9 de março de 2017

Polícia captura suspeito de matar soldado do Exército em MG

Juiz de Fora (MG) - A Polícia Civil prendeu nesta terça­-feira um jovem de 18 anos suspeito de ter participado do assassinato do soldado do Exército Brener Luís Gomes Magalhães, 21, morto com cinco tiros, no dia 4 de dezembro do ano passado, na Avenida Atlântica, no Bairro Parque das Torres, Zona Norte. A vítima também trabalhava como motoboy nas horas vagas e foi surpreendida por atiradores quando levava um lanche em sua moto. Um primeiro suspeito, 26, já havia sido preso pela Delegacia Especializada de Homicídios em 18 de fevereiro. 
Segundo o delegado responsável pelas investigações, Rodrigo Rolli, o rapaz detido nesta terça estava escondido na casa de parentes no Jóquei Clube III. Contra ele já havia mandado de prisão expedido pela Justiça. Ainda conforme Rolli, o homicídio teria sido motivado por rivalidade entre dois grupos, que tem como pano de fundo o tráfico de drogas. Os suspeitos de cometerem o crime são integrantes de uma gangue que vem aterrorizando a região do Parque das Torres com uma série de delitos violentos. Cinco deles haviam sido presos em operação da Polícia Civil no ano passado, mas três já estariam de volta às ruas. 

Leia também
Soldado do Exército é assassinado em trabalho como motoboy

“O jovem do Exército sofreu uma emboscada ao levar um lanche dentro do Parque das Torres. A motivação é uma guerra entre grupos rivais que se perdura há muito tempo. Já existem várias investigações encaminhadas ao Poder Judiciário demonstrando essa rivalidade acirrada. Temos outros pedidos de mandado de prisão aguardando decisão para conseguirmos efetuar a prisão dos demais integrantes”, informou o delegado.
Tribuna de Minas/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics