17 de março de 2017

Privatização da guerra: proposta quer substituir exércitos da União Europeia por mercenários

Bruxelas quer substituir forças armadas por mercenários
Relatório está em discussão no Parlamento Europeu
O uso de mercenários pela União Europeia e pelos seus estados-membros é defendido num projecto de relatório do Parlamento Europeu sobre empresas de segurança privada.
A proposta de relatório, da autoria da deputada belga Hilde Vautmans (grupo dos Liberais), sugere que a União Europeia defina regras para as empresas de segurança privada, nomeadamente de mercenários em contexto de intervenção militar.
No documento, é reconhecido que o recurso a estas empresas resulta do desinvestimento nos aparelhos militares e civis de defesa e segurança por parte dos estados-membros, nomeadamente através de cortes orçamentais. A utilização de seguranças privados e de mercenários em cenários de guerra e intervenção militar desempenha «um papel importante», já que as empresas de segurança privada «podem permitir uma considerável diminuição dos custos», lê-se no relatório.
As potenciais poupanças ao nível dos custos e a eventual «maior eficiência comparativamente com a prestação desses serviços pelo Estado» são apontadas como principais argumentos para a regulamentação da segurança privada e dos mercenários pela União Europeia.

Privatização da guerra – uma tendência crescente
A utilização de mercenários em cenários de guerra é uma prática que tem proliferado em vários conflitos, nomeadamente na Síria, por parte de potências ocidentais, e no Iémen, contratados pela Arábia Saudita. De acordo com a PressTV, um ataque retaliatório por parte das forças iemenitas a uma base saudita junto da fronteira entre os dois países provocou a morte de dois mercenários. No início do mês, uma fonte do Exército Árabe da Síria revelou à agência de notícias SANA que se contavam dezenas de mercenários entre os terroristas mortos numa operação a Nordeste de Alepo.
Em 2007, uma equipa de mercenários da empresa norte-americana Blackwater disparou sobre uma concentração de civis na praça Nisour, em Bagadade (Iraque). Um tribunal norte-americano acabou por condenar quatro dos elementos envolvidos por homicídio, em Abril de 2015.
Desde o início da invasão norte-americana do Afeganistão, em 2002, até 2014, a Blackwater (renomeada Academi após o massacre da praça Nisour) recebeu 569 milhões de dólares só pelos serviços prestados naquele país, de acordo com uma auditoria oficial, citada pela revista The Nation em Março de 2015.
Um artigo publicado no The Yale Review of International Studies em 2012 estimava que, em 2010, as empresas de mercenários facturaram 50 mil milhões de dólares – um terço da despesa com pessoal prevista no orçamento de defesa dos Estados Unidos da América.
abril/montedo.com

21 comentários:

Anônimo disse...

será que teremos uma legião estrangeira belga ?

Anônimo disse...

Vídeo ...

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/jornal-do-almoco/videos/v/uniao-tera-que-indenizar-militar-do-exercito/5729713/

Anônimo disse...

Deveria fazer isso no Brasil, já que as FFAA são sucateadas e mal treinadas.

Anônimo disse...

Câmara anula doação de aviões da FAB a Moçambique acertada no governo Dilma

http://g1.globo.com/politica/noticia/camara-anula-doacao-de-avioes-da-fab-a-mocambique-acertada-no-governo-dilma.ghtml

Anônimo disse...

http://extra.globo.com/casos-de-policia/policia-prende-soldado-do-exercito-que-roubava-celulares-apresentando-distintivo-20107542.html

Anônimo disse...

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/militares-do-exercito-trocam-tiros-com-suspeitos-na-avenida-brasil.ghtml

Anônimo disse...

É um tiro no pé. Dar poderes a um ser humano que vai lutar pelo dinheiro? Só aumentar o dinheiro do outro lado que as coisas se invertem. Militar tem amor ao seu país e nação ... Mercenário tem amor ao dinheiro! Mesmo nos países ditos desenvolvidos o povo está sendo subjugado pelo mal!!! Sendo enganados. Empresa de Mercenários irá obedecer ao seu "pagador" ... independe da ordem ser ilegal ou imoral ... mesmo contra o povo do país do "pagador"! Só raciocinar!!! Pensei que era só no Brasil que o povo é tão facilmente manipulado!

Anônimo disse...

Vai acontecer uma catastrofe se isso vier a se concretizar, pois o governo perderá o controle da Força, sendo assim em um futuro próximo estes loucos desejam economizar verão que criaram monstros incontroláveis, sendo dominados por aventureiros sem nenhum sentimento de pátria, escravizando o povo. Isso deve ser sociólogos utopistas associados a aproveitadores que dominam empresas privadas de segurança. Parabéns ao mundo, não só o brasil esta indo para o abismo e sim esses intelectuais formados em pura teoria, utopia e socialismo.

Anônimo disse...

Pelo amor de todos os santos e deuses Hindus, não deixem que a Srª Mirian Leitão veja uma coisa dessas; ela vai sugerir extinguir-nos, e entregar nossa defesa a algum conglomerado sulamericano de (I)nações.

Anônimo disse...

Aiiiiiiiiii....Que saudade de "pUrtugallllll"!!!!!!

Anônimo disse...

Não deem essa ideia por aqui, por favor!Já existe uma proposta que quer terceirizar quase tudo no meio civil com a desculpa de economia e mais empregos. Vai que terceirizam as Forças Armadas e com a qualidade dos políticos que temos, já sabemos onde isso vai dar: outra "lava Jato".

Anônimo disse...

Ideias de extrema direita!

Pedro Mass disse...

Um estado deve ter segurança alimentar, energética, jurídica e de defesa (sem defesa não há estado). Soldados nativos aceitam o sacrifício da vida pelo seu povo, soldados mercenários trabalham por dinheiro. A Europa já iniciou o seu fim cultural e agora dá passos largos, privatizando defesa, ao fim de sua soberania política e territorial. São os soldados que garantem a nação.

Anônimo disse...

Imagina o PT com um Exército de mercenários. A quem isso interessa? Pessoal vejam a história de Roma e sua queda. Somente imbecis e jumentos do mais baixo nível intelectual pensaria uma coisa dessas.

selva disse...

Um país sem seu Exército não subexiste,palavras de Olavo Bilac. Bruxelas é conglomerado de indoutos e ignorantes.

Anônimo disse...

Sim,mas cadê o cream dela cream (o aumento)????eu quero e saber disso e não o que o exército da casa do manza ta fazendo ou deixa de fazer.

Anônimo disse...

Terceirizar as forças armadas???? Como???? Quem faria isso???? Quem bancaria os gastos???? Como obteriam lucro com isso???? Cobrariam uma taxa anual de cada cidadão para fins de proteção contra possíveis nações inimigas???? Só faltava essa!!!!!

Anônimo disse...

E meus amigos montedo e dentre outros.pra um general vir aqui e falar BRASIL ESTA A DERIVA. e pq muita coisa ta encoberta ainda e nos não podemos fazer nada.etc etc etc não e que ele não queira intervir mas a própria cabeça de todo o povo brasileiro já esta contaminada com tantas corrupção.não estou falando somente de política mas tbm da formação de cada um.quero que tenham uma mente aberta e pensante.o general e um líder inteligente acreditem nele.uma dica e so ver noticiários e observe a natureza das pessoas etc

Essa 93 disse...

Kkkkkkkkk meu filho, olhe bem o comentário de nossos pares e oficiais e me diga se não somos mercenários sem salário kkkkkkkkkkk

Ricardo Leiven Charlton disse...

Você é louco? Não entende nada!a direita é PATRIOTA. Isso aí é ideia globalista da esquerda de Bruxelas, aqueles sociopatas comunistas!

Ricardo Leiven Charlton disse...

Bruxelas é a origem do globalismo que tem como objetivo DESTRUIR A SOBERANIA DAS NAÇÕES

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics