28 de março de 2017

Despesas com militares da reserva e pensionistas são encargos da União e não benefícios previdenciários, diz Secretário do TCU

Em nova entrevista, Sergio Mendes, Secretário de Recursos do Tribunal de Contas da União, fala sobre a Proteção Social dos militares.

21 comentários:

Anônimo disse...

Cabe ao governo não se deixar levar por questões ideológicas ou revanchistas para prejudicar as FFAA e tirar-lhes mais direitos assegurados pela constituição.

Léo disse...

O Comandante do Exército nem precisa se esforçar tanto para me convencer de tudo o que foi dito pelo funcionário do TCU.Queremos ver resultados objetivos e vê-lo convencer o presidente desta República de ladrões,de saqueadores dos cofres públicos,de ratos imundos e traidores dá Pátria.Queremos nossos 28%,pra ontem,que o mesmo governo insiste em nos dar o silêncio como resposta,mesmo já tendo sido transitado em julgado pelo STF,há anos!

Marinho disse...

o Secretário defende mais as Forças Armadas que muito praça por aqui

Anônimo disse...

Melhorem logo os salários ....

Insustentável disse...

SOCORRO, cheio de empréstimo está insustentável

Anônimo disse...

Senhores os 28% não vai sair porque não beneficia os generais, mesmo transitado em julgado, com certeza foi barrado várias vezes pelas comissões militares que haviam no senado e na Câmara dos deputados, sendo que a do senado o Eunicio correu com ela! Entendeu agora!

Anônimo disse...

Argumento fraco do ministro do TCU, pois é tudo verba publica que vem dos impostos, tanto faz se for pago pelo INSS ou pelo orcamento da Defesa. Os militares devem se defender melhor, de nada adianta usar o termo "protecao social" aos inves de previdencia, isto nao convence ninguem e vao levar pau.

anônimo disse...

Rapaz... sei não...depois que falaram que isso ia ser gradual...acho que ficaremos novamente sem nada. Só temos uma certeza, que o tempo para ir para reserva aumentará.

Altevir Stall disse...

Meu caro Marinho! Com certeza, esta entrevista foi a pedido do Comandante Villas Boas. Grande abraço!

Anônimo disse...

Renovei empréstimo agora em março. Não tô podendo dar o básico p minha família. Me sinto envergonhado diante deles e, principalmente, diante dá minha esposa. Faz 4 anos q nem podemos sair nas férias. Sou sargento. Cmt faça algo de concreto por favor!

Anônimo disse...

Esse secretário está defendendo os OFICIAIS, quando diz que somos transferidos de 2 em 2 anos. Praças são tranferidas, a não ser na peixada, de 2 em 2 anos? E outra, nossas esposas trabalham, diferente da filosofia de oficiais que acham que as mulheres só servem pra fazer o chá das 17h, jantares, festas.

Anônimo disse...

Não é a mesma coisa não, verba pública é o que vai pelos ralos da corrupção dos políticos. Dinheiro de previdência é um recurso pelos proprios trabalhadores, por isto eles querem mexer dizendo que não está se refinanciando tornando inviavel a manutenção dos benefícios no futuro. Dinheiro pago nos salarios dos militares é dinheiro gasto com todas as despesas publicas da União e se estão metendo a mão a culpa não é nossa, pois já é sabido que somos a carreira mais mau paga dos federais.

EmprestimoConsignado disse...

Militar! Vem cá que eu to te querendo.

Anônimo disse...

Já recebi diversas ligações de correspondentes bancários e escritórios que são apenas intermediários de instituições financeiras, de outros estados, propondo compra, diminuição de prestações, etc, e que sabem dos meus empréstimos e dos meus dados. É impressionante a falta de segurança bancária. Alguns estão propondo esticar prestações até 96 vezes(??). Daqui a pouco, até meus netos vão ter que continuar a pagar. Vale lembrar que o "Leão" está sempre muito faminto e não refresca ninguém e nem ajusta a tabela. Como um sujeito que precisa fazer empréstimos para não falir, ganha só o salário que já vem descontado na fonte, ainda tem que pagar mais? Do jeito que esse governo continua, à caminho da cassação, nada mudará, ou melhor, só virá mais impostos.

Anônimo disse...

Aprenda a viver com o que ganha ou preste outro concurso para ganhar melhor .muitas famílias sobrevivem com 1/3 do que vc ganha fazendo 3x o que vc faz .

Essa 93 disse...

Exatamente. Quem vê pensa que ganha Milão

Essa 93 disse...

Tinha que parar de transferir. Acabava metade dos problema$ dos cofres públicos

Essa 93 disse...

Kkkkkk

Suboficial Gilberto FAB disse...

Meu comentário nada mais é do que um desabafo em cima de uma profecia que infelizmente o povo esqueceu e que está se concretizando. Disse o General João Batista Figueiredo: " O mundo verá o que eles farão com tanta democracia. Jogarão a Nação num lamaçal de dimensões continentais, onde o povo afundará na corrupção, na roubalheira, na matança até que se instaure o caos social seguido de uma inevitável guerra civil, chegado este momento, o povo clamará nas ruas, pela Democracia implantada por nós em 1964"...

Anônimo disse...

Duas coisas eu percebo: a primeira é que será q esse pessoal ainda não entendeu q todos nós queremos ações concretas e não somente conversa. A segunda é que tanto a fáb quanto a marinha estão se esquivando é só deixando o trabalho sujo para o eb. Então, seria necessário mais união, mais comprometimento dos nosso cmts, para sairmos dessa inércia desmoralizante.

Anônimo disse...

O mérito supremo, segundo a arte da guerra: vencer o inimigo sem lutar.
Nas forças armadas = 1 coloca se comandantes fracos 2 baixos salários 3 sucateamento 4 encher de temporários quartéis 5 mais mulheres nas fileiras 6 vampiros 7 burocracia + papelada e deixar de lado atividade fim 8 cria se força paralela FNS 9 usar as forças com fins políticos 10 não valorizar seu principal q são os recursos humanos os praças.
Pronto! Está aí o decálogo da desmoralização em execução.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics