5 de janeiro de 2016

Novos salários dos militares vão de R$ 1.270 a R$ 31.636

Remuneração total de servidores das Forças Armadas terá correção entre 24,3% e 48,9% em quatro anos


ANGÉLICA MARTINS
Rio - Com a proposta do governo de reajuste médio para os militares, de 27,9% em quatro anos, a remuneração bruta dos 655 mil servidores do Exército, Marinha e Aeronáutica vai variar entre R$ 1.270 e R$ 31.636 em 2019. O total leva em consideração gratificações e diferenças entre patentes. Os salários atuais oscilam entre R$ 1.021 e R$ 25.433, segundo o Ministério da Defesa.
Os índices propostos variam de 24,39% a 48,91% até 2019 e incidem sobre os soldos. Pelo projeto, com as gratificações, o salário dos praças (de baixa patente) passará a ser entre R$ 1.270 e R$ 9.845 até o fim de 2019. Hoje, eles têm vencimentos entre R$ 1.021 e R$ 7.463. O salário médio dos oficiais generais subirá dos atuais R$ 21.777 a R$ 25.433 para de R$ 27 mil a R$ 31.636.
No caso dos oficiais superiores, que hoje ganham entre R$ 14.472 e R$ 17.068, receberão, em 2019, entre R$ 18.212 e R$ 21.340, em média. Os oficiais subalternos e intermediários, com remuneração bruta atual de R$ 8 mil a R$10.878 passarão a ganhar entre R$ 9.990 e R$ 14.309.
As gratificações variam de acordo com a experiência, competência, local de trabalhos do militar, entre outros fatores. Sobre a remuneração bruta incidem descontos obrigatórios, como Imposto de Renda, contribuição para a pensão militar e para o fundo de saúde da Força.
O projeto não agradou aos militares, que reivindicam que o aumento seja pago integralmente no próximo ano. A proposta prevê que o reajuste seja escalonado, com maiores percentuais para as graduações do início de carreira e postos intermediários. A primeira parcela será paga em agosto. O projeto aguarda votação do Congresso Nacional.
A categoria não vê com bons olhos a proposta de reajuste. Para representantes de associações, o aumento apenas repõe a inflação e não expande, de fato, os salários. “O reajuste não vai resolver a nossa situação de penúria, ainda mais começando a pagar apenas em agosto. A inflação vai continuar aumentando e o reajuste não vai acompanhar”, rebateu a presidente da União Nacional das Esposas de Militares das Forças Armadas Brasileiras (Unemfa), Ivone Luzardo.

Governo envia propostas de reajustes ao Congresso
Sobre os servidores civis federais, o governo enviou, na última semana, ao Congresso Nacional os projetos de lei relativos às negociações salariais de 2015. A maior parte do funcionalismo assinou acordos prevendo reajuste escalonado em dois anos, sendo 5,5% em agosto de deste ano e 5% em janeiro de 2017. O aumento totaliza 10,8%. A segunda parcela incidirá sobre o valor do salário já reajustado.
Segundo o Ministério do Planejamento, assinaram acordo 1,1 milhão de servidores. Entre as carreiras que não chegaram a um entendimento com o governo em 2015 estão Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e médicos peritos do INSS.
O Dia/montedo.com

52 comentários:

salviano araújo neves disse...

Definitivamente ser Militar no Brasil é um desafio!!! Estamos a anos sendo reféns de uma politicalha que busca mais depreciar os Militares do que valorizar. Somos humanos e temo Famílias... Não é fácil um Militar viver nos grandes centros do Brasil, como o Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília entre outros com a remuneração que ganha. É um desafio!!! Somos marginalizados a todos instantes pela mídia no Brasil e como se não bastasse vivemos uma das piores crises políticas deste o surgimento desse país. Militar não tem direito a Licença Prêmio, Salário Família, FGTS, Tempo de Serviço, entre outros direitos que são garantidos pela nossa Carta Magna de 1988 ao povo brasileiro, enfim é triste um País da dimensão do Brasil não valorizar aqueles que no estado democrático de Direito garantem o seu funcionamento.
Salviano

salviano araújo neves disse...

Definitivamente ser Militar no Brasil é um desafio!!! Estamos a anos sendo reféns de uma politicalha que busca mais depreciar os Militares do que valorizar. Somos humanos e temo Famílias... Não é fácil um Militar viver nos grandes centros do Brasil, como o Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília entre outros com a remuneração que ganha. É um desafio!!! Somos marginalizados a todos instantes pela mídia no Brasil e como se não bastasse vivemos uma das piores crises políticas deste o surgimento desse país. Militar não tem direito a Licença Prêmio, Salário Família, FGTS, Tempo de Serviço, entre outros direitos que são garantidos pela nossa Carta Magna de 1988 ao povo brasileiro, enfim é triste um País da dimensão do Brasil não valorizar aqueles que no estado democrático de Direito garantem o seu funcionamento.
Salviano

Anônimo disse...

Esse tipo de proposta de dividir em várias parcelas vai se tornar corriqueiro, ainda mais agora que vão adiar para agosto.O novo governo entra, dá um ajuste que não cobrirá a inflação durante o período em que ficar no poder, e cala os militares.Outras categorias conseguem índices melhores e sempre retroativo a janeiro.Dinheiro tem, não tem é vontade política.

Anônimo disse...

Vai gerar uma grande demanda para o judiciario, pois muitos ja estao trabalhando para isso.

Anônimo disse...

Sem guerrinha de postos e graduações por favor ...

A questão aqui, não é quem está com a vida equilibrada, porque possui outros meios de sobrevivencia ou porque come arroz e feijão em casa e não vive.

Mas sim a inflação que desde 1º Mar 12, ultimo reajuste, já estava em 29,44% até 30 Non 15.

Estamos perdendo desde o primeiro parcelamento em Set 2005, depois em 2008, depois em 2012, e agora até 2019, com a inflação corroendo a nossa remuneração na velocidade de 10% ao ano.

UNIÃO.

Se liguem ! A cabeça é para pensar.

Anônimo disse...

Não temos que agradecer nada e muito menos essa esmola defasada. Desde 1º Mar 12 até 30 Nov a inflação já deu 29,44%.

==> O reajuste deveria ser parcela única.

Não tem essa de pingar é melhor do que nada. O melhor é o justo. Já perdemos quase 30% desde 1º Mar 12.

==> Tudo subiu: juros, gás, aluguel, combustíveis, mercado, escolas e não foi 5,5% nãaooooo !!!

Ate Set proximo perderemos mais uns 10%. Vc acha que ta bom ?

* ESSE ALERTA É PARA VC E PARA MUITOS QUE COMENTAM AQUI. BAH !!!

Anônimo disse...

CADÊ PNR PRÁ TODO MUNDO ?

O MILITAR FICA ANOS E ANOS PARA ENTRAR EM UM PNR, AI ENTRA E FICA POUCO, POIS É MOVIMENTADO E FICA MAIS TROCENTOS ANOS NA FILA.

A grana da movimentação é ilusão. Vai tudo nas contas a pagar, dividas e aluguel na nova GU.

Anônimo disse...

SENHORES, SENHORES E SENHORES !!!

A questão a ser discutida nesse espaço é a não reposição devido em UMA PARCELA !! Se liguem ! Com o tempo, estaremos na vala. Se voltem contra o PT e o governo.

Outra coisa, a finalidade do reajuste diferenciado era evitar a evasão de capitães e 3º Sgt, mas com a esmola parcelada, a diferença entre o capitão e o major aumentou.

Porque essa diferença de quase R$ 2 mil entre eles no soldo ?

E a maior diferença porque ?

ENQUANTO AS OUTRAS PROMOÇÕES É UMA MERRECA APÓS O MILITARS FICAR 7, 8, 9 ANOS ESPERANDO !

Anônimo disse...

Essa sacanagem de parcelar, começou em 2005, cujo reajuste seria em uma única parcela de 23% em Mar daquele ano e o governo não deu.

Após isso, as Esposas dos Militares das FFAA ficaram 71 dias acampadas na Esplanada dos Ministérios, então o governo Ptralha parcelou em 3 semestrais, a contar de Set 05 ou seja 6 meses após o previsto.

Em 2008, concederam em 6 suaves parcelinhas semestrais.

Em 2012, em 3 suaves parcelas anuais.

Agora em 4 vezes anuais, sendo a 1ª parcela da esmola de apenas 5,5%, com INFLAÇÃO de 10% em 2015 !!!!!

De parcela única passou a anual, daqui a pouco vai ser a cada dois anos.

Palhaçada !

Anônimo disse...

As nossas perdas de 1º Mar 12 à 30 Nov 15 estão em 29,4423% ( Chore !!!! )

Enquanto isso, é top top ... não temos como completar a nossa remuneração com fartas diárias.

Anônimo disse...

Pode alguém me explicar a frase - As gratificações variam de acordo com a experiência, competência, local de trabalhos do militar- ???

Anônimo disse...

Mão amiga lá fora e braço forte dentro da caserna.

Nada fazem de concreto para o bem estar, PNR e a comida na mesa da familia militar.

Poucos PNR, alugueis carissimos, para morar longe do trabalho, enquanto poucos previlegiados moram ao lado dos quarteis. Enquanto outros já chegam nas novas OM com PNR garantido e uma economia no aluguel a partir de R$ 1 mil reais no minimo.

As praças ficam anos na fila do PNR e quando entra e pensa que vai economizar, é movimentado e entra em outra fila.

Em 30 anos de serviço, o militar paga aluguel uns 20 ou 22 anos e mora em PNR 4 ... 6 .. 8 anos apenas.

Acordem grandes fingidores ! Não fiquem nos palanques falando abobrinhas, quem tá em forma está de saco cheio e os senhores com os bolsos cheios de diarias e mordomias.

Isso é justo ?

Anônimo disse...

A TROPA PRECISA DE AÇÕES INTERNAS DEFINIDAS NAS RACE ...

* É A HORA DE USAR O TÃO FALADO PODER DISCRICIONARIO DO CMT PARA O BEM. OU É SÓ PARA O MAL ( PUNIR, NÃO PROMOVER, NÃO TRANSFERIR, TRANSFERIR, ETC ... )

** QUE TAL FALAREM SOBRE VALORIZAÇÃO E MELHORIAS REAIS PARA A TROPA E A FAMILIA MILITAR ?

A MINHA SUGESTÃO DE PAUTA SERIA:

- construção de pelo menos 50 PNR para ST/Sgt por GU em até 5 anos;
- auxílio-moradia;
- reajuste anual entre 30% em uma única parcela;
- data base;
- pagamento das férias não gozadas do ano de recruta, cujos militares que incorporaram até 1983, não era dado esse direito. Em 2013/2014, alguns inativos receberam e outros não. Uma boa parte do pessoal da ativa gozaram e receberal 1/3 em dindim e já outros dançaram, pois foi revogada pelo Gen Enzo no apagar das luzes ou seja aos 44 min do 2º tempo;
- salário familia para cada filho até os 14 anos de idade, no percentual entre 5% a 10% do soldo cada um;
- volta do posto acima na passagem para a inatividade ( não teve transição );
- quando construir qualquer OM, começar pelos PNR, que atendam 80% do efetivo pelo menos;
- diminuição dos intersticios ( aumentados em 50% em 2002 por Portaria, após a perda de um posto acima pela MP do Mal-LRM );
- em todas a reuniões Cmdo RM ou DE ou Bda ou AD, os Cmt deverão obrigatoriamente apresentar indicadores de endividamento da tropa sob seu Cmdo nas dezenas de entidades consignatárias ( SPP da OM );
- nas RACE, indicadores fornecidos pelo CPEx, situação todo EB;
- o desconto do FUSEx e Pensão militar sobre o soldo e não sobre o bruto (atualmente, um militar do mesmo posto ou grad, paga pelo mesmo atendimento um valor diferenciado, pois um ganha mais do que o outro );
- volta do direito da viúva do militar falecido no serviço ativo, revogados pela Port 080-DGP, que dava direito a viúva de receber além das 4 ajudas de custos, o transporte da bagagem, carro, moto e as passagens, para o local que indicasse residir sem o esposo falecido;
- determinação para que aquela representação parlamentar de militares que trabalham no dia a dia no Congresso, não visem apenas os interesses da Instituição, mas também da "familia militar";
- proibições dos expedientes desnecessários e sem recursos para manter;
- determinar uma data para ser entregue uma NOVA LRM para a Presidente Dilma;
- aumentar de 4 ajudas de custo para 10, quando o militar ir prá reserva. Atualmente, um militar temporario recebe 7 ou 8 remunerações;
- atualização da tabela de bagagem, Auto e moto, não atualizadas desde Dez 1994 (o frete deve ter aumentados mais de 600% nesse periodo de 20 anos);

*** O valor da indenização é para o militar custear o transporte da sua bagagem e não JUNTAR 3 ou 4 militares para alugar UM caminhão.
- Etc ...

Anônimo disse...

Pois é ! 2015 se foi e nada em prol da familia militar foi tratado nas RACE (Reunião do Alto Comando do Exército ), só trataram e equipamentos, missões rolhas que nada tem a ver com a caserna e assumiram centenas e centenas de missões de outros, os quais são formados, treinados, remunerados e não cumprem as suas missões.

Anônimo disse...

ALGUÉM PODE VER ISSO !!!!!!

A tal POUPEx, só faz emprestimos atualmente se o militar pagar 50% do que deve. Tem lógica isso ??

Até a POUPEx mantida por nós está nos sacaneando, empurrando todos para outras entidades consignatarias. Pode isso Arnaldo ?

Veja bem, o militar tem um limite consignavel de 70 mil, mas pegou apenas 20 mil reais. mesmo com margem de mais 50 mil, ele só pode pegar mais ou seja renovar, se pagar 10 mil dos 20 mil que deve !

Que sacanagem é essa ?

Ai o militar é obrigado a ir para o BB e outras entidades.

Anônimo disse...

==> QUE TAL MANDARMOS ENXURRADA DE E-MAILS PARA OS DEPUTADOS ABAIXO !!!!

=> Deputados Federais da PM, BM, PF ...

- Alberto Fraga (DEM-DF) - Cel PM-DF
dep.albertofraga@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/albertofraga.oficial
...................................
- Capitão Augusto (PR-SP) - PM-SP
dep.capitaoaugusto@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/capitaoaugustooficial
...................................
- Cabo Daciolo ( Sem partido ) - BM-RJ
"André Gab. Dep. Cabo Daciolo" ,
"Dep. Cabo Daciolo"
https://pt-br.facebook.com/benevenuto.daciolo
...................................
- Izalci (PSDB-DF) - Ex ten R2 do EB
dep.izalci@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/izalci
...................................
- Tenente Lúcio (PSB-MG) Ex Ten R2 do 36º BIMtz
dep.tenentelucio@camara.leg.br
https://www.facebook.com/tenentelucio1
...................................
- Jair Bolsonaro (PP-RJ) Cap R1 EB
dep.jairbolsonaro@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/jairmessias.bolsonaro
http://www.bolsonaro.com.br/
...................................
- Capitão Fábio Abreu (PTB-PI) Cap PM-PI
*** não está em exercício ***
Secretaria de Estado da Segurança Pública do Piauí
https://pt-br.facebook.com/capfabioabreupi

- Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) - PF
dep.eduardobolsonaro@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/bolsonaro.enb
...................................
- Cabo Sabino (PR-CE) Cb PM-CE
dep.cabosabino@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/pages/Cabo-Sabino/697004213668375
...................................
- Subtenente Gonzaga (PDT-MG) PM-MG
dep.subtenentegonzaga@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/subtenentegonzaga
...................................
- Major Olimpio (PDT-SP) - PM-SP
dep.majorolimpio@camara.leg.br
https://pt-br.facebook.com/olimpio.major
...................................
Pesquisei e passo no 0800. Espero que divulguem.

Anônimo disse...

Pergunta aos formados em direito e para as Associações ...

Baseando na CF, caberia e poderiamos ter exito, se exigirmos :
- data base em Jan;
- revermos a diferença entre os postos de Cap para Maj e haver uma distribuição entre os demais postos e graduações de valor ou percentual;
- reajuste em parcela única; e
- percentual único.

Vejam o que diz o art.37, X da Constituição Federal:

X – a remuneração dos servidores públicos e o subsídio de que trata o § 4º do art. 39 somente poderão ser fixados ou alterados por lei específica, observada a iniciativa privativa em cada caso, assegurada revisão geral anual, sempre na mesma data e sem distinção de índices;

Anônimo disse...

O pior é que uma matéria veiculada desta maneira faz com que o público em geral considere que tivemos um excelente aumento, todos irão se fixar no valor máximo, que convenhamos é um bom salário, porém refere-se ao vencimento bruto de um oficial general, e isso em 2019. O título da matéria deveria ser "Militares recebem reajuste parcelado com percentual inferior a inflação em cada parcela". Pior do que ter uma péssima política salarial é ver a mídia manipular a opinião pública, informando que estamos muito bem. Tanto que já ouvi civis comentarem a respeito, dizendo que é por isso que os militares são contra uma intervenção e estão assistindo a tudo calado, pois ganham excelentes reajustes. Pior do que não ganhar comida, é não ganhar comida e ouvir dos outros que você está de barriga cheia. Que fase!!!

Anônimo disse...

Pois é, e quem está na reserva?

Anônimo disse...

Dia destes ao entrar em um supermercado, fiquei escandalizado com os preços que aumentaram de Dez para Jan, coisas básicas subiram 20,30%. Nunca imaginei que com 30 anos de tropa estaria nesta situação, escolhendo entre os tomates quase podres o que ainda poderia ser consumido por que é mais barato. Este é só um exemplo. Quando era jovem comia pedra e não dava nada, apesar da alimentação no quartel ser de muito boa qualidade, hoje, já não posso comer pedra e muito menos ficar doente. Alguém faz uma escolha na vida, depois de quase 30 anos nesta situação, vem um larápio qualquer dizer: se não está contente arruma outa coisa pra fazer..., até pode ser, desde que o governo me devolva a juventude, escolho outra profissão.

Anônimo disse...

Foi a maneira mais fácil do governo economizar: em cima do reajuste do salário dos militares. Imaginem quanto o governo deixa de gastar com o reajuste diferenciado! Ver se eles dão reajuste diferenciado para o judiciário? Não fazem isso porque eles não aceitam, brigam, levam a CF na mão e outros argumentos que lhes garantem os direitos previstos, fazem greve! E os militares? Vão recorrer a quem? Aos Generais? Nota-se por exemplo, no caso dos Of. Generais e Of. Superiores, com as gratificações e sem descontos e baseado no salário maior, a diferença é mais ou menos 8 mil reais, e em 2019 a diferença já passa de 10 mil reais. No caso dos Of. Intermediários/ Subalternos e os praças e fazendo o mesmo calculo, a diferença em 2019 aumenta em mais de mil reais.

MACIEL ROBERTO Viana Santos disse...

Rápido e rasteiro: 2015 a inflação bateu quase 11% e até meados do ano que vem - quando a grana chegar aos nossos bolsos - não será muito menor que a metade disto, e aí já estamos com uma perda acumulada de 17%. A compensação se faz com um óbulo de menos que 6%. Além do mais, modifica-se a escala salarial privilegiando as praças e espera-se que os oficiais fiquem satisfeitos. Querem nos dividir como fizeram no passado ao concederem um aumento maior aos postos superiores, levando os menos graduados à Justiça reividicar e ganhar os mesmos 28%. Acorda gente verde-oliva. Querem nos dividir...
Gen Maciel

Anônimo disse...

Militar é igual galinha: "toma no fiofó e sai cantando".

Anônimo disse...

Agora eu vi mesmo que soldado engajado não tem valor nenhum no eb mesmo, ja ganhamos mal e recebemos a mais baixa reposição Depois quando tiver só lixão e ladrão querendo ficar não reclame e pior começarem a negredir o exército com militares presos por roubarem p comer

Subão disse...

É fácil saber o motivo da diferença tão grande entre os soldos de Cap para Maj. Somente oficiais de carreira (Academia e demais Escolas)) serão Maj, logo... vem a resposta... basta completar a frase: O exército foi feito para os .........!!

Anônimo disse...

Ridícula essa "reposição", atualmente, tem estado onde CB ganha mais que 1º Sgt do EB. Vem comandante falando asneira em palanque de formatura, incitando dedicação, empenho além do esperado, sacerdócio, sendo que não há contrapartida da força com relação a seus integrantes. Se está bom para meia dúzia de elementos que dão aula na "UNISQUINA", ou vendem churrasquinho, a realidade de 90% da força é diferente. Observem a divulgação e procura por concursos militares..ESA, AMAN, caindo meteoricamente. Eis o motivo da força para investir em temporários, a carreira militar está quase sepultada, respirando por aparelhos. Ao pessoal da turma do "pede pra sair", "sabia que seria assim..", "estude e caia fora"....deixo meu mais singelo repúdio. Daqui a pouco estaremos na fila de benefícios sociais, com o balde esperando o farelo, e sem os direitos assegurados pela nossa CF a que fazem jus os demais cidadãos.

Anônimo disse...

Calma pessoal, nossos "Chefes" já estão de bruços elaborando o reajuste para o período compreendido entre 2020 à 2024. Já largamos na frente. É como aquele ditado: Passarinho que acorda cedo, bebe água limpa.

Anônimo disse...

Agora começa nos meios de comunicações a propaganda de que os militares foram os mais "beneficiados" com o reajuste. Causa a falsa impressão de que sempre se deram bem com as reposições anteriores.Quando as outras categorias conseguirem seus índices, retroativo,e já com reposições melhores anteriormente, os olhos estarão sempre nos militares.É por isso que não pode pedir pouco, não importando o que o governo diga.Basta uma única vez ter uma reposição digna, justa, que as demais manterão o padrão salarial.

Anônimo disse...

para mim ta bom...

Anônimo disse...

Recebi pelo FACE, o seguinte comentário de um oficial, pasmem ...

"Pior é ver os QEMA no grupo da minha turma dizendo que se não tá contente vai embora....rs

Esses são nossos futuros Generais.... o q esperar deles? "

MESSIAS DIAS disse...

Na verdade vão passar anos e governos e não teremos aumentos ou reposições salariais justas.
Talvez mais grave é observarmos que as medidas que dependem das Forças e MD, para valorizar nossos vencimentos, não são tomadas.
A exemplo: 1. as Forças deveriam, de imediato, acabar com as cobranças de Mensalidades Escolares nos Colégios Militares. 2. Acabar com as cobranças de atendimento e procedimentos, médico/odontológicos realizados em hospitais militares. 3. Pagar a todos os QAO 25% de Habilitação. 4. Propor compensação orgânica a outros grupos de profissionais. 4. Propor percentuais por cursos realizados pelos profissionais do Efetivo Profissional até 50% do soldo. Propor para 12 salários a indenização por passagem para a inatividade.

Provavelmente o ponto mais importante para os Sargentos seja a regularização do plano de carreira dos Sargentos até Capitão QAO, como também a criação desse mesmo quadro na FAB e MB.

A nível Congresso seria a volta do posto acima na passagem a inatividade e o adicional de 1% de tempo de serviço ao ano.

Agora o que é mais urgente/emergente é o Auxílio Moradia, pois a grande massa de Sargentos não mora em PNR, por falta de disponibilidade. Lembrando que esse aluguel, atualmente, é a nossa desgraca, pois pega ou toma a maior parte de nossos salários e, ainda, é fator preponderante de desequilíbrio financeiro e de desmotivação, pois faz com que exista desarmonia entre quem ocupa e quem não ocupa PNR, por força dessa diferença salarial substancial que o aluguel gera!

Anônimo disse...

Isso se o Brasil chegar inteiro até agosto de 2016.

Anônimo disse...

O que está faltando para as "autoridades" tomarem uma atitude de um verdadeiro representante das Forças Armadas ? Será que é por covardia ou por submissão ? Acho que é por conivência ou omissão ! Militar hoje para sobreviver vive nas folgas de bicos de motorista de táxi,garçom e até camelô para sobreviver ! Realmente chegamos ao fundo do poço,sem comando,sem remuneração justa,sem coragem e sem vergonha na cara !

MARCOS CUNHA disse...

Por que reclamar se não adianta? Que vão todos estudarem esse é o melhor remédio para essa dor!

Anônimo disse...

Já vi S Ten capinando quintal dos vizinhos pra ganhar dinheiro nos finais de semana ...!! Vergonha ou realidade ???

Sgt Inf/2003

Anônimo disse...

Em 2018 o PSDB vai vencer a eleição no primeiro turno , teremos reajuste de 49% de uma única vez o país terá inflação de 2% ,desemprego de 4% e crescimento de 7% mais três anos e nosso sofrimento acabará.

Anônimo disse...

Sabiam que o EB e somente o EB tem um convênio com os bancos, onde cada conta salário aberta se reverte um valor mensal, razoável (para o SEF ou CPEX se não me engano) e que esta verba é quase inteiramente direcionada para a construção de PNRs, e que esse montante daria para, de uma só vez, resolver TODO o problema de PNRs do EB e talvez até das demais forças???
Sabiam??? Agora sabem do PIOR??? O dinheiro vai todo para conta da UNIÃO e o governo simplesmente não APROVA ORÇAMENTO para a construção dos PNRs, o dinheiro existe, o DEC está ai com tudo na mão para construir, mas esse governo MALDITO se apropria da verba assim, na caruda mesmo!
O EB é tão ruim de marketing que nem informa isso aos seus militares e fica levando a culpa por não construir mais PNRs!

Anônimo disse...

Corrigindo um comentario anterior, CB PM ganhando mais que 1Sgt do EB com 21 anos de serviço. Quando um SD PM estiver ganhando o mesmo que um Maj do EB, talvez as majestades de BSB cercadas de benesses tenham seu ego comprometido e acordem para a realidade das demais pracas das FA. Sem desmerecer nossos colegas das Forcas Auxiliares com seus merecidos soldos. Quero ver os lords ecemicos daqui a alguns anos entoando discursos inflamados em seus palanques de formatura sobre sacerdócio e dedicação profissional a um monte de temporarios completando seus cursos superiores doidos para cairem fora. São leões quando se trata de mandar as praças descontentes pedirem pra ir embora. Quem viver verá.

Anônimo disse...

Estudem antes que os " ridículos" criem um regulamento proibindo praça de estudar....

Anônimo disse...

Exército Brasileiro, a empresa pública terceirizada mais barata e vantajosa do Brasil, pois Militar não tem direito a Licença Prêmio, Salário Família digno, FGTS, Tempo de Serviço, anuênio, insalubridade ou periculosidade entre outros direitos que são garantidos pela nossa Carta Magna de 1988.

Anônimo disse...

Pior é que esse "cala boca" funciona e acalma a maioria da tropa. O governo consegue ser mais esperto e acalmar os ânimos com migalhas.

Anônimo disse...

Qdo vc tava lá fez o q? Agora é isso aí.

Anônimo disse...

O seu comentário foi, de longe, o melhor de todos! Roubaram o que há de mais caro: o tempo de vida e a oportunidade de novas escolhas. Pena de quem acredita nessa elite podre que comamda as FFAA e o Executivo. Enquanto isso, o Deputado Fanfarrão se limita a rosnar contra os gays e a babar o ovo dos generais cabidoes de emprego. E assim ele vai conseguindo ser reeleito por décadas, junto com os filhos e a mulher. Eles não comem pedra, nem tomates podres. Estejam certos disso.

Anônimo disse...

Anônimo 06 Jan 13:39
Infelizmente o exército está cheio de gente egoísta e vaidosa, principalmente porque não experimentaram a outra face da moeda, o EB Tipo "2", para onde vão as migalhas, a turma do "se sobrar e der tempo", ou seja, o universo das praças. São esses futuros Gen, que barganharao algum benefício das praças por alguma cadeira em ministério ou estatal, para parecerem sinônimo de eficiência e bons administradores.O que esperar desses "líderes" que comandam para si próprios e em benefício de si mesmos?

Anônimo disse...

É uma grande falta de consideração por aqueles que fazem o juramento de sacrificar a própria vida pela nação e povo brasileiros! É esse o valor dado aos que se dispõem a morrer pela pátria?

Anônimo disse...

Os Generais de hoje ganharam os 28,86%, os Comandantes ganham como Ministros de Estado e ainda tem direito a merreca de reajuste que os demais, miseravelmente recebem!

Anônimo disse...

Aos alienados que acharam boa a esmola.

Aguarde até Set 16 os novos índices da inflação.

Vc que não viu a outra face do EB, transferencias para guarnições indesejadas, locais com 10 PNR para um universo de mais CEM ST/Sgt, etc ...

Inflação em 2015 acumula a maior alta desde 2002, aponta IBGE

http://economia.ig.com.br/2016-01-08/inflacao-oficial-em-2015-acumula-a-maior-alta-desde-2002.html

Renato Hilsdorf Advocacia disse...

Prezados amigos, o Estado << em sua arrogância sem lastro e contando com uma escatológica e flagrante leniência a seus pés >> não encontrou resistência alguma ao quixotesco, indecoroso e ultrajante “reajuste” agora esfregado na cara de nós militares, “reposição” que é um acólito de “esmola”, malgrado a galopante inflação instalada, não caracteriza aumento de vencimentos nem tampouco repõe a corrosão inflacionária.

Esse mesmo Estado que na famigerada MP 2215-10/2001 (ato de induvidoso revanchismo) ceifou uma série de diretos insculpidos na nossa antiga Lei de Remuneração << anuênio, proventos do posto acima, licença especial, tempo de serviço, e tantos outros que vocês tão bem conhecem >> surpreendeu ainda mais em sua vilania e sordidez quando da edição de Decretos, Portarias e Resoluções (pior, internos) que sobrevieram à nefasta Medida Provisória.

Pior, sempre contando com uma mistificação subintelectual e, também, com a subversiva e serviçal omissão, todos os nossos adicionais, gratificações e auxílios são relativos ao soldo-base, PORÉM, pasmem, todos os descontos são gravados e incidem sobre os proventos integrais, ou seja, PARA RECEBER É O MENOR PARA PAGAR É O MAIOR, desculpem, pode ser legal, mas além de ser um escárnio ultraja a inteligência média.

E mais, a ORDEM GERAL (em todas as esferas Federal, Estadual e Municipal) é arrecadar cada vez mais, ainda que seja necessário negar solenemente “isenção do Imposto de Renda” àqueles que fazem jus, cortar o chamado “auxílio-invalidez”, negar a “indenização das Licenças Especiais não gozadas”, negar pensões, direitos da Lei 3765/60 e outros mais.

Sem embargos, sempre comunguei e concordei com o axioma: “no Exército nada é de graça, tudo você tem que conquistar”, até porque, não precisamos de esmolas e quando ingressamos nessa NOBRE CARREIRA e no decorrer dela fomos motivados por uma singular e intimista vocação.

Temos, SIM, lastreados no ordenamento vigente, embalados pelos devidos instrumentos legais e afastando eflúvios pudores/dogmas (desmedidos e inocentes), que buscar nossos direitos e melhores condições de vida para nossas sagradas famílias.

HILSDORF RENATO.'. *Coronel*
AMAN (Cav/84) - Advogado (USP) - Diretor Jurídico do Círculo Militar de São Paulo
Escritório - Rua Oscar Porto, 203, Paraíso. São Paulo /SP. CEP 04.003-000
Fone (11) 9 8282-7082 (VIVO) - (11) 9 4585-9689 (CLARO).

Anônimo disse...

Engraçado Hilsdorf Renato,
Fico preocudo com o axioma de sua mudança.
Nunca criticamos o Gleuber no nosso Círculo Militar na Edição da LRM, ao contrário,você o apresentou como herói por ter conseguido não deixar que fosse pior.
Criticamos juntos o governo FHC.
Concordamos agora que todos são ultrajantes, digo, governos.

Então você agora concorda com o General Mourao ou o Tenente Messias.

Parabéns!

Anônimo disse...

Realmente o salário é baixo, mas a aposentadoria é a mais privilegiada do serviço público, pasmem conheço milico aposentado aos 42 anos de idade. Hoje o deficit da previdência dos militares consegue ser maior que todos os outros funcionários públicos federais somados. Segundo No do Ministério do Planejamento este deficit é superior a 35 Bilhoões de reais, para o resto do serviço público federal é de 34 bilhões;

Anônimo disse...

Esse coronel Hilsdorf deve ser um baita sangue azul. Pena que na reserva não tem tropa, não recebe continência, tampouco terá praças para lhe auxiliar. A vida aí fora deve ser bem diferente do que a mamata do EB. Se bobear ainda vai piruar uma vaguinha de PTTC, se é que já não tenha fisgado, assim como seus amiguinhos, que gostam de queimar o governo, mas no quartel fazem coisas parecidas.

Anônimo disse...

Esse blogue é uma farsa.
Não postar o que realmente os militares desejam, é uma ditadura.
Para que serve este espaço, se minhas palavras são ocultadas?
Onde está a liberdade de de expressão?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics