13 de dezembro de 2016

Tenente do Exército morre em acidente na BR-116, em Minas Gerais

Testemunhas dizem que caminhoneiro atravessou pista sem observar o trânsito e atingiu motociclista de Ipatinnga
Caratinga (MG) - O corpo do tenente do Exército brasileiro, o ipatinguense Breno Rodrigues Silva, de 27 anos, foi sepultado nesta segunda-feira (12), no Cemitério Parque Senhora da Paz. Colegas do militar, que prestava serviços em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, vieram para o funeral. Breno fazia parte do "Grupo Amigos 299", de Ipatinga. Os pais dele residem na avenida Galileia, no bairro Canaãzinho.
O acidente em que morreu o militar aconteceu na tarde deste domingo (11/12), no perímetro urbano da BR-116, em Caratinga.
A colisão da moto de Breno, contra um caminhão, teria sido causada por uma manobra arriscada feita por um caminhoneiro. Conforme as primeiras informações levantadas pela Polícia Rodoviária Federal, o motorista cometeu uma imprudência ao fazer uma conversão à esquerda para entrar no pátio de um posto de combustíveis.
De acordo com o PRF Fialho, o motociclista seguia sentido a Caratinga, quando um caminhão Mercedes-Benz, com placas de Viçosa, tentou cruzar a pista sem aguardar no acostamento, e houve a colisão da moto na lateral do veículo.
Breno Rodrigues chegou a ser socorrido pelos bombeiros militares, que o levaram ao Pronto-Atendimento Microrregional (PAM), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
"O paciente estava politraumatizado e com sinais vitais irregulares. Infelizmente, apesar das manobras, de tudo que pode ser feito, ele veio a óbito", relatou o Sargento Luciano Cruz, logo após o atendimento ao militar do Exército, que viajava na moto JTA Suzuki GSXR 1000.
O motorista do caminhão, Carlos Alexandre Macedo, não quis falar sobre o acidente
Na redes sociais, os amigos lamentavam o ocorrido, e informaram ao Portal Diário do Aço que os pais de Breno residem no bairro Canaã, em Ipatinga.
Breno fazia parte do "Grupo Amigos 299", da cidade de Ipatinga. Gustavo Santos Pereira, um dos amigos, lamentou e ressaltou "um caminhoneiro não faz um retorno, entra na frente dele, na contramão, e mata o rapaz". Após o registro da ocorrência pela PRF, o caso foi encaminhado à Polícia Civil. O motorista do caminhão, Carlos Alexandre Macedo, não quis falar à imprensa. (Com informações da TV Super Canal/Caratinga)
DIÁRIO DO AÇO/montedo.com

5 comentários:

Anônimo disse...

Meus pêsames para todos os familiares e amigos direto do tenente.

Nunca esquecer que devemos estar sempre atento as barbeiragens alheias, pois tem demais, sendo um perigo constante.

Aos motoqueiros, não esquecer, que o parabrisa é o próprio.

Vida breve. Breve vida.

Anônimo disse...

Tenente Breno, Art AMAN 2012. Um dos caras mais tranquilos q já conheci, motorista responsável, militar educado e prestativo. Tinha 1 ano q tinha concluído o piloto de helicópteros e realizado um sonho.

Anônimo disse...

Antes de correr é preciso conhecer o território.

Anônimo disse...

Descanse na Paz e Luz de nosso Cristo Jesus.

Anônimo disse...

Descanse em Paz

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics