17 de novembro de 2016

EUA vetam venda de Super Tucanos à Nigéria

EUA VETAM VENDA DE AVIÃO DA EMBRAER À NIGÉRIA
Os Estados Unidos podem ter vetado a venda ao governo da Nigéria de ao menos 10 aviões A-29 Super Tucanos, produzidos em parceria da Embraer com a americana Sierra Nevada. As aeronaves, consideradas de ataque leve, seriam utilizadas no combate a terroristas do grupo Boko Haram. O veto americano é atribuído às acusações de desrespeito sistemático dos direitos humanos por militares nigerianos.

NÃO É A PRIMEIRA VEZ
Em 2015, os EUA impediram compra de helicópteros de combate pela Nigéria de Israel pela mesma razão: “desrespeito de direitos humanos”.

ESTÁ NA LEI
A Leahy Law proíbe os EUA de fornecerem material bélico a países onde os direitos humanos não são integralmente respeitados.

BOCA DE SIRI
A Embraer informou que não comenta “vendas não concretizadas” e classifica quaisquer informações sobre o caso como “especulativas”.

AFEGANISTÃO LEVOU
A Embraer e a Sierra Nevada venderam vinte Super Tucanos ao governo do Afeganistão por R$ 1,5 bilhão, em 2013.
DIÁRIO do PODER/montedo.com

6 comentários:

Anônimo disse...

Seria deserção ? Eles também estão no pacote do mal e com salarios baixos, defasados e atrasados não é !

Veja os comentarios lá.

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/11/imagem-mostra-pm-saindo-de-cerco-alerj-e-sendo-ovacionado.html

Anônimo disse...

A EMBRAER, por respeito aos acionistas e investidores, deveria dar uma nota profissional, esclarecendo o assunto, em lugar de ficar em silêncio e acusar a noticia de "especulação". É por isso que a maioria dos investidores da Bolsa de Valores são estrangeiros, especuladores apenas.

Há U$16 trilhões de ativos no mundo esperando um lugar seguro para investir e o Brasil perdendo a oportunidade de capitalizar esses investimentos por longo prazo, gerando milhões de empregos.

Anônimo disse...

19 Nov - Hino à Bandeira Nacional

https://www.youtube.com/watch?v=RzFtkbqqwxU

Anônimo disse...

Desculpa furada, pois se fosse esse o motivo, os americanos não desrespeitam os direitos humanos também? É contraditório um país tão pobre querer gastar tanto comprando aviões de combate.O que chega, via noticiários, é que países semelhantes, ha uma guerra interior por poder, simplesmente. Os que detém o poder acabam massacrando os mais esfomeados e miseráveis.

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/ultimas-noticias/311-informativo-192-2016

Anônimo disse...

Se não for do interesse dos gringos, não vinga nenhuma venda. Armar uma nação para dar dor de cabeça internacional depois e ser culpado por isso, ninguém quer.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics