30 de dezembro de 2016

"Eles [os militares] terão de se aposentar com mais idade. Isso é indiscutível, isso é ponto pacífico", diz vice-líder do Governo na Câmara

Governo estuda reforma previdenciária para militares, diz vice-líder na Câmara
Darcísio Perondi informou que meta é entregar texto para civis ao Senado em maio
O vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, deputado Darcísio Perondi (PMDB), declarou nesta sexta-feira que a meta do governo é entregar em maio de 2017 para o Senado a Reforma da Previdência, buscando a melhora do Brasil que, segundo, ele é um doente em estado grave. Além disso, Perondi confirmou que o governo já estuda texto específico para os militares.
O deputado, no entanto, não quis detalhar sobre como será encaminhada reforma previdenciária dos militares. Perondi afirmou, porém, que a categoria terá de cooperar. "Terei de responder isso em outra oportunidade, mas o que posso dizer é que já estamos fazendo estudos. Eles terão de se aposentar com mais idade. Isso é indiscutível, isso é ponto pacífico", salientou.
O parlamentar acredita que irá retomar um processo de melhora gradativo, a partir da aprovação de reformas. "Vamos fechar 2017 com juro abaixo de 10% e na metade do ano que vem o desemprego começa a estabilizar. Nós diminuímos de tamanho e por isso estamos propondo reformas. Acreditamos que 2017 vai ser um ano melhor, mas o parlamento vai precisar continuar votando do jeito que está fazendo. Os deputados precisarão ter coragem e conhecimento para ajudar a melhorar este paciente (Brasil) que está em estado grave", explicou.
Perondi destacou que o governo não está pegando pesado com a população com a Reforma da Previdência. Na sua avaliação, o País precisa respeitar a "lei da demografia", que aponta para um Brasil com mais idosos do que jovens. "Daqui a cinco, seis anos, vamos ter menos gente nascendo e nós vivendo mais. O sistema previdenciário é solidário e os que trabalham hoje pagam os aposentados. Além disso, há um buraco criado por uma má gestão, que a Dilma Rousseff tentou consertar, mas não conseguiu. O Brasil não apostou nos jovens e se desorganizou. Agora, tem de ficar claro: não tem como se aposentar com 48, 50 ou 52 anos. Não tem dinheiro público que sustente isso", reiterou.
No começo do mês de dezembro, o texto da Reforma da Previdência foi protocolado na Câmara dos Deputados. A proposta de Reforma da Previdência estipula uma idade mínima de aposentadoria aos 65 anos para homens e mulheres. Atualmente, não há uma idade mínima para os trabalhadores se aposentarem. Eles podem pedir a aposentadoria com 30 anos de contribuição, no caso das mulheres, e 35 anos no dos homens. Para receber o benefício integral, é preciso atingir a fórmula 85 (mulheres) e 95 (homens), que é a soma da idade e o tempo de contribuição.
Correio do Povo/montedo.com

62 comentários:

Anônimo disse...

..."Agora, tem de ficar claro: não tem como se aposentar com 48, 50 ou 52 anos. Não tem dinheiro público que sustente isso", reiterou."...Ah Claro que não, não tem como aposentar político, juiz, desembargador na barbada com essa situação, né ! bando de lixo!

Anônimo disse...

Aposentar-se com 35 anos de contribuição não pode, mas com 181 dias de mandato de senador pode

Anônimo disse...

Porque não começar as mudanças com eles mesmos. Um senador se aposenta com 180 dias de trabalho, não bastasse isto, o suplente se assumir por este mesmo tempo também se aposenta. É fato, se duvidar pesquise na net e confirme a veracidade.

http://noblat.oglobo.globo.com/geral/noticia/2016/09/pelo-corte-dos-privilegios-dos-senadores.html

Anônimo disse...

Só lamento isso não ter acontecido há cinco anos atrás. Fui pra reserva cedo e poderia pegar mais uma promoção. Antes que falem, não trabalhei em ar condicionado, enfrentei mata e muita instrução. Poderia fazer mais.

Anônimo disse...

Hora é lógico que a mudança será melhor para os militares, isso se observado e aplicado os mesmos princípios que rege a registação trabalhista(CLT) para trabalhadores vinculados ao RGPS, onde o tempo de trabalho noturno e periculoso é pago como extra e também conta em dobro para efeito de aposentadoria. DEPUTADO IDIOTA VAMOS ENGROSSAR O CALDO PARA ELES.


Carlos Cesar
CB-refº IlhéusBA

Julia Sá -Jô Sá disse...

Se os Militares concordam com isso é porque estão ganhando muito bem, não tem despesas extras, pois os quartéis são bem abastecidos de comidas, médicos particulares entre eles, remédios são custeados pelo governo, que pagam tudo com o nosso dinheiro...Daí irão se conformar realmente e totalmente, se não fosse assim, já teriam se rebelado...Fala sério que acreditamos nesse governo e suas balelas ditas por ventríloquo...Vai te catar seu #relógioderepetição...affffff

daniel c disse...

Se o Min da Defesa já enfatizou que a nossa Previdência é diferente da dos civis pois os militares não aposentam mas vão para a reserva, então para o governo insistir no assunto, qual será a contrapartida para mais esse sacrifício por parte das Forças Armadas? Ou continuaremos com o mais baixo salário e ainda na ativa por mais tempo? Tem muitos que contam nos dedos o dia de ir para a reserva e trabalhar para ajuntar dinheiro para comprar um imóvel, por ex.

Anônimo disse...

Página que denunciava abusos em Colégios Militares é excluída do Facebook

https://ninja.oximity.com/article/P%C3%A1gina-que-denunciava-abusos-em-C-1

Anônimo disse...

porque só mexem com quem ganha um salário digno para sustentar a familia e mesmo assim sempre temos que correr atras porque o dinheiro nunca dá, porque não diminue o salário deles.

Anônimo disse...

Regimes autoritários custam mais caro ao cidadão contribuinte do que a democracia, diga-se de imediato. Mas a Câmara dos Deputados escarnece de quem paga suas contas ao ampliar as despesas parlamentares, em um ano em que o desemprego aumentará, e a renda média cairá. Os parlamentares parecem viver com a cabeça no bolso. Se fosse no próprio, nada a opor. Mas no bolso do outro é refresco.Na sua inequívoca tendência à “política do meu pirão primeiro”, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, pode ser acusado de tudo, menos de “política barata”. Sua política custa muito caro.Nesta semana, autorizou o aumento em todas as despesas com parlamentares. Não são poucas. Há a verba de gabinete, com a qual são pagos os assessores, que muitas vezes têm de dar um troco para o patrão. Ainda há auxílio-moradia e cota parlamentar, que inclui gastos com passagens aéreas e conta telefônica.
A verba de gabinete passará de R$ 78 mil por mês para R$ 92 mil. Cada parlamentar pode contratar até 25 pessoas, um salário de no mínimo R$ 3,7 mil para cada um. O impacto anual será de R$ 129 milhões. A conta chega à casa do contribuinte sem que este se perceba ou possa se defender.
Além do reajuste dos benefícios, esposas e companheiras de deputados, ou maridos e companheiros de deputadas, passarão a ter o direito de utilizar a cota de passagens aéreas dos deputados, desde que seja entre Brasília e o estado de origem.
Ainda no começo do mês, a Câmara havia aprovado as chamadas emendas impositivas. Gasto de parlamentar aprovado tem de ser executado pelo governo. Com a garantia das emendas impositivas, os parlamentares terão em 2015 verba de emendas num total de R$ 9,8 bilhões, uma cota de R$ 16,32 milhões para as emendas de cada deputado e de cada senador.
O Ministério da Fazenda diz que nada muda nos gastos do governo com o orçamento impositivo. Como a lei mudou a base de cálculo para os gastos, passa a ser a receita recebida no ano anterior em vez da despesa, o governo acredita que manterá os gastos na média histórica.
O problema é a falta de conexão destes gastos com um projeto comunitário, público ou governamental. Será um dinheiro pulverizado que sairia mais barato aplicando a cláusula do helicóptero: coloca o dinheiro numa sacola e lança do ar. Assim se economizaria em propinas, doações de campanha e fiscalização de malversação.
Os gastos do Senado são ainda maiores do que os da Câmara. Por cabeça, o custo dos 81 senadores é mais do que quatro vezes o dos 513 deputados: R$ 43,7 milhões de a R$ 9,7 milhões.
O Congresso brasileiro já era o mais caro do mundo, em relação à produção nacional de riquezas. De acordo com a Transparência Brasil, para bancar o orçamento do Congresso, superior a R$ 8,5 bilhões em 2013, o Brasil destinava R$ 0,19 de cada R$ 100 produzidos no país (ou 0,19% do PIB). O levantamento compara os custos dos parlamentos de 12 países, entre emergentes e desenvolvidos. O parlamento brasileiro equivale a quase duas vezes o custo do parlamento italiano, três vezes o mexicano, seis vezes o americano e onze vezes o espanhol.
O Congresso brasileiro não precisa de mais dinheiro. Precisa de mais ética, eficiência, prestação de contas, cidadania. Se houvesse meios de pagar para assegurar esse padrão, valeria a pena. F0nte: https://br.noticias.yahoo.com/blogs/plinio-fraga/congresso-brasileiro-mais-caro-do-mundo-na-153545567.html

Anônimo disse...

A FARSA: O DÉFICIT NO REGIME DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS. Esse déficit não existe porque não existe regime de previdência social dos militares das Forças Armadas. Como disse o Ministro da Defesa, na Câmara dos Deputados, em 2003, na Comissão Especial da Reforma da Previdência: portanto, não há regime previdenciário dos militares e, logicamente, não há o que referir a equilíbrio atuarial do regime previdenciário dos militares federais, porque ele não existe e por essa razão, quase ontológica, porque não existe, não pode ser predicado e, consequentemente, não pode ser contributivo, nem de repartição. A REMUNERAÇÃO DOS MILITARES NA INATIVIDADE, OS REFORMADOS E OS DA RESERVA, É TOTAL E INTEGRALMENTE CUSTEADA PELO TESOURO NACIONAL. Saiba mais... http://www.ternuma.com.br/index.php/art/3052-o-deficit-no-regime-de-previdencia-social-dos-militares-das-forcas-armadas-synesio-scofano-fernandes-07-07-2016

Anônimo disse...

Que os parlamentares também se aposentem como os contribuintes do INSS.

Anônimo disse...

Está chegando a hora da onça beber água.

Anônimo disse...

Também o crime político organizado terá que cooperar. Deverão trocar o Congresso pelo presídio da papuda.

Anônimo disse...

Os parlamentares também devem dar sua contribuição tendo idade mínima de aposentadoria aos 65 anos para homens e mulheres.

Anônimo disse...

Alguém (Cmt) pergunte para este acéfalo quanto que irá arrecadar com esta medida?
Será que este político revanchista por um acaso não sabe que militares contribuem após 30 de serviço, que se somarem-se horas extras etc, passariam já dos 40 anos?????

Mais um cuspe na cara dos militares e um amém sim senhor de nossos CMT.

Arrego.

Anônimo disse...

Montedo. Devemos divulgar maciçamente que os senadores se aposentam com somente 180 dias de trabalho. Eles tiram licença e entra no trenzinho o suplente também.

Anônimo disse...

Em verdade, os militares nunca tiveram vida folgada em termos de remuneração, suas existências dedicadas à Pátria sempre se revestiram de sacrifício, voluntariamente aceito. Mas o quadro se agravou muito a partir de 1990, quando governos revanchistas, inimigos do Brasil e das Forças Armadas, assumiram o poder, com o intuito de não mais o largar. Foram crescentemente concedidas vantagens salariais de toda a ordem para Legislativo, Judiciário, outras Carreiras de Estado do Executivo, e nunca havia recursos para pagar adequadamente os militares. A situação ficou mais crítica ainda nos mais recentes períodos governamentais, de primazia ideológica vermelha, por isso inimigos viscerais das Forças Armadas, as quais desejam ver enfraquecidas, esvaziadas e humilhadas. A PÉSSIMA REMUNERAÇÃO VIGENTE TEM AFASTADO A MELHOR PARCELA DA JUVENTUDE ESTUDANTIL DAS ESCOLAS MILITARES DE FORMAÇÃO e provocado o êxodo crescente, para outras profissões, muitas vezes no próprio Estado, financeiramente mais bem aquinhoadas, de jovens talentos militares no início da Carreira. Não faltam recursos para esbanjamentos, desperdícios de toda a ordem, inclusive a gigantesca corrupção que vem sendo revelada e que cresceu sob os auspícios e a responsabilidade dos políticos no governo. Agora querem também que os militares paguem a conta. Que vão as favas!

Anônimo disse...

Enquanto a única pessoa que vem à mídia falar sobre os militares for a Míriam Leitão e todo mundo pensar que fazemos e nos propomos a fazer as mesmas coisas que o servidor civil e ninguém que pode falar, mostrar o que realmente é o militar, o pensamento é esse mesmo: milico se "aposenta" muito cedo. E aguardem que sempre pode piorar. Feliz 2017 a todos.

Anônimo disse...

Será que ele sabe quem são os militares? Na hora de meter a mão lembram logo dos militares,aqueles que fazem qualquer trabalho em qualquer época em qualquer lugar com mão de obra quase escrava e não reclamam de nada e, nem podem pela CF. Estão começando a aparecer os espertos se fazendo de gênio.

Anônimo disse...

Nada de novidade...
Vamos para 35 anos...
Isso já é sabido por todos...
Inclusive este insignificante aí.

Anônimo disse...

Tá bom agora? Hahahahahaha Obrigado a todos aqueles que pediram o Temer. Valeu.

Anônimo disse...

Aposentadoria dos senadores proporcional após 120 dias e integral depois de oito anos de mandato. Precisamos divulgar isto para contrapor a mídia que nos crucifica, mas que não sabem o que é a nossa vida na caserna.

Anônimo disse...

Bom, infelizmente os nossos "Chefes" querem é isso mesmo, mais tempo para eles na ativa e a retirada da compulsória. Desse modo são mais cinco anos de mamata com diárias em viagens, casas a disposição em qualquer cidade que forem transferidos, carro com motorista, taifeiros na cozinha de suas casas etc. A ralé que quer se aposentar logo para poder trabalhar fora e ganhar dinheiro de verdade é que vai sofrer com mais 05 anos. Se esses cidadãos fossem chefes de verdade, diriam a esses deputados marginais que as Forças Armadas já contribuíram com o corte de gastos em 2001, naquele ato de traição dos Comandantes de Forças que retiraram a maioria dos nossos direitos e nos colocaram nessa miséria. Infelizmente nossos chefes estão provando que não merecem nossa confiança... A traição de 2001 vai se repetir.

Anônimo disse...

Ao anônimo petista. Ninguém pediu Temer, pediram fora Dilma. Além do mais, essas mudanças já eram objeto de estudo no governo dilma, mas o PT não levou adiante pq estava muito desgastado.

Anônimo disse...

Vou dizer uma coisa depois que li o que esse deputado Darcísio Perondi (PMDB) falou ''EU NÃO ACREDITO EM 2017''

RAIMUNDO JEDEÃO SOUSA DE MENESES disse...

Posso fazer greve? Posso exigir isonomia com os PM no tocante 12hsx72hs de folga, etc.., etc.., etc...em relação às outras carreiras do executivo federal? NÃO NEH!!!


ENTÃO SEU MINISTRO E TODA CAMBADA de covardes fardados ou não. ...vão enxugar gelo no sol.

E deixe-nos em paz, pois as praças já tem muitos problemas para administrar.

Anônimo disse...

A sociedade vai cobrar dos militares. Não vão querer se aposentar com 65 anos e o militar com 50. Mesmo com os 35 anos o militar irá cedo para a reserva, comparado aos civis. Fato que as cargas de trabalho são diferentes, mas não é isso que está em jogo, mas sim o tempo do papel, a idade propriamente dita! Essa medida será meramente uma resposta a sociedade, pois para os cofres públicos só trará mais gastos. Quanto mais tempo na ativa, mais gastos para a nação! Mas, alguém estudou para pensar nisto, não eu, um mero trabalhador e pagador de impostos dessa nação.

Anônimo disse...

Austeridade só para as Forças Armadas.
O Sr Henrique Meirelles apoia um reajuste de 53 % da Receita Federal e o nosdo reajuste ? E o nosso plano de carreira das Forcas Armadas ! Estou sofrendo muito...vejo meu filho em escola publica e pagando aluguel...Fiz concurso e hoje meu salario só ganha do gari da comlurb !!! Meu Deus um Auditor inicial 20.ooo,00 e ainda teve mudança na carreira e a inclusao do bonus de eficiencia. Eu IMPLORO MISERICORDIA !!!

Anônimo disse...

Ééééééé... Cada vez que insistem nesse assunto tenho mais certeza: A reforma de 2001 foi feita só para pagar os guerrilheiros, com juros, correção monetária e isenção do imposto de renda, do contrário não haveria nenhum motivo para nos sacrificar novamente.

Anônimo disse...

Está prevista a queda do Temer. Mas se não fosse o Temer a fazer isto, seria a Dilma. Alguém iria mexer nisto. Temer, sendo do PMDB, partido que só fica na "aba", está apenas fingindo governar para futuramente entregar a presidência a outro, e o PMDB voltará à sua insignificância, na "aba" de alguém que se eleger presidente, escondendo-se da culpa até esta ser esquecida pelo povo. Sempre foi assim, desde o tempo do vice "pirulito" magricela, lembram?

Anônimo disse...

Tenho 29 anos de serviço e seis meses. Em fevereiro irão faltar 4 meses. Alguém sabe se serei alcançado pela reforma? Caso positivo, qual a regra de transição que será usada? Obg a todos.

Anônimo disse...

Corrigindo. aposentadoria de senadores proporcional após 180 dias e integral após oito anos. Uma vergonha.

Anônimo disse...


Enquanto isso, no escurinho do cinema:

Pode isto, Arnaldo Cezar Coelho?
O pessoal da Lava Jato não está entendendo por que só agora ganhou publicidade, em notinha na página 30 da revista Veja, a portaria 145, de 24 de junho de 2016, assinada pelo então presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, e publicada na página 57 da Sessão 2 do Diário Oficial da União em 12 de julho do interminável ano de 2016.
“Por solicitação do ministro Gilmar Mendes... Nomear Raphael Marcelino de Almeida Nunes para exercer o cargo em comissão de Assessor de Ministro, nível CJ-3, em sei gabinete”.
Tudo seria uma mera nomeação de cargo de confiança se o beneficiado não tivesse ocupado o cargo de ex-gerente jurídico da Odebrecht empreendimentos imobiliários.
A turma que reclama que Gilmar Mendes é um inimigo declarado da Lava Jato agora ganha mais argumentos para reclamar do ministro que também preside o Tribunal Superior Eleitoral...
A Velhinha de Taubaté acredita, piamente, que os conhecimentos de um ex-alto-funcionário da Odebrecht sejam fundamentais para colaborar no combate à corrupção, sobretudo quando os recursos judiciais da Lava Jato chegarem ao divino ambiente do STF...

31/12/2016 http://www.alertatotal.net/

Anônimo disse...

DIVULGUEM AO MÁXIMO ESSE VÍDEO - O Brasil tem o congresso mais caro do mundo -
https://www.youtube.com/watch?v=B8cd9_T1-Ek

Anônimo disse...

Congresso Nacional custa R$ 23 milhões por dia ao país - http://veja.abril.com.br/politica/congresso-nacional-custa-r-23-milhoes-por-dia-ao-pais/

Anônimo disse...

PESQUISADORA DENUNCIA A FARSA DA CRISE DA PREVIDÊNCIA NO BRASIL FORJADA PELO GOVERNO - Com argumentos insofismáveis, Denise Gentil destroça os mitos oficiais que encobrem a realidade da Previdência Social no Brasil. Em primeiro lugar, uma gigantesca farsa contábil transforma em déficit o superávit do sistema previdenciário, que atingiu a cifra de R$ 1,2 bilhões em 2006, segundo a economista. Leia mais: http://redebrasildeativismo.com.br/2016/12/08/pesquisadora-denuncia-a-farsa-da-crise-da-previdencia-no-brasil-forjada-pelo-governo/

Anônimo disse...

Militar para de querer comparar a carreira das FA com auditores

Anônimo disse...

Simmmm
Eu sei...
Será a mesma adotada na LE, ou seja, a partir de fevereiro o sr deverá trabalhar 5a 6m.
OK.
Obrigado.

Anônimo disse...

Meus amigos, como um bandido desse pode ter moral para falar de toda uma classe, sendo ele um desqualificado.
Esse cara (Dep Perondi) foi condenado em ação civil pública que investigava cobrança indevida de honorários médicos de pacientes do SUS quando era presidente do Hospital de Caridade de Ijuí/RS. Recorreu, mas decisão foi mantida. Apesar de interpôs recurso. Teve rejeitada a prestação de contas referente às eleições de 2002, além disso inventou um assessor fantasma para receber dinheiro, o tal do assessor era barbeiro e nunca tinha trabalhado para esse pilantra.
Só tem um jeito, a queda desse governo. Deve-se, polidamente, pedir para que saiam ou, então, enfiar porrada para saírem correndo. Não dá para aturar tamanha esculhambação contra os trabalhadores, incluindo nós.

Anônimo disse...

Se o Brasil fosse um país sério nossa "contribuição" em 2001 seria considerada...

Anônimo disse...

Sim, porem de forma proprcional. Militares acima de 17 anos de dvc serao afetados pois a transicao sera de 13 anos de forma proporcional.

Anônimo disse...

Ao anônimo petista. Ninguém pediu Temer, pediram fora Dilma. Além do mais, essas mudanças já eram objeto de estudo no governo dilma, mas o PT não levou adiante pq estava muito desgastado.

Corrijo: ...o pt não levou adiante porque nunca teve, nao tem e nunca terá coragem por se tratar de medidas impopulares e o pt é o partido do populismo e da corrupção.

Quando estavam com todos os parlamentares na mão (ou bolso), que aprovavam tudo o que o sr lularápio mandava para o congresso, não o faziam para posarem de guardiões da popularidade, na verdade, populismo barato.

Renato Lourenço disse...

Fala-se tanto na reforma previdenciária para o militares e não vejo um comentário (dos políticos) se os militares continuarão a contribuir, na reserva!

Renato Lourenço disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Qual PM tem essa escala????Isonomia é vedada pela CF. Isonomia de salários com a PMERJ e Brigada Militar ninguém quer. Escala pra cuidar e faxinas de quartel, cri cri e escala em coquetel pra oficial não é escala. Estude

Anônimo disse...

Sua greve não será sentida por ninguém. Talvez alivie os cofres com menos água e luz pra pagar.

Anônimo disse...

Obrigado a todos aqueles que pediram o Temer. Valeu.canbada de otarios

S Ten 1992 disse...

Nossa maior dificuldade é que nosso sacerdócio militar é de total desconhecimento da sociedade brasileira. Ademais, esses idiotas destes parlamentares não conhecem nada sobre o nosso Sistema de Proteção Social.
Esse desconhecimento por vezes, se torna um grande óbice em prol de nosso reconhecimento.
Por fim, somos lembrados somente nos momentos de tristeza, sofrimento e agonia.

Anônimo disse...

Esses "moral de cuecas" vao mudar a aposentadoria deles após apenas OITO ANOS de mandato?
Se aumentarem para 35 anos de serviço, aí é pá de cal na carreira militar. Uma das últimas coisas boas da carreira militar....
Vibrei foi com a PM de Minas.....o governo quis prejudicar a carreira deles, eles logo se mobilizaram inclusive com o aval do Comandante Geral e barraram o aumento de contribuição da pensao militar deles, aumento de tempo de serviço entre outros prejuizos.
Que preocupação com opinião publica que nada....eles se defenderam e pronto!!!!!
Sem contar que a PMMG nao perdeu os quinquenios, as LE, entre outros beneficios que fomos tungados com a MP 2215, a famigerada e malfadada MP do Mal....

Anônimo disse...

Ao PTista de 31/13:18: Cara, quem não votou na Dilma, não votou no Temer! Voce votou no Temer! Portanto, o otário aqui é voce!

RAIMUNDO JEDEÃO SOUSA DE MENESES disse...

Aqui no Pará existe esta folga (PM) sim.

E quanto as questões como greve e afins me referi sobres a especificidades das FA.

E como eu disse - sobre covardia - v. Sa usa o anonimato pra criticar alguém que fala a vdd e se identifica, ao contrário de vc.

A política de cabresto e a covardia moral por enquanto não fizeram de mim um capacho do sistema...

Identifique-se cara pálida, tem coragem? Ah lembrei vc sairá qao ou está piruando uma boa mov.

Passar bem.

O VALENTE MORRE UMA VEZ, O COVARDE MORRE TODOS OS DIAS...

Anônimo disse...

Então compara com as do poder judiciário....as de técnico (nível médio) e analista (nível superiore) ainda assim um abismo salarial

Anônimo disse...

Mas se já foi dito pelo Ministro da Defesa que não temos previdência... que as despesas estão inclusas dentro do orçamento das Forças Armadas e que com 30 anos, acabamos trabalhando mais de 40, para que continuar com essa história de aumentar o tempo de serviço? Se as despesas são maiores com o militar na ativa... então, é para dar uma desculpa e enganar a sociedade brasileira? É esse mesmo o naipe dos caras que estão no comando dessa bagaça? Não respeito nenhum de vocês Almirantes, Generais e Brigadeiros e tantos outros que poderiam fazer alguma coisa e permanecem na inércia!
Infelizmente, foi o tempo do fio de bigode... só temos covardes no nosso meio!

Anônimo disse...

Viu, pracinha! Respostas típicas dos meninos da "amae". As pm's só melhoraram depois que transformaram os filhinhos da "amae" em rainhas da Inglaterra. Tem a pose, só pra aparecer na televisão! Converse com qualquer graduado da PM.

Anônimo disse...

Até a década de 60, o Vice Presidente era escolhido por votação direta. Depois de 64, isso acabou, com a Constituição de 88 ratificando.
Portanto, ninguém votou no Temer para Vice Presidente.
Quem chamou o Temer para assumir foram os batedores de panela. Lamento, mas não há uma viva alma que tenha votado na Dilma que apoie Temer. Já o contrário...

Anônimo disse...

Fraco

Anônimo disse...

Como que não pediram? E mais disseram que era o cara e blá e blá. Ta aí ó.

Anônimo disse...

Porque o nosso nobre deputado Bolsonaro não contrapõe este cidadão, relatando as peculiaridades de nossa profissão. Ou será que a vista da praia de Copacabana está melhor do que defender quem o elegeu.

Anônimo disse...

Os nosso "chefes" não vão se queimar com a imprensa e opinião pública por que não querem perder suas regalias. Simples assim! Pregunta se a PM tá preocupada com opinião pública quando faz suas "greves". Defendem o deles e pronto.

Anônimo disse...

Cadê você Dep Jair Messias Bolsonaro?

Anônimo disse...

Ninguém tem peito para vilipendiar com as FORÇAS AUXILIARES com falácias de déficit da previdência para os heróis PM, porque tem COMANDANTES que não se vendem para ferrarem com seus subordinados.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics