10 de março de 2015

Perseguido por ser considerado gay, soldado se suicida em base aérea de Portugal.

PERSEGUIDO POR SER CONSIDERADO GAY 
Bullying leva soldado à morte em Beja 

Beja (Portugal) - O jovem de 23 anos, que foi encontrado sem vida na Base militar de Beja, vivia sob tortura constante: era perseguido, insultado e gozado por ser considerado homossexual. Não terá resistido à pressão, numa altura em que a Polícia Judiciária Militar investiga factos sobre responsáveis. Várias testemunhas revelaram sofrimento a que a vítima era sujeita.


cmTV/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics