18 de março de 2015

Sargento da Marinha socorre motorista no trânsito de Brasília.

7 comentários:

Anônimo disse...

Que tal se os estrelados e refrigerados que concedem medalhas, cassassem as que estão sendo portadas por marginais condenados na justiça e dessem para pessoas da índole do sargento que cumpriu uma missão nobre? Mas que nada. Conceder medalha para pessoas honestas, com boa índole não dá nenhum carginho comissionado na ativa e muito menos na reserva. Isso é uma vergonha.

André disse...

Parabéns ao Sgt Ibraim pelo belo exemplo e concordo plenamente com o comentário do Anônimo das 00:57. No entanto, se bobear, o Sgt levou uma FATD por chegar atrasado e ainda vai ter que escutar o velho jargão: "Explica mas não justifica".

Anônimo disse...

Muito bom dia Sgt IBRAIN !

Parabéns ! Vc é gente que faz a diferença prá melhor de forma anônima.

Não é um fingidor como muitos que existem no nosso meio, que a suas melhores ações é reclamar, reclamar e reclamar e não colocam um tijolo para construir nada.

Eu também moro em Brasilia e a uns 6 meses atrás, eu estava em minha caminhada e vi um carro em pane e uma Sra no volante, congestionando todo o trânsito. Intenrrompi a minha caminhada e fui lá oferecer ajuda para retirar o carro da faixa do meio.

Disse; Boa tarde ! A senhora quer ajuda ? Ela disse que não, pois o marido dela já estava vindo. Fui embora e o trânsito continuou daquele jeito não sei até quando.

Percebi duas coisas:
- 1º. Ela ficou muito surpresa pelo oferecimento da ajuda, pois não é comum; e
- 2º. A ignorância dela em manter o carro lá e sacanear todo mundo no horário da saída do trabalho e com grande movimento.

Fiz a minha parte, como sempre fiz, ajudando, ajudando e ajudando. Não atrapalhando. Faça a diferença Vc também.

Vida que segue...

Lauro Costa disse...

Valeu sargento!! Que Deus te recompense.

Anônimo disse...

um brilhante gesto de um brasileiro Brilhante,parabéns gigante,deus te abençoe

Anônimo disse...

Não, o militar não foi advertido. Muito pelo contrário. Ele foi devidamente orientado por seus superiores a conceder a entrevista, como a finalidade de enaltecer a imagem das Forças Armadas.

Anônimo disse...

Gostaria de agradecer a todos pelo reconhecimento e elogios. De fato acredito ter apenas cumprido meu dever de cidadão. Espero que em breve, atos como esse voltem a ser corriqueiros, deixando de ser noticiado. Continuo pedalando, ajudando quem precisa. Mais ação, menos discurso. BRASIL! - Sargento Ibraim.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics