19 de dezembro de 2016

Nos EUA, salários e regalias fazem do serviço militar uma boa carreira

Resultado de imagem para militares norte americanos
O salário é só o início da remuneração dos militares americanos. Há uma série de regalias pagas, segundo reportagem do site CNNmoney. O site diz que o soldo mínimo pago a um soldado com quatro meses de serviço é de US$ 13.809,60 anuais (cerca de R$ 47 mil) e o de um general - posto mais alto - pode chegar a US$ 153.950,40 anuais (R$ 523 mil, ou aproximadamente R$ 43.500 por mês). Mas um soldado que recebe pagamento mínimo - considerado um baixo salário - já começa a carreira com muitos outros benefícios.
Os homens e mulheres de uniformes, como são conhecidos nos Estados Unidos, recebem ajuda para vestuário, comida e moradia. O auxílio varia de acordo com o local onde o militar serve, o posto ocupado e a existência de dependentes.
Algumas dessas ajudas, como a de subsistência, são atualmente mais baixas para militares que ocupam postos mais altos e recebem pagamento maior. O auxílio moradia é ajustado de acordo com o posto e com a existência de pelo menos um dependente. A quantia não aumenta de acordo com o número de dependentes.
No Exército, a ajuda para compra de roupas é de US$ 284,40 (R$ 966) para homens e US$ 342,50 (R$ 1.164) para mulheres. Um soldado típico tem de apresentar duas fardas "Classe A" (equivalente a ternos de executivos de negócios) e ao menos quatro uniformes de batalha - dois para o verão e outros dois para o inverno. Esses uniformes custam, respectivamente, US$ 180 (R$ 612) e US$ 55 (R$ 187) cada.
A ajuda de subsistência - US$ 167,20 (R$ 568) ao mês para oficiais e US$ 262,50 (R$ 892) para recrutas, ou um pouco menos se o governo fornecer refeições onde o militar está servindo- serve para minimizar os custos com alimentação.
Por último existe um pagamento de incentivo, que é um dinheiro extra para aqueles que se destacarem em serviço ou em missões muito duras. Uma missão em submarinos da Marinha pode dar ao militar mais de US$ 425 (R$ 1.445) por mês, dependendo do posto ocupado e do tempo de serviço.
Por exemplo: um capitão da Força Aérea casado que serve há pelo menos oito anos e trabalha na base de Wright-Patterson, em Dayton, Ohio, chega a ter um salário anual de US$ 48.841,20 (R$ 166 mil). Se a ajuda de moradia for de U$ 845 (R$ 2.873) por mês e a de subsistência, de US$ 1.996,44 (R$ 6.787), os vencimentos podem atingir US$ 60.997 (R$ 207 mil) por ano. Como parte desse dinheiro não é tributada, o salário total desse oficial será de US$ 64.622,64 anuais (R$ 219 mil).
De acordo com o Departamento de Defesa, um fuzileiro naval solteiro que sirva no acampamento de Pendleton, em San Diego, Califórnia, há pelo menos quatro anos leva para casa um total de US$ 32.434,80 (R$ 110 mil) por ano. O salário é equivalente ao de um mecânico de automóveis trabalhando na mesma região.
Como os civis, os militares recebem aumento de salário. Entretanto, diferentemente dos sem uniformes, os membros das Forças Armadas não têm seus vencimentos ampliados apenas por méritos. Promoções são dadas por destaque em combate, mas aumentos simples acontecem por tempo de serviço.
‘’Para mérito, nós entregamos medalhas’’, diz Catherine Fergunson, porta-voz do Departamento de Defesa.
O aumento mínimo de salário - 4,1% ao ano em 2003 - é dado por uma lei que afirma que os vencimentos têm de ser equivalentes a um terço do percentual dado ao setor privado. Em 2001, os militares receberam o maior aumento em 20 anos: cerca de 6,9%.
QUEM (ÉPOCA)/montedo.com

28 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso no BRASIL......
Soldado com 47 mil anual, ou 4000 mensal seria a força auxiliar kkkk

Anônimo disse...

Nossa!!! parece até as Forças Amadas Brasileiras.

Anônimo disse...

Salários baixos, além de certos vencimentos serem sazonais e não incorporarem no salário.

Anônimo disse...

Lá são herois, aqui, um nada.
Os formadores de opinão???? da pindorama adoram desmerecer os militares.
Pq será?????
Acredito que neste angu tem caroço, que tal procurar os caroços?

Anônimo disse...

Pelo visto não somos os únicos mal remunerados, se bem que lá dá pra viver com seus salários, aqui já são outros quinhentos ...

1ºSgt Cav/97

Anônimo disse...

Nos USA não há políticos corruptos e ladrões do dinheiro público como no Brasil; e quando há sofrem pesadas penas. Também os militares não sofrem revanchismo, SÃO RESPEITADOS E TRATADOS COMO VERDADEIROS HERÓIS. Enquanto isso, os DIGNOS MILITARES BRASILEIROS DAS FFAA, na maioria do seu efetivo, foram levados a viverem na “M” devido à SUBMISSÃO por parte de uma classe política CORRUPTA E REVANCHISTA. Ainda chamam de CRISE os ROMBOS dos cofres público da nação, cometidos pelos políticos ladravazes, cínicos e mentirosos; e o que é pior, tudo isso, com os sacrifícios financeiros impostos a classe militar. Veja a famigerada MP 2215 (LRM), que usurpou direitos dos militares e seus pensionistas, que está enterrada nos porões do Congresso há mais de 15 anos, LEVANDO A PERDA do poder aquisitivo da classe em torno de 45%. Veja também, as CORREÇÕES MESQUINHAS de salários, como se fosse um cala-boca, sempre dados em parcelas de vários anos, sem contemplar os guardiões da nação com uma CORREÇÃO JUSTA. Isso tudo com a conivência dos comandantes militares, pois nada fazem para alterar esse quadro caótico nos vencimentos da classe e seus pensionistas. Então vejamos: o vencimento de um CORONEL da ativa (Militar com 25 anos de serviços e com todos os cursos que a carreira impõe) é INFERIOR ao do MOTORISTA do Senado; onde o vencimento LÍQUIDO de um SUBOFICIAL, da ativa (FFAA), com 30 anos serviço corresponde aos HUMILHANTES R$ 5.500,00. Bem menos que um soldado da PM-DF ou Policial Rodoviário Federal em INÍCIO de carreira, SENDO QUE O DINHEIRO VEM DA MESMA FONTE PAGADORA: A UNIÃO. Onde o vencimento de um GENERAL, com mais de 45 anos de serviço, é IGUAL ao salário de um AGENTE DE SEGURANÇA, de Portaria do Congresso. Sabidamente, os militares pertencem a uma categoria que não foi feita para viver na riqueza, na ostentação, mas em contrapartida, também NÃO JURARAM a viver na MENDICÂNCIA. O MILITAR JURA DEDICAR-SE INTEIRAMENTE AO SERVIÇO DA PÁTRIA E DEFENDÊ-LA COM O SACRIFÍCIO DA PRÓPRIA VIDA, MAS NÃO JURA A PASSAR PRIVAÇÕES, MUITO MENOS A SUA FAMÍLIA!

Anônimo disse...

Quanta humilhação para os digníssimos militares brasileiros. Publica também os salários da PM do Distrito Federal. É sabido quem paga a PM-DF é a União. Quem sabe a classe militar se une e sai da alienação e da submissão. SERVIDOR SEMPRE, SUBSERVIENTE JAMAIS!

Anônimo disse...

Enquanto isso as perdas vão se acumulando desde 1º Mar 12, vejam ...

( No periodo nos deram apenas 5,5% )

Cálculo da variação de um período pelo IPCA (IBGE)
- A variação do índice IPCA (IBGE) para o período de 01/03/2012 a 30/11/2016 são 38,4870% (incluso as conversões de moeda)

Fonte: http://www.debit.com.br/indice_acumul.php?indexador=17&imes=03&iano=2012&fmes=12&fano=2016

--
ARRECADAÇÃO ATÉ O MOMENTO EM 20016 ....

https://impostometro.com.br/

Anônimo disse...

Os militares Americanos não dependem de Generais omissos e subservientes, para brigar ou colocar areia nos vencimentos, como nas Forcas Armadas do Brasil. Os militares dos EEUU são respeitados e valorizados por toda nação, são tratados como HERÓIS. Também não existe revanchismo e muito menos políticos ladrões do dinheiro público. Pobres militares brasileiros, onde os seus vencimentos são vergonhosos e humilhantes, sendo os piores do funcionalismo público. Em contrapartida, quando a CAGADA é grande chamam os militares ou “SEVERINOS” para limpar a “M”. Aberração é pouco!

Anônimo disse...

Num país onde a imprensa chama bandido de vítima, não fico surpreso com o fato dos militares passarem a ser os " vilões da previdência" e sermos uma categoria fragilizada em termos de salários. Não sei por que não acabam logo de uma vez, aí quando precisarem pra resolver as m*#@% quem sabe acionem outras corporações...tomara que estejam de greve pra completar!

Léo disse...

E quantos aos nossos? VEXATÓRIOS, HUMILHANTES E VERGONHOSOS!!! Se o reporter da Folha de São Paulo fosse um jornalista sério, certamente, abaixo do texto que publicou , no domingo próximo passado ,sobre a suposta generosidade com a qual o Brasil trata nossa ida pra reserva, ele deveria ter dito aos leitores daquele jornal exatamente o que o nosso amigo Montedo o fez agora.Parabéns!!! Aquele reporter deveria ter dito ao país que um tenente dá PM de Brasília,pra não falar nas outras 19 ,Brasil afora , ganha mais que um coronel do exército,paraquedista, guerreiro de selva, e mais que um oficial piloto da forças Aérea Brasileira.O mesmo que vai pilotar o caça sueco que custa muitos milhões de dólares.Ou melhor: aquele jornal deveria ter dito que o Segurança do Congresso Nacional recebe mais que um General-de-Brigada.

Anônimo disse...

PM de MG em greve ! Será que vai sobrar para o EB ? Alguma dúvida ?

Anônimo disse...

PM pode entrar em greve?

Anônimo disse...

Enquanto ficarmos sentados, resmungando, nada acontecerá. Está chegando a hora de mudarmos esse quadro com atitudes concretas. Chega de omissão ! Vamos a luta !

Anônimo disse...

Nos EUA os militares são tratados como HERÓIS (Do General ao Soldado); enquanto que os dignos militares brasileiros sofrem REVANCHISMO. Também nos USA não há espaço para militares omissos e traíras iguais aos do Brasil. Veja a MP 2215 LRM (MP DO MAL), que usurpou os justos direitos dos militares e pensionistas, pelos militares traidores da época que elaboraram a referida MP.

Anônimo disse...

Sinto muito, mas nos EUA tratam os militares como heróis. Tem desconto no imposto de renda, desconto em mercado, shopping, etc. Aqui se o gari entrar em greve chamam os militares. Infelizmente a maioria do povo brasileiro ignorante desconhece que mais da metade dos aeroportos do pais foram feitos por militares. Que o etanol foi desenvolvido por militares. ETc. Como diz o hino do RS (sem bairrismo). "Povo que não tem virtude acaba por ser escravo"
Somos escravos da falcratuas dos políticos.

Anônimo disse...

Não se preocupem... os estudiosos(sic) já fizeram um novo estudo(sic) pra "melhorar" os interstícios no EB... claro que só vai afetar "as praças "seis anos como 3° e oito como 1°... mas vai poder chegar a Major... após cinco anos como capitão... mas vai ser promoção por babação, ops, indicação...

Anônimo disse...

Lá quem ganha menos recebe mais em auxílio, enquanto aqui ... os cmt só defendem as suas gratificações maiores, basta ver como está a minuta para reajustar as gratificações, uma vergonha...O braço sempre é forte, mas a mão nem sempre é amiga

Anônimo disse...

Caboco só vê as cachaça, mas os tombos fica na conta da família! Regalias? bando de "sem noção"!

Anônimo disse...

o exército americano é um exército de guerra, ele vive a guerra, diferentemente do EB.

nos inimigos são os próprios generais e o congresso nacional, sem falar na p#$#%rra do presidente da república

Anônimo disse...

Faço das suas as minhas palavras!

Anônimo disse...

Parabéns aos soldados da PM de Brasília!... ah!.. não é daqui, não? Não é da PM? Se pagassem salários equivalentes aqui,inventariam mais descontos para tirar mais dinheiro e nem falei na faixa do IRPF.

Anônimo disse...

O salário para o ingresso no Curso de Formação de Oficiais Policiais Militares (CFOPM) será variável conforme o tempo de ingresso e a graduação alcançada:
- Aluno-Oficial PM durante o 1º (primeiro) e o 2º (segundo) ano do CFOPM: R$ 5.202,59;
- Aluno-Oficial PM durante o 3º (terceiro) ano do CFOPM: R$ 6.112,87;
- Aspirante-a-Oficial PM: R$ 10.147,13;
- 2º Tenente: R$ 11.894,25.
Além da escolaridade (superior completo), os candidatos devem ter: descalços e descobertos, a altura mínima de 1,65m para os candidatos do sexo masculino e 1,60m para os candidatos do sexo feminino, idade entre 18 e 30 anos, Carteira Nacional de Habilitação no mínimo com categoria tipo “B” e atender às outras exigências.

https://www.concursosnobrasil.com.br/concursos/df/concurso-pm-df.html

Anônimo disse...

Os militares dos EUA não são formados para darem golpe de estado.

bobgav disse...

Eu sou suboficial já na reserva e com 20% a mais por compensação orgânica, e só ganho 5.000,00 por mês.

Anônimo disse...

Aí vc acordou...

Anônimo disse...

Prezado bobgav, a diferença está na gratificação do tempo de serviço e imposto de renda. Paz!

Anônimo disse...

Então os africanos não tinham virtude?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics