26 de janeiro de 2017

Os milicos e a Velhinha de Taubaté

Um pouco de bom humor faz bem. Comentário recebido na postagem

Previdência: governo quer aplicar teto do INSS aos militares, diz jornal. Jungmann rejeita proposta





Resultado de imagem para velhinha de taubatéAnônimo disse...




Ainda estou confiante e aguardando o estudo de reestruturação que o Sr Ari do MD prometeu em 2013. Vem muita coisa boa por aí. 
Abraço da Velhinha de Taubaté.


Da Wikipédia
A Velhinha de Taubaté é um personagem de humor brasileiro criado pelo escritor e cronista Luis Fernando Veríssimo, durante o governo do general João Baptista Figueiredo (1979-1985).
Famosa por ser "a última pessoa no Brasil que ainda acreditava no governo", como definido pelo próprio autor, Veríssimo contava que, na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, sempre se pensava antecipadamente em como a velhinha iria responder.
Em 25 de agosto de 2005, em tempos de crise do "mensalão", a velhinha teve o seu falecimento anunciado pelo seu criador, na crônica intitulada Velhinha de Taubaté (1915-2005). Ela teria morrido em frente à TV, decepcionada com o quadro político brasileiro, em especial com o seu ídolo, Antonio Palocci: 'Ela morreu na frente da televisão, talvez com o choque de alguma notícia. Mas a polícia mandou os restos do chá que a Velhinha estava tomando com bolinhos de polvilho para exame de laboratório. Pode ter sido suicídio'.

3 comentários:

Anônimo disse...

Está para vir à tona o estudo realizado nos últimos anos no Ministério da Defesa. A equipe do Genoíno, sucedida pela equipe do Jaques Wagner fizeram um aprofundado estudo, com o máximo empenho em corrigir distorções salariais dos militares que por tantas décadas deram sua contribuição. É chegada a hora de valorizar essa categoria.
Descobri a receita do chá da velhinha de taubaté.

Anônimo disse...

Quantos já passaram pela pasta da Defesa? Quantos estudos "profundos" já fizeram para melhorar a situação dos militares? Quantas demonstrações de dedicação os militares já fizeram aceitando todo tipo de trabalho pelo país e tudo que tiveram foram prejuízos? Não sei onde o governo vê na situação dos militares como uma coisa exemplar? Será que eles acham que os militares são a única categoria de servidores onde as coisas estão maravilhosas, por não ter greves no setor? É por isso que só lembram dos militares quando querem tirar algum direito e verba. Quando querem se fazer de bonzinhos, dão tudo aos civis, pois eles entram em greve se não forem atendidos.

Anônimo disse...

O rombo da previdência civil cresceu mais que 100% no governo Dilma e a solução é tirar dinheiro dos militares???? Isso é mandinga que ela deixou com o Temer? Ou será porque é a única classe que não tem nenhuma reação contra medidas que os prejudicam? Que classe "especial" é essa de funcionários? A escravidão já foi extinta no Brasil, pelo menos oficialmente.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics