14 de março de 2017

Coronel do Exército chama bombeiros para resolver problema com barril de chope e causa indignação na corporação

Rafael Martini
Florianópolis (SC) - Uma chamada para o 193, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, está dando o que falar nas redes sociais, internamente na corporação e mobilizando até mesmo a Associação dos Praças (Aprasc). No último dia 9, às 11h58min, um morador da Lagoa da Conceição ligou para o Cobom (central de emergência dos bombeiros da Grande Florianópolis) solicitando atendimento na sua residência, porque um barril de chope havia explodido. Se identificando como coronel, pediu que fosse enviada uma guarnição até o local, porque havia outro barril e ele temia manusear o produto.
Do outro lado da linha, um cabo dos Bombeiros questionava a chamada, dizendo que isto não era função deles. Foi quando o solicitante pediu o contato de um oficial. O celular foi repassado, conforme áudio da gravação que circula nas redes sociais.
A coluna Visor já havia divulgado na edição do dia a 10 nota intitulada BOMBA, relatando somente o chamado e a causa, mas ainda sem maiores detalhes. O homem, identificado inicialmente como oficial da PM, é coronel da reserva do Exército.
Mas o caso acabou tomando outra dimensão. Minutos depois da ligação para o 193, o sargento que comandava o Cobom na oportunidade recebeu outro telefonema com ordem expressa de um oficial para que enviasse uma guarnição até o endereço e verificasse o quadro da explosão. O sargento chegou a ponderar que não era papel dos bombeiros fazer limpeza no local.
Nesta segunda-feira foi confirmado que o sargento foi transferido do Cobom para atuar novamente num batalhão da corporação.
O fato provocou indignação entre soldados bombeiros e até policiais militares, que compartilharam o áudio da chamada em inúmeras redes socais.
A direção da Associação dos Praças de SC também pretende reunir-se com o comando dos Bombeiros para entender as causas da transferência do sargento, alegando que ele estaria sendo punido por "tentar fazer a coisa certa".
O comando dos Bombeiros abriu sindicância para apurar quem vazou o áudio da chamada da ocorrência. E informa que a decisão de mudar alguns militares do Cobom já era anterior ao episódio do barril de chope, com base em relatos de mau atendimento em outras ocorrências. "Nossa missão é prestar socorro imediato, sem questionar as causas. Claro que não iriamos mandar uma guarnição para limpar a sujeira do chope, mas não podemos nos negar a prestar ajuda em hipótese alguma, disse um oficial graduado da corporação."
Com base em uma rápida pesquisa no google é possível constatar relatos de explosões de barris de chope que deixaram feridos e até causaram mortes no Brasil. O comando diz que não irá aceitar qualquer tipo de insubordinação, e que já teria identificado indícios de um princípio de motim, o que é inaceitável na carreira militar.

Confira o áudio da ocorrência e tire suas próprias conclusões:

DC/montedo.com

44 comentários:

daniel camilo disse...

Se o Sgt tivesse ido logo, nada disso estaria ocorrendo, mas o Sgt quis encarar o Oficial...... e a corda arrebentou no lado mais fraco, Conclusão: Manda quem pode, obedece quem tem juízo.

Anônimo disse...

Cara de pau.

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

A que ponto chegamos...

Anônimo disse...

Tá falando sério q vc tá defendendo a atitude do Coronel ?? Vc acha mesmo q o Sgt tá errado ?? Vc acharia normal alguém mandar vc fazer faxina na casa dos outros?? Salvo o contrário, isso pra mim é ordem absurda pois, está se tirando uma equipe que poderia estar atendendo um potencial incêndio, um potencial afogamento para ir cumprir caprichos de uma ser q acha q vivemos em um sistema feudal. Mas se você acha q tudo isso é normal, pegue uma vassoura e um rodo, ligue para os bombeiros e peça o endereço do referido oficial. Mas capriche na faxina, OK ???

Anônimo disse...

Alguma semelhança como o EB? Imagina! No EB não ocorre esse tipo de coisa. Outra, é claro que a transferência já estava programada, foi pura coincidência.

Anônimo disse...

Não adianta o Regulamento e dos oficiais em 2006 estava na Marinha do Brasil um marinheiro disse que um oficial falou que se não temos a chibata pra punir os praças como antigamente temos REGULAMENTO DISCIPLINAR DA MARINHA, depois disso vi que não somos nada pra eles. Hoje sou do EB apenas troquei de time.

praça rima com desgraça

oficial rima com legal

quem nunca ouviu isso?

Anônimo disse...

se quem nao serviu ao exercito pode achar q isso nao acontece se vc e praça vai ter ate q passar pano em casa de oficial ta certo quem diz manda quem pode obedece quem presisa se resolver escrever um livro dos meus 30 anos de caserna dos abusos que presenciei vou preso kkkk

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Ao anônimo de 14/03 11:37
Onde na reportagem está escrito que era para limpar o local???
O solicitante (independente de ser oficial) pediu ajuda por causa do outro barril que estava lá e que o cidadão estava com medo de manusear...
No meu ponto de vista, se acontecesse algo semelhante comigo é provável que eu também chamasse os bombeiros, pois a função dos Bombeiros é exatamente este, tratar com coisas perigosas que o cidadão comum não pode ou não tem coragem de lidar.
Att

Anônimo disse...

Eu sinceramente fico horrorizado quando vem sargento ponderar comigo. Galera, a regra é muito simples: Ordem se cumpre! O responsável pela ordem é quem a emana, simples assim! Não tem essa de ficar questionando... vai lá e cumpre, se estiver errado, quem deu a ordem vai responder! Ahhh sargentos sendo sargentos...

1º Ten Inf

keko marques disse...

Não ouvi o áudio. Pela reportagem, o coronel solicitou a guarnição para remover o barril que não explodiu. O que há de errado nisso?

Anônimo disse...

Eu no lugar do referido sgt teria ido e ficado lá pra secar o outro barril de chopp. Simples!

Anônimo disse...

Explode um barril um recipiente pressurizado equivalente a um botijão de gás na sua casa vc liga pra quem cara pálida?? para Nasa ?? É muito mimimi o Cel não ligou para fazer limpeza da sua residência apenas queria que o Barril que não explodiu fosse removido por pessoal qualificado para tal, sem que houvesse riscos à terceiros, hoje em dia tudo é polêmica arrego!!!!

Anônimo disse...

Queria conhecer vc 1° Ten Inf, deves ser o ícone da eficiência, se não for, já demonstrou que é o ícone da soberba e falta de humildade, ou se esquece que seu desempenho como oficial depende da experiência e desempenho laboral da sua equipe formada por sargentos, cabos e soldados. Vc esqueceu que está no exercito? Alguém te falou em trabalho em equipe na "AMÃE", no respeito à experiência do sargento, ou só te ensinaram a ser autoritário e não deixar o "sargento tomar o comando do Pelotão" bordão atrasado, incoerente e ridículo que se entoa nos estabelecimentos de formação de oficiais (sabemos que é assim). Mais humildade meu caro. "Sargentos sendo sargentos..." Essa é boa.

Anônimo disse...

Houvi a gravação e o Coronel não está errado em sua solicitação. Se há risco de explosão tem que chamar a autoridade competente.

E ao 1° Ten Inf mais respeito por gentileza.

3° Sgt Mat Bel.

Anônimo disse...

Ao 1º Ten Inf, 14 de março de 2017 12:34, no mínimo Of temporário. Sem tato!

Sou PRF, fui 2° Sgt do EB. E me orgulho muito. O respeito vem de cima, e vc, pelo jeito não o merece.

Anônimo disse...

Ao meu ver o sargento ficou melindrado quando o coronel se identificou. Bastava cumprir a missão. Ninguém mandou ele limpar coisa alguma, mas havia a preocupação com o outro barril. Precisei chamar os bombeiros quando dois rottweiler estavam soltos atacando pessoas na rua. Os bombeiros vieram e com a nossa ajuda prenderam os cães.Não houve nenhum problema, mas uma troca de agradecimentos.

Anônimo disse...

Esse cara aí que falou AMÃE é uma piada.... kkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Tava com medinho de barril de chopp??? Carvalho! Bebe logo esse chopp e não enche o saco de quem ta de serviço!

Anônimo disse...

Esse problema é de fácil solução. Se alguém comprar dois, três ou mais barris de chope e não souber manusear, eu conheço uma duzia que iria de graça, contente e sorridente para essa "missão" e já levariam uma caneca tamanho grande. São super-experientes na bebedeira, baladas, churrascos, etc. Os barris iriam durar pouco tempo.Nada seria desperdiçado.

Anônimo disse...

Me desculpem os amigos, mas não vi nenhum pedido absurdo. Não ouvi no áudio qualquer solicitação para limpeza do local e sim um receio de manusear outro barril de chope ou cerveja que poderia explodir. Agora também não concordo na arbitragem de transferir o sgt e dar a desculpa que são coisas normais. evidente que houve uma retaliação.

Anônimo disse...

Bordão atrasado?
E o seu de direcionar críticas a escola de formação dos oficiais?
Generalizando?
Quem te falou q é ensinado lá que o sgt vai tomar o comando?
Mais cuidado meu camarada, assim como você ficou ofendido com palavras vazias ditas ao esmo outros também podem ficar com sua resposta sem fundamentos e desprovida de conhecimento

O melhor de todos disse...

Imagina se todos que tiverem problemas com barrio de chopp resolverem chamar o Bombeiro?

Anônimo disse...

Discurso bonito camarada, mas nós sargentos continuamos sendo Sargentos.

Anônimo disse...

Até que enfim uma resposta inteligente... sem mimimi de ambos os lados.

Anônimo disse...

Pelo jeito o famoso R. Quero está rompendo as barreiras do Portão das Armas. Isso tem o lado bom, pelo menos a sociedade vai conhecer de verdade a fiel camaradagem, a amizade, e outros atributos massificados em nossas cabeças desde as escolas de formação, tudo balela, as praças em geral são serviçais de um bando de oficiais elitizados que se acham deuses, principalmente quando estão no comando de uma OM. É como diz o ditado: o costume de casa se leva a rua. Eles estão acostumados pq na caserna o pobre soldado corta a grama de seu PNR, faz seu almoço e seu churrasco no fim de semana, dirigem seu carro funcional, alguns chegam até trocar lâmpada queimada em seus PNR, digo pq eu já vi, ninguém me contou. Ai quando vão para a reserva o choque é grande, vem a realidade e como não possuem mais seus serviçais para lhes fazer tudo, chamem o 193, só pode ser piada.

Anônimo disse...

Concordo

Anônimo disse...

Bordão atrasado sim, e amplamente utilizado, sabemos como funciona desde um cpor até a academia, onde se trabalha o ego desses jovens em detrimento do respeito ao subordinado, e ao trabalho em equipe, sem falar no conceito de lealdade que só existe para com o superior. Se o caro amigo não gostou dá crítica, mude o sistema, infelizmente é assim que os vemos. Reflexo disso, são os generais que temos hj, alijados dá tropa, pensam somente em benesses políticas quando vestirem o pijama, não pensam jamais em se indispor pelo subordinado para trazer melhorias. Esse é o pensamento moldado. Primeiro minha carreira, depois o resto.

Anônimo disse...

Ao oficial que se sentiu ofendido, esse tipo de postura arrogante do tal 1° Ten Inf é digno de pena. Alguém diga a ele que ele não está na profissão mais "supimpa" do universo, que ele não será de vídeo por vassalos, é que tem SD PM em estados Brasil a fora que ganham mais do que ele, com todos os direitos de cidadão e três meses de formação. Alguém avise esse sujeito.

Anônimo disse...

Barrilzinho de chopp explodiu?Chamem os militares, mas não os do E.B. KKKKKKK

Essa 93 disse...

Parabéns aos nossos nobres militares do eb. Arregamos para um barril de chopp e queremos que a população acredite que não vamos arregar na guerra.

Anônimo disse...

Sou PRF também e faço questão de de multar cada milico que paro quando faço trânsito.

Essa 93 disse...

Exato

Anônimo disse...

"Ao oficial que se sentiu ofendido, esse tipo de postura arrogante do tal 1° Ten Inf é digno de pena. Alguém diga a ele que ele não está na profissão mais "supimpa" do universo, que ele não será de vídeo por vassalos, é que tem SD PM em estados Brasil a fora que ganham mais do que ele, com todos os direitos de cidadão e três meses de formação. Alguém avise esse sujeito." Quer dizer que agora a Hierarquia e a Disciplina são determinadas pelo salário ?

Anônimo disse...

Parece que o coronel do EB está pensando que as forças auxiliares( PMs e BMs) é o exército dele ,onde ele dá qualquer ordem e os praças prontamente obedecem sem sequer questionar a legalidade de tal mandamento .acho que ele não está acompanhando a evolução intelectual das forças auxiliares , onde não cumprimos qualquer ordem , de quem quer que seja , ainda mais de um coronel do exército .
Caros oficiais do EB , polícia ou bombeiro não é o quartel de vcs onde os senhores fazem o que querem , conosco a banda toca diferente ,não obedecemos ordens ilegais . E se não se enquadrarem consoante as normas , serão responsibiluzados por nós .
Subtenente pmerj Guedes

Anônimo disse...

Até parece,na hora sai algo errado os oficiais são os primeiros a se esconder e tentar botar a culpa nos praças,mas quando o bicho pega e não tem em quem por a culpa vem falando mancinho pedindo ajuda

Anônimo disse...

Impossível explodir , companheiro , pois não há líquido inflamável para geral a combustão e consequente explosão . Frescura do coronel mesmo .

Anônimo disse...

Para aqueles que não viram um pedido absurdo, façam um teste. Ligue para o 193,se identifique como soldado do EB, e diga que está com um problema na chopeira e que precisa de uma guarnição. Faça isso é depois nos conte a resposta da PM.

Anônimo disse...

Valeu, auxiliar. Falou a "otoridade", kkkk

Anônimo disse...

Já cansei de prender sargento,tenente e até um Capitão no último jogo do Atlético. Todos falavam a mesma coisa...muita falta de faxina mesmo

Essa 93 disse...

Kkkkkkkkk perfeito

Anônimo disse...

Não gosto de atrasar milico das FFAA , mas parece que alguns pedem pra pra se ferrar. tudo culpa da lavagem cerebral que sofrem dentro dos quarteis , onde incultam na cabeça deles que são superiores , mas infelizmente acabam aprendendo da pior maneira que não são nada daquilo que pintam dentro da caserna .

Anônimo disse...

Só aprendem isso dentro do camburão ou quando fazem cara de gatinho na hora que entregamos eles para o Superior de dia

Anônimo disse...

Hummmm PRF fodão que sente prazer em multar milico.....sei, pegar bandido tu não quer, né filhão?? e depois ainda dizem que não existe indústria das multas....Tu deve ser o maior recalcado....vai trabalhar e deixa de aporrinhar o cidadão de bem.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics