2 de novembro de 2016

Em quatro anos, Marinha gasta R$ 523 mil com Ecad para executar músicas em sua rádio

Fone de ouvido (Foto: TheAngryTeddy / Creative Commons)Só em 2016 serão cerca de R$ 160 mil

Gabriela Navalon (edição: Murilo Ramos)
O Comando da Marinha vai gastar R$ 160 mil em 2016 para pagar direitos autorais pela execução e difusão de obras musicais na Rádio Marinha FM. Os pagamentos são feitos ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, o Ecad. Desde 2013, esses gastos somam R$ 523 mil.
EXPRESSO(Época)/montedo.com

45 comentários:

Anônimo disse...

É a farra com o dinheiro público. Enquanto isso, a maioria do efetivo está na "M" por receber remuneração medíocre.

Anônimo disse...

Vejamos em quem vota a família militar: http://politica.estadao.com.br/blogs/coluna-do-estadao/sou-so-coautor-diz-carlos-bolsonaro-sobre-salario-vitalicio-para-vereadores/

Só tem honesto! Família bolsonaro. kkkkkkk

Claudio Bezerra disse...

Me Digão pra que a Marinha do Brasil precisa de a Rádio FM ... Será que nossos navios estão equipados com equipamentos sofisticados de comunicações ???

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Agradeço ao anônimo das 14:25, que com sua orientação nos ajuda a conhecer ainda mais a família Bolsonaro. Sua ex-esposa Rogéria Bolsonaro, tinha uma boquinha com o Eduardo Paes e apoiando o Crivella, vai arrumar novamente mais uma boquinha; Seu irmão, Eduardo Bolsonaro, ganhava mais de R$ 17.000,00 como assessor parlamentar fantasma na Assembléia Legislativa de São Paulo, isto é, sem trabalhar. Bolsonaro representa a sua família e não os militares. Hoje ganha como Capitão e Deputado Federal aposentado mais de R$ 40.000,00, fora as regalias e quer fazer o mesmo com seus filhos e netos. A pergunta que não quer calar: porque Jair Bolsonaro não colocou seus filhos para ser militar?

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

‘Sou só coautor’, diz Carlos Bolsonaro sobre salário vitalício para vereadores
56

Coluna do Estadão

02 Novembro 2016 | 05h30

Foto: Fabio Motta/Estadão
Foto: Fabio Motta/Estadão

O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC) rebateu as acusações de que teria apoiado o projeto de lei que previa salário vitalício a vereadores: “Assinar o projeto do vereador João Cabral não significa voto ou aprovação; só me transforma em coautor”.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Na segunda-feira (15), um dia antes de a campanha começar, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, exonerou Rogéria Nantes Bolsonaro da Secretaria da Casa Civil. Rogéria – mãe do deputado estadual Flávio Bolsonaro e ex-mulher do deputado federal Jair Bolsonaro – trabalhou na Casa Civil por sete anos. Até 2014, ela estava subordinada a Pedro Paulo, candidato do PMDB à prefeitura do Rio e concorrente de Flávio, do PSC, na disputa.

RECOMENDADO PARA VOCÊ
DECATH

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

O irmão do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), Renato Bolsonaro, foi exonerado do cargo de assessor especial parlamentar na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

No cargo há três anos, ele recebia R$ 17 mil mensais, mas não aparecia para trabalhar. A exoneração veio no mesmo dia em que o SBT denunciou o caso.

Renato Bolsonaro – também tio do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) – trabalhava até quinta-feira (7) no gabinete do deputado estadual André do Prado (PR). Pelo menos no papel.

Ao invés de comparecer para o expediente legislativo, o irmão do deputado do PSC preferia trabalhar em uma das suas quatro lojas de móveis. Para os cofres públicos, segundo a reportagem do SBT, Renato custava R$ 228 mil anuais.

Na Alesp, outros servidores confirmaram conhecer Renato Bolsonaro pelo nome, e até terem contato por telefone com ele, mas que ele não é visto na Casa, o que reforçou a tese de que seria um ‘funcionário fantasma’. Em 2014, Renato Bolsonaro fez campanha para André do Prado, como mostram as suas redes sociais.

Procurado para comentar o assunto, Jair Bolsonaro não titubeou perante as câmeras: Pau nele para deixar de ser otário!, afirmou o parlamentar. Na sua página no Facebook, ao ser questionado por um seguidor, o parlamentar disse que caso tenha cometido algum crime, que responda pelos seus atos juntamente com o deputado que o nomeou.

Anônimo disse...

Essa marinha, ehhh marinha, teus segredos estão guardados depois da "linha do Equador"...humm!

Anônimo disse...

Está tudo certo, conforme os que mandam querem. Essa FM deve ser de suma importância para a Marinha. Não é a toa que os militares estão na situação atual, esperando algo de bom de seus superiores.

Anônimo disse...

Não entendo tanta revolta com um dinheiro gasto com cultura. Se fosse com futebol, ninguém reclamaria.

Anônimo disse...

Deixe de ler só manchete rapaz! Ainda mais da mídia comunista. Arrego!

ALMANAKUT BRASIL disse...

A Turma do Seu Lobato - Marinheiro Só / Peixinhos do Mar / Pedalinho (Música Infantil)

A Turma do Seu Lobato

https://www.youtube.com/watch?v=1_A1hclhXPI

Anônimo disse...

A rádio da Marinha não atende só os Militares, são para todos, principalmente os civis. A defesa da Amazônia começa com trabalhos de Relações Públicas e ações de contrainteligência que são muito bem feitos por meios de dominação de massa, no caso pela rádio da Marinha. É importante para a defesa da Amazônia a existência de uma rádio sob o controle de militares e todo o esforço é pouco o cumprimento do dever constitucional das Forças Armadas, principalmente a defesa das nossas fronteiras, dos recursos minerais, fauna e flora.

Anônimo disse...

FM, abrange toda a Amazônia. Como?

Anônimo disse...

##########################

enquanto isso...num lugar não muito distante...

falta FEIJÃO deliberadamente nos quartéis, affs

###########################

Anônimo disse...

Sirvo na Amazônia, nunca ouvi falar de tais rádios. E ninguém aqui, das cidades mais desenvolvidas aos casebres esparsos, ninguém ouve rádio, ou dá importância ao que é veiculado. Isso é uma verdadeira farra com dinheiro público. Sem mais

Anônimo disse...

Essas rádios (Marinha e Verde Oliva) só alcançam Brasília e arredores. No resto do mundo vc só ouve por streaming na net. Parece que em Brasília a rádio Verde Oliva é uma das campeãs de audiência. Mas me pergunto para quê serve uma rádio para uma Força Armada, e que só é ouvida em Brasília. E o EB ainda queria um canal na TV a cabo...similar TV Senado, Câmara...a questão é que a transmissão dos programas desses órgãos interessam e têm reflexo em toda a vida da sociedade. Acredito que não seja muito o caso das FA. Mas...

Anônimo disse...

1 Sgt Rogério Silva, procure estudar, ler mais, antes de fazer comentários medíocres, sensacionalistas, que só servem para adular a esquerda.
O Bolsonaro é Capitão porque estudou para isso, não nasceu Capitão, chegou lá por seus méritos e pelas oportunidades que teve.
Aliás estudou 7 anos para isso
Assim como você não nasceu Sargento, estudou para isso.
Tá certo que você estudou 1 ano só.
Ele ganha salário de capitão proporcional ao seu tempo de serviço, quando foi diplomado e transferido para a reserva compulsoriamente por ter sido eleito, tudo como manda a Lei.
Ganha como deputado porque foi eleito e porque a lei permite acumular os proventos.
Vai me dizer que você,1 Sgt, não sabe disso ?!
Pelo que eu soube, ele jamais apoiou coisa errada, inclusive mandou " descer o pau" no irmão dele se estivesse fazendo coisa errada.
Responsabilizar ele por atos da sua ex-mulher... É sacanagem. O que é que ele tem a ver com isso?!
Outra coisa, quem é você para dizer se ele representa ou não nós militares?
Você com certeza não me representa, quando muito representa seu umbigo.
Te conheço muito bem.
Vamos contribuir com a melhoria do nível do debate , ok!

Anônimo disse...

Tem gente aqui no blog lendo carta capital e Sakamoto.. arrego pra vcs. Minions de capacho comunista..kkkkkk, ou estão fazendo humanas tendo aula com professor maconheiro em universidade federal, que muitas nem deviam se chamar universidades.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Deputado compra duas mansões de frente para o mar em área nobre do Rio com "descontos" graciosos sobre o valor de mercado. E declara patrimônio incompatível com sua renda
por Helena Sthephanowitz, para a RBA publicado 30/03/2016 13:26, última modificação 30/03/2016 15:08
GILMAR FELIX - CÂMARA DOS DEPUTADOS
bolsonaro2.jpg
Jair Bolsonaro, deputado em sexto mandato consecutivo, mostra declaração de bens que levanta dúvidas
Você conseguiria comprar uma casa que custa, a preço de mercado, alguns milhões por "apenas" R$ 400 mil? O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) conseguiu esse, digamos, milagre. E recebeu a graça na compra não só de uma, mas de duas mansões. Em termos terrenos, com um abatimento de pelo menos 75% nos preços dos imóveis, foram verdadeiros negócios da China.

Para entender o caso: Jair Bolsonaro – que está em seu sexto mandato consecutivo como deputado federal – declarou à Justiça Eleitoral possuir, no ano de 2010, bens que totalizavam oo valor de R$ 826.670,46. Naquele ano, os dois imóveis não constavam da declaração de patrimônio.

Quatro anos depois, nas eleições de 2014, o patrimônio declarado pulou para R$ 2.074.692,43. Façamos as contas: a variação patrimonial é maior do que a soma dos salários líquidos que ele recebeu como deputado. Significa que, mesmo se Bolsonaro não tivesse gasto um único centavo de seus salários nos quatro anos de mandato entre 2010 e 2014, ainda assim o montante acumulado não lhe permitiria chegar ao patrimônio de mais de R$ 2 milhões. A conta não fecha.

E como ele não declara, entre seus bens, ser proprietário ou sócio de nenhuma empresa, é inevitável perguntar: qual é a fonte de renda de Bolsonaro para cobrir tamanha variação patrimonial?

Mas a estranheza sobre o patrimônio não para por aí. Jair Bolsonaro continua, segundo ele mesmo declara, com todos os imóveis que tinha em 2010 e aparece em 2014 com duas mansões na Avenida Lúcio Costa, de frente para o mar da Barra da Tijuca, reduto carioca da classe média alta e de parte de sua elite.

Os valores atribuído aos imóveis são piada e escárnio: o valor de compra declarado de uma das propriedades é de R$ 400 mil e a outra, de R$ 500 mil. Uma simples consulta a qualquer imobiliária da capital fluminense, ou às sessões de classificados dos jornais e sites do Rio, mostra que as mansões foram declaradas com valores muito abaixo dos praticados no mercado. Ninguém conseguiria comprar um imóvel como os de Bolsonaro, naquela localização, por esses preços entre 2010 e 2014 – período em o país chegou a viver uma "bolha imobiliária", com os preços dos imóveis dispararam.

Bolsonaro oculta o endereço completo na declaração de bens apresentada à Justiça Eleitoral, mas descobrimos que o deputado tem endereços em seu nome no Condomínio fechado Vivendas da Barra, na referida avenida. Em anúncios classificados, o menor vaor que encontramos para casas à venda naquele condomínio foi de R$ 1,65 milhões. Mais de 4 vezes o valor menor declarado por Bolsonaro.

Em época de alguns políticos terem de explicar até o que não têm e nunca compraram, o que o deputado Jair Bolsonaro, useiro e vezeiro em atirar pedras nos telhados alheios, tem a dizer a seus seguidores sobre seus telhados de vidro?

Anônimo disse...

Em relação ao Bolsonaro, nunca acreditei que ele fosse representante da família militar, mas unicamente da família dele. E essa palhaçada de emissoras de rádios da marinha e do exército (não sei se a FAB também tem) é simplesmente falta de uma guerra. Quando Forças Armadas amadoras não tem pela frente uma Guerra, aí inventam de tudo...emissora de rádio, patrono da Família Militar, Dia do Uniforme, formatura para isso, formatura para aquilo, etc, etc.


Em suma, é falta de Guerra!

Anônimo disse...

E as bandas militares e a dos Fuzileiroa Navais não toca de graça ? É toca um um vasto repertório popular.

Anônimo disse...

A familia Bolsonaro se dando bem a muitooooo tempo. Grandes fingidores esses BolsoNada.

Anônimo disse...

Ouço diariamente. Alem de músicas de bom gosto, a rádio tem muitas informações sobre segurança da navegação, espaços para notícias das FFAA e outros serviços de utilidade pública (concursos militares, economia, língua portuguesa, saúde, etc). Se os gastos forem só estes, está é barato, diante do volume de informações.

Anônimo disse...

Entendo, que esse espaço democrático do Montedo, é pra expor idéias, denunciar e mostrar o que acontece de real no dia a dia dos sofridos militares, não é só reclamação, é a divulgação dos atos unilaterais das mentes pequenas dos oficiais da AMÃE, os quais vivem em outro planeta. Não é preciso desenhar.

A Instituição nada fará pela parcela maior o tropa, mas fará pela minoria.

Muitos são os prejudicados, portanto não critiquem quem reclama, pois muitos estão com a razão, principalmente quando baseados em fatos reais.

Vamos participar sempre. Vida que segue, quem viver verá ....

Anônimo disse...

Esse pessoal de "nível superior"(quatro anos aprendendo a passar uniforme, cantar canções no TFM, e não sabem fazer um DIEx quando chegam na tropa...) adora falar em um ano de formação do sargento para evidenciarem sua "gloriosa" formação. Realmente, é "vasta" a experiência desses oficiais quando saem da AMAN. Classe desunida a militar. Esses comportamentos depreciativos e egoístas dos oficiais com relação às praças denota o amadorismo do nosso exército. Coisa de exército burocrático, atrasado. Se tivéssemos menos realeza (que alguns chamam de hierarquia, travestem abusos de autoridade de disciplina) como nas PM, estaríamos em condições bem superiores, teríamos dignidade perante a sociedade (o que nada tem a ver com pesquisas furadas de opinião) e teriamos vencimentos dignos, capazes de proporcionar melhores condições de vida para nossas famílias. O último a sair apague a luz...

Anônimo disse...

Músicas de bom gosto???? Informações sobre segurança de navegação no lago Paranoá???? Realmente, justifica o gasto de milhões... só que não. Facam o favor...farra com dinheiro público.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

O anônimo de 12:08 é muito macho no anonimato como muitos outros. Bota a cara mané. Estudei para ser Sargento sim e tenho muito orgulho disso. Eu sou o Sargento macho que denuncia essa família hipócrita que vende uma coisa e faz outra. Eu sou o Sargento que denuncia a roubalheira dentro dos hospitais militares e assino embaixo. Quem você é anônimo covarde que se esconde nas sombras. Eu não sou comunista nem socialista ou de direita ou esquerda. Eu estou repassando reportagens desta família que vive as custas do governo. Você dá sorte que o senhor môntedo filtra. Você é um dos covardes do anonimato que atacam o môntedo e o seu blog quando falamos ou publicamos matérias que fogem de suas realidades. Se Oficial é um IDIOTA. Se Praça, é mais um covardão. Senhor Montedo, por favor, não deixe de publicar este direito de resposta. Eu represento HOMENS, não anônimos covardes. Bolsonaro não é o paladino ou arauto da coisa certa.

Anônimo disse...

E ai comentrista de 3 de novembro de 2016 12:08

O BolsoNada não representa os militares não. Apenas os interesses proprio, dos filhinhos e da Ex a muito tempo.

Me fale de uma realização dele em favor dos militares ? Só porque doou uma ambulancia e algum aparelho para hospital militar !

Vc é um alienado.

Ele não agrega nada, não apresenta nada, só cuida de roscas alheias.

Anônimo disse...

O comentário das 12:08 de 03 de Novembro disse tudo.
1 Sgt Rogério da Silva Gomes, deixe de ser fogueteiro dessa gentalha da esquerda.
Até não concordo com tudo que o Bolsonaro faz e fala.
Mas, vamos ser justo, honesto, ele nunca teve envolvido com tramoia e roubalheira.
Por isso, concordo com o companheiro que disse inclusive que te conhece.
Vamos melhorar o nível, pare de poluir o blog com seus comentários desprovidos de verdade e cheio de recalque.
Tudo bem, não gosta dele, não concorda com ele, ele é oficial, você não conseguiu ser, tudo isso faz parte...
Mas isso não justifica seu comentário , invejoso e cheio de inverdades.
O cara é honesto.
Olha que a esquerda já vasculhou a vida dele e da sua família....
Só você que achou
por que não denuncia?
SARGENTO seja " macho" e vai em frente.
Acho que você nem é militar, está infiltrado no Blog.
Sugiro também que vá estudar mais

Anônimo disse...

Sugiro que o pessoal, antes de sair postando manchetes elaboradas com objetivo de atingir determinada pessoa, pesquise.
Como exemplo, quase 100% das reportagens veiculadas sobre questões técnicas em assuntos militares, saem com incorreções, para não dizer aberrações.
Hoje em dia os veículos e profissionais de imprensa correm para dar a informação "primeiro que o outro" e com o mínimo de detalhes possíveis, pois, por exemplo, não cabe muita coisa em um "twit". Prestada a informação com erro, pouquíssimas vezes é retificada. Quando é, não tem a capacidade de atingir todos que a primeira vez alcançou.
Quanto a postura do Vereador Bolsonaro, em trâmites de projeto legislativo, ser co-autor, é o mesmo que dizer: leve para apreciação. Isso ocorre, de praxe, também, quando um parlamentar não domina o assunto proposto, precisa se aprofundar mais, o que indo a apreciação fará com que fique mais claro.
Quanto ao mérito do projeto, se tratava de conceder aposentadoria para funcionários municipais concursados que por exercerem 3 mandatos de vereador, não foram promovidos em suas carreiras. Não se tratava de aposentadoria vitalícia para TODOS os vereadores do legislativo municipal.
Estudemos! Saiam do alojamento! Leiam sites confiáveis! Estudem inglês para missão no exterior. Depois não adianta chorar, chamar A ou B de carreirista, se o cara estudou enquanto outros reclamavam da vida em sites...
Abraço aos leitores!

Anônimo disse...

Anonimo 2 novembro, 23h25: concordo com você e com os outros sabios que defendem os gastos com uma radio, mostrando a competência gerencial e administrativa de nossos comandantes. Enquanto (as FA) russos, americanos e chineses investem em tecnologia militar, nos vamos depender de funk, rap, sertanejo universitário em defesa do território. Batedores de panelas, venham nos ajudar!!!kkkkkkk!!!!!!

Anônimo disse...

Anonimo 3 NOV 21h41: estudo não é sinonimo de inteligência e competência. O que você cria com base nas informaçoes e o que te faz diferenciado! Se você é militar, acredite, você não é nem genio e nem diferenciado, simplesmente é um bocudo que tinha mais informações quando fez o seu concurso para "amae". Simples assim : tinha mais informações, não necessariamente inteligencia. Não tá feliz, vai pra Cuba. Kkkk!!!!!!

Anônimo disse...

Rogerio bom dia,

Tem que denunciar mesmo essas pessoas que não estão nem ai para os mais necessitados e oprimidos. O ser humano tem que aprender a usar o poder para o bem comum e não para seus desejos e ambições pessoais, olhando apenas o seu quadrado.

Parabéns !!!!

Anônimo disse...

Os defensores do BolsoNada, precisam se informar e ver as realizações da bancada da PM. Eles estão em plena ação em prol dos colegas. E a maioria no primeiro mandato.

Entre outros, a CPI da Taurus que muito tem causado acidentes com o policiais, além de projetos que melhoram a vida dos PM e suas familias.

www.vitimasdataurus.com

Anônimo disse...

Muito bom o comentário do Anônimo de 3 de novembro de 2016 14:48, eu ouço todo dia a rádio na Amazônia e ela divulga assuntos de interesse das Forças Armadas e de interesse da população, ela ilustra assuntos que as vezes são distorcidos por outras emissoras de Comunicações, ela defende os interesses do povo e não de grupos.

Anônimo disse...

A verdade tem que ser dita: O Dep Bolsonaro nunca fez nada, absolutamente nada durante seus mandatos de deputado federal, e olha que podia fazer muito, pois são eles os legisladores da nação, e não existe desculpa de que não aprovariam seus projetos, pois ele esteve em vários partidos e nos últimos governos era do PP, um dos maiores aliados do PT, e principal envolvido (mais que o próprio PT, é só ver os indiciados e condenados) no mensalão e petrolão. A única coisa que sempre fez e faz até hoje, é esbravejar contra a esquerda, seja a do PT ou a do PSDB e se posicionar ao contrario da maioria em assuntos polêmicos, o que obviamente agrada muita gente, inclusive os militares, porque realmente, é o único que defende abertamente a "ditadura". Também elegeu sua família inteira, claro, se quem tá de fora sabe a boca boa que é, imagina quem tá dentro, mas isso é mérito dele e de seus familiares, não tem como criticar. Mas falando nele, Dep Jair Bolsonaro, até hoje, depois de todas falcatruas que já vieram a tona, depois de ter passado pelo partido mais corrupto desse país (PP), mesmo assim não surgiu nada, absolutamente nada que envolva seu nome com a corrupção. E tem mais, nesse país, onde 90% dos políticos são de esquerda, ou no máximo de centro-esquerda, encontrar alguém que assuma ser de direita, talvez seja a melhor opção para as próximas eleições presidenciais. Pena que muitos Generais, do quilate do Gen Ex Mourão, como já deixou claro em várias entrevistas, não gostam dele. Parece até que não admitem que um simples Cap tenha chegado a tanto.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Primeiramente venho agradecer ao senhor môntedo por ter criado este espaço democrático que é este blog. Ao anônimo covarde que disse me conhecer e que me mandou estudar, pois por ser Sargento eu sou analfabeto, dizendo inclusive que estou com MUITA inveja do Bolsonaro por ser Oficial, só tenho a te dizer que estudei mais que os filhos do Bolsonada, tirando o que é Policial Federal, o restante são parasitas vivendo as custas do governo, por isso votou para ter aposentadoria vitalícia como vereador. Sua ex-esposa, Rogéria Bolsonaro, é outra parasita que volta e meia está em cargos de comissão, seja em Prefeitura, seja no Governo do estado. A tropa é mal-remunerada e nossos militares passam fome dentro dos Quartéis, mas mesmo assim as Forças Armadas gastam mais de R$ 300.000.000,00 trezentos milhões por ano para empregar Oficiais Generais e Coronéis como vampiros, sopões, etc... Gasta-se quase R$ 500.000.000,00 com uma Justiça Militar, Tribunal de exceção, para empregar um monte Oficiais Generais leigos e seus cupichos para ficar distribuindo medalhas.Esses valores somados melhorariam a alimentação dos nossos militares e daria também para nos dar um aumento salarial. Só não vê quem não quer. Bolsonaro votou a favor da PEC 241, antes disse que era contra, pois vai congelar o salário do poder executivo, o qual os militares são atrelados, mas ele e sua família, são do poder legislativo, o que fez ele e seu filho mudarem de idéia. Bolsonaro enriqueceu através da política e todos sabem disso. É fato. Se me conhece, sabe que sou mais militar que o Bolsonaro, pois fiquei muito mais tempo de serviço ativo, servi na amazônia (Tabatinga-AM) e com certeza perdi muitas noites de sono tirando serviço, pois sou Praça. Sou Sargento, mas não sou alienado.

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

BOLSONARO fala CONTRA PEC 241 e vota a FAVOR. Entenda isso
10 de outubro de 2016
BOLSONARO fala CONTRA PEC 241 e vota a FAVOR. Entenda isso

Nesse final de semana explodiu nas redes sociais um vídeo onde o deputado federal JAIR BOLSONARO se manifestava contra a PEC 241.

Na sua fala o deputado – militar Jair BOLSONARO diz:

“se nós diminuíssemos apenas 3% a taxa SELIC ao longo de um ano a economia representaria muito mais do que o governo quer deixar de pagar… a grande injustiça que o governo faz no momento é exatamente (contra) a classe a categoria que sempre esteve ao lado do Brasil e esteve ao lado de Michel Temer visando obviamente a legalidade é a mais prejudicada… ao nos colocar todos numa situação de congelamento salarial por 20 anos…

nós não temos como ter outra profissão, trabalhamos no mínimo 60 horas por semana… mas o que nos entristece é ver o governo TEMER apunhalando os militares congelando por 20 anos a sua questão salarial… uma medida que levará a proletrarização das Forças Armadas… e o governo ainda tem a desfaçatez de me convidar para um jantar… com essa forma de governar eu não posso concordar… assim sendo declaro agora o meu voto CONTRÁRIO A ESSA PEC… se o governo não tem independência não pode ter prepotência…”

Depois de publicado o vídeo de Jair Bolsonaro muitos militares, que antes defendiam a PEC por acreditar que é correto que o governo não gaste mais do que arrecade, mudaram o discurso, passando a dizer que a norma iria acabar com as Forças Armadas etc. Contudo, no dia seguinte BOLSONARO surpreendeu muita gente e votou a favor da PEC 241 que segundo ele mesmo antes disse, levaria a PROLETARIZAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS.



Na segunda-feira (10/10/2016) pela manhã o deputado Eduardo Bolsonaro avisou pelas redes sociais que ele e o pai haviam mudado de posição e que votariam a favor do GOVERNO.

Pouco depois Jair Bolsonaro explicou em vídeo que mudou de posição porque foi convencido pelo governo TEMER em conversa junto com militares do alto escalão das Forças Armadas. O governo teria explicado que os integrantes das Forças Armadas não seriam esquecidos pelo governo e que será feita em breve uma “reformulação de toda a sua carreira”.

justamente disse...

Vamos ser sinceros, o Bolsonaro representa como parlamentar o pensamento do oficial brasileiro no congresso. E o faz muito bem, pode concordar ou discordar. Quando eleito pela primeira vez ele sofreu muita discriminação dos oficiais generais na época e dos oficiais superiores, quem o apoiava na época eram os pracas e oficiais até o posto de capitão. Ele já está no sexto mandato, e hoje ele não representa apenas os militares, aumentou e muito o seu eleitorado, conseguiu captar os votos conservadores e de direita. Para fins de comparação, a promoção a 2 Sargento para os Jurunas, só saiu porque um deputado federal do PT de Santa Maria, segundo maior efetivo do EB, apresentou como projeto de lei no Congresso Nacional, e os comandantes militares tiveram que negociar. Para se ter uma idéia, a única promoção nas FA que tem projeto de lei, é a do aspirante até capitão, o resto é portaria do Cmt do EB. Em relação ao Bolsonaro, ele não me representa, mas hoje a turma dele chegou na cobertura.

Anônimo disse...

Ao 1 Sgt Ref Rogério da Silva Gomes
Acho que este Blog é um espaço democrático para se discutir e apresentar opiniões, ainda que contrárias.
Não é muro das lamentações de situações pessoais.
Comentar uma coisa que não tem nada a ver com a notícia é querer aproveitar o espaço para externar seus recalques.
O que tem a ver Bolsonaro com Rádio da Marinha?
NADA!
O comentarista das 12:08 em nenhum momento disse que Vc é analfabeto, muito menos que teria inveja do Bolsonaro pelo fato de ser oficial, não disse isso.
Ele apenas disse que te conhecia bem...
Disse que não concordou com o seu comentário e com o que disse sobre o Bolsonaro
O que há de errado nisso?
Me desculpe, mas você como parece que quer se vitimizar para tentar polarizar a atenção e a consciência da coletividade dos Sargentos, que você não representa.
Falar que a tropa passa fome, me desculpe, mas isso não é verdade. A comida na tropa pode não ser " mil maravilhas", mas acho que falar assim... É faltar com a verdade.
Sou praça, de origem humilde, sei o que é passar fome.
Falar de Bolsonaro, de STM, o que isso tem a ver com a notícia sobre a rádio da Marinha?
Vamos respeitar mais o Blog do Montedo, as pessoas que o acessam e participam do debate.
O seu problema com o STM é problema pessoal seu, não é do Blog.
Seus comentários são sensacionalistas, do tipo jogando para a torcida, insinuando as coisas.
Acho que se você tem tanta certeza assim, que o cara roubou, que tem 2 mansões, etc, Por que não o denúncia ao ministério publico?
Por que não sai do campo exibicionista do "blá, bla,bla", das conjecturas, disso e daquilo?
Me parece que vc a todo momento procura agredir os oficias, como se todos fossem ladrões, gorilas,etc.
Eu sou praça e não penso assim, tem gente ruim em todas as classes, inclusive na nossa de praça.
Então, vista a carapuça e mete a viola no saco.



Anônimo disse...

Vamos elevar o nível do debate e falar da noticia

Anônimo disse...

Ao 1 Sargento Ref Rogério da Silva Gomes,
Veja como é muito válido o dito popular de que a mentira tem perna curta.
No seu comentário de 03 de novembro de 2016, as 18:06, você diz assim:
"Eu não sou comunista, nem socialista, não sou da esquerda"
Mas você é militante do P Sol...e inclusive foi candidato a Dep Federal
Mato a cobra e mostro o pau, é só acessar ai
http://politicopedia.com.br/eleicoes/2014/rj/deputado-federal/1-sargento-rogerio-5099/
P Sol é o quê? Não é esquerda?
O problema de vocês da esquerda, é que vocês acreditam na mentira de vocês mesmo.
Pensam que as pessoas são alienadas e podem ser manipuladas.
Então, os comentaristas que o criticaram foram muito precisos e coerentes.
Você na verdade é militante tentando aproveitar este espaço para bater no Bolsonaro, que sabidamente é adversário ferrenho de vocês.
Vamos parar de bancar o herói, de se vitimizar, de fazer esse discurso da esquerda sem argumentos, o brasileiro não engole mais isso.
ACORDA !
A esquerda tomou uma surra nas últimas eleições e , se continuar com esse discurso para militante, vai afundar mais ainda.
Eu não sou político, não sou militante do Bolsonaro, mas uma coisa não se pode negar, em 2018, Bolsonaro tem grandes chances de chegar lá. Sabe porque? Por que a população tá de saco cheio e não aguenta mais as roubalheiras e safadezas da esquerda,
simplesmente por isso.
Agora, vê se para com essa tentativa de fazer militância aqui no Blog, eu também te conheço muito bem...Quer fazer militância, vai para a rua chacoalhar uma bandeirinha vermelha. Você vai ganhar 50 reais mais um sandubão de mortadela.
Mas vá logo que a verba para isso tá acabando.

Anônimo disse...

Parece que descobriram quem é você , 1 Sgt Ref Rogério, e o porquê de seus ataques histéricos ao Bolsonaro.
Querendo aproveitar o espaço para fazer militância é sacanagem.
Bem que o comentarista das 12:08 alertou que te conhece.
Vou fazer coro com ele, vai estudar mais e deixe de querer ser espertalhão.

Anônimo disse...

Em relação ao Bolsonaro, digo uma coisa: Ele é uma grande pedra no sapato de muita gente. Por isso,já era pra terem achado algum furo dele. Só que, até agora, nada. Ou não tem nada, ou o que tem é insignificante. Comparando com outros políticos, é um grande diferencial. Se ele se candidatar nas próximas eleições, votarei nele com certeza.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics