17 de junho de 2016

E viva a medicina veterinária militar!

10 comentários:

Anônimo disse...

Interessante é o cartaz do Conselho Federal de Medicina Veterinária, autarquia civil.

Anônimo disse...

Escrevendo igual a Pantaleão: quando criaram a esaex, minusculo mesmo, o primeiro concurso não abriu para veterinaria, idade 43, no segundo abriram vagas, idade 36 inconpletos, faziam grande propaganda que era para aproveitar os praças formados, mesma pataquara ate hoje nas ffaa. Tinha 36 completos, 8 de formado, de vez em quando quebrava um galho na om. Não tive nem o direito de ser reprovado, não podia me inscrever. Meses apos, estava em uma cs q recebeu a visita de ramo de café, que soltou uma conversa mole sobre o eb e teve a infelicidade de me perguntar-me pq estava de cara fechada o qual respondi: o eb propagandeia uma coisa e faz outra e me transformou em cidadão de segunda classe me impedindo a inscrição em concurso etc etc. Ganhei ferias de 4 dias. Nunca mais fiz nada no eb alem da minha função de sgt. Sai como subten.
Hoje vejo coisas e coisas na farda, só muda o nome e lembro-me do tempo que tb acreditava, dou risadas e penso: OOOOOO COITADO.
Aceitem ou não, gostem ou não, praça e praça, ate se um praça ganhar o NOBEL, o valor para o eb é nenhum.

Anônimo disse...

A foto saiu invertida, nem todas as fotos podem usar esse recurso, olha como ficou o nome da militar.

Rommel disse...

o exercito tem capelao, veterinario, civil, tem tudo menos militar, enquanto a folha de pagamento aumenta cada vez mais.

Anônimo disse...

so vejo aqui pracas e mais pracas reclamando.........que coisa chata, mimimi interminavel....

Anônimo disse...

Ao "amigo" das 12:36 : O nobre infiltrado, pseudo alguma coisa, cropocéfalo, quando iras amadurecer e tornar-se um cidadão?

Favor não fazer rima.

Anônimo disse...

"Pracas" e mais "pracas"?Seriam pRacas de "cinalizassão"? Amigo, sugestão: aprenda a usar o cedilha (Ç)!

Anônimo disse...

Poderosa, muito bonita e astuta. Se ela ficar zangada, é capaz de acabar com você. Claro, estou falando da onça.Quanto à veterinária,as mulheres, no meio militar, vieram para dar o equilíbrio e contribuir para melhorar o conhecimento e desempenho das funções.Se elas querem, que venham, que mostrem sua força e inteligência.

Anônimo disse...

Na maioria dos casos o Serviço veterinário é um cabide de emprego...

Anônimo disse...

Muita inveja dessa onça.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics