24 de janeiro de 2016

Marinha cria novo posto de oficial superior


Aviso aos navegantes: é humor!


Em função da redução da tripulação do Porta Aviões São Paulo, que está no estaleiro há anos e não navegará antes de 2018, a Marinha vai criar o posto de Capitão-de-Mar-e TERRA.


15 comentários:

Anônimo disse...

A Marinha do Brasil, a mais antiga das Forças, assim como todas as Instituições, passa por dificuldades, mesmo assim tem cumprido sua missão com os meios disponíveis e a abnegação de seus militares. É de extremo mau gosto essa postagem.

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 13:16

Anônimo disse...

Almirante de Mar e Terra!KKKKKKKK. Bem bolada!

Anônimo disse...

Os q não gostaram do post deviam dizer o pq.
Será somente falta de humor????????

Anônimo disse...

A MB é a mais antiga das instituições realmente como os anonimos defensores dizem, porem antiga com os equipamentos mais antigos e ultrapassados que se pode ter no seculo XXI. Não só equipamentos como militares ultrapassados em tecnologia por não se capacitarem da forma que deveria. Pois uma força tem que sofrer crescimento constante e seus funcionarios (militares) da mesma forma. E se não tem equipamento novo para novas tecnologias os militares ficam estagnados.
Não vejo mal algum na postagem, é uma realidade que todas as FFAA esta sofrendo. Na MB Capitao de mar e terra, na FAB teremos aviadores de terra ou de pista ou de aviao de papel e no exercito combatentes com arminha de ar soft ou chumbinho.
Vamos acordar para a realidade, não gostariamos disso, mas é a realidade que sofremos por não ter verba para nada.

Anônimo disse...

Boa noite, achei de muito bom humor esse texto kkkk, do companheiro das 18:05 tb, mas companheiros isso com todo bom humor, mostra a nossa realidade, sem verba para nova,aí dizem que não é revanchismo, nos dias de hoje somos empregados em quase todos os estados, como já mencionei aqui no blog desde de pontes caídas, dengue, construções de estradas e suas manutenções a etc..., td bem mas e nossa finalidade fim? como é que fica pois esta faltando material para nos adestrarmos, aviões, navios e material bélico em geral, por isso amigos vamos acordar e ver que as Forças Armadas para este governo, não é prioridade, e também vamos amargar infelizmente muitas decepções, quem viver verá.

Anônimo disse...

Quando esse navio conseguir sair do estaleiro, estará comparado a caravela de Cabral.

Anônimo disse...

Muitas vezes é sofrendo na pele que se aprende, outras vezes e tomando uma bofetada. Toda crítica é construtiva, mesmo que seja com humor. Afinal de contas estamos numa democracia...

Anônimo disse...

A caravela de Cabral navegava, e muito bem!

Anônimo disse...

O NAE Chão Paulo como é conhecido na MB é um verdadeiro sucatão parado no cais fazendo sombra. Infelizmente é a realidade das instituições, só não enxerga quem não quer.

Anônimo disse...

A ironia está ótima, o texto apenas tropeça ao falar da "abnegação de seus militares", pois não se trata de abnegação, estamos como estamos por imposição do governo, por retaliação desses mesmos governantes, por omissão de quem deveria impor-se. Não se trata de abnegação, não estamos por livre e espontânea vontade vivendo essa opressão, estamos sendo massacrados por sucessivos governantes mau intencionados e por comandantes coniventes e omissos.

Anônimo disse...

Ao amigo das 13:16 --- Gostaria de lhe fazer uma pergunta já que é mal humorado e intende de águas:

Jacaré no seco anda???

Anônimo disse...

O companheiro das 13:16 , como dizem na marinha, "foi na guerra"... kkkkkkk

Anônimo disse...

Colocaram uma ex-guerrilheira no poder ademais nada do que foi dito é mentira nossos navios estão sucateados, vc olha pra eles só temos dinheiro pra gastar com tinta mas a operacionalidade ta sendo deixada de lado por falta de verba, e nossos altos oficiais são co-responsáveis por isso pq aceitam tudo caladinhos e não demonstram nenhum descontentamento com a situação apenas quando vão para a reserva alguns tem coragem de falar algo...

Anônimo disse...

Essa ironia espelha a triste situação das nossas Forças Armadas.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics