19 de janeiro de 2017

Crise carcerária: Forças Armadas têm grande credibilidade, diz Temer

VARREDURAS
'FORÇAS ARMADAS TÊM GRANDE CREDIBILIDADE', DIZ TEMER SOBRE INSPEÇÕES
O PRESIDENTE REITEROU QUE NÃO HAVERÁ CONTATO COM OS CONDENADOS
Ao falar nesta quarta-feira, 18, sobre as reformas e ações do governo realizadas nos oito meses de governo, o presidente Michel Temer (PMDB) ressaltou a atuação das Forças Armadas dentro dos presídios.
"Pela primeira vez tivemos diálogo com Defesa e Forças Armadas sobre presídios. As Forças Armadas têm grande credibilidade e respeito e farão inspeção nos presídios. Elas não terão nenhum contato com os presos", ressaltou Temer.
As declarações do presidente foram feitas durante o lançamento do "Programa Empreender Mais Simples: menos burocracia, mais crédito", realizado em Brasília.
Na análise do presidente, a iniciativa, até então inédita, revela a "ousadia que o Brasil precisa". De acordo com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, as Forças Armadas estarão prontas dentro de oito a 10 dias para atuarem dentro dos presídios.
A estimativa é de que 1 mil militares, divididos em 30 equipes, sejam mobilizados para as varreduras nas penitenciárias. Segundo o ministro, os militares vão atuar nos presídios para reduzir a criminalidade, não havendo risco de contaminação das Forças Armadas pelo crime organizado.
No evento realizado na sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Temer fez um balanço das propostas encaminhadas pelo atual governo para o Congresso e informou que a próxima reforma deverá ser a que trata do sistema tributária.
"Propomos quatro reformas importantes para o País em oito meses. A próxima reforma será a simplificação do sistema tributário. Estamos sendo ousados, além de coragem, é preciso ousadia", ressaltou Temer.
Apesar de considerar a reforma tributária apresentada pelo governo como "dura", o presidente disse que os direitos adquiridos não serão alterados.
"A reforma da previdência é pesada e dura, sim, mas é indispensável. Para garantir aposentadorias do futuro, é preciso reformular a previdência social. o Congresso Nacional é o palco próprio para as grandes discussões sobre a previdência e os direitos adquiridos serão mantidos", disse.
Além da reforma tributária e da previdência, Temer citou em seu discurso as mudanças do ensino médio e a modernização da legislação trabalhista. O presidente defendeu ainda que o Estado tem que assumir postura menos cartorial e mais eficiente. (AE)
DIÁRIO do PODER/montedo.com

23 comentários:

Anônimo disse...

" a ousadia que o Brasil precisa" chama-se INTERVENÇÃO MILITAR. BOTAR na cadeia todos o corruptos!

Anônimo disse...

Credibilidade não enche barriga nem vai para a conta bancária!

Anônimo disse...

ALÔ PRESIDENTE TEMER (Comandante Supremo das Forças Armadas) REVOGUE JÁ A MP DO MAL 2215-01 (Lei de Remuneração dos Militares das FFAA), que está enterrada nos porões do Congresso há quase 16 anos com mais de 600 emendas.

Anônimo disse...

Enquanto isso, os DIGNOS MILITARES BRASILEIROS, na maioria do seu efetivo, foram levados a viverem na M com a pior remuneração do funcionalismo público, devido à SUBMISSÃO por parte de uma classe política corrupta e revanchista. Ainda chamam de CRISE os ROMBOS dos cofres público da nação, cometidos pelos políticos ladravazes, cínicos e mentirosos; e o que é pior, tudo isso, com os sacrifícios financeiros impostos a classe militar. Veja a famigerada MP 2215 (LRM), que usurpou direitos dos militares e seus pensionistas, que está enterrada nos porões do Congresso há mais de 15 anos, levando a perda do poder aquisitivo da classe em torno de 45%. Veja também, as correções MESQUINHAS de salários, como se fosse um cala-boca, sem contemplar os guardiões da nação com uma correção JUSTA, IGNORANDO O ART. 37, INC. X DA CONSTITUIÇÃO, que prevê a revisão anual dos soldos e pensões. Então vejamos: o vencimento de um CORONEL da ativa (Militar com 25 anos de serviços e com todos os cursos que a carreira impõe) é INFERIOR ao do MOTORISTA do Senado; onde o vencimento LÍQUIDO de um SUBOFICIAL, da ativa, com 30 anos serviço corresponde aos HUMILHANTES R$ 5.500,00; Bem menos que um soldado da PM-DF ou Policial Rodoviário Federal em INÍCIO de carreira, SENDO QUE O DINHEIRO VEM DA MESMA FONTE PAGADORA: A UNIÃO! Onde o vencimento de um GENERAL, com mais de 45 anos de serviço, é IGUAL ao salário de um AGENTE DE SEGURANÇA, de Portaria do Congresso. Sabidamente, os militares pertencem a uma categoria que não foi feita para viver na riqueza, na ostentação, mas em contrapartida, também NÃO JURARAM a viver na MENDICÂNCIA. O MILITAR JURA DEDICAR-SE INTEIRAMENTE AO SERVIÇO DA PÁTRIA E DEFENDÊ-LA COM O SACRIFÍCIO DA PRÓPRIA VIDA, MAS NÃO JURA A PASSAR PRIVAÇÕES, MUITO MENOS A SUA FAMÍLIA!

Anônimo disse...

Por onde anda os "coxinhas do alojamento" ????
Vocês são os culpados!!!!!!

Anônimo disse...

Está na hora dos militares se unirem e fazer alguma coisa antes que seja tarde. Os generais estão nem aí para a tropa são meros fantoches do governo. tá dado o bizu.

Anônimo disse...

LEIAM E PENSEM SOBRE A GRANDE BOCADA.
MUITOS ESTÃO SE DANDO MUITO BEM
DINDIN É O Q NÃO FALTA, MAS É TUDO SECRETO.

Vítimas esquecidas
Fundo penitenciário bajula bandido e ignora vítima
Fundo penitenciário não cumpre lei que manda assistir vítimas
Publicado: 19 de janeiro de 2017 às 00:00 - Atualizado às 07:04

http://diariodopoder.com.br/noticia.php?i=72584810854

A lei que criou o Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), há 23 anos, prevê no inciso IX do seu artigo 3º um “programa de assistência às vítimas de crime” que jamais foi criado e no qual nunca se aplicou um centavo. No site do Ministério da Justiça, o Departamento Penitenciário Nacional informa que o Funpen existe para aprimorar o sistema prisional e não faz qualquer referência a iniciativas de apoio às vítimas do crime. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.


O Funpen banca ações educativas e culturais e assistência jurídica para presos, diz o site oficial. Não dedica às vítimas nem uma linha.

Especialistas acham que Itamar Franco errou criando o Funpen, dando musculatura ao Depen, cabide de empregos no Ministério da Justiça.

As contas do Funpen são um mistério, mas arrecadou R$ 3 bilhões até 2011 segundo a mais recente edição da “Funpen em Números”, de 2012.

A lei que criou o Funpen prevê a participação de seus representantes em eventos no Brasil ou no exterior. Para isso nunca faltou dinheiro.

Anônimo disse...

O que adiantará as Forças Armadas fazerem varredura atrás de armas e celulares nos presídios se logo em seguida eles entrarão pelas mãos que todos nós sabemos de quem!

Anônimo disse...

NÃO FALTA DINHEIRO PARA NADA, É TUDO MENTIRA. Em valores correntes, o Produto Interno Bruto Brasileiro (PIB) chegou a R$ 5,9 trilhões, e o PIB per capita ficou em R$ 28.876 em 2015. Fonte: http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/03/pib-do-brasil-cai-38-em-2015.html

Anônimo disse...

Sim, senhor Presidente, as Forças Armadas tem credibilidade e não recebem o mesmo valor de diárias pagas à Força Nacional, por isso vão utilizá-los. O nosso presidente "Rolando Lero" está ficando sem palavras.

Anônimo disse...

Estou aqui com os meus botões e tenho certeza que vai aparecer alguém achando que essa varredura pelos militares, é varrer com vassouras os presídios. Pensando bem, corre-se esse risco.

Anônimo disse...

Perguntinha básica: Que diacho de forças da segurança publica são essas que não tem detectores de metais e não sabem fazer essa varredura? Não são eles os especialistas nesse serviço de penitenciária? E o fundo penitenciário nunca deu para comprar nenhum desses equipamentos? Garanto que carro novo para o diretor, teve.

Anônimo disse...

Favor ler este artigo:

Intervenção em presídio é golpe contra o militar

http://www.alertatotal.net/2017/01/intervencao-em-presidio-e-golpe-contra.html

Anônimo disse...

A previsão da retomada do crescimento da economia brasileira no ano que vem e a freada da alta do dólar nos últimos meses vão levar o Brasil a voltar a ser, em 2017, o oitavo maior PIB global, de acordo com o FMI (Fundo Monetário Internacional). Para o FMI, o PIB brasileiro será de US$ 1,95 trilhão no ano que vem, ante US$ 1,90 trilhão do italiano. Sexta colocada, a Índia terá um PIB de US$ 2,46 trilhões. Fonte: https://jornalpequeno.com.br/2016/10/05/brasil-voltara-ter-o-oitavo-maior-pib-global-em-2017-preve-fmi/ - http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/10/1819936-brasil-voltara-a-ter-o-oitavo-maior-pib-global-em-2017-preve-fmi.shtml - ACORDA POVO IDIOTA! ACORDA POVO ALIENADO! SOCORRO FFAA!

Anônimo disse...

O EB tira as drogas e os celulares pela porta e eles voltam pela "janela"...

Anônimo disse...

Agasalha

Rogério da Silva Gomes - 1ª Sgt disse...

Grande credibilidade e baixíssimos salários. Todos sabem que o sistema carcerário está falido. O Estado não tem autoridade. é só ter dinheiro que entra celular, armas e drogas.

Anônimo disse...

o melhor comentário que vi: AGASALHA. NADA VAI MUDAR!

Anônimo disse...

Os militares das Forças Armadas, são colocados em tudo para cobrir as carências em todas as mais variadas dificuldades, são reconhecidos pela sociedade brasileira e não são valorizados pelo Chefe Supremo, o Presidente da República, que os deixa com vencimentos vexatórios, absurdamente humilhados. Eles vão para a reserva e continuam pagando o mesmo valor da pensão para se aposentar que pagaram mês a mês durante 30 anos para se aposentar, ou seja, quando estão na reserva lhe é descontado a mesma parcela até morrerem. O problema de rombo na previdência é na previdência civil, não cabendo querer aumentar o tempo de serviço para se aposentar mais tarde, pois na ativa ou na reserva, o militar continua pagando o mesmo valor! E não possui: FGTS, anuênio, adicional noturno, hora extra, periculosidade, insalubridade, licença prêmio, OU SEJA, são verdadeiros ESCRAVOS DA NAÇÃO! Estão ganhando muito menos que as polícias militares (que são suas forças auxiliares), e, são a categoria mais mal paga do funcionalismo público federal, muito longe, da penúltima mais mal paga. ISTO É FATO! Mas... em todas as merdas que acontecem no país e que órgãos dos governos Federal e/ou estadual, perdem o controle ou não dão conta: CHAME AS FORÇAS ARMADAS! É passada a hora de REVOGAR a MEDIDA PROVISÓRIA 2215/2001, que acabou e está acabando com as vidas dos militares das Forças Armadas. ACORDEM!

Essa 93 disse...

Boa...agasalhem o que escolheram. A porta de saída é larga e tá aberta

Anônimo disse...

ACORDA FFAA! Agora vão tentar de todas as formas desqualificar as Forças Armadas.

Léo disse...

Meus pêsames à família do ministro Teori Zavasck( o ex-prefeito do PT assassinado em Santo André-SP ,Celso Daniel, conheceu os métodos de como silenciam os adversários do próprio PT) e parabéns aos vabundos ,lixos ,bandidos,safados, ladrões , ratos de esgoto,políticos canalhas do PSDB,PP PMDB e, de maneira especial, os petralhas criminosos e empresários lixos que saquearam , roubaram,arrombaram o Brasil e agora poderão ter como relator dos seus crimes ordinários o Dias Tofolli- pelego do PT, ou o Levandovsk,aquele que implorou para o Senado Federal deixar a Dilma pelo menos em condições de ser uma merendeira.E quanto a nós? Não responsabilizem o presidente desta república de ladrões! Todos sabemos que m é o responsável por zelar pelo bem- estar de seus subordinados.Basta ler o Regulamento Interno e dos Serviços Gerais. VENCIMENTOS VEXATÓRIOS,HUMILHANTES,VERGONHOSOS E RIDÍCULOS é o que o exército de " grande credibilidade " recebe dessa elite safada e vagabunda que saqueou e arrombou o Brasil!

Anônimo disse...

A matemática é exata. Na crise, se economiza sempre em cima de algum setor. Força Nacional é bem mais cara para deslocar e pagar diárias do que os militares, e não corre-se o risco de greve.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics