8 de janeiro de 2016

Exército tem projeto piloto de alistamento pela internet

TECNOLOGIA E MODERNIDADE
Procedimento pode ser realizado através do site www.alistamento.eb.mil.br
Arapongas (PR) - A partir deste ano, os jovens em idade de servir o Exército podem iniciar o processo de alistamento pela internet. Trata-se de um projeto piloto do Exército Brasileiro que está sendo implantado em oito Estados, incluindo o Paraná.
Conforme explica o secretário da Junta Militar de Arapongas, Luiz Antonio Machado, o procedimento pode ser realizado através do site http://www.alistamento.eb.mil.br/, bastando clicar no link “Quero me Alistar”, preencher seus dados pessoais e após salvar e imprimir o recibo de alistamento.
“Depois e só se dirigir a Junta de Alistamento, para validar o documento e após fazer o acompanhamento de sua situação militar online”, informou Machado.
Ele acrescenta que anualmente cerca de mil jovens araponguenses chegam a idade militar, sendo que para 2016, estão sendo convocados os jovens nascidos em 1998, lembrando que o alistamento neste ano começou em janeiro e vai até o dia 30 de junho.
TN Online/montedo.com

12 comentários:

Marinho disse...

Algum praça vai reclamar que ao invés de gastar de dinheiro com alistamento on line o EB deveria "brigar" por melhores salários. Quer apostar?

Anônimo disse...

Marinho como o senho é mentecapto.
O praça quase sempre tem razao.
Arbitrariedade,falta de respeito,reconhecimento e desvalorizaçao sao inerente a carreira. Tambem por atitudes assim que as Forças Armadas e o pais estao na penuria.

Anônimo disse...

Marinho é mario bem pequenininho. vide primeiro comentario.

Anônimo disse...

Marinho, os oficiais existiriam sem os praças? Perguntar não ofende! Os ricos existiriam sem os pobres? Os chefes existiriam sem os "peões"? As Polícias existem por causa dos bandidos ou os bandidos que existem por causa das Polícias? Está dando para entender bem a conotação?

Anônimo disse...

Só pelo concurso da polícia federal!!!!
Chega de aturar e formar os marinhos da vida, que depois de um ano de tropa se sentem os super oficiais!!!

Anônimo disse...

Sou praça e infelizmente já ajudei na formação de muitos marinhos como esse do comentário! Lastimável!

Anônimo disse...

MI MI MI

Anônimo disse...

A senhora MI MI MI, esta de volta. Quanta alegria deve ter tido para gritar tanto.

Anônimo disse...

Senhores praças. Sou praça e posso dizer que toda essa situacao vexatória pela qual o EB e os graduados passam é culpa dos próprios praças que não se valorizam e vendem-se por migalhas. Isso porque estão mais interessados no conceito e em outras migalhas do que fortalecer o Espirito de Corpo dos praças. Os oficiais sabem disso e usam o principio de dividir para dominar. Como diria um amigo...a arma que mata o praça tem divisas no cano. E Marinho deixa de ser idiota pq vcs oficiais ficam nessa de semideus mas cada conquista que os praças velhas alcançam vcs se beneficiam tb. Nao tenho nada contra a força ou oficiais. Eles tem o papel deles e nós praças o nosso. O salario que n deveria ser linear e nem a carreira. Selva

Anônimo disse...

Bom seria se o alistamento não fosse obrigatório, assim como o voto, estamos numn país democrático. Aliás, a nossa ilustríssima Presidenta sempre fala que foi reeleita democraticamente, pergunto: aonde? Se somos obrigados a votar! Acho que nosso país precisa de mais democracia.

Sgt Leonardo disse...

Será o fim das Juntas de Serviço Militar e em seguida as Circunscrições de Serviço Militar ?

Marinho disse...

Dessa vez eu perdi. Ao invés de reclamar dos salários preferiram me xingar pela net. Vida que segue...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics