24 de janeiro de 2016

Bolsonaro: "Não vou disputar a prefeitura [do Rio] porque tenho medo de ganhar!"

A informação, divulgada em primeira mão pelo jornalista Leandro Mazzini, foi notícia no blog há um mês.
Entretanto, vale a leitura da matéria do Estadão, pelas (sempre) polêmicas declarações de Bolsonaro.

Bolsonaro troca PP por PSC e deve disputar a Presidência em 2018
Militar da reserva, de 60 anos, entrará em um partido que é independente, ao contrário do PP que é da base

Deputado federal mais votado no Rio de Janeiro e terceiro colocado no País, com 464,5 mil votos, Jair Bolsonaro (PP) é um dos parlamentares que mais, de forma estridente, faz oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff e ao PT.
Com o mesmo entusiasmo, marcado por ironias e comparações exageradas, ataca o casamento gay, o Estatuto do Desarmamento, a Comissão Nacional da Verdade, o Movimento dos Sem Terra (MST) e publicações sobre educação sexual e diversidade destinadas a crianças e adolescentes. Militar da reserva, de 60 anos, está a caminho do PSC, com a perspectiva de disputar a Presidência em 2018. O PP, partido atual, é da base de Dilma, mas tem vários parlamentares de oposição. O PSC já foi governista e tornou-se independente.
"Não vou disputar a prefeitura (em 2016) porque tenho medo de ganhar. Não sei como estão as finanças do Rio, imagina se eu, eleito prefeito, tiver que negociar com a Dilma presidente. Não dá", disse o deputado.

Leia também
De olho no Planalto: Bolsonaro deve mudar de partido em março

Na metralhadora verbal de Bolsonaro, sobram tiros também para o PSDB, maior partido de oposição. "O Estatuto do Desarmamento começou com Fernando Henrique Cardoso e eles também ajudaram na Comissão da Verdade. Nesses assuntos, o PSDB é genérico do PT. Eles são a favor, eu sou contra", declarou.
O deputado diz que votou para presidente nos tucanos Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin, a quem critica pela aproximação com o MST. "É terrível. Ao reconhecer o valor do MST, Alckmin condenou o agronegócio. Se dependesse de mim, cada proprietário de terra teria um fuzil, porque a propriedade é um direito sagrado."
O estilo beligerante fica mais ameno quando o tema é o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), investigado na Operação Lava Jato por suspeita de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobrás e no Conselho de Ética da Câmara, por ter omitido ser beneficiário de contas bancárias na Suíça. Cunha se diz inocente de todas as acusações. O STF apreciará pedido do procurador geral da República, Rodrigo Janot, para que ele seja afastado do cargo.
"Cunha está em situação embaraçosa. Estou sendo elegante, o que não é do meu estilo", reconhece Bolsonaro, eleitor do peemedebista para presidente da Câmara. "Se tem corrupto é porque tem corruptor. Não pode só crucificar o Cunha. Se for para sair, primeiro as damas. Sai a Dilma Rousseff e depois o Cunha", disse. Procurado pelo jornal "O Estado de S. Paulo", o Palácio do Planalto não quis comentar as declarações de Bolsonaro.
O Estado de São Paulo/montedo.com

74 comentários:

Anônimo disse...

Bolsonaro presidente 2018!

Anônimo disse...

Sou cabo eleitoral do Dep Bolsonaro, eu e toda minha família.

Anônimo disse...

Só há uma esperança para acabar com essa pouca vergonha, onde o Brasil tá parado, e nossa presidenta parece que está no Reino Unido, uma inércia danada, por isso eu e minha família já estamos preparados para votar no Bolsonaro.

ESTA É A HORA, CONCORDAS? disse...

Acabamos de realizar a biometria eleitoral somos cinco votos aqui em casa do bolsonaro, fora meus amigos e amigos dos amigos inconformados com esse sistema.

Anônimo disse...

Definitivamente, esse "Bolso" é um comédia! Além da própria família, a quem ele beneficiou em mais de 20 (VINTE) ANOS de mandato, mesmo? O que ele fez, foi conseguir um baita de um empregao, às custas dos iludidos que votam nele. Pública aí, Montedo!

Anônimo disse...

O máximo que esse fanfarrão conseguiu em tanto tempo como deputado federal foi cuidar do fiofo alheio, batendo boca que nem um retardado com o Jean Willis. Cai fora, Bolsonaro! Abre vaga pra alguém mais sério e comprometido com a classe do que VC.

Anônimo disse...

Fico triste deste senhor ainda não ter sido eleito presidente do Brasil, pois assim já estaríamos livre deste assombração.

Anônimo disse...

Se cuidasse tão bem da remuneração dos militares como cuida da bunda alheia, estaria com os bolsos cheios.

Anônimo disse...

Para estudantes : Bolsa estudante
Para família: Bolsa família
Para idiotas: Bolsonaro

Anônimo disse...

Nem os militares toleram esse cara.

Anônimo disse...

Eu e minha familia vota nele.
Vamos acordar, votar em quem?
Pelo menos ele é força amiga...
Temos um pouco de chance de melhorar alguma coisa.

Eduardo disse...

Sei que não ganha, por fatores diversos, pouco dinheiro etc. Mas que meu voto é dele é, e ninguém me convence o contrário. Vai fazer barulho e vou torcer muito por ele, quem sabe não chega em 3º lugar ou mesmo em 2º. Bolsonaro Presidente.

Anônimo disse...

Nunca Será !!!

Anônimo disse...

Prefiro o Lula. Pelo menos é político.

Anônimo disse...

É uma boa opção para prefeitura da AMAN, dizem que os cadetes amam ele. Pode ficar para vocês. Eu e toda minha família somos cabo eleitorais dele para Prefeitura da AMAN.

Anônimo disse...

Ao amigo das 18:44; Se é para fazer barulho prefiro um umbuzeiro para Presidente. Bummmmmmmmmmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

O voto é livre e secreto, cada um vota naquele que acredita, democracia é assim mesmo mas eu posso divulgar meu voto, meu voto é Bolsonaro, agora, se você é contra o Bolsonaro tudo bem é do jogo, se você acha que ele arrumou sua própria vida e dos filhos, tudo bem também. Crie coragem, seja homem e se candidata também, quem sabe você também se dá bem. Muita gente não consegue crescer na vida porque vive cuidando da vida alheia.

Anônimo disse...

Grande fingidor. Bah !!!!!

Anônimo disse...

Bolsonada.

Anônimo disse...

Meu voto será dele,bem como o de minha familia(5,pois embora seja um destemperado, fala o que todos temos vontade de falar e não falamos,e ainda que falássemos não teriam o peso de suas palavras.Ele é o único que realmente incomoda esses ratos vermelhos que estão destruindo o país,o resto se faz de oposição,é a oposição meia-boca como FHC,Alkimin e Aécio,que dão 'uma no cravo,e outra na ferradura'.É possível que é possível que não seja eleito por razões óbvias,mas é a opção dos revoltados e insatisfeitos com a rapinagem explícita que se instalou no país a 14 anos.Mas até lá... muitas águas ainda vão rolar,como muitas maracutaias também.

Anônimo disse...

Medo de ganhar... uma derrota. Gozador! Esbravejar, gritar, xingar e brigar com o pessoal GLBTxyzdef, não traz solução para os problemas nacionais. Se fosse assim, até os apresentadores, como o Datena, ganhariam.

1 sgt inf disse...

Meu amigo...umbuzeiro????? Vc quis dizer OBUSEIRO!!!...umbuzeiro ehvum pé de umbu (fruta)eh o fim da picada....kkkkkk

1 sgt inf disse...

Bolsonaro presidente....isso eh certo....naum tem nem como dar errado!!!!!

Paranaense disse...

Senhores! Quem é contra o Bolsonaro....com certeza usa farda vermelha. Eu venho recebendo críticas contundentes dessa gente, no meu Blog.

Anônimo disse...

Graças ao bom Deus desse mal estamos livre. Na pior das hipóteses vamos ter que atura-lo em debates e no horário político. Mas tem gente que gosta de palhaçada aí terá um prato cheio, o problema é se a população civil avaliar a classe militar pelas suas atitudes e seus pensamentos, ficaremos sem o apoio da sociedade em nossas necessidades mais básicas.

Anônimo disse...

Eu e minha família votaremos nele para PREFEITO DA AMAN - SEGURA ESSA CADETES!!!!

Anônimo disse...

Quem gosta leva para casa!!!

Anônimo disse...

Só não é mais ridículo porquê é só um.

Anônimo disse...

Vai queimar o filme da "milicada". A comunidade LGBT vai se dar bem com felpudas indenizações, tão como se deu com aquele "carequinha aloprado" que falou que o "brioco" não era órgão sexual. KKKKKKKKKK!!!!

Anônimo disse...

Vejam o lado bom disso tudo, não haverá programa de humor que supere as suas falas e aparições na TV. Comédia tramática na certa.

Anônimo disse...

Eu não sei se se vai ter dinheiro para campanha política ou para pagar indenizações a comunidade LGBT. O Levy Fidelix foi condenado ao pagamento de Um Milhão de Reais, fora o processo criminal. Vai perder o dinheiro fácil que ganhou, sem falar no perigo de servir de "mulherzinha" na cadeia, junto aos marginais que ele diz que deveria estar morto. Ô COITADO!!!

Anônimo disse...

Apenas para controle do cabo eleitoral do Bolsonaro das 12:20:

CUIDADO:

O juiz eleitoral Roger Benites Pellicani, da 258ª Zona Eleitoral de São Paulo, homologou no dia 12 de maio o arquivamento de diversas representações que buscavam penalizar o político Levy Fidelix, presidente do PRTB, por crime de injúria contra a comunidade LGBT.
No dia 28 de setembro de 2014, em debate entre os candidatos a presidente da República realizado pela TV Record, Fidelix teve de responder a uma pergunta da então candidata Luciana Genro (PSOL) sobre o reconhecimento do casal homossexual como família.
Levy Fidelix é condenado a pagar R$ 1 mi por declarações sobre gays
No debate, Fidelix disse: "Aparelho excretor não reproduz. É feio dizer isso. Mas não podemos jamais, gente, eu que sou um pai de família, um avô, deixar que tenhamos esses que aí estão, achacando a gente no dia a dia, querendo escorar essa minoria à maioria do povo brasileiro".
O juiz acatou o posicionamento do Ministério Público de São Paulo que não enxergou crime na fala do político. Na peça, o promotor Silvio Antonio Marques diz que "embora os representantes tenham considerado que a conduta descrita nas representações ultrapassou os limites da liberdade de expressão, o fato tratado nestes autos é criminalmente atípico". "No Brasil, por inércia do legislador federal, o Código Penal e o Código Eleitoral não tratam de crimes contra as minorias ou contra coletividades determinadas", afirmou o promotor.
Como Levy Fidelix não falou sobre um casal ou sobre um gay específico ele também não pode ser enquadrado no crime de injúria, que é considerado um crime contra a pessoa "e não a uma coletividade de pessoas".
No início do ano, um projeto que criminalizaria a homofobia e que já havia sido aprovado na Câmara dos Deputados em 2006 foi arquivado no Senado.
Há dois meses, o político foi condenado por danos morais a pagar um milhão de reais a movimentos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) por suas declarações no debate presidencial.

FONTE: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/levy-fidelix-se-livra-de-processo-criminal-por-ofensa-a-gays

Anônimo disse...

Na minha opinião, dos presidenciáveis, o Bolsonaro é o único que como presidente lutaria por uma mudança radical na situação caótica e vergonha dos nossos soldos. Qualquer outro que ganhe continuará nos tratando como profissionais de 3° escalão.

Anônimo disse...

Paranoense; Eu e minha família nas próximas eleições apostaremos no partido comunista, Aldo Rabelo é amigo das FFAA. Abraços: Paranoense

Anônimo disse...

Ao comentarista logo ao norte (23:07) Esclareça -me por favor o que este formidável político já fez pelos soldos dos militares a não ser atrair a repulsão da sociedade civil para com os militares. Ele fede à 1964.

Anônimo disse...

Para os incautos eleitores do Bolsonaro, muitos confundem a história dele com a de outro militar QUE REALMENTE PREOCUPAVA COM SEUS SUBORDINADOS.

Em 22 de outubro de 1987. Horário: 10 horas. Cerca de 50 militares do 30º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz) desembarcam em quatro viaturas em frente à Prefeitura de Apucarana, a 60 quilômetros de Maringá, cercam o prédio e impedem a entrada e saída de pessoas. Na frente dos homens armados com fuzis e pistolas está o capitão Luiz Fernando Walther de Almeida, de 34 anos.

Este militar, hoje, Tenente Coronel da reserva e chefe de segurança de um Shopping em São Paulo vive no anonimato, depois do feito pela melhoria salarial de seus subordinados. A fama do Bolsonaro procede de um episódio infame do qual foi acusado e expulso do exército após declarar a uma jornalista que colocaria uma bomba na AMAN e na Adutora do Rio Guandu em Resende-RJ, na época foi publicado uma a entrevista na revista VEJA, inclusive com os croquis da bomba. Pois bem, temos um herói no anonimato e um fanfarrão. O que falo pode ser comprovado nos links abaixo:

http://www.militaresbrasil.com/2012/05/oficial-do-exercito-cerca-e-invade.html


http://noticias.band.uol.com.br/brasil/noticia/100000675543/bolsonaro-boato-de-bomba-s%C3%B3-ajudou-a-me-eleger.html

Anônimo disse...

Cuidado muitos confundem a história do Capitão Fanfarrão Bolsonaro com a de outro Capitão que realmente preocupava com os seu subordinados, vejam extrato da matéria abaixo:

O oficial estava sensibilizado com a situação difícil de seus subordinados:

“... Me ensinaram nas escolas militares que o militar zela pelas condições de vida digna dos seus comandados, tanto quanto pela manutenção da disciplina e dos deveres castrenses. Eu levei isso ao máximo, talvez além. Eu cometi o crime para chamar a atenção de uma situação injusta e hoje, sem medo de errar, negligente da época ...sobre a situação da família de um sub-tenente de Cascavel que havia falecido e deixado a viúva com quatro ou cinco filhos, e a família estava em petição de miséria. ..."


22 de outubro de 1987. Horário: 10 horas. Cerca de 50 militares do 30º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz) desembarcam em quatro viaturas em frente à Prefeitura de Apucarana, a 60 quilômetros de Maringá, cercam o prédio e impedem a entrada e saída de pessoas. Na frente dos homens armados com fuzis e pistolas está o capitão Luiz Fernando Walther de Almeida, de 34 anos.

Comandando um grupo de soldados, ele invade o gabinete do prefeito e entrega ao assessor carta de protesto contra os salários baixos e deficiências no atendimento médico aos militares. A ação choca o País, O "fantasma" da ditadura, ainda estava vivo na memória da população. Imprensa e lideranças políticas da época repudiam a atitude, mas tudo indica que o protesto surtiu efeito. Na mesma noite, o então presidente José Sarney anuncia, em rede nacional, reajuste de 25% para todos os militares do Exército, Marinha e Aeronáutica. O comando do Exército, porém, diz que o aumento já estava programado.

Entrevista: Data: 26 de janeiro de 2004. Horário: 15 horas. Aos 50 anos de idade, Walther, tenente-coronel da reserva, atua como chefe de segurança do principal shopping do Rio de Janeiro, onde vive com a esposa e três filhos.

Do escritório do shopping, fala por telefone sobre o episódio e, pela primeira vez, dá a sua versão sobre a história. Lembrando de todos os detalhes daquela manhã do dia 22 de outubro de 87, ele garante: estava certo.

"Me ensinaram nas escolas militares que o militar zela pelas condições de vida digna dos seus comandados, tanto quanto pela manutenção da disciplina e dos deveres castrenses. Eu levei isso ao máximo, talvez além. Eu cometi o crime para chamar a atenção de uma situação injusta e hoje, sem medo de errar, negligente da época", afirma.

Ele nega que queria reviver a ditadura e diz acreditar que, mesmo sem "nunca ter sido sindicalista" e apesar de o Exército negar, tenha conseguido um reajuste que nenhuma entidade sindical conseguiu até hoje no Brasil. Depois de sair de Apucarana, Walther passou por Curitiba, Salvador, Brasília e Rio de Janeiro, onde se aposentou no ano passado. Leia abaixo a entrevista concedida pelo militar da reserva.

- See more at: http://www.militaresbrasil.com/2012/05/oficial-do-exercito-cerca-e-invade.html#sthash.UuKXaMZP.dpuf

Anônimo disse...

Ele como deputado, sozinho, pouco pode fazer. Como presidente é outra conversa. Tem gente que acha que um deputado tem super poderes. Não é assim que a banda toca. Ele já apresentou projetos para a melhoria da nossa situação, mas não foi atendido. Diversas vezes subiu na tribuna para defender a classe, no youtube tem vários exemplos. Agora, se não confia vota em outro, mas adianto, vai continuar a mesma penúria.

Anônimo disse...

Aos que estão dizendo que não votam em Bolsonaro, façam o seguinte: votem nos candidatos que serão apoiados Por DILMA e LULA e também no AECIO NEVES. Depois, quando o governo divulgar o aumento para o funcionalismo público, que com certeza será bem melhor que o nosso, vcs vêm aqui no blogue do Montedo e continuam a reclamar, por mais 4 anos.

E mais, depois voltem aqui no blogue e comecem aquela guerrinha idiota entre os oficiais e praças que não leva a lugar nenhum dizendo que os oficiais tem muita regalia mi mi mi....

É impressionante, que classe desunida. Será que ninguém consegue perceber que é melhor um político em prol dos militares do que um desses revanchistas. Parem de querer ficar remando contra a maré galera. Acordem!

Avante!

Anônimo disse...

Tem gente que se acha a cereja do bolo né? Quer dizer que só sabe votar quem vota de acordo com as convicções deles. Esse tipo de discurso é antigo, onde todo àquele que tem uma opinião própria e por isso mesmo divergente de alguns é logo tachado de incauto, alienado e outros adjetivos mais. Esse raciocínio é igualzinho ao de certas religiões que dizem: ou você está com a gente, ou não está com deus (assim mesmo em minúsculo). Eu voto no Bolsonaro, afinal estamos numa Democracia (ao menos aparente), onde o voto é "livre" e cada um vota em quem quiser (ainda).

Assinado
Incauto Alienado Ignorante da Silva

Anônimo disse...

Ao brilhante comentarista ao norte (08:27) cite por gentileza todas realizações do nobre deputado Bolsonaro a classe militar. Obs: As bajulações de oficias generais e mimos feitos a AMAN não vale. Oportunamente, gostaria de lembrar a pessoa de Kelma Costa que embora teve o privilégio de ser eleita deputada possui serviços de maior relevância a família militar do que este FANFARRÃO. Essa atitude de defender ditadura e torturadores somente um seleto grupo curte isso.

Anônimo disse...

Mais de 20 anos na legislatura e um Projeto aceito. KKKKKKKKKKKKKK!! Quer ser presidente do que? Talvez com a volta da Ditadura possa ser um "prefeito biônico" com transistor em curto-circuito do Rio de Janeiro.

Anônimo disse...

Está fácil assim ser eleito presidente da república, então votem em mim. Estou precisando de dinheiro. Sei falar mal de negros e gays. Escrever e falar "abobrinhas" sou especialista. Só não consigo defender torturadores e a ditadura, esse é o meu fraco. Estou sendo bastante sincero, votem em mim em 2018!!!! Paranoense Presidente 2018.

Anônimo disse...

Bolsonada joga para a platéia... Ainda não fez nada para melhorar a vida de ninguém... Nem mesmo dos militares, que antigamente votavam nele. Digo melhor, melhorou a vida da família dele... Visite Eldorado-SP no vale do Ribeira e veja o que era a família Bolsonaro e quem são hoje.... Neste caso no Bolsotudo

Anônimo disse...

Se o Bolsonaro defender a construção da bomba atômica, tal como o falecido Enéas Carneiro, eu voto nele. Já tenho um slogan para a sua campanha: " VAMOS JUNTOS POR UM IDEAL, UM BOMBA ATÔMICA VALE MAIS QUE MIL *GENERAL . BOLSONARO 2018 - O BRASIL NÃO É CUBA NÃO ".

* Antes que o Pasqualete de plantão venha corrigir o General no singular, é que foi feito para rimar, a chamada licença poética.

Anônimo disse...

Ele fez muito pelos militares. Tanto fez que a MP do mal ainda está empacada, as migalhas continuam jogadas e, como já disse, não pode fazer nada, então falar bobagens e provocar brigas, encobre a falta do que fazer. ia me esquecendo, ele já fez coisas boas, como eleger o filho.De que adianta Bolsonaro na presidência com as máfias da base puxando o tapete? Pra mim, fecha tudo, faz uma reforma e começa do zero.Do jeito que está, a podridão continuará.

Anônimo disse...

Ao Anônimo25 de janeiro de 2016 10:31,

Então meu caro, continue votando nos candidatos apoiados por DILMA, LULA, RENAN CALHEIROS, AECIO, COLLOR, etc...

Depois, continue a reclamar aqui no blogue por mais 4 anos. De repente, quem sabe, um desses aí dá uma olhada aqui no site do Montedo e diz assim: - oh coitado dos militares, eles estão sendo massacrados pelo governo, como não tinha percebido isso antes, a partir de agora vou valorizar essa classe tão desunida"!

E outra, meu nobre, essa Sra Kelma, que eu nunca a vi pessoalmente, mas ouço falar muito dela pela luta em prol dos militares, com toda certeza merece muitos votos dos militares, pois é uma guerreira que luta por essa classe desunida.

Por fim , quero dizer que não importa em quem vc vai votar, porém, vote em alguém que seja em prol da classe desunida de militares. Entendeu agora ou quer que eu desenhe?

Avante!

Anônimo disse...

Foram décadas de governos revanchistas que assolaram a classe militar. Hoje estamos no fundo do poço. Quando temos a oportunidade de dar a volta por cima nos deparamos com a desunião característica dos militares. Se não for o Bolsonaro vamos votar em quem? No Lula? Aécio? Marina? Hahaha... Sou Bolsonaro até morrer!

Anônimo disse...

Eu vou votar no Avante das 12:46 para unir a classe desunida. Talvez o Avante mude os velhos regulamentos e preceitos que tornam obrigatoriamente a desunião da tropa. A desunião da tropa ou da classe é uma necessidade básica do Comando, os desunidos tem acesso fácil a promoções, a transferências, a ajuda de custo, em fim, a vários benefícios. Por isso precisamos do AVANTE para Presidente em 2018. Vou até desenhar o AVANTE:

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

1 sgt inf disse...

Podem chorar e falar mal o quanto quiserem....a vitoria eh certa!!!!

Anônimo disse...

Tem gente com invejinha da Família Bolsonaro. Ele está certo em apoiar os filhos. Pelo que me consta, todos eles defendem os desunidos dos militares. Pra mim, quanto mais Bolsonaros melhor pra nós. São representantes de peso. Quem não conhece seus feitos que pesquise na sua página na net e no youtube. Ignorância pura falar que o cara não defende a classe militar. Chola mais esquerdalha!!!

Anônimo disse...

Tá certo que a classe militar é desunida e não está na pior, mas ainda não chegamos totalmente no fundo do poço para ter que eleger esta figura desprezível. Gosta dele? Leva pra casa!!!

Anônimo disse...

...Não acredito que ainda tem gente que fala isso: " Prefiro o Lula. Pelo menos é político...

O lula não é e nunca foi politico m nenhuma,ele é uma marionete da esquerda caviar, deixa de ser idiota...

Rosseau

24 de janeiro de 2016 19:16

Anônimo disse...

Ao amigo das 13:54 Faremos um exército de Bolsonaro, Bolsonaro daqui, Bolsonaro de lá e Bolsonaro acolá. Essa é a solução perfeita para o Brail, recomeçar do zero, após a extinção por Bolsonaros. KKKKKKKKKKKKKKKK!

Anônimo disse...

Um exemplo d sua luta pela classe militar. Não digam que ele não tentou. Fazer o quê se a classe política nos odeia. Proposta de Bolsonaro garante equiparação salarial entre as Forças Armadas, PMs e bombeiros militares
Proposta de Bolsonaro garante equiparação salarial entre as Forças Armadas, PMs e bombeiros militares
Jair Bolsonaro diz que não quer reduzir salários de ninguém, mas corrigir distorções.
A Câmara analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 352/09, do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), que estabelece que a remuneração dos militares das Forças Armadas não poderá ser menor que a dos postos correspondentes nas forças auxiliares - polícias militares e corpos de bombeiros militares. A medida, de acordo com a proposta, não se aplicará a cabos e soldados no serviço militar inicial.
O objetivo da projeto é evitar que, nos estados e no Distrito Federal, o salário de policiais militares seja maior que o de integrantes do Exército, da Marinha ou da Aeronáutica. Essa situação, segundo Bolsonaro, ocorre hoje no DF. "Não queremos reduzir o salário de ninguém, mas lembramos que quem paga o salário da PM do Distrito Federal é a União", diz o deputado.
Distorção
"Não é lógico nem justo que as Forças Armadas, que exercem poder de polícia de segurança pública no mar, nas águas interiores e nas áreas portuárias, na faixa de fronteira terrestre e no espaço aéreo, justamente porque os órgãos que originariamente deveriam cumprir essas funções não o fazem, percebam menos que os integrantes dos órgãos federais e estaduais", argumenta o parlamentar.

Anônimo disse...

Quanto mais Bolsonaros melhor! Avante Bolsomito! Fora esquerda revanchista.

Anônimo disse...

Precisamos da volta de Luiz Inácio Lula da Silva para colocar o Brasil no rumo certo e continuidade da política de expansão salarial das FFAA. Talvez e quem sabe (?) dar uma chance ao comunismo. ALTEVIR

Anônimo disse...

Não sou MAVs, mas contra este senhor trabalho até de graça.

Anônimo disse...

Oh! Glorioso São Jorge, em nome de Deus, em nome da Virgem de Nazaré, e em nome da falange do Divino Espírito Santo, estendei-me o vosso escudo e vossas poderosas armas, defendendo-me com vossa força e vossa grandeza, do poder de meus inimigos carnais e espirituais, e de todas as suas más influências (Bolsonaro) e que debaixo das patas do vosso fiel ginete, meus inimigos fiquem humildes e obedientes a vós, sem se atreverem a ter um olhar sequer que me possa prejudicar.

Anônimo disse...

A segunda formada por graduados que vivem à míngua entreguem a própria sorte. É oprimida por Leis, decretos e Medidas Provisórias do governo federal, como se não bastasse, sofre com portarias do Comando;

Existe uma outra realidade intermediária: Os oficias de alta patente que vão para a reserva, ficam sem cargos comissionados, sem cartão cooperativo, sem diárias, sem ajuda de custo, sem transferências, sem mordomias, sem empregados particulares pagos pelo estado e de paciência curta com o governo que lhe era conveniente na ativa. Aí se transformam em rebeldes, rebeldes virtuais, fazem manifesto, nota a imprensa, gritam e esbravejam.

Não há de se falar em classe desunida frente a estas duas realidades, com uma terceira intermediária.

Os graduados das FFAA de longe andam de mãos dadas apenas com o 1º Grau Completo, a sua grande maioria tem formação acadêmica, com direito a crítica acadêmica também, de toda a situação.

As fanfarrices do Deputado Jair Bolsonaro é como "canto de sereias" para os graduados, tal como os manifestos e os brados dos Clube Militares e Oficiais arrependidos da Reserva.

Para as viúvas da ditadura, sem dúvida alguma Bolsonaro é uma boa pedida.

A grande família militar ainda não percebeu que a perda de prestígio não está elencada nos cerimoniais e tampouco na falta de prestígio político, está sim, na perda do poder aquisitivo.

O poder aquisitivo dos integrantes das FFAA equivale ao seu potencial bélico, ninguém respeita militar sem dinheiro, seja lá qual for a sua patente, assim como não respeita exército sem armas, sem equipamento.

A miséria do militar brasileiro envolve muito mais que boa vontade de políticos e Comandantes, faz parte de uma doutrinação arcaica, onde se vê uma Tropa com hábitos espartanos e um Comando à moda de Luiz XIV, o Rei Sol.

É o que penso.









Anônimo disse...

Realmente caro colega...o curriculum de vitorias parece ser muito magro....A dilmalandra e luladrao tinham um curriculum invejavel...kkkkkk....

sua campanha negativa contra BOLSONARO-A LENDA...naum vai colar aqui nesse blog...MEUS PESAMES!!!

Anônimo disse...

Lendo todas as postagens aqui...tenho quase certeza q tem um monte de detento aqui...mandando msg de dentro do presídio. .. com medo de perder o "salario" pelos bons serviços NUNCA prestados a socidedade!!!!

Atençao!!!!Toque de recolher...tah na hora de vcs voltarem pra cela!!!

Anônimo disse...

Ao excelente comentarista das 18:52

"Lendo todas as postagens aqui...tenho quase certeza q tem um monte de detento aqui...mandando msg de dentro do presídio. .. com medo de perder o "salario" pelos bons serviços NUNCA prestados a socidedade!!!!

Atençao!!!!Toque de recolher...tah na hora de vcs voltarem pra cela!!!"


São seria os quarteis comparado com um GRANDE PRESÍDIO?

Onde a maioria alega ser inocente e está preso ali por engano ou injustiça;

Onde existe toque para avançar, toque para recuar, toque para acordar, toque para dormir, toque para acordar;

Onde a pessoa só vai para casa se alguém deixar;

Onde se passa o tempo desejando sair;

Onde existem celas de primeira, segunda e terceira categoria de acordo com o potencial de cada um na vida do crime;

Enfim, um quartel muito se assemelha a um presidio, principalmente, no tocante: - (...) " com medo de perder o "salario" pelos bons serviços NUNCA prestados a socidedade !!!" ---- Será que o Diretor do "Presídio" vai assinar meu reengajamento? Claro que não!

A malandragem está povoando os presídios e os manés os quarteis, como diria o grande Bezerra da Silva:

E malandro é malandro
Mané é mané
Podes crer que é
Malandro é malandro
E mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é...

Malandro é o cara
Que sabe das coisas
Malandro é aquele
Que sabe o que quer
Malandro é o cara
Que tá com dinheiro
E não se compara
Com um Zé Mané
Malandro de fato
É um cara maneiro
Que não se amarra
Em uma só mulher...

E malandro é malandro
Mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é
Malandro é malandro
E mané é mané
Olha aí!
Podes crer que é...

Já o Mané ele tem sua meta
Não pode ver nada
Que ele cagueta
Mané é um homem
Que moral não tem
Vai pro samba, paquera
E não ganha ninguém
Está sempre duro
É um cara azarado
E também puxa o saco
Prá sobreviver
Mané é um homem
Desconsiderado
E da vida ele tem
Muito que aprender...

E malandro é malandro
Mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é
E malandro é malandro
E mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é...

Malandro é o cara
Que sabe das coisas
Malandro é aquele
Que sabe o que quer
Malandro é o cara
Que tá com dinheiro
E não se compara
Com um Zé Mané
Malandro de fato
É um cara maneiro
Que não se amarra
Em uma só mulher...

E malandro é malandro
Mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é
Ih!
Mas malandro é malandro
E mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é...

Já o Mané ele tem sua meta
Não pode ver nada
Que ele cagueta
Mané é um homem
Que moral não tem
Vai pro samba, paquera
E não ganha ninguém
Está sempre duro
É um cara azarado
E também puxa o saco
Prá sobreviver
Mané é um homem
Desconsiderado
E da vida ele tem
Muito que aprender...

E malandro é malandro
Mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é
E malandro é malandro
E mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é
Eh!
Malandro é malandro
E mané é mané
Olha aí!
Podes crer que é
Sim!
Mas malandro é malandro
E mané é mané
Podes crer que é
E malandro é malandro
Mané é mané
Olha aí!
Podes crer que é!





Anônimo disse...

Olha o que o carcereiro me contou:

Em meio ao mar de propostas à espera de votação no Congresso, há todo tipo de ideias, das relevantes para a população às que soam pitorescas, como o projeto que obriga que se coloque a mão direita sobre o lado esquerdo do peito durante a execução do Hino Nacional. Como mostra levantamento do Congresso em Foco, há 2.472 propostas na fila dos plenários da Câmara e Senado, 96% feitas por parlamentares.


O projeto do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) quer obrigar, com detalhes, a postura dos civis que participarem de solenidades acompanhadas pelos acordes de “Ouviram do Ipiranga”. Ele quer lei definindo que, durante a execução do Hino Nacional, as pessoas adotem “atitude de respeito”, “fiquem de pé”, silenciosamente, com a mão direita “espalmada, dedos unidos” sobre o peito “até os acordes finais” do Hino Nacional. O projeto de Bolsonaro não estabelece a pena que seria imposta a quem, por exemplo, como é comum, ficasse de pé em posição de sentido ou com as mãos unidas à frente ou atrás. Ou mais grave: qual seria a pena para quem ficasse sentado? Ou conversando?


Na justificativa, Bolsonaro afirma que o PL 4562/98, que aguarda votação desde novembro de 2001 no plenário, beneficiará as necessárias demonstrações de civismo e patriotismo da população. Em seu parecer na Comissão de Constituição e Justiça, o Bispo Rodrigues (PL-RJ) pede a rejeição da matéria. “O texto de uma lei só piora quando passa a traçar descrições”, afirma ele.

Pelo visto vai faltar lugar aqui no Presídio.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!

Anônimo disse...

Enquanto isso a classe desunida permanece aqui no blogue a chorar as mágoas, lastimando que oficiais são os mais beneficiados que os praças.

E digo mais, com toda certeza a Sra Kelma , Sra Ivone Luzardo, talvez o Ten Messias Dias e tantos outros que bem poderiam representar essa classe desunida de chorões, serão candidatos nas próximas eleições, porém, certamente nenhum se elegerá.

E digo mais ainda, sabem por quê nenhum deles se elegerá? Porque milico é a classe mais desunida que existe e não vão votar neles, sobretudo, praça . Isso mesmo, praça, ou vocês já viram algum oficial vir aqui no blogue e ficar criticando, por exemplo, os comentários do Maj QCO Leonardo?

Senhores eu sou 1.Sgt Com - turma guararapes 350 anos, tenho muito orgulho de ser praça e nas próximas eleições eu vou votar em candidato que for militar, seja quem ele for, Bolsonaro, Sra Kelma, Sra Ivone, Ten Messias Dias, etc...

Acordem meu povo, vocês não percebem que essa classe desunida só obterá algum benefício se tiver representante no congresso nacional?

Avante!

Anônimo disse...

Não votem no Bolsonaro não. Votem nos que estão lá no poder nos fazendo de trouxas a anos. Depois voltem aqui com a choradeira caracteristica desta classe desunida. Permaneçam inocentes e subservientes, é tudo que eles querem. Enquanto isso as forças auxiliares vão nadando de braçada. Só Bolsonaro pra dar jeito nessa vergonha.

Anônimo disse...

Boa!!!!!

Anônimo disse...

Eu vou votar no Tiririca ele já foi oficial temporário.
Jair não mamãe, Jair não mamãe!
Pior do que está não fica, votem no Tiririca!


Anônimo disse...

Camarada....concordo com vc...mas aqui neste blog tem um monte de civil comunista revanchista. ...infiltrados, se passando por militar pra denegrir a imagem da instituiçao...Naum ha duvidas, a grande massa militar estah firme e decicido:BOLSONARO -O MITO- presidente!!!!!

Anônimo disse...

Pior do q ser obrigado a cumprir uma formalidade que significa respeito...é ter q engolir o conteudo q estah sendo disponibilizado para os nossos filhos nas escolas...se naum quer bater continencia, naum vah em solenidades publicas...vc tem escolha...nossos filhos naum!

Anônimo disse...

As referencias sexuais dos filhos geralmente são passadas pelos próprios pais. Antigamente, muitos pais contavam com o serviço militar obrigatório para moldar o caráter dos filhos e, até mesmo para educa-los.

Acontece, que nos dias atuais, a grande maioria dos pais não querem ver seus filhos nas FFFAA, pelo menos nas condições do serviço militar obrigatório.

Tem pai que ainda não "saiu do armário" e nem quer sair, daí a preocupação exacerbada com o que se ensina na escola: - assumir plenamente a opção sexual.

Todos sabem que no seio das FFAA não é valido ser Gay ou homossexual assumidos, então as aulas cujo tema é sexualidade torna-se um grande problema para vários pais hipócritas. As FFAA é um grande laboratório para se estudar a hipocrisia.

Conheci vários militares gays, homossexuais, e por mais incrível que pareça, todos tem um discurso parecido com o que li, logo ali ao norte.

Então desejo a todos que se descubram sexualmente e sejam felizes em 2016 e o resto da vida.

A proposito, quanto ao Jair Bolsonaro para ser presidente do Brasil é necessário muito mais que um discurso a favor da família, da tradição, da propriedade, do civismo, etc... é preciso antes de tudo de diálogo.

No quesito diálogo, Jair Bolsonaro está em evolução, assim como o homem-de-neandertal esteve, a muito tempo atrás, e hoje já pode até dialogar com propriedade.

Esqueça o discurso sobre negros, gays, apologia a ditadura, anti-comunismo e veja o que sobra deste pífio individuo. Não possui luz própria.





Anônimo disse...

Bolsonaro lenda ou Mito? Quando sobe na tribuna para defender a remuneração dos militares é um mito, quando abro o meu contracheque é uma lenda.

A candidatura de Bolsonaro a presidência em 2018 é uma lenda; A sua eleição para presidência da república é um mito.

Anônimo disse...

Seu discurso, companheiro, é totalmente equicovado, sensacionalista, tendencioso e egoista.

Vc critica o bolosonaro, pq naum tem nada de proveitoso pra citar desse desgoverno. Fale aí quais foram as promessas de governo q sua presidenta cumpriu pq eu naum conheço nenhuma.

Tem tantas outras materias abolidas do ensino escolar, q todo pai gostaria de ver seu filho aprendendo, tais EDUCAÇAO MORAL E CIVICA, no entanto, ninguem vem aqui aqui defender, ao contrario disso, aparecem varios oportunistas, complexados, frustrados, perdidos em sua propria condiçao de existencia, defender uma invasao vergonhosa no seio da familia a fim de destruir e contaminar a unica base solida de uma sociedade: a familia.

Potanto, guarde suas ideias indignas e abominaveis pra vc ou faça bom uso delas na sua propria vida.

Em qualquer instituiçao tem a fruta podre, mas a exceçao nunca será regra!!!

Pra bandido, corrupto, vagabundo, oportunista, naum existe diálogo. ...eh cadeia!!!!!

Anônimo disse...

Lula, tem o currículo mais invejável: curso de torneiro mecânico, aposentadoria precoce por cortar o dedo mindinho e sindicalista. Quando presidente deu o ministério do INSS para seu colega de fábrica que era lanterneiro. A Dilma roubava bancos e sequestrava pessoas, outro currículo sem precedentes para um presidente.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics