino é uma vergonha.

Anônimo disse...

Infelizmente nossos Comandantes não tão nem aí para com seus subordinados,ficam sentados atrás de uma mesa com todas as regalias possíveis, com seus direitos já adquiridos,e pensando que cargo irão ocupar quando passarem para reserva. Só Deus na nossa causa!!!

Anônimo disse...

Alguém tem dúvida que iremos ter o nosso tempo aumentado para 35 anos??? Os nossos Comandantes não tão nem aí, pois todos já tem tempo suficiente para passarem para reserva, e não vão querer perder as "boquinhas" nas suas tão suadas regalias que já possuem... Isto é BRASIL!!!

Anônimo disse...

A maioria dos comentários durante o expediente.
Estão trabalhando pouco e ganhando muito.
Se fosse uma empresa privada já estavam no olho da rua.
35 anos é pouco.

Anônimo disse...

Meu Pai me obrigou a seguir carreira, ralei 5 anos na academia, falava que pinga pinga mas não falta, que militar não iria ficar bem de dinheiro, mas não ficaria sem comer, onde pinga não falta...etc etc
agora vou ficar 35 anos e poderia ter feito um concurso muiiiiito melhor.
tem que ser militar...que bronca.....

Anônimo disse...

Pior que o comentarista 22:44 tem razão. Na GERDAU é proibido acessar a internet durante o expediente.

Anônimo disse...

=========================================
=========================================



parece que tudo não passou duma incensação...

sendo que o real intento arquitetado foi o aumento de tempo de serviço para 35 anos.

operações psicológicas dessa natureza - CRIAR DIFICULDADES PARA SOLUCIONAR COM "CONTRAPARTIDAS" - já funcionaram muito bem quando éramos (praças) menos politizados e informados...

senhores, regulamentem ao menos a reserva compulsória (ter direito de ir pra reserva proporcionalmente) a partir dos 20 aos de serviço para as praças, tal qual como já existe para os oficiais, bem como na marinha para as praças (única força que já fez isso).


assim, os inconformados e inconstantes, ou melhor os "vagabundos e ponderadores", como eu, passam a ter um escape ante essa política desnecessária, a qual só irá aumentar as despesas, pois continuará havendo movimentações, pagamento de férias, etc... para o pessoal que poderia estar na RESERVA.

Sgt Piripipi
CFS 2000

===================================================
===================================================

Anônimo disse...

http://odia.ig.com.br/economia/2016-08-08/coluna-do-servidor-camara-vota-projeto-que-impede-reajuste.html

Anônimo disse...

12 Ago 16 - Dia do Uniforme kkkkkkkkkkkkk

Quanta imaginação dos nossos chefetes heim !!!!

Cade o Dia do Reajuste ou seja a data base das FFAA ???

http://www.eb.mil.br/documents/16541/7263485/Dia+do+Uniforme+2016/78c6e858-9167-4e57-8e68-1f252631c71a

Anônimo disse...

ao anônimo que disse:

" A maioria dos comentários durante o expediente.
Estão trabalhando pouco e ganhando muito.
Se fosse uma empresa privada já estavam no olho da rua.
35 anos é pouco.
11 de agosto de 2016 22:44 "


saiba que a nação nos paga para sermos militares com missões muito bem definidas e até extrapolantes...

portanto, não somos pagos pelo o que produzimos e sim pelo que somos...

a produção que fazemos, é garantir a paz ante a ameaças externas e internas e garantia dos poderes constituídos e do arcabouço jurídico-institucional.

por fim, se é para trabalhar (gerar capital e serviços), então peça as contas, pois certamente tu não trabalhas e sim vive no fantástico mundo de bob, achando que produz algo...

Anônimo disse...

FFAA na imprensa hoje ..

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-08/exercito-mantem-controle-do-acesso-vila-do-joao-apos-ataque-forca-nacional

http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/militares-atuaram-em-1-300-operaa-a-es-na-grande-natal/354984

http://novojornal.jor.br/policia/exercito-faz-balanco-de-sua-atuacao-contra-os-ataques-em-natal

http://www.sociedademilitar.com.br/wp/2016/08/615-mil-municoes-apreensao-gigantesca-do-exercito-atrapalha-fluxo-ilegal-de-municao.html

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/olimpiada/por-enquanto-a-olimpiada-brasileira-e-das-forcas-armadas/

Anônimo disse...

Curiosidades ...

http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/como-surgiu-a-continencia-dos-militares.html

Anônimo disse...

Me dê todas prerrogativas do funcionalismo público federal, que fica até 40 anos de serviço!

Anônimo disse...

12 Ago dia do uniforme e mais despesas. Cadê o dia da data base do reajuste das FFAA ? Ah fingidores !

Anônimo disse...

Justo meu camarada. Isso só mostra que quem pensa nessas possibilidades nem estuda as questões a fundo. Um militar na ativa é mais oneroso que na inatividade!

Anônimo disse...

O comentarista das 20:04 hs foi muito feliz postando o link.
Pequenos atos mostram o comprometimento de um povo.
Por aqui, é o jeitinho.

Anônimo disse...

Estou com peninha do comentarista 11 ago às 22:44, esta com uma tremenda dor de cotovelo. Tadinho, tá dodoi tá?

Anônimo disse...

Militares das FFAApodem sim trabalhar 35 anos , pois passam quase toda sua vida comendo , bebendo e jogando futebol dentro dos quarteis ,diferentemente dos policiais militares , que realmente luta e mantem uma relativa paz em nosso país , além de termos boa representativadade política.
Cb PMDF Gustavo

Anônimo disse...

Nada justifica o que aconteceu com o PM da FNS, meus sentimentos a todos os entes do agente. Porém gostaria de saber porque quando o CB MIKAMI, do Exercito brasileiro, último refúgio da garantia da Lei e da Ordem desta Nação não teve LUTO OFICIAL DECRETADO, fico pensando: será que a vida do militar das Forças Armadas tem menos importância??? Apesar de LUTO OFICIAL OFICIAL não trazê-los de volta. Porém hasteamos o Pavilhão Nacional ameio-mastro para o PM de Roraima e não fizemos o mesmo pro nosso militar, que igual a ele nossos Cabos estão recebendo uma fábula de R$ 40,00 REAIS POR DIA na nossa Rio 2016 e o agente policial militar da FORÇA AUXILIAR PM-RR R$ 550,00... LAMENTÁVEL CONTINUA O DESPREZO POR NÓS DAS FFAA. ATÉ QUANDO???

Anônimo disse...

- Srs. leitores, sei que que a postagem em nada tem a ver com o que vou discorrer agora, mas achei importante comentar de forma bastante breve. O Boletim do Exército nº 32, de 12 de agosto de 2016, publicou a PORTARIA Nº 001-CP-QAO, DE 5 DE AGOSTO DE 2016. Aprova o Regimento Interno da Comissão de Promoções do Quadro Auxiliar de Oficiais (EB 30-RI-60.002).

- Com esta portaria o EB acabou por oficializar a sistemática há muito já praticada baseada inteiramente no subjetivismo e na obscuridade nas promoções ao QAO, como bem comprova o juramento previsto na dita portaria, a ser prestado pelos membros da CP-QAO, a seguir transcrito:

" Art. 15. Os oficiais superiores membros da CP-QAO serão empossados pelo Presidente da Comissão em sessão ordinária ou extraordinária, prestando, na oportunidade, o seguinte compromisso:

“Prometo esforçar-me pela prática de rigorosa justiça nas promoções e nos demais processos que me forem distribuídos, colaborando, desta forma, para a consolidação da eficiência da hierarquia no Exército. Prometo, também, MANTER TOTAL SIGILO SOBRE OS ASSUNTOS TRATADOS E O RESULTADO DAS DELIBERAÇÕES TOMADAS PELA CP-QAO”.

- Srs. leitores, a "caixa preta" e o "R Quero" acabaram de ser oficializados.

S Ten irado indo p/ o 4º QAM.

Anônimo disse...


Agentes querem revidar para não passar por "Farsa Nacional de Segurança"

http://olimpiadas.uol.com.br/noticias/redacao/2016/08/12/agentes-querem-dar-o-troco-para-nao-passar-por-farsa-nacional-de-seguranca.htm

Anônimo disse...

Cb PMDF Gustavo: Este é um blog para militares de verdade, o senhor está no lugar errado. Nos das FA somos militares, os senhores são no máximo uma força de segurança pública. Responsáveis por recolher o lixo social que é produzido nesse país.

Anônimo disse...

Militares das FFAApodem sim trabalhar 35 anos , pois passam quase toda sua vida comendo , bebendo e jogando futebol dentro dos quarteis ,diferentemente dos policiais militares , que realmente luta e mantem uma relativa paz em nosso país , além de termos boa representativadade política.
Cb PMDF Gustavo
==============================================================================================
As FFAA cumprem sua missão constitucional (Defesa). Ao invés de se preocuparem com uma das atividades de nosso TFM (Prática Esportiva), as PPMM deveriam se preocupar com sua CORRUPÇÃO interna, sua permissividade e complacência com a bandidagem, as quais contribuem de forma inequívoca com a violência urbana e com os singelos 60 mil assassinatos por ano no país.

Anônimo disse...

Boa noite, Montedo e leitores!
Quanta raiva na boca dos "Leões de Alojamento". Os mesmo que criticam que Bolsonaro fala demais, reclamam que os Cmt Força estão aguardando a hora certa. Entendam que as decisões políticas não tem lógica, não visam princípios. Visam votos e publicidade! Militares não são e sabem ser políticos (ainda bem).
Façamos uma análise mínima: o governo já recuou em alguns aspectos. A apreciação, visto o recuo, é de que as coisas estão indo a nosso favor. É o momento de dar declarações que possam ser infladas pela mídia que joguem o vento contra a classe?
O atual governo tem adotado postura bem mais simpática que o anterior, na relação com os militares. Recriou o GSI, deu publicidade à revogação do decreto que tirou poderes dos Cmt Força. O Gen Severo (não o conheço, nunca o vi) foi colocado como chefe de gabinete da casa civil, o que reflete que militares são bem-vindos no órgão que "filtra e adapta" toda legislação, oriunda de qualquer ministério, antes de chegar à mesa do PR. Não sairemos ilesos! Alguma mudança ocorrerá. A sociedade cobra isso (lembrem-se que o componente político visa votos). No entanto, e se (no condicional, sempre) aumentar o tempo de serviço e vingar o boato das 15 remunerações ao passar para a reserva? Vale a pena? Cada um avalie sua situação. O que tem que ser buscado na mesa de negociações é isso: ceder se for inevitável, mas receber, também.
Amigos: estudem, leiam, reflitam. Não fiquem restritos ao mundo dos quartéis, papo de alojamento e fofoca de Vila Militar. Estamos quase no nível de desunião Médicos x Enfermeiros (saúde vai bem?), Delegados x Investigadores (investigação de crimes ta um aço?) e outras classes.
Aos ST que estão no "enésimo" QA ao QAO, façam uma análise se estudaram o suficiente na EsSA, no CAS, se são habilitados em outra língua, para então terem sido promovidos no 1º ou 2º. Não sei se está certo, mas o Exército valoriza, muito, o desempenho intelectual. Alguém classificado na primeira metade do CFS e do CAS está no "quinquagésimo" QA? Esta é a regra. Além disso, alguns têm que agradecer a força por estarem na ativa. Tem ST com a carreira recheada de besteiras, passíveis até de licenciamento, mas adora jogar a desculpa que o processo é injusto. A psicologia explica isso como uma autodefesa, chamada de negação da realidade.
Outros reclamam aos quatro cantos da OM por tudo, sempre tem um motivo, mas quando se dá a oportunidade de argumentar, não sustenta 10 minutos de conversa fundamentada. Porque não estudou. Diz que a postura “A” ou “B” está errada, mas não conhece as condicionantes que levaram a decisão. Jargão mais utilizado pelo "Leão de Alojamento" em uma conversa com fundamentos: "por esse lado o Sr tem razão" ou "não havia pensado dessa maneira". Não consegue fazer um DIEx de 2 parágrafos sem erros de redação e ortografia, mas quer aumento de salário.
Comparem o Exército (a maior empresa do país e não visa lucro), com qualquer outra que visa o lucro (Gerdau, Petrobrás). Verão que as práticas de gestão na caserna são verdadeiros milagres, dada a capacidade do pessoal (militar formado em infantaria trabalha no pagamento), sem instrução e conhecimentos específicos, e a carência de recursos. Em logística, muitos conceitos aplicados em empresas foram adaptados das FFAA.
Óbvio que há muita coisa a melhorar. Mas não se deixem levar pela ideia que está tudo errado. Cada um, nas suas atribuições diárias, faça um pouco mais e fale menos. Estamos cada vez mais distantes das atitudes que nos ensinam nas escolas.
Uma boa noite!
Bom final de semana!
Maj/R2 Marco Aurélio

Léo disse...

Fui apresentado às Forças Armadas- Exército, claro- num domingo lindo, em 1970, quando uma Seleção Brasileira de Futebol humilhou uma Itália espetacular.Lembro demais do gol que o Rei Pelé permitiu ao grande Carlos Alberto.E o que que tem a ver Pelé e Exército? Tudo! Os Generais daquela época, com algumas exceções, sabiam que não poderiam procrastinar.E quase todos , maioria esmagadora,foi ao túmulo com honra e, principalmente,com a paz dos justos.Desafio um criminoso petista ou melhor, um petista pixulequento, Saqueador, quadrilheiro, a denunciar um só dos cinco Generais -Presidentes como corrupto.Desafio toda a corja do PT a apresentar provas contra os Generais Presidentes.Sou da geração que não precisou sediar Copa do Mundo de Futebol para ser a mais respeitada e temida de todas.E o Exército e o Rei Pelé? Que que mudaram ao longo dos anos? Nem mudou o Rei e muito menos o Braço Forte.Mas, infelizmente, o Brasil.E muito.Honra? Que honra? Vemos hoje um corrupto safado chamado Marcelo Odebrecht ( a Bahia não merece) rir das leis.Vi uma chamada Comissão da Verdade acusar um homem honrado, militar de escol, exemplo de sua geração, pai de um General-de-Exército , da ativa, de ser um criminoso, torturador.E o que que respondeu o mesmo, o filho? Permitiu , da mesma maneira que o Rei Pelé, guardadas as devidas proporções, que se humilhasse, publicamente, quem não merecia, jamais, ser humilhado.Vergonha.Eu teria jogado todas as minhas estrelas da minha patente , na face dessa corja purulenta.Criminosa, Saqueadores do patrimônio público.Ratos de esgoto.Que bom que o Neimar-um porquera como jogador- não chega nem perto das chuteiras do Rei Pelé.Que bom!!! Triste geração. Vergonha.Omissos!!!

Léo disse...

A maior e a mais ordinária de todas as atitudes é dar esperança aos desesperançados, sabendo que o fim de tudo será uma grande mentira.Vi, nos olhos do meu povo , sofrido, nordestino s, a crença de que o Brasil mudaria.Mentiras!!! Ratos purulentos.Pixulequentos.Bandidos.Saqueadores nacionais.Vagabundos! Afirmam que o Brasil teve uma Ditadura.Afirmam de torturas.Mas nenhum rato petista tem a coragem de afirmar que um só General-Presidente formou Quadrilha ou Organização Criminosa para saquear o Brasil.Desafio toda a corja do Partido dos Trabalhadores a apresentar ,junto ao Ministério Público Federal, uma só prova de enriquecimento ilícito dos honrados militares.Lixos é o que vocês são!!!

Anônimo disse...

Maj R2 Marco Aurelio vc como disse Romario ao Pele digo a vc, calado vc é um poeta, ou rei Juan Carlos aquele idiota do Chavez porque não te calas, fica falando besteira, nesse processo de promoção ao QAO tem ST com mérito intelectual bem superior que foi preterido por outro com nota inferior, ai vc vem me diz uma m.. dessa, promovem quem eles querem não ligam se vc foi bem ou mal em sua formação, se o processo fosse justo era feito às claras não com todo esse sigilo. Pergunto pq não dão publicidade dos seus atos essa comissão como está previsto na constituição, aí vem um palhaço desse falar o que não sabe.

Anônimo disse...

Aumentando o tempo de corrida, diminui a velocidade de corrida?

Anônimo disse...

Leram isso?

PARA UNS TUDO, PARA A MAIORIA NADA?
ZORRA TOTAL.

Pensa em chegar aos Jogos Mundiais Militares, em 2019, na Rússia
A partir deste sábado, 13, Juliana torna-se comentarista das provas de saltos ornamentais nos canais Sportv.

http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/olimpiadas/2016/08/13/dou-conselhos-a-ingrid-mas-nao-sei-se-ela-entende-diz-juliana-veloso.htm

Anônimo disse...

Cb PM Gustavo, a polícia de BSB é cara, sangue azul e ineficaz, basta ir a algum evento musical de grande porte na cidade para perceber a venda e o consumo de drogas em frente as viaturas e patrulhas de vcs, que nada fazem. Imagino os niveis de corrupção interna e conivência criminosa entranhadas nessa corporação. Precebe-se o quanto vocês são "guerreiros" estendendo faixas e colocando dedo na cara de superior quando os caprichos de vcs não são atendidos. Faça-nos um favor e poste suas asneiras em um blog próprio da PMDF.

Anônimo disse...

Sinceramente eu acho indiferente se aumentar o tempo ou se for mantido o "status quo". Quero aproveitar esse espaço para dizer que fiquei impressionado com o padrão dos uniformes dos graduados da OM em que sirvo atualmente; e impressionado negativamente. Isso me faz refletir que de fato só sabemos exigir, reclamar ou ponderar, mas nossa contrapartida de profissionalismo é ínfima. Por mais "rolha" que seja o tal "dia do uniforme" é obrigação do militar possuí-los e em boas condições, foi vergonhoso o que eu vi. Sou subtenente, e a exemplo de um comentário que li acima, acho que muitos colegas amaldiçoam suas reiteradas "caronas" no QA, mas não avaliam que pouco fizeram para merecer melhor sorte. Sabemos que injustiças ocorrem sim, que existe um que outro apadrinhado sim, mas - via de regra - o Exército tem um critério para pontuar seus militares. Leiam a legislação, analisem bem e vejam se efetivamente procedem suas reclamações. Eu mesmo, até 1º Sgt só era promovido na antiguidade e até achava injusto, mas pouco havia feito para melhor sorte. Considero que a partir de 1º Sgt comecei a entender a carreira, hoje tenho distintivo de comando, habilitação em idioma, diversas guarnições e outros aspectos que me permitem de certa forma saber que tão logo entre no QA, serei promovido. Não é carreirismo, nada disso, é dinheiro! Dinheiro que permitirá uma vida melhor para os nossos. Então, sejamos profissionais, nosso contraparte nem é muita coisa, mas temos de dá-la! Abraços

Anônimo disse...

Cb PMDF Gustavo.
A sua visão justifica a graduação que ocupa hoje : cabo velho da PM.
Se duvidar, nunca trocou tiro com bandido e vem neste ambiente derramar asneiras e pagar embuste.
Você acha que é da SWAT?
Cada instituição no seu quadrado. Se não temos guerra, bem melhor para todos assim e cumpramos nosso expediente normalmente.
Estude mais e amplie seu horizonte.

Anônimo disse...

NÃO É A PRIMEIRA VEZ, EM 2011 OU 2012 ELES PARARAM MAIS DE 60 DIAS, SAIU NA IMPRENSA.
.............................

http://diariodopoder.com.br/coluna.php?i=43202616210

13 DE AGOSTO DE 2016

GREVE HISTÓRICA
Pela primeira vez na História, foi decretada nesta sexta (12) greve dos profissionais de saúde do Hospital das Forças Armadas, em Brasília. O HFA é referência de excelência, mas paga salários irrisórios.

Anônimo disse...

"Militares não são e sabem ser políticos (ainda bem). "

"(...) as coisas estão indo a nosso favor."

Quanta ilusão (ou inocência)!

Senhor "Major/R2 (sic) Marco Aurélio: sirvo numa unidade em que um subtenente ascendeu ao oficialato em junho do ano passado, em seu primeiro QA e o hoje segundo-tenente QAO não tem habilitação em idioma, nunca serviu fora do país, não tem nenhum curso de especialização na força, não tem nenhum curso superior e foi, em sua turma de formação, o 35º de 64º. Digo isso com conhecimento, pois fiz parte da Comissão que analisou a sua ficha individual.

Outra coisa, o senhor se diz "Major R2", não seria R1? Pois, se usa R2 para oficiais temporários e, até onde eu saiba, os últimos oficiais temporários que chegaram ao posto de capitão na ativa, foram para a "reserva não remunerada", ou seja, para o R2 como capitães.

Ou esse seu texto não seria mais um trabalho das operações psicológicas, mais uma contrainformação?

Anônimo disse...

1ª PARTE DO COMENTÁRIO:
Há um grande erro dos muitos opinadores desconhecedores da situação profissional fática dos militares. Os militares, devido ao grande universo de atividades às quais estão submetidos (pilotos, trabalho embarcado, exposição à agentes químicos/explosivos e a riscos com arma de fogo, etc) tem tratamento previdenciário diferenciado. Tal tratamento não deve ser considerado um privilégio, mas sim uma compensação pela universalidade de situações de risco as que os militares são submetidos sem que se valham das garantias legais garantidas aos trabalhadores civis que, de acordo com o PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO (que leva em consideração da análise do risco físico, químico, biológico, ergométrico ou a associação de agentes prejudiciais à saúde ou à integridade física) tem direito à aposentadoria especial com 15, 20 ou 25 anos de serviço. A título de exemplo, seguem abaixo apenas alguns exemplos de profissões que no meio civil são "privilegiadas", como diriam alguns, com o direito a aposentadoria especial fora da regra geral de 35 anos, mas que também são executadas pelos militares dentro do grande universo de atividades executadas no Exército, Marinha e Força Aérea:

- Frentista - 25 anos (a maioria dos quartéis possuem postos de abastecimento de combustíveis operados por militares)

- Guarda com uso de arma de fogo - 25 anos (a maior parte dos militares realizam tal atividade durante a maior parte da carreira)

- Mergulhador - 25 anos (grupos de operações especiais das três forças executam tal atividade)

- Piloto/tripulação de avião - 25 anos (nas três forças existe esta atividade)

- Eletricista/eletricitário - 25 anos (nas três forças existe esta atividade)

- Operador de raio-X e de equipamentos que emitem radiação ionizante - 25 anos (nas três forças existe esta atividade)

- Médico - 25 anos (nas três forças existe esta atividade)

- Enfermeiro - 25 anos (nas três forças existe esta atividade)

- Motorista de caminhão - 25 anos (nas três forças existe esta atividade)

- Bombeiro (brigada civil de combate à incêndio) - 25 anos (nas três forças existe esta atividade denominada como "Equipe de Combate à Incêndio")

Anônimo disse...

2ª PARTE DO COMENTÁRIO

Obs.: não raras vezes um mesmo militar executa mais de uma destas funções concomitantemente ao longo dos anos. Por exemplo, um eletricista atua como segurança armado quando está de serviço, assim como um enfermeiro opera raio-X num hospital, um motorista também atua como integrante de equipe de combate a incêndio (função muito comum nas bases aéreas), ou um operador de posto de combustível atua como guarda armado quando tira serviço de guarda ao quartel. Esta miscelânea de atividades executadas sob a égide de uma mesma regulamentação (Estatuto dos Militares), não permite que amiúde se crie uma lei de tempo de serviço para cada atividade executada dentro dos quartéis pois provocaria um engessamento no uso do pessoal militar, além de criar uma rotina burocrática para registrar toda atividade especial executada por cada militar individualmente. Por isso, os 30 anos de serviço ainda assim estão aquém dos 25 anos da maioria das atividades de risco dos civis e menor que os 35 anos dos que não executam atividade de risco. É um justo meio termo!

Além de haver de fato uma paridade profissional com várias das atividades laborais civis que possuem tratamento previdenciário diferenciado com tempo de serviço de 25 anos, os militares não contam com outros direitos garantidos tantos aos servidores públicos civis (L. 8.112/90) quanto aos celetistas, quais sejam: pagamento de gratificação de adicional noturno (art. 61, inciso V da L. 8.112/90), adicional pelo exercício de atividades insalubres, perigosas ou penosas (art. 61, inciso IV da L. 8.112/90), adicional noturno (art. 61, inciso VI da L. 8.112/90), gratificação por encargo de curso ou concurso (art. 61, inciso VI da L. 8.112/90), este último não tendo correspondente direito na CLT. E, ainda, diferentemente dos servidores públicos civis e dos celetista que contam com adicional de auxílio refeição e/ou alimentação mediante dinheiro ou por meio de cartão (antigo ticket), os militares são obrigados a comer todos os dias a alimentação do quartel que na esmagadora maioria das vezes fica restrita a feijão, arroz, farofa, frango, macarrão, carne moída, uma salada e refresco de guaraná. Sem opção de cardápio, sem liberdade de escolher o que comer, como ocorre com os civis!

Além destes direitos de caráter remuneratório, os militares não contam com outros direitos trabalhistas garantidos aos servidores públicos civis e aos celetistas: direito à greve e direito à sindicalização, direitos que notadamente colocam os seus detentores em posição mais privilegiada do que os militares na reivindicação para a obtenção de melhorias para a carreira/profissão.

Portanto, senhores opinadores de plantão, toda vez que vocês pretenderem comparar o tempo de serviço para a aposentadoria dos militares, não esqueçam que como citado acima, existe uma penca de atividades profissionais que os militares executam tal qual os civis que se aposentam com 5 anos a menos que os militares (25 anos), e que mesmo assim os militares as executam com mais tempo de serviço (30 anos) e com mais restrições trabalhistas (sem direito à greve, sindicalização, adicional de hora extra, etc).

Anônimo disse...

Nossa por causa de pessoas como vc que nos militares(todos) só nos ferramos já pensou se fôssemos unidos???, quanto as PMs manterem a paz no país me poupe...

Anônimo disse...

http://servidorpblicofederal.blogspot.com.br/2016/08/militares-entrarao-na-reforma-da.html?m=1

Olha aí montedo

Anônimo disse...

Quem trabalha é trabalhador. Regido pela CLT. Sou militar por isso não trabalho.

Anônimo disse...

Ainda bem que orientei meu filho a não fazer concurso militar. Hoje ele ganha 16.000,00 no primeiro mês de atividade. Kkkkkkk

Anônimo disse...

Ser militar hoje eh uma furada....

Anônimo disse...

A grande diferença é que o Praça, em geral, tira serviço noturno do primeiro ao último dia dos seus trinta anos ou mais, o que afeta sua saúde e condição física. Os Oficiais depois de Capitão não tiram mais serviço (aquele dormindo em casa não conta), o que lhes dá condições de higidez melhor com o passar do tempo. Então é simples, não precisa muito esforço mental ou estudo para chegar a conclusão que: Uns devem servir menos tempo que outros, baseados no tratamento desigual para os desiguais.

Anônimo disse...

Enquanto eles usam fumaça para e dissimular seus interesses a câmara aprova a seguinte matéria http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2015/06/11/camara-aprova-reducao-de-idade-para-candidatos-a-deputado.htm, com isso mais cedo o filhos dos políticos entram na roda da roubalheira dos , e o trabalhador vai trabalhar até morrer. é mudança para melhorar para eles.

Rogério - JF disse...

A situação é a seguinte; inicialmente fazem alvoroço da Previdência, depois apresentam os 35 anos e todos ficam felizes. O milico ainda agradece.

Anônimo disse...

Maj R2 Marco Aurelio. Inocente conheço militar com dificuldade intelectual e viciado em drogas que foi promovido a QAO, usuário desde 3º Sgt, tudo registrado em ocorrência policial.
Vi outros companheiros irem para a reserva como S Ten porque não caíram na graça o Cmdo. Vários militares trabalhadores, honestos ficam sendo preteridos.

Acorda.

Anônimo disse...

Que falta faz uma guerra, assim separarismos o joio do trigo, militares de verdade e os de ocasião

Anônimo disse...

Nem ao mar nem à terra. Já participei de CP/QAO e a maioria das fichas de promoção previa STs que correspondem ao que o Maj R/1 (deve ser isso) afirmou, bem conceituados em sua turma, com conceitos na área profissional bem acima de média, cursos, boa parte habilitada em idiomas. Por outro lado, peguei fichas - mínimas, mas peguei - de STs com nenhuma menção como as que relatei. Enfim, confirmo o que o major disse, ao mesmo tempo concordo que nem todos estão bem colocados.
A verdade é a seguinte: a maioria dos Sgt/ST não tem pós-graduação, mestrado ou doutorado (em 26 anos, só conheci 1 praça com doutorado e outros 3 com mestrado. Agora, evidentemente que virão pessoas me rebater dizendo que conhecem o vizinho, o irmão do vizinho, o cunhado do vizinho, o vizinho do vizinho e tal, mas esta é a verdade. E olha q estou em BSB). Graduação, não chegam nem a 40%. Falo de graduação nível bacharelado ou licenciatura. Tecnólogo, não os considero. Esse papo de tecnólogo em RH, em Gestão, em Logistica etc., isso é papo para "extorquir" dinheiro de incautos. Tanto tenho certeza do que falo, pois lido na área de concursos e sei que 90% dos concursos não aceitam estas titulações.
Outra verdade: a maioria dos Sgt/ST quer viver assando carne, beber e jogar conversa fora, jogar bola, mexer com a mulher alheia, principalmente se a mulher for a do companheiro, vizinho na Vila Militar. Prestem atenção, digo maioria. Há, por certo, alguns poucos que mantêm o padrão.
O pior é qdo querem se comparar a carreiras como ATRFB, analistas e técnicos judiciários, EPAs da PF etc. Aí, meus caros, não há argumento que se sustente. Pior são aqueles que vêm se apresentar como juízes, auditores, promotores etc., como se alguém acreditasse.
Nosso grande problema são os chorões e pseudoinjustiçados. Aqueles reclamam de tudo e todos, sem se dar conta de que conhecia as regras do jogo qdo entrou; estes, querem alegar falta de valorização, de respeito, de consideracao, mas sequer têm conhecimento do que acontece lá fora. Somente como exemplo, conheço órgãos e empresas - portanto, tanto área pública qto privada - que separam os níveis de atendimento médico. Os de NS possuem acesso a determinados serviços que os de NF não têm. E estes, os de NF, não se sentem "coitadinhos", como acontece diretamente nas FFAA. Eles sabem que se dedicaram menos, portanto, têm menos acesso a serviços. Simples assim. No EB, principalmente as praças, tem um monte que enche o saco qdo acontece qq coisa parecida assim. Enfim, eqto permanecer esse pensamento utópico, diria parvo, será sempre essa besteirada: choros, lamentações, heróis (é tanto auditor, juiz, promotor, AFCE, que chego a ficar ruborado), praguejador etc.
Maj QCO Leonardo.

Anônimo disse...




http://www.bocaonews.com.br/noticias/jusnews/justica/151791,juizes-podem-passar-a-receber-17-salarios-por-ano-e-outras-benesses.html

Juízes podem passar a receber 17 salários por ano e outras benesses

Sábado, 13 de Agosto de 2016 - 09:16
Por Redação Bocão News

A nova Lei Orgânica da Magistratura (Loman) pode dar aos juízes do Brasil 17 salários por ano. Esta, no entanto, é apenas uma das benesses que a lei pode conceder aos magistrados brasileiros.

Segundo a Folha, além de melhorais financeiras, a Loman prevê novas prerrogativas para a categoria. O adicional de tempo de serviço dos juízes seria acrescido de até 5% a cada cinco anos. O limite seria de 35%. Emenda do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux a gratificação por tempo de serviço seria paga a cada três anos até o limite de 60% do salário-base.

Um dos capítulos da proposta da futura Loman é o das verbas indenizatórias. Todo magistrado tem direito a moradia de graça. Quando não houver imóvel à disposição, o projeto prevê o pagamento de um adicional de 20% ao salário.

Outro retoque proposto por Fux: nos casos de convocação que exijam a constituição de nova residência, o magistrado poderá receber, ao mesmo tempo, o auxílio-moradia na origem e as diárias na cidade do tribunal que o chamou.

Deslocamento de casa ao trabalho: na falta de carro oficial, também haveria uma ajuda de 5%, mesmo percentual do auxílio-alimentação. Na proposta de Gilmar Mendes, a ajuda era restrita a deslocamentos em serviço.

Até mesmo casas e ter filhos pode virar um bom negócio. O auxílio para plano de saúde representará 10% do ordenado para juiz e cônjuge e mais 5% para cada filho. Neste caso, o magistrado também terá direito a reembolso integral de despesas não cobertas pelo plano de saúde.

O pagamento da educação dos filhos seria assegurado pelo auxílio-creche (5%) para cada filho entre 0 e 6 anos. E o mesmo percentual para ajudar no pagamento de escolas particulares até 24 anos.

Benefícios iriam até o caixão. Quando o juiz morrer, o erário assume a conta do funeral, é uma das propostas.

Anônimo disse...

O Major R2 MARCO AURÉLIO perdeu a oportunidade de ficar calado, vem ele com esse discurso de quem acha que sabe alguma coisa de política de pessoal no Exército. SABE DE NADA INOCENTE !!!!! Aliás, Major R2 ?????? Só se for do Exército Nepalês !!!!!

Anônimo disse...

Boa noite!
Sou Major da reserva não remunerada.
Maj R2 Marco Aurélio

Anônimo disse...

Comentarista 11 ago 22:44 e 12 ago 07:20, a porta de casa é a serventia da rua. Fica à vontade na sua iniciativa privada ( mas cuidado com a descarga)

Anônimo disse...

Sr. Anônimo (13 de agosto de 2016 10:04), a sua afirmação: "... que me permitem de certa forma saber que tão logo entre no QA, serei promovido." essa sua afirmação chega a ser engraçada, pois bem se nota que ainda acredita no sistema. Escute bem o que vou lhe dizer: - a sua promoção só ocorrerá se a CP-QAO quiser, e se ela não encrencar com o Sr. por algum motivo, por menor que seja esse motivo. Porque se ela cismar com algo, seja da sua FVM, por mais recheada que esteja, ou com algum atributo que o Sr. possa ter sido mal avaliado, ou então algum dos Oficiais superiores membros da CP-QAO tenham servido com o Sr. na época de 3º Sgt, quando ele ainda era Aspirante e tiveram alguma rusga, por menor que seja, no Serviço de escala ou em alguma missão, aí o Sr. já sabe o que vai lhe acontecer....30 anos de excelentes Sv escoados pelo ralo!

Anônimo disse...

Anônimo 13 Ago 12:25 aprenda a escrever, leia jornais, e depois poste opiniões coerentes, militar se ferra porque não tem comandantes, estes se preocupam com as benesses políticas na reserva e em agradar superior, nos ferramos pela falta de atitude de quem tem poder de decisão. Quanto à polícia ser corrupta em todos os escalões isso não é novidade. As PM não estão fazendo seu trabalho, haja vista que cada vez mais as Forças Armadas estão sendo empregadas com desvio de finalidade para fazer o trabalho deles. Ao Cb PMDF que critica quem faz TFM (deve ser um obeso tomador de cerveja) nos não somos remunerados ou existimos para produzir algo como uma empresa qualquer, ser soldado e fazer um juramento que diz: "morrer se preciso for...." em defesa da pátria e das pessoas, dedicação integral, sem hora, sem local (território nacional, e não à maravilhosa rua pavimentada e iluminada do seu bairro...) isso tem um preço para a nação, e um preço ainda maior para o militar e seus familiares. Não existe almoço grátis filho.

Anônimo disse...

Explica-se, portanto, o R/2. Prezado M Aurélio, não se aflija com o que lê por aqui, filtram-se coisas boas, mas a maior parte dos posts é besteirada, como os ataques que sofreu por ter emitido sua opinião. Deve ser porque temos muitos "doutores", que chegam ganhando 16k inicialmente em outros órgãos, além, claro, dos técnicos, assistentes adm, entre outros cargos de NM, que ganham mais que um coronel (sic). Creio já ter percebido...
Grande abraço!
Maj QCO Leonardo.

Anônimo disse...

Bom dia!
Realmente, há militares que não conhecem sua profissão, legislação básica.
Sou oficial formado na AMAN e no IME.
Saí da Força para a iniciativa privada, no posto de Major.
Nem por isso custo no prato que comi.
De tudo que tenho, devo muito ao Exército.
Portanto, sou Major R/2. Explicado?
Ah, é não é no Exército Nepalês.
Att,
Marco Aurélio

Anônimo disse...

Temos que valorizar sim a carreira militar. Sou Suboficial da Aeronáutica mecânico de avião e acho que ganho pouco pela responsabilidade que tenho.Um Oficial aviador que pilota aeronaves que vale milhões ganha muito pouco pelo que faz. Não reclamo do que tenho e nem sonho em ser oficial mas continuo achando que estamos recebendo abaixo do que merecemos.

Anônimo disse...

Lá vem o Sr da Sabedoria o "Maj QCO Leonardo"...então todo o St e Sgt agora é um bárbaro, troglodita que vive de cerveja, carne assada e mexendo com mulher alheia? Faça-me o favor...e quanto a mestrado e doutorado para praça ingressar em QAO, pra quê? Oficial do CPOR não entra sem nível superior? 90% dos oficiais temporários nem ao menos termina o nível superior antes de ser licenciado por termino dos 8 anos. Oficial de AMAN faz o concurso com 16 anos, cursando o 2° ano do nível médio, fica 4 anos fazendo corridinha em forma, aprendendo a passar uniforme, quem são os patronos das armas, hinos e canções, filosofia positivista e saem graduados em "ciências militares".... praça fica 30 anos na tropa, se gradua com recursos e méritos próprios e ainda precisa agradar uma comissão arbitrária que não respeita as leis de acesso à informação, e não considera somente meritocracia, só os inocentes acreditam nisso. Vide caso do Messias Dias. Esse seu papo de "os melhores sempre saem" já cansou.... conheço vários ST excelentes profissionais que já estão no 4°, 5°...8° quadro, olhei a ficha de alguns, não figuram punições ou impedimentos... há cursos, vivência nacional...qual a desculpa? Quanto aos oficiais existe algum critério para o oficial não ficar no meio da carreira como Maj? Exige-se algo do oficial? Habilitação em idioma....missões no exterior....ou basta aproveitamento nas escolas de formação? Algo está errado.

Anônimo disse...

Pra começar Sr "Maj QCO Leonardo" vc nem ao menos é considerado um autêntico oficial, pelos seus pares da AMAN...pois vc não saiu do "santuário sagrado"....poupe-nos dessa retórica que praça chora muito, que não se qualifica, não merece ingressar no oficialato e mimimi...vamos colocar as praças no SUS e os nobres oficiais todos no Sírio Libanês, pronto, resolvido. Sinceramente eu queria conhecer na tropa um figura como o sr...deves ser a eficiência e sabedoria personificadas...o ápice de 1,5 milhões de anos de evolução.... faça-nos o favor.....

Anônimo disse...

Pela lei da física, trabalho é a força vezes o deslocamento. Portanto, quem realiza trabalho é trabalhador.

Anônimo disse...

Alguns coitadinhos, como o suposto "Maj QCO Leonardo" e o tal "Maj R2" (espere aí...se estava, ou é tão bom o atual sistema...como esse sujeito deu baixa foi para a iniciativa privada e aqui está incitando as qualidades do sistema? Para tudo....) as opiniões de vossas senhorias são atacadas porque são desprovidas de sentido, são visões unilaterais. Reflitam, façam o rei que sai disfarçado de vassalo para observar o que há de errado no reino. Após terem conhecimento de causa, e terem sentido a ponta do chicote...por favor, nos brindem com vossas sabedorias. Tenho dito...

Anônimo disse...

Ao companheiro de 14 de agosto às 09:50: me diga um temporário que não se forme em 8 anos de serviço. Jogar palavras ao vento é fácil. Não sabe nem oq os oficiais de AMAN passam na formação de 5 anos pra falar uma merda dessa. Os praças agora fazem concurso de nível médio e querem ganhar 15 mil reais e serem tratados como lordes. Graças a Deus não são todos que pensam assim. Quem ganha mais é o analista, não o técnico. Quem tem mais regalias é o analista, não o técnico. Quem tem mais privilégios é o auditor, não o analista. O patrão ao inves do funcionário. No exército também amigo. Aprenda primeiro a ser profissional e quem sabe vai entender isso. Antes que seja acusado de inimigo das praças, digo que vocês merecem muita coisa sim pois trabalham muito, de verdade. Agora não queiram equiparar carreiras distintas. É por causa d ses pensamentos que o ódio cresce, só atrapalhando o crescimento de TODOS NÓS.

Ten AMAN 2012

Anônimo disse...

My God, além do maj qco Leonardo, agora está baixando no blog o Maj R/2 Marco Aurélio.Socorro!!! Rabugento de Juiz de Fora Sargento-Mor R/3.

Anônimo disse...

Anônimo de 14 ago as 09:50, volte no tempo, preste concurso pra AFA, EN ou AMAN , fique só fazendo corridinha e TFM pra ver se vc passa do primeiro ano.
Quem não estuda muito não se firma meu caro....tive vários companheiros de turma que não passaram do primeiro ano.

Anônimo disse...

Os militares da ativa devem se expressar, respeitosamente, dentro da hierarquia e disciplina, via canal de comando a sua contrariedade a possibilidade de mudança para 35 anos na ativa, bem como a qualquer outra perda, pois já estamos sendo muito penalizados pela MP 2215, MP do MAL, a MP da trairagem, que sem regra de transição nos TUNGOU, na mão grande, sem regra de transição, sem choro é sem dó, a LE, adicional de tempo de serviço, que só aí representa uma perda 30 % e o posto acima.
Já foi muito prejuízo que tomamos caladinhos, não se pode incorrer no mesmo erro.

Anônimo disse...

O Maj QCO Leonardo deveria trabalhar no Zorra Total da Rede Globo, ele já demonstrou que tem muito talento !

Anônimo disse...

vai haver alguma regra de transição?
sou 2º Ten e acho que vou pular do barco...
kkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Doutor Major QCO Leopardo, as regras do jogo mudam a todo o momento, cada general que entra edita uma portariazinha alterando as regras no meio jogo. O Sr. como militar antigo deveria saber disso né Major Leopardo ?!?!

Anônimo disse...

Pois é, intitulado "Maj QCO Leonardo" praças são rudes deselegantes, oficiais são verdadeiros militares, no círculo dos oficiais ninguém bate na mulher, ninguém mexe com mulher alheia, ninguém frauda licitação, ninguém comete abusos de autoridade, ninguém bebe e nem come churrasco. Ainda bem que os nobres oficiais existem para manter viva a instituição com seus valores seculares....creio que o senhor foi muito infeliz em seus comentários, mais uma vez, depois paga de coitado no blog.

Anônimo disse...

Existe a Guerra da discussão.

Anônimo disse...

O juramento a ser prestado pela CP-QAO, conforme mencionado pelo ST irado, é muito lindo e emocionante dá vontade e chorar pelo seu lirismo, uma verdadeira poesia. É de colocar no chinelo um Carlos Drummond de Andrade, facinho, facinho !

Anônimo disse...

Para quem ainda não entendeu, a lógica é bem simples... para fins de economia da previdência é claro que não melhora em nada a economia no fato de aumentar para 35 anos o tempo de serviço, mas, como a ideia é aumentar significativamente a quantidade de pessoal temporário dentro da Força, faz-se necessário manter por mais tempo na ativa todo o pessoal que realmente carrega o piano - Os escravos de carreira. Já passou da hora de ir embora dessa m...da de Instituição que só faz é ferrar todo mundo!

Anônimo disse...

Caro Ten AMAN 2012, volta a nos brindar com sua vasta experiência, e grosseria também...me refiro aos 4 anos da AMAN, a casa rosa não conta... caso vc tivesse experiência, teria rodado unidades e visto que tem oficial temporário que apenas renova a matrícula na universidade no início do ano para receber reengajamento, e assim vai levando até o último ano de caserna, sabe nada vc, inocente...achei que os vastos conhecimentos adquiridos nos campos da AMAN teriam-no preparado melhor...kkkkkk

Anônimo disse...

Ta SERTO.....sei bem como é na AMÃE...

Anônimo disse...

Tenenteco da AMAN 2012, em outras carreiras públicas não existe segregação intelectual como no EB, onde o superior hierárquico estende suas prerrogativas além dos muros da OM, como se passar em um concurso público recém saído de um colégio militar o desse pleno e perpétuo e conhecimento ilimitado em todos os ramos da sabedoria humana (isso se chama arrogância). O sistema de progressão dessas carreiras civis colocam o técnico no mesmo patamar salarial e de condições de trabalho que os cargos de NS, sem critérios subjetivos, sem obstruir o acesso à informação, sem utilizar arbitrariedades e vaidades. Cada general que tem oportunidade dá um canetasso e muda algo pra pior na carreira das praças, enquanto a dos oficiais permanece incólume. Vc será o tipo do CMT omisso que ferra a tropa, que gosta de cercar-se de realeza, tem todos os atributos. Até vc comandar algo quero estar fora, para preservar ao menos a boa imagem que ainda tenho da instituição.

Anônimo disse...

Antigamente, CFS em 1 ano, nível fundamental, chegava-se a Cap QAO.
Anos 2000, CFS em 1 ano e meio, nível médio, chega-se a Cap QAO.
2016, CFS em 2 anos, graduação nível Tecnólogo, também chega-se a Cap QAO somente??!!

Cadê o Curso de Altos estudos-CHQAO?

Cadê a real "valorização" ??

Se os oficiais, de Armas ou QCO, que possuem nível superior, hoje chegam ao posto de Cel. Deve-se adequar, por justiça e por realmente valorizar a acrreira dos praças: Até T Cel.

Anônimo disse...

Desculpe , mas ser cabo da pmDF não é como ser cabo das FFAA,sem querer menosprezar , pois respeito muito nossos militares ,pois aqui um cabo ganha mais que um oficial intermediário , além disso prestei um concurso concorridissimo e super difícil ,no qual ter nível superior é um dos vários requisitos básicos , Ou seja ,tive que estudar muito.
E não sou cabo velho , pois tenho apenas 4 anos nesta maravilhosa instituição .
Cb(novo) pmdf Gustavo

Anônimo disse...

Caro recalcado 09:29, não fale daquilo que vc não conhece. Passe os 5 anos de formação e depois venha discutir com conhecimento de causa.
Maj Inf antigo.

Anônimo disse...

Precisa de nível superior para ser sd meganha em Brasília ? Desse jeito os comandantes de batalhões devem ter doutorado na Alemanha, pós-doutorado no MIT e estágio na NASA. Brasília é ,realmente,um lugar apartado do Brasil de verdade.

Anônimo disse...

" tudo que tenho devo ao exército" por acaso você não trabalhou??? Foi de mão beijada?? Foi graças a você!!!!

Anônimo disse...

Cb Gustavo PMDF, volte a patrulhar as maravilhosas ruas iluminadas do "Reino Tão Distante", ninguém quer saber aqui o quão é concorrido o concurso para entrar para a excessivamente bem remunerada PMDF. Não entendo o porquê de nível superior para ser SdPM, a não ser para por uma justificativa furada nos altos salários de vcs. Dá pra ver o respeito que vc tem com os companheiros de farda pelos seus comentários anteriores.

Anônimo disse...

Caro ex-major R2, pois não o é mais, Marco Aurélio, esse papo de "devo tudo ao exército" é conversa de quem ganhou vaga, ou entrou pela janela. A instituição não dá nada de graça a ninguém, é salário (defasado, com relação a todas as carreiras federais, é verdade...) por força de trabalho e dedicação. Não existe almoço grátis.

Anônimo disse...

30,35, 45... to nem ai... Vou seguir jogando meu Pokemon go... tranquilo, tranquilo...

Anônimo disse...

Queria que nosso exército tivesse praças experientes e intelectuais como esses que se apresentam aqui no grupo com toda sua experiência de vida. Talvez assim fôssemos o melhor exército do mundo. Não vale a pena nem discutir quando se chega nesse nível. Ignorância realmente é uma virtude.

Ten AMAN 2012

Anônimo disse...

Será que um aspirante saído da AMAN acha mesmo que possui curso superior, que é um bacharel em Ciências Militares ? O que dizer dos mestres e doutores do EB ? Exército que não é utilizado em GUERRAS vira repartição pública !

Anônimo disse...

Teneteco do AMAN 2012, logo você sai major, e vai para uma seção assinar documentos, feitos por praças, não esquenta não, logo você vai precisar da experiência de vida e conhecimento técnico das praças. Vc vai ver que ser um fisc adm, OD, "S" alguma coisa, é diferente de correr em forma com recruta num pelotãozinho e fazer uma parte de material carga uma vez por ano. Vc vai precisar e depender da sua equipe, composta por..."praças intelectuais". Mais humildade meu caro, pois esta edifica.

Anônimo disse...

Cb PMDF Gustavo...tenha certeza, vc não é melhor que um cabo das FA. Vc apenas ganha melhor por motivos excusos, porque os caprichos e greves de vocês periodicamente são atendidos e por BSB ser um mundo à parte dentro do "Brazil". Simples assim.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics