17 de dezembro de 2016

Temer defende militares fora da reforma da Previdência

Resultado de imagem para michel temer discurso militares
Catarina Alencastro,Bárbara Nascimento - O Globo
BRASÍLIA - Diante de uma plateia formada por integrantes das Forças Armadas, o presidente Michel Temer defendeu ontem a decisão do governo de excluir os militares da proposta da reforma da Previdência. Segundo ele, existe princípio constitucional e jurídico que obriga que essa categoria tenha tratamento diferente.
— Eu quero dizer que, com muito acerto, nós votamos o projeto da reforma Previdenciária, naturalmente excluindo os militares. Estamos constitucional e juridicamente corretos.
A ideia da equipe econômica é mexer no regime de aposentadoria dos militares num projeto separado, que deve ser enviado ao Congresso em fevereiro.
O governo montou uma ofensiva em defesa da reforma da Previdência, que vem recebendo ataques nas redes sociais. O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, convocou ontem a imprensa para rebater o argumento de que a Previdência é superavitária. Uma das críticas à reforma é que a arrecadação com a seguridade social, que envolve contribuição previdenciária, PIS/Cofins e CSLL, seria suficiente para cobrir as despesas com o sistema.
Segundo o ministro, quem defende essa tese não considera renúncias fiscais que reduzem a arrecadação e excluem da conta os servidores públicos aposentados da União. Isso, segundo o governo, é uma avaliação distorcida dos fatos:
— É importante que a sociedade tenha argumentos com base em informações corretas.
O ministro afirmou que, até outubro, o rombo previdenciário em 12 meses foi de R$ 135,7 bilhões. Ele representa a maior parte da conta da seguridade social, deficitária em R$ 243,2 bilhões. Os números da seguridade passarão a ser divulgados trimestralmente pelo ministério.
Oliveira afirmou que, entre 2000 e 2016, o peso da Previdência no orçamento da seguridade foi de 51% para 58%:
— O elemento que mais cresce é a Previdência. Ao crescer mais, ela está ocupando o orçamento de outras áreas.
EXTRA/montedo.com

33 comentários:

Unknown disse...

A duvida ira acabar quando informarem tudo que e recebido e tudo que e pago pela prvudencia. E simples. Ai a correcao sera analisada.

Anônimo disse...

O Temer não vai durar..A insana reforma da previdência dos civis não irá passar..
Essas medidas só servem com munição para o Lula ganhar em 2018..
Pelo menos Lula nunca tirou direitos nossos...

Anônimo disse...

Esse Temer é um comedia..
Anuncia logo qual será a contribuição dos militares...Esse joguinho que ele faz é só para jogar a população contra a gente...
Daqui a pouco terei que esocnder que sou militar para não ser linchado na rua...

Anônimo disse...

Para aqueles que não ficam só com as noticias da globonews e revista veja, fica a dica: a base alidada está rachada, e não pretende aprovar a maioria das propostas da reforma da previdência para os paisanos. Vai sair um arremedo de reforma. E o por quê desta iformação (não é por inconformismo ou inveja, por favor): porque os nossos "chefes", tão probos e rápidos para nos retirar os direitos, irão nos depenar em fevereiro, com a proposta para perdermos o restinho dos nossos direitos através de lei, como eles e o ministro da defesa enchem a boca para falar. Ou seja, como sempre, quem não chora, não mama!Vamos nos f...., caímos mais uma vez no canto da sereia.

Anônimo disse...

Os brasileiros e os militares já estão ressabiados quando aparece alguma coisa ou comentário a favor. Quando se anuncia alguma medida para conter gastos, significa que os gastos já foram feitos ao extremo. Anunciaram a queda do preço da gasolina e o que baixou? Só a confiança da população.Anunciaram a alta do preço da gasolina e tudo que é atrelada a ela subiu.E querem fazer o povo acreditar que as empresas aéreas vão baixar preços de passagens cobrando o despacho de bagagens.Ilusionismo. Estamos desacostumados a ouvir presidentes a elogiar e defender os militares. Isso acontece por eles estarem sempre usando eles para todo tipo de ações e missões, inclusive fora de sua alçada.Até a ex-presidente foi obrigada a engolir esse sapo.Mas não se enganem, no próximo ano virão as respostas.

Anônimo disse...

Este projeto em "separado" que me preocupa.

Anônimo disse...

Anônimo17 de dezembro de 2016 19:50
Este projeto em "separado" que me preocupa.

A mim tambem Amigo..
Vem coisa muito pior para nossa classe. Pode esperar. So dividiu a maldade para poder aprovar tudo mais facil.

Anônimo disse...

Só não entendo essa pressa para enviar este novo maldito projeto de Lei dos militares tão logo, sendo que a reforma da previdência mesmo deve ser discutida durante o ano de 2017 e quem sabe, talvez, nem seja aprovada. Tão querendo focar antes nos militares de novo, não basta a lambança da MP 2215 de final do ano de 2000 num canetaço de presente de grego no natal e festas de revellion daquele ano, pelos caros vendidos que sempre ocupam a cúpula maior da força. É HORA de esperar antes tudo ser aprovado para depois ser adaptado, pois como diz: "quem tem pressa come cru" ou então milico vai de novo se........ ACORDA BANDO DE APRESSADO, não precisa tudo isso de mobilização para ir para a guerra que nem começou!

Anônimo disse...

Na minha opinião. Esta reforma tem que ser feita. Nós militares também não vamos ter como nos manter. A reserva esta cada dia maior. A previsão de vida de um Brasileiro é 75 anos, mas quem se cuida consegue chegar aos 85. Na bíblia esta escrito que “A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns, passarem, será tempos de canseira e enfado". O Presidente esta certo se não fizer isto, corremos o risco de no futuro ficarmos sem salário. Exemplo o nosso FUSEX esta "inchado".

Praça Burrão. disse...

Lembram da história do primeiro aumento que o PT deu... o governo espera que os militares pedissem mais de 100% de aumento pq essa era a defasagem... no fim algum douto-sábio-semi-Deus, que estuda tannnnto, e não se cansa de repetir isso para "as praças", depois de fazer um estuuuuudo daqueles, pediu 35% em três vezes... deve ser a mesma coisa agora, o governo deve esperar aumentar uns 2 anos mas algum estudioooso deve sugerir 5 e talvez até uns 8 ou 10... e sem pedir nada em troca... pra que auxílio moradia se "nóoooooooos" moramos em PNR?

Anônimo disse...

E ainda tem idiota incentivando o filho a entrar no EB!

Anônimo disse...

Como ficar fora (previdência) de algo que nunca estiveram?
Quem dera se os militares tivessem os mesmos direitos dos civis.

Anônimo disse...

Vamos perder a última prega.

Anônimo disse...

Meu amigo saudações, só queria deixar uma correção na biblia Deus disse que nao seria bom o homem viver para sempre e lhe deu até 120 anos de vida

Maguila disse...

Alguém sabe quantos que será auxílio moradia do 3sargento?

Léo disse...

Desde a constituição federal Brasileira de 1946 falava-se na criação de um ministério que reunisse as três Forças Armadas.Criou-se o Estado-Maior Geral.O Presidente Castello Branco,em 1967, assinou o Decreto-Lei n° 200,visando aquele estudo.Não prosperou.Passamos pela constituinte para elaboração dá atual Carta Magna, promulgada em 1988 e nada mudou.Mas, com a chegada do Prof Doutor Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República criou-se o Ministério da Defesa, cujos objetivos,entre outros,eram racionalizar a interoperabilidade dos antigos Ministéros Militares.Agora, nem o Presidente da República,muito menos o Sr Geraldo Quintão, Ministro da Defesa ,quando da elaboração da desgraçada Medida Provisória do Mal, muito menos o Exmo Sr Comandante do Exército de então, o Gen Ex Gleuber, nos informaram que somente nós, membros das Forças Armadas,especialmente aqueles que contavam menos de 30 anos de serviço à época -mesmo que somente um dia- é que seríamos o bode de piranha,entre todas as Carreiras de Estado, e que pagaríamos o preço das reformas estruturais daquele governo.Agora,mais uma vez, depois de 15 anos, estamos correndo o risco enorme de vermos os nossos vencimentos ,por vinte anos seguidos( PEC DOS GASTOS), serem,vergonhosamente,humilhantes e, continuadamente,os menores do poder executivo. É impressionante a incapacidade que vemos,ano após ano, de se objetivar mudanças significativas e positivas de uma vida digna e decente para os militares,em especial para baixas patentes e para as Praças em geral.Quando os cofres do Brasil estão abarrotados de dinheiro servem para o saque criminoso dessa classe política miserável e ordinária e para privilegiar as outras Carreiras de Estado.Somente as outras! Sempre! Agora, quando aqueles mesmos cofres são esvaziados,seja pela Corrupção perpetrada por políticos vagabundos e empresários lixos,seja pela incompetência gevernamental ou ambas quem paga a fatura somos nós!Sempre nós! Por exemplo, a devolução dos anuênios que nos foram tirados de forma desprezível, o auxílio-moradia, etc,etc e etc isso nós não vemos.O Brasil nunca tem dinheiro para essas coisas.Não é segredo que hoje os militares das Forças Armadas recebem vencimentos muito menores que vinte Polícias Militares ,Brasil afora.Quais seriam os motivos dessa condição quase deplorável,da condição financeira a que chegamos? Ter dinheiro nos cofres do Brasil ou vê-los esvaziados já sabemos que não são os reais motivos.35 anos de serviço será nosso presente de natal!!! VENCIMENTOS VEXATÓRIOS, HUMILHANTES E VERGONHOSOS!!!

Anônimo disse...

Fiquei sabendo ontem que estão querendo diferenciar o pagamento da ativa com o pagamento da reserva . Isso procede senhores ??

Anônimo disse...

Ao anonimo de 18 de dezembro de 2016 00:05. Concordo com o companheiro. Não podemos incentivar os filhos a ir para um lado que esta ficando igual ao "titanic". Os jovens de hoje tem potencial e acima de tudo a facilidade de estudo. No meu tempo eu era do interior andava de bicicleta. Livros para pesquisa eu tinha que ir a cidade 28 km de estrada de terra e fazer uma carteirinha para poder pegar emprestado. A foto 3x4 levava uma semana para ser revelada preto e branco. Consegui ser sargento de carreira e até hoje sou melhor de vida da família, meus irmãos e primos são domadores, carroceiros e capataz de estância, porém todos honestos e trabalhadores. Nada contra quem incentiva. Tenho um conhecido que o sonho dele era ser oficial e fala dia e noite para o filho: tens que ser piloto,quando passa um avião ele chama o menino e mostra e fala no futuro é você lá encima. Fala aínda quero postar no face eu te entregando o espadim no "ninho das águias". O tempo todo e o garoto quer ser publicitário, o garoto é emo, aqueles que se veste de preto e cabelo azul. Este camarada fala nas festas quando toma umas geladas a mais: "eu estudei para ser das Agulhas Negras, mas dormi no ônibus e desembarquei na ESA". O garoto completou 16 anos e ele já matriculou em cursinho. Cada um com seu cada um.

Anônimo disse...

tenho um colega que sempre farda o filho. No aniversário de três anos o menino estava fardado de aspirante. Ele comprou um manequim de loja, fardou e deixou no quarto do menino. kkkkkkkkkkk. Uma criança com 3 anos não sabe nada ainda. Olha para o boneco todo camuflado e chora. Ele é 2º sgt e já faz os cálculos quando o filho será general.kkkkkkkk.

Marcelo Carvalho disse...

Pensamento tacanho...

Marcelo Carvalho disse...

Informe-se melhor. As FFAA são a instituição com maior credibilidade junto à população...

Anônimo disse...

Temos credibilidade, mas o bem bom bom não temos que é o salário. Pense bem seu filho com 17 anos terminou o ensino médio, quer ser médico (a elite das profissões) e você chega no cursinho onde a mensalidade é R$ 1.200 e fala ao Diretor: quero matricular meu filho eu trabalho na Instituição de maior credibilidade. Será que vai ter diferença. O que vale é grana. Este papo de vocação, motivação, credibilidade, não é tudo. Eu vi em Manaus uma família de subtenente ser despejada por falta de aluguel, o cara com um filho especial e mais a mãe inválida na cama. Forte 73

Anônimo disse...

qual o salário família de um integrante da Instituição de maior credibilidade? é verdade que não chega a cinquenta centavos??????????????????????????

Anônimo disse...

Não estou entendendo a pressa do MD em encaminhar essa proposta, na boa, pelo que estou observando acho pouco provável que a reforma da previdência saia na forma como foi apresentada.

E mais uma vez, como em 2001, os militares...

Anônimo disse...

Papo furado! Não acredito quem comeu no mesmo prato da quadrilha que fudeu o Brasil.

Anônimo disse...

As FFAA tem 80% de aprovação da população brasileira, até aí OK. Porém , o resultado dessa aprovação não trás resultados práticos para os militares. Agora, essa questão previdenciária seria um momento para esse reconhecimento. Na hora do pega pra capá cadê os números?? Cai tudo no vazio. É apenas um número que não agrega nada em termos práticos, infelizmente.

Anônimo disse...

Aos militares restará pagar essa conta da previdência. A nossa reforma será aprovada antes da reforma da previdência e os senhores vão ver os resultados, aguardem....

Anônimo disse...

O que se pode dizer a um filho hoje é que este escolha uma profissão que possa ser exercida em qualquer lugar do mundo, pois daqui a uns anos o sujeito precisará sair deste país falido para tentar viver dignamente. Quanto a escolher as profissoes dos filhos, isso é besteira, já vi colega lamentar porque o filho virou juiz e não oficial. Que viagem!

EMANUEL DIMAS PEREIRA DE SOUZA disse...

Claro que vamos dar a nossa contribuição, mas primeiro vamos aguardar a promulgação dos Civis e depois entramos com a nossa, pois se a gente for com muita pressa correremos o risco de sermos os únicos a contribuir. Muita calma nessa hora!!!!!!

Anônimo disse...

Vc tem dúvidas que seremos?

Anônimo disse...

Vai ser separada porque vai ser a única a ser feita realmente. Infelizmente vamos pagar uma conta que não é nossa, nem previdência temos...

Anônimo disse...

Cade os bilhões roubados pelo crime político organizado? Essa quadrilha de políticos faliu a nação, agora querem que o povo pague os rombos.

Anônimo disse...

Ele quer mandar logo em janeiro/fevereiro, porque vem uma parte da migalha dada em janeiro e deve sobrar uns centavos à "favor" dos militares.O país só funciona a partir de março, como todos sabem,mas para descontar dos militares vira retroativo. Esse presidente virou um"Orlando Lero": fala, fala e fala, sem nada de positivo acontecer.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics