26 de janeiro de 2017

Militares das Forças Armadas da Alemanha chegam à Lituânia para 'conter a Rússia'

Um militar do exército alemão
Os primeiros soldados da Bundeswehr (as Forças Unidas da Alemanha) entraram na Lituânia no âmbito do alargamento do batalhão multinacional da OTAN, comunicou a mídia alemã.
Inicialmente, se planejava que os militares chegariam a Vilnius ainda na segunda-feira (23), mas o voo atrasou devido às más condições meteorológicas.
Segundo frisa a revista Spiegel, a Alemanha desempenha um papel-chave no reforço do batalhão da Aliança em território lituano, onde as forças da Bundeswehr se reunirão com as da Bélgica, Países Baixos e Noruega.
Até fins de fevereiro, o comando da Bundeswehr planeja transportar 450 militares e equipamento militar, inclusive veículos blindados, para o país, sendo que este processo será dividido em várias etapas. O contingente planejado de 1.200 soldados será finalmente atingido em maio.
No decorrer da cúpula da OTAN de julho em Varsóvia, os países do bloco acordaram em instalar quatro batalhões multinacionais nos países do Báltico e na Polônia no ano de 2017, visando a "contenção" da Rússia.
No início de dezembro do ano passado, o chefe do Ministério das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, afirmou que os EUA e a OTAN estão aumentando "o grau de tensão" nas relações com Moscou de propósito, sob pretexto de uma mítica "ameaça do Oriente".
SPUTNIK/montedo.com

4 comentários:

Anônimo disse...

A última vez que a alemanha tentou "parar" a Rússia, todos nós sabemos o fim. Coitada. Se a Inglaterra já pede penico perto da Rússia, imagina a alemanha que sempre teve seus efetivos e armamentos controlados.

Anônimo disse...

Alemanha! de novo? Para o bem da humanidade a Alemanha deveria ser proibida de ter qualquer armamento bélico dotado de tecnologia, sua defesa deve ser feita pela OTAN e, essa história de Russia querer invadir aqui e ali não passa de uma desculpa para aumentarem seu arsenal.

Anônimo disse...

4 mil homens, alguns tanques, blindados,...... alguns helicópteros......só enganam quem não entende bolhufas nenhuma de assuntos militares. Esses malucos estão "cutucando" o urso com vara curta. Na verdade pode parecer e isso está quase claro e a mídia da cia incita isso todos os dias, que estão querendo mesmo é a deflagraçao de um conflito em escala mundial. A europa está falida.....o pato donald idem.....só uma guerra salva suas economias e indústrias de armas. Foi por essas mesmas razoes que iniciaram a I e II GGM. Vemos um conflito medonho na Síria, com pato donald e europeus apoiando, treinando e armando mais de 200 mil cortadores de cabeças do povo sírio contra o pequeno e bravo exército sírio (que a mídia da cia, a brasileira inclusa, chama de forças do "ditador" Assad) lutando e conseguindo, com a ajuda RUSSA, reverter a situação já de derrota e finalmente colocando esses saqueadores internacionais, seus asseclas e mercenários pra correr de lá. Pelas forças que se confrontam lá, já vemos que é um embate entre eua e seus asseclas contra a RUSSIA. Até agora o mundo livre está em franca vantagem frente aos destruidores de nações apesar de a Síria ter sido totalmente arrasada materialmente, ter perdido mais de cem mil combatentes e outros duzentos ou trezentos mil civis.

Anônimo disse...

quem venha a guerra, e sejam deslocados o pessoal militar que gostam de ir pro Haiti para atuarem nas linhas de frentes no leste europeu

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics