19 de janeiro de 2016

Aedes aegypt: Forças Armadas tratam combate ao mosquito como 'desastre'!

O Ministério da Defesa determinou que as Forças Armadas tratem o combate ao mosquito Aedes aegypt como situação de desastre.
Numa definição técnica, as ações são decorrência de eventos adversos, naturais ou provocados pelo homem sobre um ecossistema vulnerável, causando danos humanos, materiais ou ambientais e consequentes prejuízos econômicos e sociais. 

7 comentários:

Anônimo disse...

A economia, a administração, a segurança do pais também estão um desastre, então que as Forças Armadas tomem conta logo.

Anônimo disse...

"Nunca antes na história deste país" houve um desastre de tão grandes proporções como esse governo do PT.

Anônimo disse...

Se tá um desastre daqui a pouco a culpa vai ser nossa...

Anônimo disse...

Envia os pacientes afetados pela dengue para os estádios construídos para a copa do mundo, afinal todo o dinheiro desviado da saúde foi para lá.

Anônimo disse...

Os casos de dengue e outros relacionados ao aedes aegypti aqui no norte em relação ao ano passado diminuíram... porém é só observar de um ângulo mais macro para perceber que essa pantomina toda está sendo criada no Brasil inteiro para o governo tirar o foco do impeachment e também para ter algum argumento para aprovar essa famigerada CPMF de novo. Somos governados por bandidos!

Anônimo disse...

Desastre é o desvio de função das FFAA em fazer função dos municipios e do estado em combater a dengue entre outras pragas...
Cada vez estamos fazendo mais coisas igual o colega acima diz então que assumamos o comando e assim fazemos tudo, ja que o governo não faz nada. Que acabe com estes orgão que só servem para dizer que tem problema, mas que não fazem nada.

Anônimo disse...

Esse "desastre" é fichinha comparado com o governo petista.E, ainda não foi atingida a META(?).E vão dobrá-la.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics