5 de dezembro de 2016

Soldado morre vítima de tiro acidental em quartel do Exército no agreste pernambucano

Soldado é morto por tiro acidental de colega militar no Agreste, diz Exército
Situação aconteceu dentro da 10ª Companhia de Engenharia de Combate.
Outro militar está à disposição da Justiça, segundo informou o Exército.
Do G1 Caruaru
São Bento do Una (PE) - Um soldado, que não teve a idade informada, morreu após ser baleado nesta segunda-feira (5) dentro da 10ª Companhia de Engenharia de Combate em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a nota enviada pelo Exército, a situação envolveu dois militares. O Exército trata a situação como um "acidente em serviço".
A nota informou que o soldado foi "imediatamente socorrido" a uma unidade hospitalar em Belo Jardim, também na região Agreste, mas não resistiu aos ferimentos. "Foram tomadas as providências cabíveis, para apuração dos fatos. A família está sendo assistida", conforme a nota.
Ao G1, a 10ª Companhia não disse como aconteceu o disparo, mas informou que o outro militar envolvido na situação está à disposição da Justiça.
G1/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Mais uma vida que se foi em um dos muitos quartéis Brasil afora.
Vida breve. Breve vida. Vida que segue ...

anonimo disse...

A noticia não diz qual o armamento, mas vou partir do principio que seja o FAL.
Primeiro acidente: municiar o carregador;
Segundo acidente: carregar a arma:
Terceiro acidente: alimentar a arma;
Quarto acidente: destravar a arma:
Quinto acidente: puxar o gatilho.
Nunca acreditei em acidente com o FAL.
Lembrado que não sei qual a arma utilizada mas de qualquer maneira são muitos "acidentes" de uma vez só.
BRINCADEIRA COM ARMA DÁ M.....

Anônimo disse...

Tiro acidental? Isso não existe. O arma não atira sozinha. Munição não entra na câmara por conta própria.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics