13 de março de 2015

Intervenção militar? Fala sério!

Uma hipotética intervenção militar seria péssima para o País. E pior ainda para os militares.
O domingo é dia de exercer a cidadania, que só subsiste se houver democracia. E democracia, você sabe, só existe na plena vigência das garantias constitucionais e com as instituições fortalecidas.
Proteste, exija o que entende que seja de seu direito. Só não peça ou espere que outros - no caso, os milicos - solucionem os problemas do Brasil por você.
Seja cidadão!

10 comentários:

Sargento Perivaldo disse...

ENTÃO, QUAL SERIA A SOLUÇÃO???
NOSSO PAÍS COMEÇOU A VIRAR UMA ZONA TOTAL A PARTIR DE 1985 E HOJE ESTÁ NO CAOS.

ENTÃO, A MELHOR SOLUÇÃO, SERIA DAR CONTINUIDADE COM ESSES POLÍTICOS NOJENTOS?

Anônimo disse...

Montedo direto do forno -> Para cumprir ‘vontade do povo', Jair Bolsonaro entra com pedido de impeachment de Dilma
http://www.brasilpost.com.br/2015/03/13/bolsonaro-impeachment-dilma_n_6862642.html?utm_hp_ref=brazil&ir=Brazil

Anônimo disse...

quando vemos tantas mentiras tantos hommens que tem sido desrespeitados como as forças armadas com seus militares sendo tratados como se culpados pelo passados e quando vemos nossos gorvernantes destruindo a honra e moral de um povo e destruindo nossos patrimonios e quando vamos nos hospitais vemos crianças velhos e tantos seres humanos morrendo a mingua pois os profissionais já não cuida como deveriam e a falta de amor e respeito dos proficionais o trabalhador sem arma bandidos armados, bandidos soltos familia cda vez mais dentro das grades porque a segurança já não é mais respeitada e os bandidos impondo ao pais a pena de morte, bandidos que criam leis para serem beneficiados e não serem presos. qual o sonho qque vamos ter e oferecer nossos filhos. Então que venha outros joaquins barbosa, que venha a disciplina da época de nossos velhos que não tinham estudos mas tinham moral e respeito onde o filho recebia benção dos pais e não pai mata filho,filho mata pai irmão matairmão pai mãl, onde falta amor aparece o desrrespeito da palavra de deus é homem querendo casar co homem mulher com mulher onde fica a familia,amor e respeito ao direito do proximo, não queremos o militarismo para ser o salva vidas mas queremos o respeito que a muito tempo a sociedade tem faltada com os militares não digo todo mundo mas aqueles que querem vingança matando o inocente. mas nosso pais acolhedor e que é um gigante pela propria natureza vamos mudar esta historia. os ladrões e corruptos e assassinos pode ter certeza de uma coisa não vão ficar impune lembra do que deus disse que no inferno os ladrões assassinos iriam ter choro e renger de dentes e este juizo não pertence ao homem e sim a Deus que vai julgar a cada um e neste momento muitos que estão morrendo sem Deus ta sofrendo no inferno por causa da ganança e todos vão prestar conta neste dia muitos tem uma fazenda e não podem comer um bife outros roubarm muitos e mataram muitos quando tiraram o direito da vida roubando os remedios dos hospitais roubando os trabalhadores. que deus julgue esta causa e aqueles que não conhecem a deus se arrependa

Anônimo disse...

Ficar falando em intervenção militar é dar munição pros esquerdopatas falarem em "golpe".
A solução é o povo ir pra rua , pra frente dos palácios de governo, congresso nacional, prefeituras, assembleias legislativas e cobrar o impeachment e novas eleições com o voto impresso.

Anônimo disse...

Sabem por que uma parcela fala na volta dos militares? Porque o povo está sem saída. Não suporta mais pagar, pagar e pagar mais impostos,preços altos e ser assaltado pelo governo ou pelos meliantes. Um país onde estrangeiro condenado por crimes não é extraditado ou deportado, vivendo como herói e perseguido político; onde a presidente defende diálogo com terroristas; onde uma quadrilha que "detonou" uma das maiores empresa-simbolo do Brasil vai ser julgado por alguém ligado ao mesmo partido que indicou os gatunos; onde se faz mais CPI's do que investimentos só para se transformar em PIZZA e fazer de conta que estão trabalhando; onde grupos paramilitares travestidos de movimentos sociais, invadem e destroem propriedades particulares e centros de pesquisas sem nada sofrerem; onde um ex-presidente aparece instigando uma guerra civil com uso de seu exército vermelho paramilitar; onde os governantes mentem descaradamente e garantem os meios para que sejam sempre vitoriosos nas eleições; onde jogam o dinheiro do contribuinte pelo ralo e nas mãos de governos estrangeiros, fantasiados de programas sociais; onde políticos comprovadamente corruptos andam a solta fazendo graça com a cara do povo; onde um Juiz federal se apropria dos bens e dinheiro de réu que estava sob sua responsabilidade; e, onde os que tem o poder e deveriam fazer alguma coisa, se deixam comprar por cargos e indicações de parentes em cargos e empresas.
Vamos esperar quem para nos ajudar? o CHAPOLIM COLORADO? Ou os americanos, de novo?

Anônimo disse...

O ex-presidente Collor foi forçado a deixar o poder pelo povo por muito menos. Mas agora o povo, em sua maioria está alimentado por programas sociais, escandalosamente fraudados, e ameaçado de perdê-los caso fique contra o PT. Povo fraco e comprável merece o que está passando. Basta Lula aparecer com cara de demo, com voz de monstro,já na quinta dose da branquinha, "vomitar" impropérios, mentir descaradamente e até ameaçar abertamente com uma guerra civil, que o povo o aplaude e o chamará de salvador da pátria.Ele pode, os militares não. Não se enganem, ele será candidato fortíssimo, mesmo sendo acusado de tudo que aparecer. O povo merece, como merecem os paulistas que rotineiramente votam em Maluf e outros da mesma espécie e aos que votaram em Tiririca, Romário, Tecladistas, cantores,macaco simão, etc. O povo quer é dançar, nos dois sentidos da palavra. Depois dos carnavais vão choramingar nas entrevistas acomodados nas confortáveis favelas em que ainda conseguem morar.

Ten REIS disse...

Muita teoria e pouca prática até agora. Lula e o líder do MST deveriam ter sido presos a muito tempo pois nitidamente cometeram um crime de segurança nacional ao ameaçarem colocar seu "exército" na rua contra o povo brasileiro caso aconteçam as manifestações previstas. Na atual situação, não adianta tirar só a Dilma, pois o resto da quadrilha continuará no poder e só trocaremos o seis pelo meia dúzia. O povo está cansado de ser roubado, o Brasil já virou motivo de piada no mundo inteiro, o governo nunca tem dinheiro para nada, mas tem bilhões para serem roubados pelo PT e o PMDB. As Forças Armadas devem sim atender o apelo do povo, afinal de contas uma de nossas missões constitucionais é a defesa das instituições, que na atual situação estão sendo massacradas pelo PT e sua quadrilha. Pior do que está não pode ficar.

Adriano disse...

Acredito que nada vai mudar, só piorar,....e que cada um continuem com seus problemas.

Anônimo disse...

Depois que a terrorista foi reeleita, sinceramente, perdi até o ânimo para comentar, mas os militares seguraram a barra por 21 anos e o povo preferiu acreditar em mentiras e bolsas-migalhas, agora... Quem pariu Mateus que o embale.

José T. S.

Anônimo disse...

Triste povo que acredita nas balelas do ridículo e cara de pau Sr Jair Bolsonaro:

1) Perpetua-se no poder há mais de 5 mandatos de deputado federal (Político profissional;

2) Os filhinhos do papai, jamais quiseram servir à Pátria como soldados, entrando para vida da mamata política;

3) Nunca criticou as absurdas regalias dessa nojenta classe política brasileira;

4) Nunca defendeu direito algum das praças: PNR, Promoção, Tempo de Transferência igual ao dos oficiais etc.

Não passa de uma grande farsa!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics