13 de março de 2015

E a Defesa, Ministro? Jaques Wagner articula para tirar Mercadante do governo.

Está cada vez mais claro que a presidente Dilma colocou seu fiel aliado Jaques Wagner no ministério para tê-lo por perto e não pelas necessidades do País. 
A pasta da Defesa, com um dos maiores orçamentos do Planalto, serve para reforçar o protagonismo do ex-governador baiano na equipe governamental.

Por exemplo: desde que assumiu o cargo, não se ouviu de Wagner sequer um pio sobre a abissal defasagem salarial entre os militares federais e outras carreiras de estado.  O maior empenho de nosso "Jim das Selvas" não tem sido pelas demandas de seu ministério e sim para facilitar a vida de Dilma Rousseff na articulação (?) política.

Um exemplo é o que informa Cláudio Humberto em sua coluna de hoje:


WAGNER PEDE AJUDA A RENAN PARA TIRAR MERCADANTE
Fiel escudeiro de Lula, o ministro da Defesa, Jaques Wagner (PT-BA), pediu apoio ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e ao senador Romero Jucá (PMDB-RR) no esforço para retirar Aloizio Mercadante (PT-SP) da chefia da Casa Civil. O ministro é alvo de críticas de Lula, que o acusa de “sequestrar o governo”, e do próprio PMDB, que atribui ele o isolamento do vice Michel Temer.

O PALCO
Jaques Wagner tratou do tema Mercadante com Renan, na residência do presidente do Senado, e depois falou com Jucá, diz fonte do PMDB.

NO LIMITE
Desde a semana passada, a cúpula do PMDB reuniu artilharia pesada e trabalha para convencer Dilma a demitir Mercadante da Casa Civil.

DILMA RESISTE
Repetindo a fórmula do “mensalão”, o Planalto cogitou recrutar Aldo Rebelo (PCdoB) e Gilberto Kassab (PSD) para costurar apoio político.

OUTRO CENÁRIO
O PMDB estuda ainda a possibilidade de indicar um articulador para se unir à dupla. São cotados Henrique Alves (RN) e Eliseu Padilha (RS).
DIÁRIO DO PODER/montedo.com

5 comentários:

Anônimo disse...

MINISTROOOOOOOOOOOOOOOOO DA INDEFESA !!!

Sobre os raios ...

Só acontece com os abandonados militares das FFAA mesmo ! Os raios cairam duas vezes em cima de nós. O que falta para piorar ainda mais ?

A esmola de março virá no próximo mês toda corroída pela inflação, uma ilusão.

E as negociações para repor as perdas começam quando ?

Vai ser em 3 ou 6 parcelas ?

A contar seis meses depois ?

Estamos órfãos.

Anônimo disse...

Espalharam os amigos nos diversos ministérios somente para receber apoio nas dificuldades da má administração, que é padrão no PT.Quero ver a coragem dos novos comandantes(espero que eu queime a língua)em tentar falar alguma coisa sobre reposição salarial.As demais categorias tem como forçar a barra mas os militares, não.Sem dinheiro para pagar até as despesas simples, o Planalto não vai querer nem ouvir um sussurro sobre isso.Teriam um chilique ou uma resposta furiosa, como é de praxe quando se referem aos assuntos salariais dos militares.Se houvesse uma reação enérgica das FFAA, diria que estão se aproveitando da situação calamitosa. Isso tudo é resultado da falta de pulso e cobrança ao governo e da desGOVERNANÇA de Dilma.Esperem só depois das Olimpíadas algum estudo.

Anônimo disse...

12/03/2015

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania ( CCJC )

Designado Relator, Dep. Ronaldo Fonseca (PROS-DF)
Ementa
Dá nova redação ao inciso IX do art. 142 da Constituição Federal.

Explicação da Ementa
Estabelece que a remuneração dos militares das Forças Armadas não terá valores inferiores aos postos e graduações correspondentes das Forças Auxiliares.

Anônimo disse...

Até porque o próprio Jim das Selvas da defesa é um dos nomes mais cotados para assumir a casa civil na saída do mercadante.

Anônimo disse...

Se a MP do mal ainda não foi votada, imaginem essa emenda constitucional?Vai para a mesma gaveta.
Brasil, terra do faz-de-conta, fantasia do PT e onde as FFAA só servem para capacho deles. Vergonhoso!
Mais uns três anos e a volta do Lula para mais oito, os militares terão vergonha de andar fardados porque vão ser acusados de serem os causadores de todos os males da Nação.O grito de guerra certamente será trocado por alguma outra saudação socialista/comunista/fascista/petista.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics