23 de junho de 2016

Seul acusa Coreia do Norte de testar dois mísseis de médio alcance

ALERTA MUNDIAL
OTAN CRITICA AÇÃO, QUE VIOLA SANÇÕES DA ONU
A polêmica Coreia do Norte teria disparado dois mísseis de médio alcance Musudan, nesta quarta-feira, 22, com intervalo de menos de 2 horas entre os testes. De acordo com o Ministério da Defesa da Coreia do Sul, o segundo lançamento foi realizado às 7h30 (20h de terça-feira em Brasília), após uma primeira tentativa fracassada.
“Por enquanto estamos tentando confirmar se o segundo lançamento teve êxito ou foi um fracasso como os anteriores”, afirmou um porta-voz de Defesa de Seul.
O segundo míssil percorreu cerca de 400 quilômetros desde a sua decolagem, informou em comunicado o Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas da Coreia do Sul, sem especificar se considera um sucesso ou um fracasso.
As forças militares conjuntas da Coreia do Sul e Estados Unidos estão realizando “uma análise mais precisa” para descobrir detalhes da ação e apresentar uma avaliação, afirmou o comando do Exército.

Testes
Desde o último mês de abril até o final de maio, o regime de Kim Jong-un realizou quatro lançamentos fracassados do Musudan, aos quais se soma a primeira tentativa infrutífera desta quarta.
O Ministério da Unificação qualificou as ações do país vizinho como uma “clara provocação contra a Coreia do Sul” e lembrou que “qualquer lançamento de um projétil com tecnologia de mísseis balísticos viola as resoluções impostas (a Coreia do Norte) pelo Conselho de Segurança da ONU”.

Reação
O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, condenou os novos lançamentos de mísseis de médio alcance executados pela Coreia do Norte e disse que Pyongyang realiza “ações provocadoras” que solapam a segurança e o diálogo internacional.
“Os lançamentos constituem uma violação direta de várias resoluções das Nações Unidas”, sustentou Stoltenberg em comunicado, no qual lembrou que entre essas resoluções se encontra a 2270, adotada em 2 de março deste ano.
DIÁRIO do PODER/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Esse doido, cabeça de LEGO, só vai sossegar quando provocar uma guerra para encobrir a miséria e falência do país dele. O que não falta é gente "dominada", tipo zumbi. Povo alienado, faminto e tem que apludir o louco.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics