21 de janeiro de 2016

Severinos for export!


19 comentários:

Anônimo disse...

Quando nos achamos que somente nos somos severinos, observamos a versão americana.
Porem pode ser bem uma vila militar ou area militar? Não podemos desconsiderar isso.

Anônimo disse...

Não serve de consolo e nem atenua nossa situação. O militar americano é valorizado por suas participações em defesa da Pátria e também por ser um cidadão consciente. Além de estar preparado para defesa da Pátria, o soldado americano também executa outras funções, funções estas que só aumentam o respeito e a estima por parte da população. Aqui, tratado como cidadão de segunda classe, até mesmo pela CF 88, pela mídia e pelos próprios militares de cima para baixo, não se acham responsáveis por um auxílio qualquer a nossa população, mas acreditam serem indispensáveis quando trata-se de receber em dólar. É a nossa triste realidade.

Edi Mor Gmail disse...

Somente uma foto sem nenhuma notícia não quer dizer nada...

Anônimo disse...

É uma vila militar. Duvido que lá elas cumpram missões de severinos da nação.

Lá tem Constituição, Leis, organização, instrução, guerra, não fazem média com políticos, etc ...

Anônimo disse...

Com certeza é em um forte americano que é maior que muitas cidades brasileiras.

Anônimo disse...

Acredito que seja bem diferente do que se faz por aqui. Não está especificado que "missão" é essa. Pode ser dentro ou próximo a uma unidade militar, mas lá eles tem a Guarda Nacional que é acionada para os demais casos, que os "Severinos" daqui fazem.

Amauri disse...

Caramba!!!! O Exército mais moderno do mundo está "copiando" nossa operacionalidade!!!!

Anônimo disse...

Ser severino militar nos EUA é outra coisa nem se compara com os nossos salarios, equipamentos e ajuda de custos.
Alem do mais até para ser severino lá se tem equipamento descente diferente do Brasil que a tropa tem que fazer vaquinha para comprar combustivel para a abelhilha de cortar grama ou senão tem que fazer no facão.
Lá usam EPIs no Brasil não sabem nem o que é EPI e não distribuem para o militar fazer a faxina. Pode observar todos usam EPIs(equipamento de proteção individual) alem de ter cones entre outros para a segurança de quem trabalha.

2015 JS disse...

Vamos ficar de boa e curtir os últimos dias do meio expediente

Anônimo disse...

Uma perguntinha: quanto é o salário "minimo" que esses da foto recebem para cortar grama? Deve ser maior que coronel. Também sei cortar. Tem vaga?

Anônimo disse...

Realmente há segundas intenções aqui. Nos EUA, é comum bases militares enormes que até avenidas passam por dentro delas, dividindo-as. Provavelmente isso aí é um dos portões dessa base e, se a foto continuasse, poder-se-ia ver, do outro lado da avenida, outro portão na mesma direção. Diferentemente do que acontece no Brasil, devido ao grande tamanho, existem vários portões nessas bases. Cada um desses portões, durante o dia, fica apenas com um sentinela com um radinho no ombro esquerdo controlando o movimento, à noite, mais de um. Dentro da base, circulam viaturas de guarda para atender, rapidamente, quaisquer ocorrências, inclusive acidente de trânsito. Não tem essas "palhaçadas" de toda hora formar guarda igual no Brasil. Sei estas coisas porque estive fazendo um curso em duas dessas. Mas aqui não falam das coisas boas das bases de lá que poderiam ser aplicadas aqui no Brasil, por exemplo, o rancho que todos pagam, exceto recrutas, do próprio salário, pois recebem para isso. Mas é como um restaurante 5 estrelas, e é uma empresa que atua no rancho. Outra coisa, a base de uma das Força possui prédios com integrantes das outras duas Forças, por exemplo, USAF possui integrantes do Exército e da Marinha deles . Equivocadamente, aqui as pessoas acham que militares não têm especialização, por isso não sabem fazer coisa alguma a não ser marchar. Pelo menos no meu caso, Aeronáutica, fazemos, sim, muitas atividades especializadas. Marchar? Lá também eles marcham muito, até na chuva. Por falar em chuva, eles podem usar guardachuva, mesmo fardado. Aqui, já vi gente ser punida por causa disso. Aqueles antigos reembolsáveis que existiam aqui, lá existem e funcionam muito bem. Em suma, nós somos militares de país de terceira mesmo!

Anônimo disse...

Alguns comentários:
- 99% das nossas faxinas também são em área militar...se tem gente fazendo faxina em outro lugar a culpa não é da Instituição, é do Cmt!! eu já vi situação inversa: a prefeitura limpando dentro do quartel.
- hoje em dia se não tem EPI e se não sabe o que é EPI a culpa é de algum incompetente que não explicou ao soldado o que é, disse que "é rolha", o Cmt Cia não pediu e o Fiscal não comprou...

mas num ponto eu concordo: lá eles são valorizados; aqui o brasileiro não valoriza o seu soldado. na verdade o brasileiro nem se valoriza, não tem nem vergonha na cara...

Anônimo disse...

Prezado, o cmt CIA não precisa pedir epi e o fisc adm tem que licitar SEMPRE. A mentalidade do milico tem que mudar, "se não pediu não tem" epi é fundamental e todos os anos e a mesma coisa em alguns quartéis!

Anônimo disse...

Só um detalhe, eles estão sem o EPI
mi mi mi

Anônimo disse...

Convocação geral dos "SEVERINOS". O Pará já "convocou" para combate contra mosquito. Medidas preventivas antes das chuvas, nem pensar, pois não dá dinheiro extra sem licitação.O que mais tem na capital e no estado são palafitas nas ocupações indevidas da periferia e a falta de educação da maioria. Como não falta é chuva na região, os governantes deveriam ter tomado medidas preventivas. Esta virando igual ao combate contra a seca no nordeste. Virou fonte de renda.

Anônimo disse...

Enquanto isso o ex-ministro da defesa está todo enrolado no Petrolão. Quanta servidão, quanta leniência. A tropa que lasque.

Já estou na reserva, no entanto, tenho dó daqueles que ainda possuem uma longa estrada pela frente, pois, a cada dia a tropa é destinada para aquilo que os outros não querem, parece a Oração do Paraquedista.
- Dai-me, Senhor, o que Vos resta,
Dai-me aquilo que os outros não querem;

- A coragem, a força e a fé, é para aqueles que pensam em pular fora desse barco que está a deriva. Salve-se quem puder, pois, os nossos chefes já estão salvos a muito tempo.

Anônimo disse...

Na primeira semana de janeiro, vi os "Severinos" do EB cortando grama às margens da rodovia na cidade de Vacaria - RS. acredito que sejam do Batalhão de Engenharia sediado em Lages - SC.

Marco Antonio Sebastiany disse...

Para quem não acredita que estes militares estão dentro de uma Vila Militar olhem o seguinte vídeo https://www.youtube.com/watch?v=oTCkjFHib78 neste vídeo uma Sd do Exército Americano faz um tour pela Vila Miliar de Fort Lee.

Anônimo disse...

Cortar essa graminha merreca aí da foto com máquina e com o salário que eles ganham, eu topo.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics