28 de março de 2015

As mulheres do exército sírio.


Imagens: JOSEPH EID
Mulher soldada salta de um tanque durante confrontos com insurgentes na área de Jobar
Mulher soldada salta de um tanque durante confrontos com insurgentes na área rebelde de Jobar, no leste de Damasco, em 25 de março de 2015.
Mulheres do exército sírio
Uma franco-atiradora do exército sírio visa fogo durante confrontos com rebeldes na área rebelde de Jobar, no leste de Damasco, em 25 de março de 2015.
Mulheres do exército sírio
Uma soldada do batalhão de mulheres sírias combate contra insurgentes na área rebelde de Jobar.
Mulheres do exército sírio
Uma franco-atiradora do batalhão de mulheres sírias combatem contra insurgentes com um lançador de granadas.
Mulheres do exército sírio
Uma franco-atiradora pisca o sinal para a vitória como eles monitoram os movimentos do inimigo durante confrontos com rebeldes na área rebelde de Jobar, no leste de Damasco, em 25 de março de 2015
© AFP 2015
SPUTNIK BRASIL/montedo.com

9 comentários:

Anônimo disse...

Tô querendo ir pra essa guerra.

Anônimo disse...

Certificado de dispensa não livra profissional de saúde do serviço militar

http://www.conjur.com.br/2015-mar-28/certificado-dispensa-nao-livra-medico-servico-militar

Anônimo disse...

Igualzinho no Brasil, mulheres aqui no Brasil só sabem choramingar e reclamar de serviço, missões e atividades...
São poucas que abraçam a missão e encaram a atividade militar de verdade. Uma pena que no Brasil seja diferente de muitos paises onde as FFAA são iguais para homens e mulheres.

Anônimo disse...

Soldada? Tá no embalo da presidenta?

Anônimo disse...

A morena me lembra uma ex minha, que me trocou pelo professor de educação física dela.... vida que segue!

Anônimo disse...

Com estas combatentes é bom treinar luta corporal...
Por que no Brasil não tem mulheres motivadas e operacionais assim como nas FFAA do exterior?
Aqui elas só reclamam de serviço e de missões e das atividades, mesmo como o comentario acima diz...

Anônimo disse...

Eu sou o professor de educação física que "tomou" a morena do cara.

Anônimo disse...

Eu acho que estas fotos sao poses de relações publicas, longe do combate real. Provavelmente, esses curdos e arabes devem ter aprendido esse truque com os israelenses, que gostam de exibir suas mulheres soldados para atrair simpatias internacionais para seu país.

Anônimo disse...

Eu sou o cara que visita a morena na casa do professor de educação física quando ele tá na academia. Morena que segue.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics