24 de janeiro de 2017

A entrevista do general, a 'situação de descontrole' e o real motivo do sumiço das câmeras do Planalto

O motivo do sumiço das câmeras do Planalto tem nome: Lina Vieira
A entrevista do general Etchegoyen informa que o governo lulopetista ocultou provas e obstruiu a Justiça
Augusto Nunes
A ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira em depoimento na Comissão de Justiça do Senado, em Brasília, na terça-feira. Ela confirmou que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, lhe pediu, em encontro reservado, para "agilizar" as investigações sobre Fernando Sarney, filho do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).
As incontáveis abjeções produzidas pela usina fora-da-lei que funcionou no Planalto por mais de 13 anos não cabem no noticiário jornalístico, tampouco na memória dos brasileiros. O escândalo da vez não fica na vitrine mais que algumas horas. É muita bandalheira para pouco espaço. É muita pauta para pouco repórter. É delinquência demais para um país só. É tanta obscenidade que, nesta segunda década do século 21, o que houve na primeira parece anterior ao Velho Testamento. Isso ajuda a explicar a curta escala nas manchetes feitas pelo sumiço das câmeras de vigilância do Planalto, assombro divulgado em entrevista a VEJA pelo general Sérgio Etchegoyen, chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.
A remoção dos aparelhos ocorreu no segundo semestre de 2009, informou Etchegoyen. Se tivesse consultado os jornais da época, teria descoberto que o motivo da remoção dos aparelhos teve (e tem) nome e sobrenome: Lina Vieira, secretária da Receita Federal afastada do cargo em agosto daquele ano. Entre a história protagonizada por ela e a entrevista do chefe do GSI passaram-se apenas sete anos ─ e no entanto o resgate do caso parece coisa de arqueologista. Aos fatos. Em 9 de agosto de 2009, numa entrevista à Folha, Lina Vieira fez revelações que escancaram a causa da sua substituição. Fora demitida por honestidade.
Estava marcada para morrer desde o fim de 2008, quando fez de conta que não entendeu a ordem transmitida por Dilma Rousseff, então chefe da Casa Civil, numa reunião clandestina ocorrida no Planalto: “agilizar”a auditoria em curso nas empresas da família do ex-presidente José Sarney. Em linguagem de gente, deveria encerrar o quanto antes as investigações, engavetar a encrenca e deixar em paz os poderosos pilantras. Dilma poderia alegar que não dissera o que disse. Como serial killers da verdade primeiro mentem para só depois pensarem em álibis menos mambembes, resolveu afirmar que a conversa nunca existiu.
Lina pulverizou a opção pelo cinismo com uma saraivada de minúcias contundentes. Contou que o convite para a reunião foi feito pessoalmente por Erenice Guerra, braço-direito, melhor amiga de Dilma e gatuna ainda sem ficha policial. Como confirmou Iraneth Weiler, chefe de gabinete da secretária da Receita, Erenice apareceu por lá para combinar a data e o horário da reunião. Também queria deixar claro que, por ser sigiloso, o encontro não deveria constar das agendas oficiais. ” Em depoimento no Senado, descreveu a cena do crime, detalhou o figurino usado pela protetora da Famiglia Sarney e reproduziu o diálogo constrangedor.
“Foi uma conversa muito rápida, não durou dez minutos”, resumiu. “Falamos sobre algumas amenidades e, então, Dilma me perguntou se eu podia agilizar a fiscalização do filho de Sarney”. No fecho do depoimento, repetiu a frase com que o abrira: “A mentira não faz parte da minha biografia”. As informações que fornecera permitiriam a qualquer investigador de chanchada esclarecer a delinquência em poucas horas. Mas Franklin Martins, ministro da Propaganda de Lula, achou pouco. “O ônus da prova cabe ao acusador”, declamou. “Cadê as provas?”.
Estão no Palácio do Planalto, reiterou Lina. Como dissera durante a inquisição dos senadores, ela chegou sozinha para o encontro noturno, teve a placa do carro anotada ao entrar pela garagem, passou pelo detector de metais, deixou o nome na portaria, subiu pelo elevador, esperou na sala ao lado de duas pessoas e caminhou pelo andar. “É só requisitar as filmagens”, sugeriu. “Não sou invisível. Não sou fantasma”. Logo se soube que, no sistema de segurança instalado no coração do poder, todo mundo virava fantasma um mês depois de capturada por alguma câmera. Numa espantosa nota oficial, o bando fantasiado de governo confessou que as imagens eram guardadas por 31 dias.
Haviam sido destruídas, portanto, as cenas do entra-e-sai de outubro e novembro de 2008, entre as quais as que documentaram as andanças de Lina Vieira. E os registros na garagem? Esses nunca existiram. Como o serviço de segurança à brasileira confia na palavra dos visitantes, tanto as placas dos carros oficiais quanto a identidade de quem zanza por ali não são registradas em papéis ou computadores. O porteiro limita-se a perguntar ao motorista se há uma autoridade a bordo. Assim, o governo não tinha como atender às interpelações de parlamentares oposicionistas.
Conversa de 171. Acobertados pela mentira, os sherloques a serviço da bandidagem destruíram as gravações. A ex-presidente fantasiada de mulher honrada enquadrou-se, sempre em parceria com Lula, nos crimes de ocultação de provas e obstrução da Justiça. As câmeras foram escondidas em lugar incerto e não sabido. Nunca mais deram as caras no palácio. Nos sete anos seguintes, os quadrilheiros com direito a foro privilegiado agiram com a desenvoltura de quem se livrara até daquele simulacro de esquema de vigilância. Deu no que deu.
Veja/montedo.com

A julgar pela narrativa do general, a conclusão óbvia é que a situação só perdurou por omissão, negligência ou cumplicidade de seus três antecessores, os generais Jorge Armando Félix, José Elito Carvalho Siqueira e Marco Antonio Amaro dos Santos.
Em face do artigo de Augusto Nunes, sinto-me tentado a retirar do texto o termo 'negligência'. Creio que apenas 'omissão' e 'cumplicidade' seria mais adequado. O que acham?

34 comentários:

Anônimo disse...

Situação de descontrole são os nossos salários...
Já estou sentindo saudades do desastroso governo Dilma..Pelo menos a gente não era humilhado.Agora resta varrer chão de presídio....

Anônimo disse...

As Forças Armadas e o país estão do jeito que estão, devido a estes egoístas e aproveitadores pensarem somente em seus umbigos, nunca tiveram patriotismo, deveriam ser julgados e condenados em tribunal de excessão. Afundaram o país cerca de 8 trilhões desviados? E aí fica como tá? A arrecadação é de cerca de 1 trihão e duzentos bilhões, são 6 anos e meio de arrecadação do povo, agora querem consertar afundando o povo a nunca parar de trabalhar e arrecadar para continuarem a se beneficiar com as mordomias. Tudo tem que acabar se querem melhorar o país façam leis duras para devolver e anos de prisão e acabem com regalias de TODOS, no Brasil não existe patriota, existe aproveitadores do poder que desejam perpetuar-se e passar em hereditariedade aos nojentos de seus delinquentes filhos e parentes.

Marcelo Carvalho disse...

Montedo vou repetir: manda quem pode, obedece quem tem juízo. Os Generais devem ter avisado e simplesmente cagaram na cabeça deles. Queria o que ? Que fossem pra imprensa fazer fofoca ?

Jura disse...

Só mesmo um petista ou um completo idiota pra sentir saudades de um governo(desgoverno)corrupto e incompetente como este de dilma

Anônimo disse...

Saudades do Lula!

Anônimo disse...

Nossa, alguém dizer que está com saudades do governo Dilma deveria ser voluntário para ser "eunuco" dela e viver levando chibatada e esporro. tenho dó. estamos como estamos porque outros viram e deixaram. São cúmplices.

Anônimo disse...

ao comentário anterior concordo 100%, e ainda digo que nossos comandantes estão de olhos vendados ou coniventes com essa roubalheira, pois não dá pra acreditar um general que estuda e comanda por 30 40 anos, com todos os tipos de cursos aceitem isso e se façam de desentendidos, como se nada tivesse acontecendo.Vendo aquilo que dedicou a sua vida inteira sendo jogada no lixoooo (as ffaa). Estamos passando necessidades senhores comandantes, morando em favelas também,e agora matando mosquito e limpando cadeias.Instituição falida ,militares falidos, famílias falidas.oque sera de nós.Imagina um so/st dizer pra sua família que depois de 30 anos de serviço seu salário líquido é de R$ 5.500 enquanto que um policial militar recém chegado na corporação com 20 21 anos de idade ganha mais que esse so/st. Perdemos nossa dignidade.

Anônimo disse...

Só mesmo um direitista ou um completo idiota para não sentir saudades do LULA e DILMA. Volta Lula.

Anônimo disse...

Militar leu isso?

https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/economia/2017/01/24/reforma-trabalhista-tira-direitos-e-permite-jornada-de-24-horas-diz-mpt.htm


"jornadas de 24 horas de trabalho, ou até mais, que levam obviamente à completa exaustão e exaurimento das forças físicas e mentais do ser humano".

Heloisa Sardinha disse...

Fomo comandados,durante treze anos,por uma quadrilha muito perigosa,que tinha os comandantes militares ,como simples bonecos de presépio,medrosos,covardes.

Anônimo disse...

Triste a situação dos militares. A minha filha corretora de imóveis presenciou recentemente um Aspirante Oficial de AMAN receber "negativo". O garoto queria comprar um Apartamento financiado e não teve o crédito aprovado, porque já tinha parte do salário comprometido com empréstimo para comprar carro. Salário muito baixo! Enquanto isto um técnico de segurança do trabalho recebendo OITO MIL REAIS, meio expediente.

Anônimo disse...

O cavalo aceita o limitador de visão, desde que ponham a cenoura na frente dele. (Na verdade eu queria dizer burro, mas vou ferir susceptibilidades) substitua a cenoura por uma vaga em algum ministério, Eletrobrás, secretaria de segurança, e o cavalo por quem??? Por isso estamos respirando por aparelhos, salários vergonhosos, desmotivação, substituição de um plano de carreira descente por uma miríade, uma tsunami de temporários, estamos convertidos nos vira-latas das carreiras do executivo, tem SD PM ganhando mais que oficial de AMAN. Não cabem mais discursos de motivação senhores, nem comparações absurdas com assalariados do mercado de trabalho (a velha conversa que "tem gente pior.. "), chega de apelos psicológicos desgastados. Que tal ação? Ou a valentia existe somente de cima do palanque de formatura????
Praça eficiente

Jura disse...

Saudades de luladrão???? Sem comentários!

ALMANAKUT BRASIL disse...

Lula e Dilma ou Vão pra Prisão ou Acaba o Brasil Nação

Miguél Lavrador - 03/03/2016

https://www.youtube.com/watch?v=guQDnJ7_1xo

ALMANAKUT BRASIL disse...

Acooooorda, Jeca Tatu!

Anônimo disse...

Depois de matar mosquitos iremos farejar cadeia . Fundo do poço !

Anônimo disse...

Ma vão sonhando que algum estrelado vai se opor a qualquer governo (pt, pmdb, psc...etc). Se ele ta lá é porque o chefe do poder em questão aceitou sua nomeação e permanência no cargo. Não vão se auto-torrar ariscando perder a boca atual e o cabide futuro em nome de algum tipo de altruísmo ideológico que em algum momento pareceu querer vingar por aqui - não percam tempo esperando isso dos nossos, por favor! Esse país é um reduto de políticos e pessoas adeptas à politicalha rala, em todos os cantos. Só parem e analisem o monte de arbitrariedades que praticam dentro dos quartéis, por que pra fora deles seria diferente?? Ninguém vira santo num passe de mágica apenas por sair pelo portão das armas.

Anônimo disse...

Anônimo de 24 de janeiro de 2017 20:48,
Está atras da simpatia de alguém aqui por isso? Se isso for aprovado para vocês, civis, ainda terão mais direito do que nós militares. Policiais já tiram escalas de serviço de 24h, e nós das forças armadas damos plantões de 32 horas desde que o mundo é mundo, sem direito a hora extra ou banco de horas. E ainda somos chamados de privilegiados por vocês.

Me desculpe, mas vá chorar suas pitangas em outro lugar, aqui nós já temos nossos problemas para cuidar. Se quiserem simpatia de nossa parte, comecem a pressionar por melhorias para nós também, que nem direito à greve temos. Caso contrário, pode pegar sua insuflação de massa e despejar em outro lugar.

Anônimo disse...

Saudades da MP do Mal então, devem preferir isso

JOUBERT disse...

caro Montedo sempre leio suas postagens acompanho diariamente, mas por favor corrija esse título aí do seu post....CÂMARAS??????

montedo.com disse...

Corrigido. Obrigado.

Anônimo disse...

Grandes generais cumandantes. Não viram nada e não sabem de nada. Inclusive um "grande" militar que serviu de carregador de malas pro 9 dedos.

Essa 93 disse...

Eternamente cego

Anônimo disse...

Mas tem que ganhar mesmo. De onde vcs tiram que dá pra comparar essas duas profissões? São 500 PMs mortos por ano. Tem que ter um salário maior pra eles

Anônimo disse...

32 horas sentado na sala de oficial de dia não é serviço

Anônimo disse...

Os Chefes Militares anteriores e atuais foram coniventes com toda a política esquerdista de Lula e Dilma, inclusive,retirando do Calendário de formaturas como a do dia 31 Mar. O que se poderia esperar dos que foram colocados em cargos do Governo, a mesma subserviência, desde de carregar malas, até levar aquelas mijadas que todos tomaram conhecimento.
Tempos atrás os militares tinham o "Informex" que pelo menos ainda dava alguma satisfação dos fatos da Corte aos severinos sobre a situação da época, que nunca foi confortável,sempre na penúria, mas pelo menos tinha um canal. Passados os anos, as informações aos subordinados foram deixadas de lado, e principalmente, a esquerda fez a sua propaganda, nunca rebatida pela cúpula militar, que como diz o ditado do lado deles - " Uma mentira contada várias vezes se torna verdade". E hoje por conta disso, as FFAA perderam seu prestígio e principalmente foram sucateadas, tanto materialmente como psicologicamente, sendo a defasagem salarial, um dos motivos, onde as forças auxiliares viram essa lacuna e brigaram por suas melhorias, sendo agora a "Hierarquia" norteada pelo valor dos contracheques, pois, não é culpa das Forças Auxiliares terem prestigiados seus oficiais e subordinados, o que não aconteceu com os militares das Forças Armadas, pois foram e estão sendo humilhados com todo o tipo de misssões fora de suas atribuições constitucionais, além de não terem representavidade.

Anônimo disse...

E os oficiais da PM fazem o que mesmo? Dão entrevista quando aprece alguma rede de televisão?

Anônimo disse...

O sr deve ter se equivocado. Creio eu que seja 24h (SV) + 8h (expedeco) = 32h. E não plantão de 32h! Mas foram sábias as palavras !

Anônimo disse...

Somente um esquerdista completamente idiota para sentir saudades de Lula e Dilma. Espero que esse safado do Lula não morra antes de ser preso.

keko marques disse...

Menos , menos ...

Anônimo disse...

Ao comentarista das 23:09 de 24 janeiro 2017

Não sou chorão, nem tenho pitangas.
Só enviei um comentario, seu comentario de que sou civil não procede.
Pensar não causa danos a saude, e lhe convido a passar um dia/noite acompanhando um cmt de guarda em uma grande unidade, inclusive acompalha-lo após a passagem do serviço, durante o expediente que se sucede, apos isso faça o comentario que achar justo.
Lembro que deverás estar na OM bem cedo pois o expediente começa com a parada matinal as 07:00 hs, depois render a guarda às 08 hs, permanecer de serviço ate às 08 hs do dia seguinte, mas isso não é o fim, ainda tem o expediente normal que só acaba depois do toque de ordem, que pode ser entre 16 hs e a hora q o cmt quiser

Abs

Anônimo disse...

Comentar pra que ? Centenas de irregularidades acontecem todos os dias nos quartéis, confesso que fui um encagaçado na ativa, mas eu pergunto: Quem já fez ou conhece alguém que já fez alguma denúncia junto ao MPM ? A maioria vem chorar aqui no blog, mas no cotidiano não faz nada, no máximo fica reclamando no alojamento ou no refeitório. Tem oportunidade de sair ? Saia e seja feliz.

Anônimo disse...

Beijinho no ombro. Recalque

Essa 93 disse...

Tadinho, aspira querendo carro e casa e foi negado...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics