10 de junho de 2016

Sargento do Exército morre em capotagem de caminhão no MS. Cinco militares ficaram feridos

Atualização: 9/6 (7h)
Caminhão do Exército capota, um militar morre e 5 ficam feridos em MS
Acidente aconteceu na MS-080, entre Campo Grande e Rochedo.
Exército diz que lamenta morte e que feridos serão monitorados.
Graziela Rezende
Do G1 MS
Campo Grande (MS) - Um sargento do Exército morreu em acidente, na tarde desta quinta-feira (9), na MS-080, entre Campo Grande e Rochedo. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele era passageiro de um caminhão da força armada que capotou. Outros cinco militares ficaram feridos.
O acidente aconteceu por volta das 15h30 (de MS) no quilômetro 6 da rodovia. Conforme os bombeiros, as vítimas estavam voltando de uma missão no distrito Taboco quando o cabo que dirigia o veículo perdeu o controle da direção em uma curva. O caminhão capotou e caiu em uma ribanceira.
Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros Eduardo Tracz, o sargento, que era passageiro do banco dianteiro, sofreu traumatismo craniano encefálico e morreu no local. O cabo sofreu ferimentos graves.
Quatro recrutas estavam na parte traseira do caminhão. Um deles ficou em estado grave e os outros três tiveram ferimentos leves.
Todos as vítimas atuavam no Comando Militar do Oeste (CMO). O médico-legista do órgão, Cloves de Lazari Amorim, afirmou ao G1 que o Exército lamenta a morte e que os feridos serão monitorados com muita atenção.
Amorim relatou ainda que os militares tinham ido ao distrito Taboco para buscar folhagem para a festa junina da corporação e que voltavam para Campo Grande no momento do acidente.
Com a força do impacto, o veículo derrubou uma árvore e parou tombado. A pista está parcialmente interditada. As causas do acidente serão investigadas.
G1/montedo.com

Nota do editor
O militar falecido no acidente é o 3º Sargento Temporário Guilherme Pereira Gomes, da Companhia de Comando do CMO.

6 comentários:

Anônimo disse...

Fico imaginando a situação do sindicante: O acidente foi em serviço ou não, uma vez que o sargento tinha ido buscar palha para uma festa junina. Isto esta previsto em algum regulamento? Por outro lado o sargento temporário esta cumprindo uma ordem emanada de um superior hierarquico. Pode-se fazer festa em quartel? pode-se gastar o dinheiro da união com combustivél para buscar palha? Eu não gostaria de ser o sindicante desse acidente.

Júlio Fortes disse...

Independente dos aspectos da conveniencia ou não da missão dada trata-se de acidente em serviço sim.

Anônimo disse...

09/06/2016 18:12

Bolsonaro fala de gays, estupro e que Brasil precisa de projetos, não mitos

http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/bolsonaro-fala-de-gays-estupro-e-que-brasil-precisa-de-projetos-nao-mitos

Anônimo disse...

http://www.campograndenews.com.br/transito/video-mostra-momento-que-militares-feridos-na-ms-080-sao-socorridos

Anônimo disse...

Viatura operacional deveria ser utilizada somente nas atividades de instrução da OM, sendo material de emprego militar, ao contrário do que se vê por aí.

Anônimo disse...

Quem deu a ordem foi o cabo. (Como sempre). Tenho certeza que não recairá sobre ninguém a culpa, aliás será do falecido. Deus conforte a família.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics