13 de janeiro de 2016

Os militares não merecem aumento de salário!

Francisco Bendl
Não me importam as críticas que receberei, mas devo ser honesto comigo, em princípio, e depois com o povo brasileiro.
As FFAA se deixaram deteriorar de forma incompreensível desde José Sarney até o dia de hoje, onde nas últimas administrações de FHC, Lula e Dilma, os militares sangram calados, resignados à própria sorte, comandados por um comunista de plantão, um ministro quebra-galho, proibidos de qualquer manifestação contrária a este governo que, por sua vez, é contrário ao povo e País!
As FFAA perderam a dignidade porque PERMITIRAM que esta esquerda apátrida e traidora da Nação mentisse e alterasse a verdade com relação aos “guerreiros” do Brasil;
Os militares perderam a autoridade porque deixaram que a pantomima denominada Comissão da Verdade, pesquisasse apenas a versão petista, e o desejo da presidente Dilma de angariar novos conceitos sobre si mesma como defensora da democracia quando, na verdade, esta senhora foi uma rebelde, participando no passado de grupos que tinham como objetivo matar, roubar, sequestrar, implantar uma ditadura do proletariado, menos querer como alega insistentemente o retorno da democracia, mais uma das mentiras contumazes de Dilma Rousseff.


Os governos do PT nos levaram a uma situação de barbárie moral, de cinismo social e de desconstrução de valores coletivos básicos. Ideologias arcaicas e baratas a serviço de uma gangue criminosa. Se nossa realidade os acolhe, a história, tenha certeza, os colocará no devido lugar. No futuro, o país terá vergonha deste momento negro que está vivendo. O povo desconcertado perguntará “porque deixamos isto acontecer, estávamos adormecidos?. (Sebastião Salgado)
Os militares se afastaram do Brasil e do povo quando deixaram de mostrar à nação o quanto são úteis não só à função constitucional de defender o país, mas de revelarem seus feitos em benefício das comunidades nas tragédias, na construção emergencial de pontes, na abertura de estradas de ferro, na vigilância de nossas fronteiras na Amazônia, de representarem a ONU, e cito o Haiti, onde controlamos aquele país para não entrar em guerra civil e na sua reconstrução, o abandono que Lula e Dilma os deixaram com relação a armamentos modernos, aviões – há quantos anos que estamos para adquirir caças? – navios, lanchas, armas portáteis, munição, enquanto nada se ouvia de reclamação dos militares que perdiam suas capacidades de defesa do território nacional na razão direta do dinheiro roubado pelos petistas, de verbas gastas através de superfaturamentos de estádios de futebol e obras viárias que jamais se realizaram na Copa do Mundo, e que se repete este espetáculo doentio e desonesto de gastos improcedentes, inexplicáveis e injustificáveis com a Olimpíada neste ano, no Rio de Janeiro, um dos locais de caos na saúde pública;
Os militares não merecem aumento de salário porque perderam a coragem, o destemor, a partir do momento que se deixaram conduzir como uma categoria de profissionais de terceira classe, largados de qualquer forma, esquecidos, e ainda suportando acusações e mentiras sobre um passado que muito nos honra e dignifica como povo e Nação, quando na Segunda Guerra deixamos indelével a nossa participação heroica em terreno europeu na derrota do Eixo para os aliados.
Pois esta esquerda traidora do povo e do país, proíbe que comemoremos os grandes feitos dos militares, que se calam, aceitam esta humilhação, e não se impõem em nome da História, da verdade, das nossas vitórias no passado.
Atualmente temos quartéis que acomodam gente calada, de cabeça baixa, que não canta o Hino Nacional porque substituído por refrões de enaltecimento a criminosos do PT, que não divulga mais a importância do patriotismo porque o partidarismo é mais importante no conceito da esquerda deletéria, e que aceita passivamente que o idealismo entre os militares antes tão divulgado tenha sido alterado para se cultuar uma ideologia retrógrada, ultrapassada, comunistóide, prejudicial ao desenvolvimento e progresso do Brasil!
Os militares não merecem aumento de salário porque sequer lutam por eles mesmos!
Tribuna da Internet/Usina das Letras/montedo.com

78 comentários:

Invicta disse...

Texto muito "poético" e profundo, mas minha filha de 8 anos, minha esposa que me acompanham por esse Brasil afora precisam comer, estudar, ter vestimenta, e não tem nada a ver com tudo isso descrito no texto.

Anônimo disse...

Não concordo com o autor...a culpa da esquerda estar no poder é de todos os cidadãos...votaram neles e deixaram que ficassem por tantos anos...não podemos ser fator de desequilibro da nação....o problema e que o brasileiro não entende o poder que tem quando vai votar....nos servimos ao pais...ta na hora do povo deixar de culpar os outros...Querem mudança? vão para as ruas e protestem....por muito menos Collor caiu..

Anônimo disse...

Sou Praça da Marinha. Muito bom o texto. Um dos melhores que já li. Será cômico ver um Oficial General ganhar 10 salários mínimos. Não temos mais o que fazer.

Anônimo disse...

Dizer isso referindo-se à cúpula militar faz todo o sentido. Agora, generalizar dizendo que militar não merece reajuste porque está conivente com a situação atual, é uma reedição daquela piadinha do papai noel da Etiópia, onde o helicóptero sobrevoava a Etiópia e observava crianças morrendo de fome com os bracinhos levantados pedindo ajuda, quando então o papai noel responde: Não mesmo, criança que não come, não ganha presente.
Nós comandados não merecemos reajuste? Acho que se faz necessária uma correção nesse texto, e retirar a generalização do termo "Militares", substituindo-o por comandantes militares.

Miguel disse...

Sem mais, meritíssimo!

Anônimo disse...

Concordo plenamente, os militares se acostumaram ao seu mundinho que se restringe ao perímetro dos quarteis e sequer se envolvem no que acontece do outro lado do muro. Vivemos dentro dos quarteis uma neurose que começa com nossos limitados comandantes e termina com as praças, um verdadeiro submundo onde achamos que não existe vida fora dos quarteis. Militares antigos que ficam enrolando para ir embora, segurando os demais mais modernos, que ficam por medo de se queimarem e não receberem a sua almejada promoção, promoção esta que para as praças atualmente é a unica maneira de abrir margem consignável no FAM/POUPEx, em outras palavras a unica forma de se conseguir um aumento mixuruca. Chega se constrangedor ver um bando de homens sem nada para fazer, inventando besteiras, que ficam fora do horário para agradar um chefe que só está ali para mostrar serviço e conseguir um bom comando ou uma missão no exterior. Realmente não merecemos aumento pq somos incompetentes em todos os sentidos. Tenho vergonha de ser militar.

Anônimo disse...

Concordo!
Sem aumento já!!!!

Anônimo disse...

Texto irônico, mas tem que ter cuidado e principalmente racionalidade com aquilo que fala, o praça não tem nada a ver com isso, até pq se fizer alguma reividicação vai tomar ferro, e justamente é o mais prejudicado com a falta de reajuste e prespectivas na carreira. Os oficiais que são os verdadeiros culpados por esta situação mesmo sem reajuste ainda gozam de muitas regalias.

Anônimo disse...

Militares são somente Oficiais Generais e Coronéis? O que os sargentos tem a haver com as situações apontadas no texto? Somos executores de ordens, entretanto os que mais sofrem com a falta de reajuste e perspectiva na carreira.

Anônimo disse...

falta vergnha na cara

Edruardo Art disse...

PURA VERDADE O QUE FOI ESCRITO.Eduardo

Anônimo disse...

Esse babaca não sabe ler a Constituição
Quer um golpe de estado a cada 10 anos
E os covardes colocam a culpa nos oficiais
Eles não tem família também
ridículos

Anônimo disse...

A culpa é dos Oficiais, "cabeças pensantes". Eles que possuem todas as regalias....so quando a coisa estiver feia para eles que eles dirão: vamos para rua protestar!!!!

Claudio Cruz disse...

Concordo, em parte com o texto, porque no geral somos culpados disso por conseguirmos eleger um representante no congresso nos grandes estados onde temos efetivo. Será difícil eleger um deputado por MG, RS, RJ onde o numero de militares é expressivo. Entra eleição e sai eleição é sempre aquele papinho bobo: Vou eleger fulano ou beltrano pra ele se dar bem e eu não ? Então tai o resultado. Sem representantes nada muda. Exemplo dado a PM de MG que eram mal remunerados com seus deputados mudaram isso e hoje um 1º Sgt recebe líquido R$ 11 mil por mês. Se alguém duvida vai no portal da transparência e confere.

Anônimo disse...

Fiquei ontem muito feliz em saber que mais um camarada,2° Sgt foi aprovado em concurso público, cargo técnico, área judiciária, vai ganhar como capitão inicialmente, e trabalhar somente à tarde. Senhores existe vida além das cercas da OM. Com a política de desvalorização das praças de carreira ( querem exemplo? QE sendo promovido com 4 anos, temporários ganhando promoções, possivelmente com interstícios menores, ruína salarial... Porque um Asp, posto que nem deveria existir por sua natureza efêmera, ganha mais de 1000 reais a mais que um ST com 30 anos de SV?) a melhor coisa a se fazer é procurar outra carreira. Um abraço a todos.

Anônimo disse...

Ao ver do EME, somente os oficiais são militares de verdade, as praças são descartáveis, isso é notório nas FA.

Anônimo disse...

A maior arma é a verdade, os q negam responsabilidade agem igual aos politicos q nada sabem, ouvem ou veem.
Todos são responsaveis em igual nivel por omissão.

Claudio Cruz disse...

Corrigindo meu comentário: Por não conseguirmos eleger um representante ...

Anônimo disse...

Tá, qual a solução? Tirar a Dilma para satisfazer a Veja e a Globo?

Anônimo disse...

A maioria dos praças só sabe falar de futebol e churrasco , tem medo de tudo por causa da promoção ao QAO , só sabem reclamar da vida e dos oficiais ...
A maioria dos tenentes é apolítica, só sabe falar de carro, som de carro , roda esportiva de carro , musculação, suplemento prá malhar , fazer Pqd ( outra idiotice bitolante ) , vida noturna , pagode , alguns até frequentam baile funk ..
No topo da cadeia impera o medinho de não ganhar uma aditancia no exterior , missão no exterior ou uma transferência prá boca rica portanto ficam calados....logo o texto do cidadão tem lá suas virtudes ..

Anônimo disse...

13 de janeiro de 2016 09:06
Apoiado companheiro, no EB existe um cabresto invisível e implacável, que torna muito ténue a linha que separa a disciplina (pilar da força), e o medo/subserviência (atributos que não devem fazer parte da personalidade de um soldado). A política da "boa vizinhança", e de sermos defensores de uma democracia inexistente, haja vista a ditadura chavista e proletária que comanda o país, forjou chefes omissos que comandam para si próprios, sem opinião formada, que vão onde o vento sopra. Intimidam a tropa e impõe a disciplina da chibata (velada, mas eficaz) para quem projetar para além dos muros da OM sua opinião política e repúdio ao atual sistema. Como diz um ditado da caserna, a tropa é o espelho de seu comandante, portanto temos graduados que só sabem reclamar e jogar futebol, temos tenetes que jogam videogame no alojamento com os soldados e se mostram apolíticos e insensíveis ao seu entorno, temos Of superiores preocupados em agradar a seus chefes e se projetarem a fim de uma futura promoção ao generalato, e por fim, generais que esquecem que passaram pela tropa, fazem vista grossa aos problemas e intempéries do subordinado, acham o sistema uma maravilha e visam futuros cargos políticos na inatividade. Muita coisa tem que mudar. Não vê-se tamanho individualismo e compartimentação em nenhum outro setor público ou privado. Lamentável. Muita coisa está se perdendo, muitos valores, e muitos ainda vão se perder.
2º Sgt

Lopes disse...

Não conheço a realidade da pessoa que escreveu tal texto, existem nas entrelinhas dele "verdades" e "verdades".
Nosso "chefes" nada fazem ou contribuem para que nós militares tenhamos um soldo digno. fato!
Há o sucateamento das FFAA, pregado insistentemente!fato!
Existe uma política de AUMENTO DE SALÁRIO, por parte das Forças Armadas, enviada aos órgãos competentes da Administração federal?
O que os PRAÇAS podem fazer? Se rebelar? È o que prega o texto.
Tivemos um Cmt do Exército - Enzo - por anos a fio (2007 a 2015) esteve, para nós sempre "AUSENTE". Fato!
Agora, 99% dos militares não devem pagar pela incompetência, pela ausência, pelo medo (de perder a boquinha futura), de alguns poucos que estavam no Comando e não fizeram asua parte!

Anônimo disse...

Os oficiais generais sempre negligenciaram a tropa,somente se importando com o próprio umbigo,com coquetéis nababescos e uma indicação para administrar uma estatal depois da reforma;os oficiais superiores sempre lambendo as botas dos generais com a esperança de um dia colocar uma estrela no ombro e os oficiais subalternos arrochando os praças,fazendo eles tirar água de pedra enquanto a tropa caminhava para o brejo ! O que estamos vendo hoje é simplesmente um retrato da omissão,conivência e falta de comprometimento com o bem maior !

Anônimo disse...

Quem não merece ter aumento são os comandantes e outros estrelados que se dizem comandar e defender os interesses da tropa e só ligam para seus umbigos.Lembro do movimento dos militares controladores de tráfego aéreo que paralisaram o pais, e, suas consequências. A maioria foi expulsa, não antes de cumprirem prisão administrativa, e acho que alguns ainda estão sendo processados até hoje. Logo após o fato, deram umas migalhas de ajuste de salário, mas os que deveriam ter se antecipado,tomado a liderança pois sabiam das condições vexatórias salarias, nada fizeram, ou melhor, fizeram o que sabem: punir, exigir punições e atender aos desejos revanchistas da Presidente e Ministro da Defesa.A diferença de tratamento é gritante quando se compara com as PM's que se revoltaram também e foram anistiados, atendidos satisfatoriamente nos reajustes, apesar de serem proibidos pela lei, também, de fazerem greves e, claro, revoltas.E, mais, são considerados Força Auxiliar, e demonstraram ter mais força do que as Forças Armadas.Que eu saiba, nenhuma categoria nesse pais da DESGOVERNANÇA, consegue reajuste salarial justo, se não fizer greves.

Anônimo disse...

Para mim a situação chegou a esse nível, por pura e simplesmente culpa dos Oficiais Generais das três Forças. Pois se dependessem dos demais círculos, esse governo não mais existiria. Não vejo outra solução, para o bem do Brasil, que não seja a extirpação do mesmo. O Brasil enveredou-se no caos generalizado, onde o cidadão de bem não acredita mais em nada que possa resgatar sua esperança num Brasil decente.

FAL disse...

Realmente, não precisamos de aumento!
Precisamos somente que baixem os preços de alguns itens... anote aí:
Aluguel, Energia Elétrica, Água, Arroz, Feijão, Carne, Legumes, Verduras, Frutas, Óleo, Combustíveis (todos), Fardamento (mesmo com o auxilio, são 3 anos pagando um absurdo pelo fardamento pra andar mais ou menos, pois o soldo esta defasado), cinema, teatro, passagens de ônibus (todos), enfim, tudo.
Precisamos ainda que baixem os impostos e os juros, em pelo menos à metade.
Ah! Precisamos de isenção do Imposto de Renda, pois já pagamos impostos demais e, afinal de contas, IR é como se eu tivesse que pagar pra trabalhar.
Abraço!
Realmente só os políticos precisam de aumento, pois dá muito trabalho corromper e ser corrompido, e ainda ter que mentir sobre isso, né?!
Boa sorte!

Anônimo disse...

Polícia Militar de Minas. Só saíram da pindaíba quando foram pra rua protestar, com apoio de seus oficiais. Aí todo mundo ficou de cabelo em pé e concedeu o tão sonhado aumento. Hoje um Coronel FU fim de carreira : R$ 26.000 Um soldado da PMMG já entra ganhando como se Sub Tem fosse com 25 anos de serviço. A culpa é somente da nossa DESUNIÃO, Oficiais e Praças. Essa distância que criaram entre nós, e que na PM quase não existe, porque lá é guerra todo dia.

Anônimo disse...

Vejo que ao ler o texto, muitos querem mesmo é jogar a responsabilidade no governo... nos comandantes...nos oficiais...se bobear vai sobrar até culpa para o cachorro que come a sobra de comida do rancho.

Deixem de hipocrisia caros militares.
A culpa são de todos, todos terão uma fatia deste bolo da responsabilidade (fatia maior ou menor).

Não podemos generalizar, mas realmente a maioria dos:

Os Praças Modernos: Ralação, serviço, sendo ralados e ralando demais os soldados e Cabos (quando for antigo, vai olhar para trás e ver que muito do que fez não havia necessidade). Também curte a vida, preocupado no presente, está bem com seu soldo (caso seja solteiro). Tudo é uma aventura. O conselho para eles é só ver a situação de seu fim de carreira: Subtenentes (boa parte consegue uma vida relativamente boa com o que ganha, porém altamente frustrados e com motivo para tal).

Os Praças Antigos: vivem reclamando (dos oficiais, da situação, dos mais modernos, de tudo - são os famosos "Leões do Alojamento", que viram gatinhos na frente do chefe e procuram logo um terceiro para orientá-lo na frente de seu superior). Também falam bastante de futebol e fazendo churrasco. Sim alguns também trabalham, mas reclamam bem mais que trabalham (e às vezes, digo às vezes, com razão, é compreensível a frustração e a falta de reconhecimento). Na fila do rancho se transformam, se impõem. Agora no momento de "Alguma Pergunta?" na palestra da OM, olham para os lados e até "escala de pergunta" criam para os mais modernos.

Os oficias Intermediários, curtindo a vida com seu soldo, fazendo compras, afinal de contas o problema do praça não é meu. São Jovens, sabem que o sistema trabalha a seu favor e a ralação é temporária, logo logo sai da escala.

Os Oficiais Superiores começam seus planos de carreira meteórica (sim eles tem carreira), mostrando serviço, buscando chefia, mestrado e um bom praça a fazer seu serviço de controle.

Os Oficiais Generais, cargo político, planejamento (não é o militar, é o planejamento de seu futuro fora da caserna). A esta altura do campeonato pensar no praça? Fala sério, idade suficiente para saber que a vida é lei da selva e é cada um por si. Essa é a realidade.

Agora não me venham perguntar de solução, pois sou um militar.
E como um militar, não sei resolver, apenas apontar os problemas e reclamar nas horas vagas.

Ouvi dizer de um mundo fora dos muros da OM, e dizem que a coisa lá não está muito boa. Escutei até falar que existem pessoas que estão ficando desempregadas e que o país está em crise.
Mas não dentro da OM, dentro da OM isso não existe ainda.

Anônimo disse...

O anônimo de 13 de janeiro de 2016 12:58, foi na ferida, falou tudo e com a sabedoria de quem conhece e acompanha a realidade. Não precisa falar mais nada, basta apenas observar, o seu ambiente interno.

Anônimo disse...

Texto sem noção...Nada haver uma coisa com outra.O autor deve ser o Patropi.

Ass. QAO Feliz.

Anônimo disse...

Para de falar bobagem sem conhecimento de causa camarada. Em qual tribunal existente no Brasil um técnico judiciário ganha pelo menos igual a um capitão do EB? Só pra conhecimento, salário de um técnico judiciário inicial TRT/TRF/TRE/STJ/MPU....$ 4.853,00 bruto...Com relação ao salário de analista nesses mesmos tribunais $ 8.857,00...esse último de nível superior.

Camarada não pense que tudo são flores porque não é!

Anônimo disse...

Realmente esta certo, os militares nao merecem aumento.
O último parágrafo do texto diz tudo. Carreirismo, egocentrismo, individualismo, isso eh que move a maioria do alto comando.
Desunião é o que vale...não há interesse que os militares se UNAM...
Ficam na teoria da guerra das ESG da vida, cursos de política e estratégia, fazendo e falando só o politicamente correto com essa bandalheira esquerdista e corrupta. Dá nisso....
A nossa falência. Com a esquerdalha corrupta e imprestável, não adianta ficar de lenga lenga, de só politicamente correto....eles , a esquerda, são podres, e vão fazer o que o molusco mor falou... .dê migalhas aos militares que eles ficam satisfeitos...
E não duvido nada que o molusco mor e a presidenta, são assessorados nesse sentido, das migalhas,por assessores militares que debandaram pro lado deles..

Anônimo disse...

Mas é mesmo... os militares agem como se o mundo fosse só o quartel. Muitos só fazem os cursos internos, esquecem que do lado de fora existem universidades e outras formas de estudar. Também existe o fato de o militar estudar aqui fora e depois não poder exercer outra função porque a Constituição Federal não permite. Coisa de Brasil, país subdesenvolvido, pois nos EUA militares podem trabalhar fora dos quartéis normalmente. Então, apesar do texto irônico do cidadão aqui, a coisa é muito mais complexa do que parece. Os militares estão ganhando mal e aqueles que têm alguma outra formação denominada, não sei por que, de civil, que poderiam ajudar nas despesas da família, na maioria das vezes são proibidos de trabalhar aqui fora. Até mesmo os familiares dos militares são prejudicados, por exemplos, filhos que são trocados abruptamente de escola por ter seu pai transferido e, no final, vêm alguns da sociedade dizer que filhos dos militares não sofrem prejuízo, dizem que eles vivem de regalias. Outro erro é comparar a quantidade de militares com a de outros países mas não ter a capacidade de comparar as proporções relativas entre os países. Resumindo, há muitas coisas erradas no Brasil.

Anônimo disse...

Só digo o seguinte... Tenho conhecidos na PMMG , bem mais modernos que eu hierarquicamente, e fico me sentindo um "M"...perto deles,.a diferença de padrão de vida, já tá ficando gritante, já mais que dobrou o salário dele de oficial pro meu...

João Luiz disse...

Ele está muito mal informado...desde que me lembro a mais de 20 anos que nós não temos aumento salarial. O que temos são "reajustes" e reajustes são bem diferentes de "aumento".

MESSIAS DIAS disse...

O fato é que temos que ter bancada voltada exclusivamente para os assuntos das FFAA.
Temos que ter parlamentares para buscar soluções aos nossos vencimentos.
O BOLSANARO se mostrou a favor de Eduardo Cunha, em algumas questões. Então porque não solicitou e conseguiu colocar a MP da LRM, em votação? Faltou convencimento ou faltou compromisso?

Os Cmt militares por sua vez tem que buscar soluções nas suas esferas de competência.
Reitero, a exemplo:
1. Por que não acabam com a mensalidade escolar nos CM?
2. Porque não pagam 25% de Habilitação a todos os oficiais QAO?
3. Porque não definem o plano de carreira dos sargentos até capitão QAO?
4. Porque continuam cobrando consultas médicas/odontológicas e procedimentos quando realizado em OMS?

Então só apresentar os erros desse desastroso governo é fácil. Agora tomar as medidas que já são plausíveis nada.

Esse processo de submissão das praças tendo as promoções como moeda de troca é uma vergonha e tem que acabar!

Anônimo disse...

Quanto maior a crise melhor para nós militares, pois já estamos falidos há muito tempo e o restante da população é bem vinda. Na crise ficamos todos nivelados e aí fica mais ou menos bom para nós que ainda temos uma certa estabilidade

Anônimo disse...

O texto é um tapa na cara dos Comandantes Militares, ou seja, dos 3º Sgt aos Gen Ex. E companheiro das 12:58, concordo plenamente contigo, pois é exatamente isso q ocorre diariamente no EB.

Anônimo disse...

Anônimo 13 de janeiro de 2016 14:06
Caro amigo frustrado, deve ser oficial, com certeza. Sua índole e formação de AMAN, te vendou os olhos e te vendeu uma realidade um tanto quanto utópica. Já ouviste falar em gratificações? Vencimentos básicos, GAJ, mais VPI e vale alimentação do cargo de técnico judiciário, ultrapassam a remuneração de capitão das FA meu caro sem conhecimento de causa...agora, se for capitão de uma PM como BSB, ou MG, aí sim....na verdade meu amigo, se vc for oficial, tem muito, eu disse MUITO, cargo técnico que ultrapassa seus vencimentos...se sua vaidade não o deixa admitir isso, estude e seja um feliz funcionario de cargo técnico federal, e ganhe mais. um abraço.

Anônimo disse...

companheiro das 12:58
Não generalize, sou praça antigo, não falo pelos cotovelos, carrego a minha mochila. Não endeuso nem idolatro superior, e espero do sistema somente meu salário ao final de cada mês. Não significa que defendo o sistema, o mesmo foi feito para os oficiais e pelos mesmos. Muita coisa está em curso, no sentido de desmoralizar e desmotivar as praças de carreira, como interstícios absurdos (8 anos); GU com PNR de sobra para oficiais, com o descabimento de tenentes solteiros estarem fazendo república em em PNR e praças antigos bem menos remunerados estarem com a família pagando aluguel; estudos e gestões para promover temporários rapidamente, assim como o pessoal do QE, enquanto o pessoal concursado fica a ver navios (na concepção dos chefes, que peçam pra sair....). Sendo assim, o que a força espera de nós em troca? Lealdade canina, dedicação integral e sacerdotal? Estoicismo? Resignação? De fato, alguns preferem falar de futebol e deixar a vida passar, para manter a saúde mental.
2sgt

Anônimo disse...

Anônimo das 12:58
Vc falou que as praças vivem escondidos reclamando, que são gatinhos na hora de se expor diante de um comandante...em que mundo vc vive? Já ouviste falar em retaliações? Vaidades de comandante questionado e com seus argumentos desarticulados por alguém sem formação superior militar (praças) costuma desencadear perseguições veladas e implacáveis. Qual justificativa de um sistema obscuro, que viola todas as leis de acesso à informação, para "selecionar" as praças a ingressarem no oficialato? Acaso? Quer praças segurando faixas, e amotinados? Acha que praça é sinônimo de covarde? Acorde.

Anônimo disse...

Tem razão!

Anônimo disse...

Comapanheiro de 13 de janeiro de 2016 00:32, assino em baixo, lindo.

Anônimo disse...

Curto e grosso: aos oficiais que vivem dizendo para os praças: "Se tiver insatisfeito, pede baixa", eu digo o seguinte: peçam baixa os senhores, pois deveriam sentir vergonha de ganhar menos que um SG da PM de alguns estados e até mesmo um barbeiro do senado que talvez não tenha nem o curso primário.

Anônimo disse...

E no quartel das maravilhas continuamos trabalhando com militares autamente desmotivados(artistas), manuseando todos os dias suas altas tecnologias. ... uhuuuuu !!!!!

Anônimo disse...

O negócio é estudar pra concurso e passar, sair logo urgentemente enquanto é tempo pq FA hoje estão desmoralizadas por este governo lixo.

JB portela disse...

Muitos dos que hoje querem a volta dos militares, a poucos dias atrás só faziam criticas, e enalteciam o governo do lula dizendo que ele era o Melhor presidente que este pais já teve, jogando os militares na vala comum como aqueles que apenas tiraram o direito a liberdade dos brasileiros no passado. esquecerem o que o militares fizeram por este pais praticamente tirando do anonimato, o Brasil era conhecido la fora pelas prais, bossa nova, os militares deram outro rumo a esta terra, e quando saíram foram hostilizados e ridicularizados, por muitos que hoje querem a sua volta, o povo só lembra de DEUS, quando a desgraça abate sobre a sua família, e dos militares quando precisa.....No mais para muita gente milico só fica em quartel comento e dormindo.....Antes de pedir a volta daqueles que muitos hostilizaram no passado.. vão para cima da maioria da imprensa que na verdade dá sustentação a este bando de ladrão.

Anônimo disse...

Texto romântico demais, floreado para confundir, às vezes ofensivo...e pouco, muito pouco produtivo...em nada acrescenta e/ou ajuda...
Poderia este cidadão usar suas palavras mais para conclamar o povo brasileiro (esse sim que se afastou dos valores, do patriotismo, da decência) a lutar por este país e não 'cobrar' das FFAA a conduta de, mais uma vez, "tutora da Nação".
A sociedade brasileira está acéfala porque, talvez, 'pensadores' como este cidadão não tenham a coragem para assumir a responsabilidade de conduzir as mudanças que este país precisa. É mais fácil cobrar de quem tem a força para fazer isto. E quem pagará essa conta no futuro?...essa 'sociedade' que hoje pede as FFAA se omitirá no futuro...como a de 64 se omite até hoje.
PS. Vai criticar quem merece ser criticado!!!

Rogério - JF disse...

Parabéns!!!!!

Anônimo disse...

Um dos comentários mais imbecis que já vi. Lembro que vivemos uma democracia, e este governo por pior que seja foi eleito pelo povo e é este mesmo povo que tem que tirá-lo.

Anônimo disse...

Quem deveria ficar sem aumento é o autor do texto. Aumento sim, para mim e para o autor do Blog, pois somos destemidos QAO (s) !

QAO Resolvido !

Anônimo disse...

Classe desunida e improdutiva a militar. Vive reclamando, fomentando a dissensão e, pior, nd produz de conteúdos, fatos, verdades. Propala utopias e conversas fiadas que chegam a ofender os ouvidos - ou, no caso, as vistas.
Uns vêm aqui dizer que técnico judiciário ganha mais que um capitão - pior, apresenta argumentos descabidos para "justificar" a inverdade. Já disse e reafirmo, lido com alunos, candidatos a cargos públicos aqui em Brasília e, NUNCA, jamais um técnico do Judiciário, seja em q nivel for - federal ou estadual - ganha mais de 5,2k brutos, a depender do tribunal. Muitos pagam, como o colega disse, 4,8k brutos. E não adianta o incosequente vir com a réplica, pois, por mais que argumente, EU conheço a área e SEI que nenhum adicional ou gratificação, acrescentados à remuneração, eleva ao ponto de superar o salário de um capitão (10k brutos). No máximo, com as gratificações (inclui do-se também o vale-coxinha deles), a remuneração bruta de um técnico chega a 6k e o de analista, 9,7k). E mais, trata-se de gratificações que NÃO incorporam aos vencimentos qdo o servidor se aposenta, fica o registro.
Outro vem apresentar um salário líquido de primeiro-sargento da PM/MG de, pasmem, 11k líquidos. Agora, o pior: pede que confirmemos no portal Transparência do governo federal. Impressionante...
Outro ainda, para fomentar candidatura, vem meter o pau no Bolsonaro, querendo, com isso, deixar subentendido q ele, pretenso candidato, faria melhor. Bolsonaro, ainda q possua defeitos, tem sido um dos maiores defensores da classe militar e da família. Sim, não há um projeto dele aprovado, mas não precisamos ser cientistas políticos para sabermos que sem base politica, sem conchavos, sem uma coalizão séria, madura, nd se obtém de efetivo no CN. Sim, ele elege seus filhos e esposa, mas, ainda assim, é o candidato a dar a cara a tapa. A este diria que, sim, precisamos de representantes militares eleitos para defenderem nossas causas, mas, meu caro, deveria buscar conhecer mais e melhor a classe militar para buscar a defesa respectiva. Não conhecer, em pleno anos de 2016, que interstício de Of QCO são fulminantemente iguais aos Of AMAN - teoria e prática, meu prezado tenente - é um fator de desconhecimento que deve se estender às demais necessidades dos militares.
Deixo aqui minhas honestas opiniões:
1- REPRESENTAÇÃO POLÍTICA: de fato, o caminho é por aí. Qto mais representantes tivermos, melhor nossas causas serão defendidas. Talvez, quem sabe, o desejoso candidato não possa fazer parte desse grupo. Sugiro a esses que estudem as causas militares, tenham argumentos consistentes e conheçam a realidade geral, não somente do seu mundinho ou do grupo ao qual deseja angariar votos.
2- REALIDADE ECONÔMICA, SOCIAL, SOCIOLÓGICA: sejamos honestos conosco mesmos, por favor. Trazer a lume situações de bonança na classe X, Y, seja qual for, sem fatos verossímeis, acreditem, vem como contravapor. Ouço diversas vezes alguns comandantes comentarem os mais variados exageros que chegam a eles, tais quais leio aqui repetidamente. Ng é tolo, uma simples consulta pode refutar as choradeiras.
Maj QCO Leonardo

Anônimo disse...

Leia o texto novamente que em nenhum momento é falado em tomada do poder pelos militares...
O que o texto prega é que os militares, sequer lutam pelos próprios direitos e para se defender dos ataques da esquerda.
Militar nao sabe lidar com os esquerdistas, esse negócio de querer ficar só na diplomacia, dando declarações ambíguas, politicamente corretas, educadinhas, com esquerdistas socialistas debiloides e corruptos NAO funciona. Tem que responder com dureza esses esquerdoides!!!!
E concordo plenamente, o que vejo são bajulações, medalhas a politicos esquerdistas e omissão quando nos atacam. Também acho que falta um empenho e imposição maior de condições para melhorar a situação salarial.

Anônimo disse...

Anônimo de 13 de janeiro de 2016 17:35

Eles podem retalhar 1 ou 10, mas será que podem retalhar todos, se percebemos que a opinião de todos é a mesma?
O problema é que a classe é desunida. A arma que matou o sargento tem divisas no cano.
Eu não devo mesmo ter acordado, apenas falo com apenas 26 anos de observação, vivendo do outro lado do apito, pois não vendo minha opinião por conceito e a exponho quando perguntado, e dificilmente vão promover o sub aqui devido a tal, e tenho total convicção disso. Deverias ter também, é um grande alívio, faz você procurar melhorar de vida.

Mas meu ponto de vista, meu moral, minha opinião e minha cabeça erguida, isso ninguém tira.
Mas se queres se comportar como covarde, calado, passivo, submisso, engolindo diversos sapos como todos nós já passamos, e rugindo no alojamento de revolta, poderás até ser bem na carreira (se isso foi tudo o que você construiu até então), promoções e a consciência de uma brilhante carreira (quer dizer, rastejo). Mas que preço alto não?
Não seria melhor construir a vida fora também das cercas do quartel?
Não digo sair, pois não sai. Estou na força como você. Mas isso não significa que nada sou fora de uma OM. Empresa, escritório montado, aulas, construção, assinar plantas...

Tanta coisa pra se fazer no mundo real, tantas oportunidades, quando você esquece um pouco do mundo verde, que te ilude.

Se não tiver consciência e vergonha, não sentirás peso algum na consciência.
Agora, se tiver a moral que tive, e não ter medo, sabe que tem um preço a pagar.
Pode ter perdido o "rastejo" (quer dizer, a tal carreira), mas ganhou-se uma vida (se você lutar por ela).

Na tropa se aprende que o militar deve ser destemido.

Seja convicto em seus valores. Um homem sem seus valores não é nada.

E acorde, pois parece que quem está dormindo no outro mundo é você.
Quem tem carreira não somos nós...

Anônimo disse...

Este nike de major leonardo, é o maior embusteiro q aparece com os comentarios, sabe tudo, esta em todo lugar, se apresenta como o supra suma dos coisa nenhuma. é isso é aquilo, de sabichão a agente secreto, putz, dar ouvidos a um nada não tem sentido é ilogico.
A unica coisa q faz é implantar discordia. para mim é um assalariado pago com mortadela.
vai te catar, o troço.

Anônimo disse...

E realmente triste e vergonhoso ver este Pais como esta, muitas pessoas imaginam que todo militar das forças armadas Marinha, Exercito e Aeronáutica recebem um fortuna mais a verdade e outra trabalho na área da saúde e alguns meses atras cuidei de um Coronel do Exercito que se reformou a muito anos e recebia um soldo de General de Brigada num total com todas as vantagem se somava a nada menos que R$ 13.000,00 e gastava com sua saúde debilitada em torno de R$ 10.000,00 uma pessoa que lutou na guerra na Itália como pracinha e ao longo dos seus 96 anos conseguiu adquirir 02 imoveis onde em um deles residia e o outro cedia aos familiares, resumindo esses militares que tiramos do poder e rotulamos como ditadores são realmente os verdadeiros Brasileiro que situações extremas de calamidade ou perigo da população estão sempre a postos para servir o País e ao cidadão isso e ser Brasileiro. Hoje vemos que aqueles que se diziam Brasileiros e queriam ajudar o nosso País a prosperar e crescer estão roubando e deixando o nosso Brasil na miséria fico triste com tudo isso que veem acontecendo mais com certeza tenho o meu Pais no coração e na alma talvez eu não veja esse nosso País mudar só espero que os nossos jovem lutem para que ele se torne uma grande nação honrada e respeitada por todos os outros Países não isso que vemos todos os dias. Aproveito a oportunidade para agradecem a todos os Militares das Forças Armadas que lutaram e lutam por este País chamado Brasil.

Anônimo disse...

Pessoas falam sem saber que os Militares das Forças Armadas ganham muito isso não e verdade vcs não veem nenhum destes militares envolvidos em mensalão, lava jado ou rico como esses que nestes últimos 25 anos acumularam fortunas as custas dos cidadãos Brasileiros isso tudo e uma vergonha pessoa que colocamos no poder para representar o povo e acaba roubando o próprio Pais.
Estes que estão no poder e julgavam estes militares no regime da ditadura estão roubando o nosso Brasil todos os dias muitos sentem falta da época da ditadura onde o cidadão andava pelas ruas das capitais sem ser roubado ou ameaçado havia respeito os bandido quando soltos andavam pelas ruas de cabeça baixa com medo de serem reconhecidos pela policia e hoje eles enfrentam os policiais mais ainda respeitam os militares das forças armadas. Quero deixar o meu total respeito e apoio aos Militares das três forças armas esses são os verdadeiros Brasileiros.

Anônimo disse...

Com tristeza participo o falecimento do Cap Edgar "Imbatível", ocorrido no dia 12 Jan 16.

Velame...

Anônimo disse...

É engraçado ler aqui que militar é mal pago. Um terceiro sargento recém formado ganha acima da média nacional, que é de pouco mais que 1000 reais. Acho graça também quando uns vem dizer que um limpador de privada do senado ganha mais que General. Eles não se indignam que o limpador de privada ganha muito, mas sim que General ganhar menos do que ele. Senhores, o militar pode não ganhar tanto quanto outras carreiras de mesma equivalência, mas dizer que ganha mal, por favor... E lembrem-se que os militares fazem meio expediente quase todo ano. E o salário continua o mesmo. Onde que isto acontece no mundo lá fora? Eu fico com vergonha de ficar em casa durante o meio expediente, recebendo o salário normalmente, como se estivesse de férias. E outra: muitos aqui reclamam de preço de mensalidade de carro, escola, teatro, financiamento de imóvel. Que eu saiba, nada disto é obrigatório. Deixem de usar se está pesando no bolso.
MilPad

MESSIAS DIAS disse...

Bom dia.
As indignações são todas positivas e verdadeiras.
Em especial quando se trata dos Praças das Forças Armadas.

Concluo concordando com o Montedo de que devemos VOTAR em militares para termos representação no Congresso Nacional.

Quanto ao Maj QCO Lea, nardo; não existe. Invenção do Sistema, pois ele se apresenta que é da AMAN e depois está trabalhando em Brasília. Além do que, uma grande parcela dos QCO, não compartilha das bobagens desse APEDEUTO!

Anônimo disse...

Esse pseudointelectual de alcunha Maj QCO Leonardo deveria sair do mundo maravilhoso de BSB, viajar mais, conhecer o resto do país, servir em uma fronteira com toda a sua família exposta a doenças tropicais, esperar 9 anos por uma MOV ou PNR para ter conhecimento de causa. Volte para sua turma de concurseiros na "UNISQUINA" e guarde suas opiniões furadas. ( li somente as duas primeiras linhas do seu comentario, creio que esteja no nível paupérrimo e deprimente de todos os comentários que VC posta, sr deslumbrado pela força)

Anônimo disse...

Um ST PM (MG, BSB, MT, BA, RJ....) ganha mais que esse mortadela do intitulado Maj QCO Leonardo, e esse alienado vem defender o EB, e desqualificar outros cargos federais de nível técnico. A qualidade de vida e remuneração desses policiais foi conseguida com união, corporativismo (não esse que impera no EB, de divisão de oficiais e graduados) e a linguagem, única, que esses governos corruptos entendem...greve.

Anônimo disse...

MilPad

Assino embaixo.

Anônimo disse...

Anonimo 14 jan 0859
Onde fica essa GU maravilhosa e afrodisíaca que tem meio exp o ano todo? Já parou pra pensar que quando vc tira um sv, se tira de fato, vc cumpre 36 horas de exp ininterruptas?(24 h do sv mais exp do dia posterior). Considerando que as pracas tiram sv de escala, de turno de 24 h aquartelados, durante toda a carreira (ao contrario dos of de carreira, que tiram sv durante os 5 primeiros anos de tropa), atividades de campo, misses rolha fora de horário. ..somando tudo isso, vc ainda acha que outros servidores cumprem carga horaria maior? Se cumprem com certeza sao devidamente remunerados, militares nao fazem jus a hora extra e adc noturno. Se vc acha que ganha muito bem e nao tem família para sustentar, doe seus proventos à instituicao de caridade mais proxima.

Anônimo disse...

Deve ser mais um viúvo do regime militar, pessoa idosa e que não sabe que os tempos são outros e nossa missão está clara na Constituição de 1988. Olha, é patético ler ou ouvir pedidos de "intervenção", chega a ser constrangedor. Acho que deveríamos falar como o falecido Gen Figueiredo, quando largou a "bomba": "ME ESQUEÇAM!". Eu diria NOS ESQUEÇAM e aprendam a votar e aprendam a viver na democracia, cambada de golpistas ultrapassados. A roda gira!

Magno disse...

Kkkkkk

Anônimo disse...

Apenas observando...
1 SGT Infa Brazil

Anônimo disse...

Esse de 14/ 08:59 deve ser mais um "chaleira!" de Marinha!

Gen Anibal disse...

Quem foi para a Brigada Paraquedista se lembra do Cap Edgar "Imbatível", e na minha lembrança do PQDT de 91, embora não tenha saído paraquedista guardo a lembrança da primeira semana não conseguindo passar no testes de canguru, e pensando em pagar de graça as três semanas, resolvi na sexta-feira pedir para embora, só que eu vi a forca e para evitar a humilhação, fui ao médico para me dispensar por problema de saúde, embora não estivesse sem nenhum problema. O médico já tinha me dado a sexta-feira e eu voltaria somente na segunda quando do nada chega o Imbatível perguntando porque eu não fiz a minha barba e me falando para eu me apresentar para ele na segunda. Com aquela situação não me restou voltar no médico e pedir para me desligar. Imbatível, que ninguém ganhava na flexão, descanse em paz.

Anônimo disse...

Quando oficiais e praças se unirem em um propósito, será o começo de grandes mudanças. ...

Blog disse...

Moralismo doentio!

Anônimo disse...

SENHORES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

SÓ O PAPIRO LIIII BEEERRRR TAAAAA !!!

Anônimo disse...

Porque fazer pqdt e uma idiotice bitolante? Alem de ser um curso para os fortes e o único que da algum aumento logico se tiver coragem de servir na bda

Anônimo disse...

Concordo em parte com o comentário. Concordo quanto ao fato de sangrarem calados e entregues a própria sorte. Quanto ao fato de permitirem que se mude toda uma história de desenvolvimento do país durante o governo militar. Toda essa história está enfiada e praticamente confina na biblioteca do senado ao invés de estar nos livros e apostilas das escolas públicas e privadas da nossa nação. Os militares de mais alta patente tinham sim que acompanhar todo o processo de investigação sobre a "ditadura" militar, no que se refere em divulgar a sua defesa tudo quanto ao que aquela corja falou e chegou na conclusão unilateral mais estúpida que já vi. Ficaram calados diante de tanta acusação como cães com o rabo entre as pernas assumindo uma culpa. Concordo também quanto a falta de atuação necessária para impedir que se perdesse ministérios e que tudo isso estivesse nas mão de um civil e ainda escolhido pelo governo. Absurdo. Concordo quanto a falta de atuação quanto ao sub emprego de utilização para resolver problemas que deveriam ser de responsabilidade das prefeituras e estados, como por exemplo o que aconteceu no Complexo do Alemão e Penha e recentemente no complexo da Maré. Exército assumindo o papel da segurança pública para que os prefeitos e governadores se vangloriassem de resolver problemas que não foram resolvidos. Para ver é só voltar ao locais citados.
Mas não concordo quanto a falta de participação em calamidades públicas e apoio à população, pois o EB sempre está de prontidão, como por exemplo: na calamidade de Teresópolis e Petrópolis, nas enchentes na região do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, na região de Santa Catarina, construindo estradas nos confins da Amazônia, fazendo a ligação de vários municípios no meio da selva. Também não concordo quanto a negar aumento salarial. Todo brasileiro necessita de suprir suas necessidades familiares. A inflação destrói o poder aquisitivo de todo brasileiro. As FFAA não possuem seus salários vinculados ao salário mínimo, tudo é mediante a autorização do presidente da República. Se o presidente achar que não deva dar ele não dá. Então amigo quando for comentar sobre um determinado assunto ou sobre determinada instituição, pesquise anteriormente. Mas não vá na internet ou em outra fonte secundária ou terciária. Como deve ser uma boa pesquisa e para que tenha uma mínima validade e confiabilidade, procure fontes primárias (se é que você sabe o que é fonte primária) para se ter o verdadeiro pensamento de quem você está comentando.

Anônimo disse...

Pede pra sair. Você deveria ter vergonha de fazer o que é errado e não por causa da sua profissão. Frustrado! Afinal de contas, você paga suas contas com o dinheiro que recebe. Ou não?!?!

Anônimo disse...

A verdade é a seguinte, sem hipocrisia, a maioria das praças observa os oficiais como inimigos e na verdade eles são. Em temos de vacas magras, diga-se de passagem estamos nessa situação a quase três décadas, podemos com certeza dizer que o inimigo é interno. Os oficiais se aproveitam dessa situação caótica que nos encontramos para usar todas as ferramentas disponíveis, conceito, perseguição interna, assédio moral e a banalização da FATD para manter uma aparente ideia de hierarquia e disciplina, que na verdade não existe. O que mantém esses dois pilares naturalmente de pé, são as condições de trabalho e um salário digno, venham bem, ninguém que ficar rico nas FA, mas como vc pode se dedicar inteiramente ao serviço da pátria, se vc em sua casa passa por todo tipo de dificuldade, é difícil e para se manter as praças na linha os oficiais não poupam as ferramentas disponíveis que possuem em mãos. Eu lembro de quando entrei na força, se sargento era uma profissão, hoje em dia é apenas um trampolim, até mesmo os oficiais não visualizam a carreira como antigamente. Essa é a realidade que muitos fingem não existir.

Anônimo disse...

O autor é um ignorante. Se as forças armadas se afastaram do povo ou do Brasil segundo sua visão. O que esta acontecendo com os políticos do Brasil. Que saquearam o nosso país. Espero antes de ir pra reserva poder combater essa guerra contra a corrupcao que nosso país vive. Vamos ver a quem no futuro o Povo irá pedir ajuda. Quem protegerá sua familia.

Anônimo disse...

Se merece ou não, caguei negão, estou estudando há 2 anos para concursos, EB foi bom no começo para mim, hoje penso só em sair pois há coisas melhores aí, TRE SP aguarde-me!!

são 5 horas de papiro por dia para um ideal.


Pra quem fica, tem que vibrar negão! Vibra que não dói.

3 sgt/2013 pqdt

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics