5 de dezembro de 2016

Soldado do Exército é assassinado em trabalho como motoboy

Resultado de imagem para giroflexJuiz de Fora (MG) - O soldado do Exército Brener Luis Gomes Magalhães (21) foi morto com cinco tiros na noite deste domingo (4). O militar entregava lanches em sua moto quando foi surpreendido pelos atiradores. O crime ocorreu na Avenida Atlântica, no bairro Parque das Torres.As investigações iniciais da polícia que a motivação do assassinato seja a rivalidade entre grupos de bairros diferentes.
Com informações da Tribuna de Minas.

4 comentários:

Anônimo disse...

Um trabalhador.
Deus ja o recebeu em seus braços. Meus pêsames para toda a sua familia.

Rodrigo Ribeiro disse...

Porque será que ele trabalha de motoboy ?
O salário muito medíocre e tem que arrumar renda a mais para sobre viver com o do EB nao um Praça sustentar uma familia. Essa e a vida Militar

Anônimo disse...

E mais um trabalhador perde a vida nas mãos desses vagabundos. A população não suporta mais a vida fácil desses criminosos que não passam nem seis meses presos e são soltos para o dia dos pais, das crianças, natal ou outro motivo qualquer. Como sempre digo, no Brasil não existe pena de morte,e sim, prisão perpétua para os parentes das vítimas. na cidade onde moro existe rivalidades entre alunos de colégios estaduais. Coisa de gangue, mesmo. Já diminuiu bastante, mas ainda acontece. Depois eles migram para torcidas organizadas e vão ter o "diploma" do crime.

Anônimo disse...

Contabilizados 142 assassinatos em Juiz de Fora até a presente data.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics