16 de março de 2017

"Diferença entre servidor público e militar é abismal", diz secretário do TCU

Sergio Mendes, Secretário de Recursos do Tribunal de Contas da União, fala sobre a Proteção Social dos militares.

134 comentários:

Anônimo disse...

RECEITA FEDERAL 2018!! EU VOUUUUUUU

AMAN 2012!

Anônimo disse...

De onde surgiu esse cara??? Estamos pagando quanto pela defesa dele? kkkkkk

Anônimo disse...

Manda esse vídeo para nossos comandantes, para o Ministério da Defesa, os deputados para Miriam Leitoa para o Ministério da fazenda, porque só eles parecem não ver isso ou não é mesmo Forças Armadas que eles querem.

Anônimo disse...

Excelente entrevista.

Mande esse video para a esquerda caviar, que só querem explorar o povo, comer em restaurantes caros, roubarem e ir passear na Europa, EUA, Canadá, etc

Anônimo disse...

"SOU MILITAR PORQUE SOU ASSIM. NÃO SOU ASSIM, PORQUE SOU MILITAR " (Paulo Lucio)

Anônimo disse...

Isso ai! Com certeza! Minha vida como servidor do judiciário federal está anos luz melhor do que minha quando eu era sargento no 5° GAC AP. Graças a Deus existe o concurso público, uma grande porta para quem quer sair do EB.

Anônimo disse...

Eu também! Meti o pé do EB. Concito-os a fazer o mesmo. Como servidor do Judiciário Federal ganho três vezes mais e trabalho duas vezes menos.

Anônimo disse...

Como se para ser do EB não houvesse concurso também. "Vá se catar!"

Anônimo disse...

Anônimo 16 de março de 2017 11:54, "E O QUICO?!"

Anônimo disse...

É isto aí! Tem que colocar pessoas como esta para falar, entendido do assunto, sabe o que fala. Não é qualquer porcaria por aí, não!

Anônimo disse...

"Isso ai! Com certeza! Minha vida como servidor do judiciário federal está anos luz melhor do que minha quando eu era sargento no 5° GAC AP. Graças a Deus existe o concurso público, uma grande porta para quem quer sair do EB." Era temporário ou QE ?

Daniel Cardoso disse...

Excelente entrevista, que tira qualquer dúvida em relação a Previdência Social, meus parabéns, ele esta altamente inteirado do assunto, Parabéns.

Anônimo disse...

O Comandante Supremo das Forças Armadas Presidente Michel Temer, juntamente com o Congresso Nacional, deveriam ouvir o doutor Sergio Mendes, Secretário de Recursos do Tribunal de Contas da União,para analisarem o quanto nossas FORÇAS ARMADAS estão defasadas em relação a outras categorias de funcionários de Estado, principalmente na parte salarial que é a pior entre todas.
Só existe DEMOCRACIA por causa das FORÇAS ARMADAS.
O Brasil espera que cada um cumpra seu dever.

Anônimo disse...

Esse pessoal que fica dizendo que passou em concurso e menosprezando quem ainda esta na força... são todos fake!!!!! Se eu passasse num concurso, o que ficaria fazendo em sites militares?? Ficar rindo ou debochando dos outros? Ah, faça-me o favor...

Anônimo disse...

É trabalha tão pouco que tem tempo pra se meter aonde não foi chamado

Anônimo disse...

" Era temporário ou QE ? Não, EsSA Art.

Anônimo disse...

Vai passar não

Anônimo disse...

Meu nobre, ignore esse povinho. Nem para fakes servem. Querem invocar cargos como se esses cargos fossem algo tipo pic@ das galáxias, qta sandice.
Já cansei de dizer aqui e repiso: tenho vários alunos do Judiciário que até para órgãos estaduais querem ir. Somente os analistas Judi antigos ainda se mantêm, pq os Tec e os analistas mais novos estão como nas FFAA, metendo o pé. Reclamam do ambiente de trab ruim (sobrecarga de trab), falta de respeito (todo mundo manda nos servidores, até mesmo os advogados que vivem humilhando-os), descaso etc.
Aí vêm os "ispertos", que, segundo eles, nem fazem mais parte do órgão, vir ao blog q não lhes dizem mais respeito.
Somente para registro, qq camarada no EB, com algumas exceções, passaria com um pé nas costas nesses concursos. Tem mt gente ótima aqui.
Dê audiência não. É isso q eles querem.
Maj Leonardo

Anônimo disse...

Se realmente saíram do EB podem até estar ganhando mais, mas não estão felizes, porque quem deixou a instituição e está bem não perderia seu tempo aqui.
Conheço pessoas que deixaram o EB e como gostava acompanha até hoje a promoção dos colegas.
Obs; o militar era temporário.

Anônimo disse...

Sim, e depois dessa entrevista muda alguma coisa? Não.

Anônimo disse...

Hummm

Anônimo disse...

Muito bonito o discurso, mas não tem jeito.

Anônimo disse...

Bacana o vídeo.
Tudo muito bonito, mas mesmo assim estamos passando fome.
Essa semana trabalhei mais de 100 horas, deixei esposesposa e filhos sozinhos e estou a ponto de passar fome.
SOCORRO!!!

Anônimo disse...

Lindo o pensamento do individuo, por isso sou a favor da meritocracia, olha o pensamento do trabalhador, hahaha trabalhar menos e ganhar mais, por isso o pais vai longe assim, e o nosso judiciario uma beleza funcionando a todo vapor ! Pq tem gente que trabalha menos e ganha mais, ser militar pra que né ! Cuspindo no prato que comeu ! Legal o esqueminha né, aparece 2 vezes e ganha 10 mil !

Anônimo disse...

Então, vai seu bosta!!! AMAN 2008

davsant disse...

Deram o golpe no expediente, sobrecarregaram outros colegas, não foram solidários com os pares, e tiveram tempo para estudar e saíram do EB. Queremos camaradas no EB! Sejam felizes com o seu excesso de dinheiro! Abraço!

Anônimo disse...

Nossos chefes só querem tirar o deles da reta! Simples assim. Farinha pouca, meu pirão primeiro.

Unknown disse...

Quantas horas vc trabalha por semana?
No mínimo 40, certo?
O militar trabalha no mínimo 72 horas multiplica isso por mês e depois por ano, sem contar que não tem direito a FGTS, então, não seja injusto com quem dá a vida por quem não conhece..

Unknown disse...

Parabéns pelo seu cargo público, mas "meter o pé " é uma solução pro seu problema individual, enquanto pensarmos de forma individual os políticos ficaram tranquilos para mudar a regra do jogo,como querem fazer com os militares, o mesmo pode acontecer com seu cargo público no futuro, e aí vai fazer outro concurso? Até quando?

Anônimo disse...

De fato. Sempre pensei que o judiciário estivesse recheado de vagabundos ganhando mais do que merecem. Me lembro de voce, guerreiro. Era um péssimo sargento no GAC AP. Me lembro que estava prestes a não conseguir reengajamento. Fez um concursinho xexelento e obteve êxito. Então....os melhores são apenas bons para o Exército e os vagabundos vão tapar buraco em outros setores. Alguma semelhança com o péssimo exemplo do STF, aquele bando de vendidos? Faça bom proveito do dinheiro que é sua paga, mas o troféu dos heróis está reservado a outro plano. A vida é efêmera e ninguém escapa da morte.

Anônimo disse...

O GOLPE DADO NAS FORÇAS ARMADAS- http://montedo.blogspot.com.br/2016/09/o-golpe-dado-nas-forcas-armadas.html

Anônimo disse...

Enquanto isso, os DIGNOS MILITARES BRASILEIROS, na maioria do seu efetivo, foram levados a viverem na M com a pior remuneração do funcionalismo público, devido à SUBMISSÃO por parte de uma classe política corrupta e revanchista. Ainda chamam de CRISE os ROMBOS dos cofres público da nação, cometidos pelos políticos ladravazes, cínicos e mentirosos; e o que é pior, tudo isso, com os sacrifícios financeiros impostos a classe militar. Veja a famigerada MP 2215 (LRM), que usurpou direitos dos militares e seus pensionistas, que está enterrada nos porões do Congresso há mais de 15 anos, levando a perda do poder aquisitivo da classe em torno de 45%. Veja também, as correções MESQUINHAS de salários, como se fosse um cala-boca, sem contemplar os guardiões da nação com uma correção JUSTA, IGNORANDO O ART. 37, INC. X DA CONSTITUIÇÃO, que prevê a revisão anual dos soldos e pensões. Então vejamos: o vencimento de um CORONEL da ativa (Militar com 25 anos de serviços e com todos os cursos que a carreira impõe) é INFERIOR ao do MOTORISTA do Senado; onde o vencimento LÍQUIDO de um SUBOFICIAL, da ativa, com 30 anos serviço corresponde aos HUMILHANTES R$ 5.500,00; Bem menos que um soldado da PM-DF ou Policial Rodoviário Federal em INÍCIO de carreira, SENDO QUE O DINHEIRO VEM DA MESMA FONTE PAGADORA: A UNIÃO! Onde o vencimento de um GENERAL, com mais de 45 anos de serviço, é IGUAL ao salário de um AGENTE DE SEGURANÇA, de Portaria do Congresso. Sabidamente, os militares pertencem a uma categoria que não foi feita para viver na riqueza, na ostentação, mas em contrapartida, também NÃO JURARAM a viver na MENDICÂNCIA. O MILITAR JURA DEDICAR-SE INTEIRAMENTE AO SERVIÇO DA PÁTRIA E DEFENDÊ-LA COM O SACRIFÍCIO DA PRÓPRIA VIDA, MAS NÃO JURA A PASSAR PRIVAÇÕES, MUITO MENOS A SUA FAMÍLIA!

Anônimo disse...

Esse pessoal que passou em concurso do judiciário que alega ganhar 3 vezes mais e trabalhar menos não passam de mercenários. Eis o motivo de um judiciário ineficiente. Será que irão trabalhar melhor? Ainda bem que foram embora das FFAA, estão no lugar certo hipócritas.

Anônimo disse...

Depois de 32 anos de serviço saio como um arrependido de nao ter buscado algo melhor, aqueles que forem inteligentes procurem algo melhor, principalmentes os que nao são afetos as bajulações perigosas

Marco disse...

Eu tenho uma

Anônimo disse...

Cuspiu no prato que comeu. Você só está aí porque um dia esteve no EB.Persona não grata.

Anônimo disse...

Seu mané. Ridículo.Voce não mereceu servir ao EB. Não admito ridicularizar a instituição e os membros.

Sérgio Portugal disse...

Excelente explanação do senhor Secretário de Recursos do TCU!
Quando é que vão entender isso!?

Marcelo Gomes disse...

Militar com orgulho, com honra. Não sou militar para ganhar mais nem pra trabalhar menos. Sou militar e ponto.

Afonso disse...

O piloto de Temer ganha menos que o ascensorista do congresso nacional ✔

Gerson Monteiro disse...

Que Bom! O EB também não deve estar sentindo a tua falta...

Marcelo Borges disse...

a ingrata sociedade brasileira não merece as forças militares que a protegem

Anônimo disse...

Bando de preguiçosos sem iniciativa para estudar, esperando cairem melhorias no colo. Nunca vai acontecer...reestruturação da carreira....nem aqui nem na China...acordem. Essas supostas melhorias não condizem com a realidade econômica atual. Se isso acontecesse, os papirões que passaram na receita, PF, PC e afins iriam querer voltar pro EB e serem sargentos de novo. Nunca vai acontecer do jeito que foram apresentadas aquelas tabelas. Meu salário iria aumentar mais de 2000 reais, e olha que de oito em oito aumenta 350, como praça a cada promoção, ou de 5,5% a cada início de ano, bondade do PT (5,5% encima de um soldo miserável). Acordem, aceitem a realidade, papirem e busquem melhores salários e reconhecimento profissional fora da força. Com as praças do EB, isso nunca acontecerá. Não caiam no canto da sereia.

Ps Silv disse...

Não vai adiantar nada...

Unknown disse...

Na verdade, não existe ninguém melhor. Quem foi um dia militar sabe do sacrifício que é a devoção pela carreira. Passar em um concurso público não é digno de merecer um prêmio por isso. Não há nada de espetaculoso, basta estudar. A carreira militar exige devoção. É uma categoria diferenciada de servidor com leis próprias, legislação e até justiça própria, além do orçamento e de um sistema de proteção muito diferente de simples regime de previdência. O Dr. Sérgio muito bem precisou está casta especial de servidor. Todo militar sabe que está na Força não é bem por causa de salário, o amor à profissão talvez seja o motivo do militar não sair da instituição em busca de salários melhores ou em busca de trabalhar menos em outra instituição. Pode ser que o que prende o militar ao regime não seja materialmente o salário, mas o amor pelo que faz. Pode até existir na força quem Estela lá por falta de opção, mas não é a regra geral. Existem pessoas que buscam se realizar na profissão e outras que procuram mudar de profissão para trabalhar menos e ganhar mais, o que esbarra numa questão moral e ética, que certamente encontraria resistência pelos defensores da eficiência no serviço público, enfim, mudar e permanecer são direitos dos que vivem num verdadeiro estado democrático. Não há razão para discurso odioso, muito menos para se saber quem é melhor. Simplesmente respeito pela escolha do que o outro faz. E parabéns ela excelência da entrevista, finalmente alguém que consiga transmitir com fidelidade conhecimentos e princípios inerentes à carreira militar, muito mais devoção do que profissão!

Anônimo disse...

A maioria dos milicos que passam em concursos públicos foram péssimos militares e escamaram a vida toda, sobrecarregando os companheiros no serviço.

Anônimo disse...

Agora sou técnico numa agência reguladora...Não chega ao nível de um cargo no judiciário..Mas é mil vezes melhor que o EB..

Jodivar disse...

É bom explicar essas coisas, mas eu não gosto da expressão "sistema de proteção social" porque mascara o fato que é o militar que recolhe, durante toda a vida, o valor que vai receber na reserva.

Anônimo disse...

A maior diferença entre servidor público e militar, é que servidor público tem todos os direitos,tem voz e tem vez, tem representação de classe, tem poder de negociação, enquanto que militar é o atual sistema legal de escravidão.

Anônimo disse...

Por causa de pessoas como você que o Brasil não vai pra frente! Só quer o filé... Você não faz falta no meu EB.

Anônimo disse...

Verdade né. Não gostou, pede pra ir embora e voltar pra mamãe. Nós só queremos os fortes. Bando de gente que rema pra trás e se esconde de missão. Vão embora.

Anônimo disse...

É por isso que alguns idosos às vezes falam: "Quem muito se abaixa.... " . Enfim, foi isso q aconteceu, mas espero q esses altos estudos sejam concluídos e asituacao não piore como foi com a MP que nada mais foi do que uma severa punição.

jose elizeu disse...

Realmente esse nosso judiciário é caro e ineficiente.

Anônimo disse...

Um problema nas FFAAs é que se um militar é reconhecidamente competente, os superiores enchem o cara de missões e serviços que é da competência de outros. Por isso que tem quartéis e navios com pouca gente fazendo muito e muitos escamados fazendo absolutamente nada. E muitas vezes, na hora de uma missão especial, vai o escamado, o incompetente ou o bola 7!

jose elizeu disse...

Saiu de um órgão com credibilidade E.B. foi pra um queimado. O importante e colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo sabendo que colaborou com o semelhante e entender que aqui nessa vida estamos correndo atras do vento.

Celo disse...

Caro anônimo o problema não é o EB e sim vc. Pois assim como foi inútil no EB está sendo inútil como servidor público. .. Só haverá mudanças na sociedade Qdo a mesma cortar a própria carne. Qdo houver sangue derramado pois em toda história foi assim. ... os políticos são reflexos do povo. Cada povo tem o governo que merece.

Marcelo Lopes
AD SUMUS
Fuzileiro naval

Anônimo disse...

AMAN 2008, tenho pena de vcs, ganhando menos que SD PM de estados como MG, DF, etc, e achando que estão por cima....Kkkkkk. "Melhor profissão" do universo...Ser oficial deve ser o máximo. Kkkkkkk. Faz-me rir. Piada.

Anônimo disse...

Ao anônimo "vc não faz falta no meu EB" "mímimi..". O EB não é seu, ele é da nação. Não pertence a gente como vc. Pensando típico de oficial...".meu sargento", "meu motorista".."minha OM"....

Anônimo disse...

Jogou a merda no ventilador ! Kkkkkkk Sgt EsSA 2008

Gen Anibal disse...

Sou militar da Reserva e não tenho orgulho de dizer que sou militar pois nossa classe não tem um pingo de representatividade para poder, não barganhar mais exigir por direito aumento que as outras classes conseguem e a nossa não. A Polícia Militar do Piaui está com um estudo de vencimento para ser entregue ao Governo do Estado onde consta que um Coronel vai ganhar nada menos que R$ 30.000,00, pasmem senhores, e um soldado iniciando com a renda equiparada a um Agente de Polícia, R$ 6.500,00. Quando entrei no EB, ganhava como terceiro sargento mais da metade do salário de três irmãos meus da Polícia Civil e meu salário era maior do que meu irmão, 1º Tenente em 1988. Hoje meu irmão vive com um salario de Coronel PM do Piaui de 18.000,00. O mundo dá volta companheiros.

Anônimo disse...

Sou fuzileiro com muito orgulho , meu salário não é dos melhores, mas é daqui que tiro o sustento dá minha familia, se um dia sair dá marinha jamais irei defamar minha força

Anônimo disse...

Excelente resumo! Parabéns!

Anônimo disse...

Recalque

Essa 93 disse...

Kkkkkkkkk Major Leonardo sempre é uma piada pronta. Olhei no DGP se havia algum major QCO de nome Leonardo e adivinhe só?Não existe!

Anônimo disse...

Como são deprimentes o pessoalzinho do EB. Tão aí na merda e ficam querendo arrotar caviar.

Anônimo disse...

Faxina e formatura é trabalho?

Anônimo disse...

" Era temporário ou QE ? Não, EsSA Art." Entrou pra que ? Já sei: embromar no expediente, dar golpes nas escalas e missões e com isso se preparar bem para os concursos.Admito que sou encagaçado, mas no seu caso por que não revela ano de formação e nome de guerra ? Medo ? Fake ?

Anônimo disse...


"AMAN 2008, tenho pena de vcs, ganhando menos que SD PM de estados como MG, DF, etc, e achando que estão por cima....Kkkkkk. "Melhor profissão" do universo...Ser oficial deve ser o máximo. Kkkkkkk. Faz-me rir. Piada." E você, caro comentarista, faz o que para viver ? Meganha ? Miliciano ? Olheiro de comunidade ?

Anônimo disse...

"Sou militar da Reserva e não tenho orgulho de dizer que sou militar pois nossa classe não tem um pingo de representatividade para poder, não barganhar mais exigir por direito aumento que as outras classes conseguem e a nossa não. A Polícia Militar do Piaui está com um estudo de vencimento para ser entregue ao Governo do Estado onde consta que um Coronel vai ganhar nada menos que R$ 30.000,00, pasmem senhores, e um soldado iniciando com a renda equiparada a um Agente de Polícia, R$ 6.500,00. Quando entrei no EB, ganhava como terceiro sargento mais da metade do salário de três irmãos meus da Polícia Civil e meu salário era maior do que meu irmão, 1º Tenente em 1988. Hoje meu irmão vive com um salario de Coronel PM do Piaui de 18.000,00. O mundo dá volta companheiros." Para morar no Piauí esses salários são muito baixos. Ninguém merece.

Anônimo disse...

Tenho um exemplo claro de caráter de um desses militares malandros que pagam embuste que saíram pra trabalhar menos e ganhar mais: 2º Sgt antigo, de carreira, foi pra PRF, não devolveu dinheiro da transferência que recebeu antes de meter o pé e ainda foi plotado usando hospital de guarnição com cartão do Fusex que não devolveu antes de ir embora. Exemplo de conduta, agora deve estar extorquindo motoristas pelas estradas para não serem multados. Grande favor que fez à instituição sumindo do terreno!
Quem quer sair, beleza, saia, mas continue sendo (ou tente ser, pelo menos) um cidadão íntegro e com respeito, no mínimo, aos ex-companheiros de farda.

Erick Panini disse...

https://jus.com.br/pareceres/56494/reconducao-no-caso-de-inabilitacao-no-estagio-probatorio-de-novo-cargo-ao-militar-das-forcas-armadas

Anônimo disse...

Depois que cutucaram os militares com essa estória de previdência fajuta não para de surgir especialistas de tudo quanto é canto. Os responsáveis dos "estudos" em andamento não sabiam deles? Todos sabem disso e dos problemas mas não resolvem nunca.

Anônimo disse...

Servidor público tbm não tem FGTS.

Anônimo disse...

Mandem esse vídeo para o Capitão Bolsonáro, talvez ele aprenda alguma coisa e melhore sua argumentação e capacidade intelectiva na hora de dizer que representa as FFAA. Ao invés de ter em mãos a "cartilha LGBT" e mais recentemente a "bíblia", ele possa ter em mãos a Constituição Federal, a Lei 8112, o Estatuto dos Militares etc para saber do que fala, pois da forma grotesca como ele argumenta, não passa de uma caricatura dos militares. Vejam a entrevista em que ele fala que tem que dar um "chá brochante" para um interrogado, isso é linguajar de quem pretende ser presidente da república? E o pior, tem milico que apoia.kkkkkk

Anônimo disse...

coitados dos QE estamos sempre na linhã de visada deste povo.

Unknown disse...

Tá muito por fora do Piauí mesmo né amigo. Acho que você é daquele que no máximo conheceu a casa do visinho.

Anônimo disse...

A minha felicidade não depende exclusivamente de quanto eu ganho. Sou filho de sargento, estudei no colégio Santo Antônio em Duque de Caxias e trabalhava de camêlo em muitos lugares, um deles, foi na Quinta da Boa Vista. Ganho o suficiente para viver dignamente e ser feliz, a minha profissão foi uma escolha de vida, foi e é a realização de um sonho.tenha pena de si mesmo, pois, vincula a sua felicidade ao dinheiro, se a sua satisfação for apenas esta, você nunca será feliz.

Anônimo disse...

Não acho que estou por cima de nada, só estou realizado na vida, encontrei o meu lugar. Eu não ganho menos nem do que o Sd PM Brasília, sou Capitão EB, pesquisa as remunerações no google primeiro antes de lançar dados imcompatíveis com a realizada. Conquiste seu lugar no mundo e, então, ao invés, de rir de quem já está realizado, você poderá rir das suas realizações. Não te conheço, não sei o que você é, mas para mim, alguém que abraça uma profissão, jura morrer pela pátria e abandona o que antes deve ter sido um sonho, por causa de dinheiro, negou seus valores primordiais. Quando vi a msg, fiquei irrita e me exaltei, peço desculpas, mas acredito que quem tem esta atitude é inconstate, não sabe o que quer da vida e tem fraqueza moral.sProcure pelo significado de sucesso e compreenda o que estou falando.

Anônimo disse...

Fico pensando! Ser um péssimo militar é requisito para passar em concurso? Os bons militares nunca passam em concurso? E quem nunca foi militar e passou em vários concursos? O que é ser um bom militar ou um mau militar?

Anônimo disse...

Perceberam que 99,99% do chororô é do pessoal do EB? Pau para toda obra, com pessoal com qualificação baixa, chefes despreparados que só ficam em suas reuniões que nada decidem ou traz melhorias.
Quer complicar um estrelinha, manda ele cumprir qualquer missão sem um graduado!

Diogo Oliveira disse...

Parabens Fuzileiro sou policial Militar no Estado do Paraná e o Sr. Respondeu corretamente são de pessoas assim que o Brasil precisa, não de sanguessugas...

Anônimo disse...

Kkkk verdade! Lords! Vive só brincando!

Anônimo disse...

Só tem fodao!!! Pqp

Anônimo disse...

Infelizmente, Oficiais e Praças não se unem e, pelo jeito, nunca se unirão! Temo que a profissão militar, num futuro não muito distante, seja exercida por aqueles que não têm o pendor, a vocação para a atividade. Faltam militares de cada grau hierárquico para nos representarem fora das Forças Armadas, para que tenhamos um pingo de esperança de melhoria.

Anônimo disse...

Unknown disse...
Tá muito por fora do Piauí mesmo né amigo. Acho que você é daquele que no máximo conheceu a casa do visinho.

Visinho é de doer ! Estude mais, escreva menos bobagens.

Anônimo disse...

Essa é a nossa cultura, desprezar aqueles que luram pela nossa pátria e contra os militares de uma forma geral sem saber oque nossos militares passam nas suas carreiras. Nos UE e em toda Europa são os heróis de suas noções. Povo medíocre que não se esforça pra melhorar, seus pensamentos são: Dani-se tudo e todos, incluindo seus familiares, pensam como tolos, criticam tudo e só andam para trás, vítimas desse socialismo separatista e falido que tentam implantar no País e que só leram ou ouviram só um lado e creram.

Unknown disse...

SÓ quem dá "a vida" são os militares? E os PM, Policiais Civis, Federais, GM? Não são eles quem mais enfrentam a insalubridade diária? O Brasil vive em uma guerra diária, se morre mais gente aqui do que em certos países que estão em guerra.Isso que ele falou é uma falácia. Os servidores públicos, contribuem com a previdência acima do que pagam os empregados da iniciativa privada, cuja a contribuição tem um teto, o que não ocorre com o servidor público, na Bahia i percentual é de 12%, ou seja, se ganhar $ 50.000,00 vem descontado para a previdência do Estado $ 6.000,00, valor b10 vezes ou mais acima do teto, em, sendo assim o servidor nao pode ser comlarado a iniciativa privada, pois estes ainda recebem seguro desemorego, FGTS 40% deste e.multa na rescisão. O que precisava ser feito era cobrar as presas que devem e obrigar a União, Estado e Municípios contribuírem com a mesma parcela que as empresas contribuem para cada previdência, ai o INSS seria ainda mais superavitario.

Flavio Lima disse...


Esses q nos criticam, não sabem o quais são nossas missões em relação a Pátria ou seus cidadãos de bem.
Selva!!
Adsumus! !

Flavio Lima disse...


Esses q nos criticam, não sabem o quais são nossas missões em relação a Pátria ou seus cidadãos de bem.
Selva!!
Adsumus! !

Anônimo disse...

Excelente

Anônimo disse...

e sugar um QE colocando-o para fazer suas tarefas enquanto estudava história antiga na caserna, só vinte e sete aninhos de sv vivenciando isto.

Anônimo disse...

Admiro os ex-colegas que passaram em concursos melhores e fico feliz em ver que muitos foram capazes de melhorar de vida, todavia, alguns dos que "meteram o pé" eram golpistas. Costumavam se esquivar de missões, serviço, campo ou quaisquer outras atividades militares, para que pudessem estudar. Que a instituição nos decepciona algumas vezes, isso é fato. Fico chateado com determinadas atitudes de alguns oficiais, mas pior ainda é a atitude de certas praças que ou se acham deuses em virtude de sua "antiguidade" ou ficam grudados na bolsa escrotal de comandantes, sendo que, em certos casos, há a mescla dos dois modos de se comportar anteriormente citados. Embora a decepção surja em dado momento, não posso negar que gosto muito da instituição e, principalmente, da minha unidade. Infelizmente os reclamões de plantão não respeitam aqueles que entraram na instituição por vocação e não para ficarem ricos, chamando-os de adjetivos que denotam falta de inteligência. Àqueles que desejam ir embora, meus sinceros votos de boa sorte, e aos que ficam, desejo um belo aumento de salário, uma carreira sólida e bem estruturada, além do retorno do auxílio moradia e adicional tempo de serviço (sonhar ainda é gratuito). Abraços.

Hildebrando souza dos santos disse...

sim,Faxina e formatura é trabalho faz parte da vida do milita.Além disto o militar tem profissão e a exerce inclusive para a sociedade, portanto não seja covarde e fique anonimo.

Marinho disse...

O secretário defende mais o Exército que muitos praças por aqui, impressionante!

tricolor de aço disse...

Eu tenho um Irmão que é Analista do TCU,mas antes ele foi funcionario Concursado da CEF e com menos de cinco anos na CEF ele fez concurso para o TCU e caiu fora.Na época a CEF pagava até bem,hoje ele ganha o triplo dos colegas que ficaram na CEF.E olhe que eu nunca ouvi falar de greve no TCU.
A

tricolor de aço disse...

Não vi nenhum comentário dos membros da FAB, Não é porque eles acham que estão ganhando bem e sim porque Não gostam de cuspir no prato que comeram. Cada uma das Forças Armadas,tem a sua individualidade , no Exército o Militar que faz a ESA vai até a Capitão sem precisar mais fazer concurso, enquanto na FAB só vai a Capitão se prestar concurso como 1° SGT. Ou Sub Oficial.Na Marinha Não sei como funciona.

Edinilson Correia da Costa disse...

Sem policia e EB o Estado brasileiro não anda. Exemplo ES, sem policia caos geral. Alem disso o povo brasileiro é por natureza corrupto. Sem uma forca policial vira barbárie.

Anônimo disse...

Ora ora, temos um xeroque rolmes aqui!

Anônimo disse...

RAATINHOO!

Anônimo disse...

Acho que não. Meu conceito qdo saí era "E" e passei num bom concurso

Anônimo disse...

Vou explicar melhor: trabalho duas vezes menos, 40 horas semanais. É uma jornada semanal digna. Posso conviver e dar apoio a minha família. No EB chegava a absurdas 90 horas semanais. Recebo 17 mil mensais. Se estivesse na ativa, como meus colegas, ST, estaria recebendo 5.500. Portanto três vezes mais. Não sou mercenário. Continuo servindo ao meu país, mas agora com a dignidade que sempre almejei.

Cesar disse...

Aos anônimos de 16 mar 18:04 e 20:06: Vcs são um bando de invejosos! Se o camarada conquistou outra carreira pública, ambos deveriam estar felizes, seus inúteis. Como sempre as conversas de alguns Sgt que não tem moral para mudarem de vida e querem falar mal do companheiro que estuda e decide sair da força! Tomem vergonha na cara!

Sergio Martins Junior disse...

A realidade é que não há muito trabalho em quartel.
Fui segundo sargento do EB, fiquei quase 12 anos na Força e sei que é fantasia falar que se trabalha muito no Exército.
Isso é papo furado.
Hoje sou servidor do Judiciário, ganho um salário melhor do que oficial e trabalho também muito mais que mais do que a maioria dos militares.
E tenho certeza que meu trabalho também é mais util à nação do que o trabalho da maioria dos militares.
Militar tá ganhando muito pelo pouco que trabalha.

Anônimo disse...

A graça de Deus me basta!

Anônimo disse...

Fico lendo e penso:quanta gente ignorante falando mal dos militares?Não sei se é falta de conhecimento,má fé ou complexo de inferioridade. ..Militar de postos superiores possuem pós graduação, mestrado e até doutorado...Por isso digo,não vale à pena discutir com ignorantes nos diversos sentidos...
Obs:sou mulher, civil,e leitora de coisas importantes, sem ideologias ..

Anônimo disse...

Perfeito!

Anônimo disse...

Excelentes colocações. Parabéns pelo comentário!
Ass. Sgt INF 2011

Anônimo disse...

"Vou explicar melhor: trabalho duas vezes menos, 40 horas semanais. É uma jornada semanal digna. Posso conviver e dar apoio a minha família. No EB chegava a absurdas 90 horas semanais. Recebo 17 mil mensais. Se estivesse na ativa, como meus colegas, ST, estaria recebendo 5.500. Portanto três vezes mais. Não sou mercenário. Continuo servindo ao meu país, mas agora com a dignidade que sempre almejei." Mentira ! Se fosse verdade você se identificaria !

Anônimo disse...

Ser militar não é pra quem busca apenas uma carreira mas, sim, pra quem busca uma missão! É inegável a contribuição social dos militares no desenvolvimento da nação brasileira e mesmo no exterior!!! É inegável também o descaso do governo com a categoria.
Sou esposa de militar da FAB e servidora do judiciário federal, Graças a Deus e não para minha glória!!!! Trabalhei em algumas empresas públicas e hoje estou no judiciário, sou técnica ADM e a visão que tenho do serviço público não é das melhores, apesar de meu salário bruto, hoje, chegar a R$7600,00(sem função) podendo chegar a 12mil e pouco no decorrer da carreira, penso que todos, servidores e militares, estamos no mesmo barco! Na verdade, acredito que os militares ainda ficam em vantagem se comparados aos servidores do JF pois, contam com assistência médica, odontológica e funeral, inclusive para seus dependentes, auxílio moradia (VILAS MILITARES), auxílio fardamento (1 soldo a cada 3anos na MSM graduação), "rancho"(alimentação no local de trabalho com café, almoço, janta e lanches extras), transporte( leva e trás ao serviço) e ainda, possibilidade de aposentadoria especial (pra quem serve nas fronteiras, redução no tempo de serviço) e garantia de soldo integral na aposentadoria, apesar de não ter FGTS recebem um razoável valor quando entram na reserva..... Gente, servidor público do JF não tem nada disso!!! E, pelo menos na JT, trabalhamos muito sim e realmente existe assédio e discriminação, não temos horas extras, só banco de horas e quem é comissionado fica a disposição da justiça, ou seja, pode ser convocado pra trabalhar a qualquer hora e dia! Muitas vezes trabalha-se mais de 40h por semana, o que salva é o recesso forense anual que vai de 20/12 a 6/01. Quanto as regras para aposentadoria são as do Regime Geral(aposentadoria pelo TETO) e VC não recebe nada quando sai, nenhuma remuneração extra... Agora, imagina VC ganhando uns 15mil bruto aí quando sai aposentado fica pelo Teto.... Lastimável!
Mas, profissionalmente, considerando que só tenho ensino médio, acredito que estou muito bem remunerada pelo que faço e agradeço muito a Deus que me permitiu chegar até aqui, após ter passado por empresas maravilhosas! Amei a COPEL/PR, INFRAERO/AM, BANCO DO BRASIL/RR E AMO A JT, principalmente por seu papel social! Agradeço a Deus, ainda, pelo meu esposo que muito me incentivou, ensinando matemática, português, física e química para o concurso da EEAR e pagando cursinhos preparatórios pra outros concursos! Isso, desde os meus 17 anos quando nos conhecemos. Hoje, aos 31 anos, meu foco é ser analista da JT, PF, PRF ou Receita e posso dizer que tenho muito orgulho de meu esposo, 1 SGT- BMT, pois, um dia a FAB o abraçou quando ele não tinha um "nome”, filho de uma família desestruturada de pais analfabetos, estudante de escola publica que não via perspectiva de mudança em sua vida e não tinha ao menos onde morar e hoje tem isso e muito mais e ainda ajudou a formar um Oficial da PM/AM(Bacharel em Segurança Pública e em Direito), meu irmão, e eu, Técnica do Jud.Federal.

Dorvenice disse...

Nós militares,das Forças Armadas ou Forças Auxiliares:Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militares, que sao mantenedor da Paz e da Ordem Pública,estamos pronto pra defender a nossa Pátria custe o que custar,com sacrifício da nossa própria VIDA. Isso corre em nossas veias.

Anônimo disse...

Uma vez que o aluno da EsPCEx recebe soldo, então a escolha pela profissão militar é por dinheiro.

Anônimo disse...

Estou contigo Cesar. Há bons profissionais e boas pessoas no EB, mas estes, são uma minoria. Militar bom pro EB é aquele carregado de má intenção e que quer tirar vantagem em cima de subordinados.

Anônimo disse...

Capitão PMPR 19 000

Anônimo disse...

Hildebrando. Mas fazer faxina e formatura a vida toda? Dispensa todo lindo então, pra folgar nossa previdência

Essa 93 disse...

Mas pelo menos o Sr. foi o primeiro general oriundo da EsSA kkkkkkkkk

Anônimo disse...

Deixem de ser ingênuos, esse papo furado de q trabalha menos e ganha 3, 10 vezes eh mais eh tudo conversa fiada, não eh vdd. Isso no EB se chama embuste, só q calcado em mentiras sem tamanho.
Eu conheço as áreas do Sv pub como poucos e sei q o Jud eh furada sem tamanho. Conversa para boi dormir...
MAJ LEONARDO

Anônimo disse...

A prova real e honesta do q venho dizendo. Parabéns, moça, por sua honestidade de caráter e verdade.
Esses demais que vêm aqui inventando salários estratosféricos, jornada de trabalho no País da Alice, ou nunca foram - e nunca serão - ou estão e sabem q foram para uma furada.
MAJ LEONARDO

Cesar disse...

Que recalque hein! Existem vários militares assim como vc invejando companheiros que papiram p saírem da força e melhorarem assim suas vidas, porém existem muitos como vc que não estudam, remam para trás, tentam prejudicar o companheiro que estudam e ainda invejam aqueles que obtêm êxito em seus feitos. Vai estudar para perder esta sua inveja, ou então fique na força feliz, mas não colocando olho grande na conquista dos outros.

Anônimo disse...

E vc deveria aprender a escrever tb seu invejoso incompetente! Vizinho c S é demais!

Anônimo disse...

Srs a inteligência está en alra hj no EB, pois os caras não tiram serviço, não somam em nada na administração e ainda queimam quem trabalha. Vocês Cristãos acham que isso terá um bom final? Pois quem planta o mal, colhe o mal! Vamos ser mais amigos e irmãos senhores! Todos nós temos qualidades e defeitos, porém vamos ajudar um ao outro e sermos felizes junto con nossas famílias, pois já somos muito mal remunerados e estamos sobrecarregados de missões! Deus é conosco!

Unknown disse...

E incrível como nós brasileiros não conseguimos conviver com as divergências. Tanto o militar quanto os servidores públicos exercem papel fundamental numa democracia. Cada um com suas peculiaridades. Sou policial federal e acredito que presto relevantes serviços pra sociedade e corro risco tanto quanto militares. Agora no que diz respeito a fala do ministro, quando diz que não é concebível um militar aos 60 anos correr e exercer sua função na plenitude..Imagine um policial nessa idade..correndo atrás de traficantes. Temos que buscar uma previdência justa para todos, levando em conta as especificidades de cada atividade.

Anônimo disse...

Bom mesmo é ser QCO: desprezados pelos amães, motivo de piada entre os colegas de faculdade.
Ass Marechal Leonardo

Anônimo disse...

Ao Anônimo18 de março de 2017 17:25,

Parabéns pelo seu comentário digno de todo o meu respeito e admiração. Entro sempre no Blogue do Montedo para ver as notícias, porém dificilmente faço algum comentário, entretanto quando comecei a ler seu post fiquei feliz com a sua sinceridade e achei que devia fazer uma menção de respeito e admiração por ainda existir pessoas como você. Parabéns pela família e continue nessa caminhada junto com seu esposo que vale a pena.

Aproveitando o espaço gostaria de expor o quanto é lamentável entrar aqui e ver militares, que deveriam estar unidos em causa própria, discutindo uns com os outros. Os militares que estudam e passam em concurso estão correndo atrás de uma melhoria de vida junto aos seus familiares, assim como os que optaram por não estudarem e ficar na força. Meus nobres, não há demérito algum para ambos os lados, acreditem nisso e vivam melhor. Prova disso é o comentário da esposa do sargento que é servidora do TJ, em que ela expôs os dois lados.

Grande abraço a todos e um abençoado domingo!

Guararapes/98

Anônimo disse...

Forças ARMADAS não entendem que passar 12 horas por dia fazendo cri cri pode até ser cansativo. Mas trabalho não é! Se a carga horária estiver pesada por causa de faxina, coquetel, Cabo de guerra, olimpíadas e formatura, fecha tudo. Acaba com o quartel e pronto. Chega de pesar nosso orçamento. Quando tiver guerra a gente treina uma cambada de última hora que dá no mesmo.

Anônimo disse...

Parabéns. Isso só mostra como os militares estão reclamando de barriga cheia. A indenização que eles recebem ai passar pra reserva é maior que o saque do FGTS de Figueira gente. Recebem aposentadoria integral e PNR. Fora as transferências.

Anônimo disse...

"Que recalque hein! Existem vários militares assim como vc invejando companheiros que papiram p saírem da força e melhorarem assim suas vidas, porém existem muitos como vc que não estudam, remam para trás, tentam prejudicar o companheiro que estudam e ainda invejam aqueles que obtêm êxito em seus feitos. Vai estudar para perder esta sua inveja, ou então fique na força feliz, mas não colocando olho grande na conquista dos outros." Se papirar fora do expediente e não ficar dando golpes em todas as escalas e missões tudo bem, o problema é que não é bem assim que acontece.

Anônimo disse...

Meu nobre, vc deve estar acordado agora (despertou depois do sonho dos 17k) e deverá ficar ofendido por ser chamado de mentiroso.

Anônimo disse...

Por que ele tem que se identificar? Vc tb não está se utilizando do anonimato? Todos somos anônimos aqui!

Anônimo disse...

Vão arrumar o que fazer.

Unknown disse...

Parabéns pela matéria, pois é um momento de se esclarecer e separar as funções e questões relativas as diversas profissões exercidas pelo Estado e em especial, o papel das forças armadas no desempenho de suas missões constitucionais. São coisas distintas e não podem de forma alguma serem analisadas na vala comum dá ótica obtusa de políticos oportunistas e em muitas vezes sem condições nmoarais de estarem exercendo papel representativo. A esperança se encontra nos políticos com visões mais esclarecidas sobre o tema, sem o pragmatismo dos benefícios eleitoreiros e ganhos pessoais. A entrevista foi feita em um canal de nosso exército brasileiro, logo o foco será os assuntos que atingem seus direitos, que diga-se de passagem, são atrelados em decorrência das atividades militares, como é em qualquer lugar do mundo.
Deixo apenas uma manifestação, lembrando que a profissão/atividade atual onde mais se perde seus integrantes , são sem dúvida as atividades policiais, pois apesar de não viver uma guerra externa, vive diariamente uma terrível e inglória guerra interna, covarde e cruel, onde o oponente é inimigo dá sociedade mas se encontra protegido pelo manto dos direitos humanos. Essa guerra interna deixa um número devastador de óbitos de seus integrantes, sequelados, viúvas e órfãos,que lutam para manter suas vidas sem um tratamento a altura do sacrifício ofertado.
Abram as sua mentes!
Solidariedade a todos os irmãos de farda, policiais civis e demais forças policiais. Somo todos forças amigas e todos nós somos defensores de nossa sociedade.
Renato J. Thomaz
Tenente Coronel - PMERJ

Lacerda Silvestre disse...

Polícia é policia
Vagabundo sempre será.

Anônimo disse...

Quem conquistou um território tem que limpá-lo, se não os insetos tomam conta.

Avelar disse...

Muito bom. Compartilhemos, pois....

Albuquerque disse...

Parabéns à Rádio Verde Oliva pela entrevista e pelo entrevistado, Dr. Sérgio, que demonstrou conhecimento e isenção ao tratar de um assunto, tão cheio de controvérsias. Vale a pena ouvir.
Cel PMTO RR Joaidson Torres de Albuquerque
Presidente da AOMETO

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics